A incrível estupidez da geração que glamourizou o excesso de trabalho

Existe um mito na física chamado “máquina do movimento perpétuo”. Uma máquina do movimento perpétuo seria capaz de, após começar, criar sem ajuda externa uma quantidade de energia suficiente não apenas para garantir seu funcionamento, mas também para fornecer o extra para consumo externo. Em outras palavras: uma fonte de energia infinita que não precisa de nenhum estímulo além daquele no começo.

Continue lendo “A incrível estupidez da geração que glamourizou o excesso de trabalho”

Acompanhe o blog

  • Telegram
  • Twitter
  • Newsletter
  • Feed RSS

A Apple quebrou o aplicativo velho e confiável que uso para editar podcasts

Existe um universo paralelo ao dos apps caros de empresas como Adobe e Microsoft e gratuitos e super ativos, como os do Google. Ele é composto por trabalhos colaborativos de código aberto, aplicativos gratuitos, projetos de fim de semana e softwares de empresas que não se importam com eles ou nem existem mais. Por sorte, competência, amor à causa ou variações de misturas desses elementos, mesmo sem incentivos, dinheiro ou mesmo a mais básica atenção tais apps seguem funcionando indefinidamente, satisfazendo usuários em tarefas específicas por anos a fio. Até que uma atualização do sistema operacional aparece e os quebra sem nenhuma boa justificativa.

Os podcasts do Manual do Usuário são editados com duas ferramentas do tipo. O grosso da edição é feito com o Audacity, um editor de áudio de código aberto e totalmente gratuito. A interface é horrenda, mas ele funciona super bem. Após remover silêncios, atropelos e incluir efeitos sonoros, pego as faixas faladas e passo elas no Levelator. Também gratuito, mas de código fechado, ele é um desses programas que só dá para definir como “mágicos”: basta arrastar o arquivo de áudio para ele e, automaticamente, um algoritmo nivela todas as vozes, ou seja, as deixa no mesmo volume.

Continue lendo “A Apple quebrou o aplicativo velho e confiável que uso para editar podcasts”

Como o jogo mais popular do Brasil caiu nas graças do povo

No final de julho, centenas de milhares de brasileiros se ligaram no YouTube para assistir a uma mesma transmissão ao vivo na plataforma. Em dado momento, quase 800 mil pessoas acompanhavam, simultaneamente, a grande final de um campeonato de Free Fire, uma das maiores audiências da história da plataforma no Brasil, superior à de jogos de futebol badalados como a partida entre Corinthians e Racing pela Copa Sul-americana, que juntou 438 mil espectadores simultâneos no início do ano. Free Fire é um joguinho de celular.

Continue lendo “Como o jogo mais popular do Brasil caiu nas graças do povo”

O código Bill Gates

O código Bill Gates (trailer), novo documentário de Davis Guggenheim lançado recentemente pela Netflix, faz jus ao título original — numa tradução livre, algo como “por dentro do cérebro de Bill”.

O documentário se divide em três partes de pouco menos de uma hora cada, todas com uma estrutura que costura os desafios atuais do filantropo Gates com sua biografia, incluindo alguns momentos-chave dentro da Microsoft. Guggenheim se vale — e faz bom uso — do amplo acesso que teve a Gates, sua esposa Melinda, as irmãs do bilionário e amigos e colaboradores, alguns de longa data.

Continue lendo “O código Bill Gates”

Bloco de notas #10

Aviso: A partir de segunda-feira (7), a newsletter do Manual passará a ser diária. Você receberá o post do dia junto com as duas ou três notícias mais importantes do momento. O Bloco de notas segue firme às sextas, mais focado em curiosidades, notícias leves e leituras aprofundadas para o fim de semana. Cadastre-se gratuitamente aqui.

***

Notas curtas e curiosidades do mundo da tecnologia que publicaria no Twitter se o Twitter fosse uma rede legal. (Não é.)

***

No dia 26 de outubro, estarei no SH*FT FESTIVAL, em Joinville (SC), falando sobre privacidade digital. Contarei como tem sido tentar viver e trabalhar de maneiras menos dependentes das grandes empresas de tecnologia e com mais consciência das barganhas a que somos sujeitos, mesmo sem perceber, ao lidar com elas.

→ Leitor do Manual ganha 20% de desconto na inscrição. Basta usar o cupom MANUALDOUSUARIO. Garanta o seu lugar neste link. Se você for, deixe-me saber!

Continue lendo “Bloco de notas #10”

Post livre #194

Toda semana, o Manual do Usuário publica o post livre, um post sem conteúdo, apenas para abrir os comentários e conversarmos sobre quaisquer assuntos. Ele fecha no domingo por volta das 16h.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!