Notinhas

Comentários, links e vídeos diários.

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Silvio Rizzi lançou o Reeder 5. Trata-se de um app de RSS para iOS e macOS, e dos mais polidos. A principal novidade é que agora o Reeder tem seu próprio sistema de feeds que sincroniza entre dispositivos via iCloud, ou seja, não precisa mais usar um externo como o Feedly (mas se quiser, pode). E também tem um “read later” nativo, tipo o Pocket. No iOS 14, ele ganhou widgets.

A exemplo das versões anteriores, o Reeder 5 é uma compra única no iOS (R$ 18,90) e no macOS (R$ 37,90). Para quem pegou o Reeder 4 antes do lançamento de hoje, de graça, os incentivos para atualizar são poucos. E ele agora concorre com o NetNewsWire, que pode não ser tão elegante, mas é gratuito, open source e multiplataforma.

A Xiaomi mostrou na Weibo, uma rede social chinesa, um carregador de celulares sem fio de 80W, capaz de recarregar uma bateria de 4.000 mAh em 19 minutos. Ele deve ser lançado ano que vem, com algum topo de linha da marca. Há dúvidas sobre a longevidade de baterias recarregadas com tanta potência, mas não deixa de ser impressionante. Via Android Central (em inglês).

A hashtag #ChoraElonMusk é um assunto do momento no Twitter brasileiro. Em julho, o bilionário sul-africano, fundador da Tesla e da SpaceX, disse no Twitter “Vamos [EUA] dar golpe em quem quisermos! Aceitem” em resposta a uma mensagem que acusava os Estados Unidos de terem derrubado o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, de olho nas grandes reservas de lítio do país. (Musk apagou o tuíte, mas o print é eterno.) Pesquisas de boca de urna indicam que Luis Arce, do MAS, partido de Morales, venceu a eleição presidencial deste domingo.

Newsletter gratuita

A propósito, uma dica para economizar com o plano de celular: vez ou outra, acesse o site da sua operadora e dê uma olhada nos planos que ela está oferecendo a novos clientes. Compare com o seu e, se houver diferença (mais vantagens e/ou menor custo), ligue no SAC e peça a troca. Fiz isso há algumas semanas e troquei por um mais simples e barato, que não existia quando contratei o meu agora antigo. Com isso, vou economizar ~R$ 180 por ano.

Gráfico em barras da evolução dos planos pré e pós de telefonia móvel no Brasil, de 2005 a 2020.
Gráfico: Guilherme Felitti/Twitter.

O processo de inversão no gráfico de planos pré-pagos e pós-pagos/controle de telefonia móvel no Brasil, que vem se desenhando desde meados de 2015, teve um soluço na pandemia. Em abril, talvez por estarmos usando menos o celular ou para segurar os gastos ante a crise que se avizinhava (ou os dois), o Brasil perdeu 500 mil contas no pós e 170 mil no pré. Em junho, os planos pós voltaram a crescer. Os pré seguem encolhendo. Gráfico do @gfelitti/Twitter com dados da Anatel.

Os brasileiros vão pagar um preço mais alto pelos serviços [de 5G]. Acho que qualquer tipo de banimento contra a Huawei só vai trazer impactos negativos e nenhum ponto positivo.

— Sun Baocheng, presidente da Huawei do Brasil

A entrevista de Sun à Folha não traz novidades. É uma resposta quase que necessária depois de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ter sinalizado, outra vez, que poderá banir a Huawei do país às vésperas da implementação do 5G.

sábado, 17 de outubro de 2020
Vários modelos de iPhone, incluindo os novos da linha iPhone 12, lado a lado em escala real.
Imagem: MacRumors/Reprodução.

O iPhone 12 Mini fica entre os antigos iPhone 5/5S/SE e 6/6S/7/8/SE (2ª geração). Fica a torcida para que as fabricantes Android sigam o exemplo e voltem a lançar celulares que — nas palavras da própria Apple — cabem na palma da mão. Via MacRumors.

