Logo da NordVPN Anúncio Assine a NordVPN com 68% de desconto e acesse a internet sem preocupações por dois anos.

Gamers e governos são a esperança do setor de PCs brasileiro

O mercado brasileiro de computadores cresceu apenas 0,3% no segundo trimestre de 2019. Em números absolutos, foram vendidos 1,448 milhão de máquinas que geraram receita de R$ 4,1 bilhões, valor 12% maior que o do mesmo período do ano passado. Os números são da consultoria IDC, que também aponta onde se concentra a esperança de crescimento do setor: no governo e nos gamers.

Wellington La Falce, analista de mercado da IDC, deu mais detalhes desse cenário em uma conversa com o Manual do Usuário. O setor vem de dois anos de recuperação — 15% em 2017 e 9% em 2018 — após meia década de quedas brutais — de 15,4 milhões de unidades vendidas em 2011 para 4,5 milhões em 2016.

Continue lendo “Gamers e governos são a esperança do setor de PCs brasileiro”

Bloco de notas #9

Notas curtas e curiosidades do mundo da tecnologia que publicaria no Twitter se o Twitter fosse uma rede legal. (Não é.)

***

“O ImageNet Roulette é uma provocação criada para nos ajudar a ver como seres humanos são classificados em sistemas de aprendizagem de máquina”, explica o site do projeto de arte. “Ele usa uma rede neural treinada nas categorias de ‘Pessoas’ do conjunto de dados ImageNet, composto por mais de 2.500 rótulos usados para classificar imagens de pessoas”.

Basta enviar uma foto e ver como a inteligência artificial, que está embarcada em inúmeros sistemas, apps e plataformas comerciais, as classifica. Alguns resultados são engraçados; outros, extremamente perigosos. O projeto demonstra de maneira muito efetiva como a inteligência artificial, em geral fundada em conjuntos de dados rotulados por pessoas mal pagas, é sempre enviesada [New York Times, em inglês] (e ainda seria mesmo que as pessoas fossem bem pagas).

Continue lendo “Bloco de notas #9”

Do Babel Fish ao Cambly, é mais fácil aprender inglês com a ajuda da tecnologia

Oferecimento:
Cambly

O Peixe Babel é uma espécie fictícia que aparece na série literária O guia do mochileiro das galáxias, do escritor inglês Douglas Adams. Quando alguém coloca o peixinho dourado no ouvido, passa a compreender imediatamente todos os idiomas falados no universo.

A ficção inspirou um serviço de tradução rudimentar nos primórdios da internet, o Babel Fish. Lançado em 1997 pelo AltaVista, o “Google” da época, a pretensão era similar à do pequeno animal do universo criado por Adams, só que em escala planetária: traduzir instantaneamente os idiomas mais populares falados na Terra.

Continue lendo “Do Babel Fish ao Cambly, é mais fácil aprender inglês com a ajuda da tecnologia”

Post livre #193

Toda semana, o Manual do Usuário publica o post livre, um post sem conteúdo, apenas para abrir os comentários e conversarmos sobre quaisquer assuntos. Ele fecha no domingo por volta das 16h.

Mi MIX Alpha, Galaxy Fold e o paradoxo do consumo de produtos de massa como fator de distinção

Olhe para o seu celular. Ele não é muito diferente do primeiro iPhone de 2007, o aparelho que inaugurou a era dos celulares modernos, ou smartphones. Ambos têm formato retangular, uma tela na frente, câmera atrás e no meio uma placa com alguns chips e uma bateria enorme.

A curva de inovação da indústria perfaz um “S”: começa lentamente, depois passa por um ciclo de desenvolvimento acelerado e, por fim, volta à lentidão. Na dos celulares, esse processo foi muito rápido, em velocidade condizente à sua popularidade inédita na história e aos saltos evolucionários gigantescos obtidos entre uma geração e outra. Em nenhum momento, porém, as mudanças atingiram aquele formato básico de “sanduíche de chips e bateria”. É raro, mas às vezes se acerta de primeira.

Continue lendo “Mi MIX Alpha, Galaxy Fold e o paradoxo do consumo de produtos de massa como fator de distinção”

Quer ganhar um Chromecast de 3ª geração?

Um dos benefícios de ser assinante pago do Manual do Usuário é concorrer a produtos que o site recebe de empresas e assessorias, os famosos “recebidos”. Desta vez, faremos o sorteio de um Chromecast de 3ª geração, cedido em fevereiro deste ano pelo Google Brasil. Este aqui, ó:

Mão segurando o Chromecast de terceira geração do Google.
Chromecast de 3ª geração. Foto: Rodrigo Ghedin/Manual do Usuário.

Para concorrer, basta ser assinante do Manual via Catarse no valor mínimo de R$ 9/mês e estar em dia com os pagamentos no próximo dia 1º de outubro. Fácil, né?

Algumas considerações:

  • O envio do prêmio não tem custo ao(à) ganhador(a), desde que ele(a) resida no Brasil. Se morar fora, a gente debate o assunto caso a caso.
  • Este sorteio é uma iniciativa exclusiva do Manual do Usuário. O Google Brasil não tem qualquer participação nesta ação nem a endossa.
  • O sorteio não é auditado. Para aumentar a transparência, às 15h do dia 1º de outubro gravarei o sorteio em vídeo, usando o site Horário de Brasília como prova. É o que tem para hoje.
  • O vencedor fica inelegível para os próximos seis sorteios de “recebidos”.

Boa sorte a todos e, caso você ainda não assine o Manual e queira se tornar um, siga este link. O valor mínimo da assinatura para concorrer é R$ 9/mês, mas a partir de R$ 16 e R$ 32 as chances de ganhar dobram e triplicam, respectivamente.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!