No início de setembro, quando anunciei meu novo trabalho, sofri ataques de todos os tipos, […] até ameaças de estupro, morte e julgamentos por expor situações mais tensas. […] Devido a todos esses ataques, a Microsoft encontrou como melhor opção me desligar do cargo de apresentadora para que eu não esteja mais exposta a situações como essas que se passaram.

— Isadora Basile, ex-apresentadora do canal Xbox Brasil.

Conceito curioso, esse da Microsoft, de prejudicar a vítima para “defendê-la”. No Twitter, o perfil oficial do Xbox disse que a demissão se deu por “algumas mudanças em nossa estratégia de conteúdo original de Xbox no Brasil”. Ainda que seja o caso (uma infeliz coincidência), continua zoado, no mínimo falta de tato abandonar uma funcionária, no cargo há menos de dois meses, vítima de ameaças de estupro e morte. Sem falar que o desfecho dá poder à parte desprezível da sua base de fãs. Via @IsadoraBasile/Twitter.

Ao The Enemy, Isadora disse que a orientação para demiti-la veio do time global da Microsoft.

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

O Twitter mudou a sua política de conteúdo hackeado, usada como justificativa para bloquear o compartilhamento de uma matéria do New York Post sobre a família Biden, nos EUA:

  • Conteúdo hackeado só será removido se tiver sido compartilhado por quem hackeou ou alguém agindo em conluio com os hackers.
  • Em vez de bloquear o compartilhamento de links, rótulos serão adicionados aos links compartilhados para dar contexto.

Via @vijaya/Twitter.

Todas as 23 figurinhas de WhatsApp do TSE contra um fundo branco.

A espera chegou ao fim: o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) finalmente liberou as figurinhas de WhatsApp para as eleições municipais de 2020. Baixe-as aqui. Via TSE.

Um estudo da agência australiana CSIRO indicou que o SARS-CoV-2, o coronavírus causador da COVID-19, poderia sobreviver até 28 dias em superfícies como o vidro das telas de celulares. Os resultados causaram alguma comoção, mas é preciso cautela na interpretação. Via BBC Brasil.

Os testes laboratoriais foram conduzidos no escuro, em um ambiente com temperatura controlada e sem o uso de muco humano, que costuma acompanhar o espalhamento do coronavírus. O mundo real afeta drasticamente os resultados — basta lembrarmos dos medicamentos que, em laboratório, se mostram eficazes contra o coronavírus, mas que no corpo humano, não. Um professor da Universidade de Cardiff, Ron Eccles, disse à reportagem da BBC que o estudo australiano causa um “medo desnecessário nas pessoas”.

Na dúvida, higienize seu celular sempre que sair de casa. Tem uma matéria explicando como aqui no Manual.

Três dos cinco indicados pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para compor a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão responsável por fazer valer a LGPD, são militares. Levantamento do Data Privacy indica que somente em dois outros países entre as 20 maiores economias do mundo há militares em órgãos do tipo: China e Rússia. Não são exatamente referências em respeito à privacidade dos cidadãos. Via Folha.

Vem aí mais uma mudança nos apps de mensagens do Google. O Hangouts será substituído pelo Google Chat no primeiro semestre de 2021. Com isso, o Google Chat se tornará gratuito e acessível a usuários domésticos, que não estão no Google Workspace. Lembre-se que, em paralelo, o Google ainda oferece o Google Mensagens (para SMS/RCS), e que nenhum dos dois com criptografia de ponta a ponta. Via 9to5Google (em inglês).

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

O C6 Bank foi condenado a pagar uma indenização de R$ 10 mil e a estornar quase R$ 30 mil na conta de um cliente que teve o celular roubado. O assaltante conseguiu fazer cinco transferências pelo aplicativo do celular para outras contas que totalizaram R$ 29.990.

Um detalhe curioso. O C6 argumentou que as transferências só poderiam ter sido feitas com a senha “secreta, pessoal e intransferível”. Na sentença, a juíza Claudia Carneiro Calbucci Renaux, da 7ª Vara Cível de São Paulo, disse que “a forma como a senha chegou ao conhecimento do terceiro assume pouca importância na conclusão da responsabilidade do banco”, e que caberia ao banco provar que o cliente teve participação na fraude. Via Jota (paywall).

A partir de 16/11, o Google tornará o Google Meet, sua solução de videochamadas, a opção padrão para os usuários do Google Workspace (antigo G Suite). A mudança é “opt-out”, ou seja, se uma empresa quiser continuar usando outra solução como padrão nos novos agendamentos, terá que desmarcar um item nas configurações.

O Google Meet ainda come poeira do Zoom, líder no segmento — são 100 milhões de usuários contra 500 milhões do rival. É nesse tipo de comportamento, quando uma empresa usa o poder que tem em um segmento para alavancar seu produto menos popular de outro, que configura o abuso. Via Forbes (em inglês).

Facebook e Twitter removeram links a uma reportagem do jornal New York Post que liga a família Biden, do candidato democrata à Presidência dos EUA, a negociações suspeitas com a Ucrânia. No Facebook, o bloqueio à URL veio antes que verificadores de fatos independentes avaliassem o material; já o Twitter se embasou em uma política sua que proíbe a veiculação de dados pessoais obtidos via hacking.

Sem entrar no mérito da reportagem, é uma situação que merece atenção. Aparentemente, Facebook e Twitter não cometeram qualquer ilegalidade à luz da legislação norte-americana (via The Verge), porém uma ação forte e abrupta do tipo coloca em xeque o argumento das redes de que elas não são árbitras da verdade. E dado o poder que têm no debate público, há quase um consenso de que se abriu um precedente perigoso.

No Twitter, que sequer deixa postar a URL em tuítes e DMs, o CEO Jack Dorsey disse que a comunicação da medida foi ruim e que o bloqueio da URL sem qualquer contexto é “inaceitável”. Via Reuters.

A Sony revelou, em um vídeo de 11 minutos, a interface do PlayStation 5. O último video game que eu tive foi o Xbox 360, e já naquela época achava o painel muito burocrático. Esse é ainda mais. E extremamente verticalizado — tem notícias, tutoriais em vídeo (só para pagantes da PS Plus) e incentivos pesados para interação (PiP de gameplay de amigos?). Acho que estou ficando velho para essas coisas. Via YouTube, em inglês.

O ótimo Down Dog, um app de ioga, está procurando tradutores-narradores para traduzir as instruções do app, do inglês para o português. É um trabalho remoto, de meio período e paga US$ 100 por hora traduzida. Experiência no ensino de ioga é um diferencial/desejável. A inscrição pode ser feita neste formulário.

O maior fator de diferenciação entre os modelos “simples” e Pro da linha iPhone 12 é a câmera. E foram tantas novidades que um guia, como este do Bruno Santana no MacMagazine, acaba sendo útil para entender quais recursos estão disponíveis em quais modelos. Embora tudo pareça muito impressionante, achei a narrativa técnica demais — muito “Pro”; até que ponto captar vídeo em Dolby Vision importa ao consumidor que gravará a maioria dos seus vídeos no Instagram, para ser visto em outros celulares carentes da tecnologia? E, salvo engano pela primeira vez desde o iPhone 8 Plus, de 2017, quem quiser a melhor câmera da Apple terá que recorrer ao modelo grandalhão — no caso, o iPhone 12 Pro Max.

O Zoom começará a oferecer criptografia de ponta a ponta na semana que vem, em contas pagas e gratuitas, ainda em caráter de “prévia técnica”. Durante 30 dias, a empresa coletará impressões e relatos de bugs. As videochamadas criptografadas de ponta a ponta poderão ter até 200 participantes e não terão recursos que dependem de processamento em um servidor central, como gravação na nuvem e transcrição em tempo real.

Para saber se você está em uma videochamada do tipo, fique de olho no ícone do escudo verde: em vez de uma marca de verificado (✔️), as criptografadas exibem um cadeado. Via Zoom (em inglês).

Impressionante o desempenho das fintechs — e do Nubank, em particular — no cadastramento de chaves Pix. Das 33,7 milhões cadastradas até esta quarta (14), só o Nubank havia cadastrado 8 milhões, ou 23,7%. O primeiro bancão que aparece no ranking, o Bradesco na quarta posição, cadastrou 3,7 milhões de chaves Pix, ou 11%. Via G1.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!