Notícias

Instagram não permite mais que pessoas sem conta vejam fotos e vídeos no computador

Print do Instagram aberto no Safari para macOS pedindo login para exibir uma foto.

O Instagram subiu o muro que separa pessoas que não têm conta na rede social das que sim. Desde pelo menos o último dia 20 de abril, a rede social de fotos do Facebook passou a impedir que pessoas não logadas visualizem fotos e vídeos de perfis públicos em computadores e tablets.

Perfis públicos, ou seja, que não têm o cadeado que restringe o conteúdo somente a seguidores, sempre foram acessíveis independentemente do login. Agora, não mais.

Testes diversos feitos pelo Manual do Usuário mostraram que somente em celulares o acesso às fotos e vídeos por deslogados está funcionando. Quando alguém nessa condição tenta ver algo de um perfil público no computador ou tablet, dá de cara com um formulário de login e cadastro.

Print do Instagram pedindo login no navegador Chrome no Windows.
No Chrome, em um computador com Windows, o erro se repete.

Os testes foram feitos em computadores Windows e macOS, em diferentes cidades brasileiras, com conexões à internet móveis e fixas, em múltiplos navegadores e com extensões de bloqueio de anúncios desativadas. Em todos os casos, o impedimento à visualização se manteve.

Se você muda o “user agent” do navegador, uma espécie de identificador público que informa ao site o tipo de dispositivo que o está acessando, o comportamento do Instagram se altera. Ao identificar um navegador de computador como sendo o de um celular (Android ou iPhone), as fotos passam a abrir. O vídeo a seguir demonstra isso:

Assim, fotos e vídeos permanentes se somam aos stories, que sempre foram restritos a pessoas logadas no Instagram.

Como comentei recentemente em um Guia Prático, muitos estabelecimentos comerciais pequenos e profissionais liberais usam o Instagram como único meio de contato com o público externo, fato que torna essa mudança problemática para quem, por qualquer motivo, não tem e não deseja ter um perfil lá.

Entrei em contato com a assessoria do Instagram para questionar essa alteração. Em resposta, a assessoria informou que:

Se você não estiver conectado ao Instagram, poderá ver apenas uma certa quantidade de publicações em perfis públicos antes de ser solicitado a fazer login. Isso é para ajudar as pessoas a visualizarem fotos no Instagram e entenderem como ter a melhor experiência na plataforma, fazer parte da comunidade, conectando-se e interagindo com as pessoas e as coisas que elas amam.

Esse comportamento, de bloquear a visualização após a rolagem da página, existe desde novembro de 2019. Agora, não há “uma certa quantidade”; para ver fotos ou vídeos no Instagram a partir de um computador ou tablet, precisa estar logado.

Edição 20#13

A melhor maneira de acompanhar o site é a newsletter gratuita (toda quinta-feira, cancele quando quiser):

Acompanhe também nas redes sociais:

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 comentários

  1. Apesar de não permitir a abertura na mesma guia, o Instagram permite a abertura de publicações específicas utilizando “abrir em nova guia” com o cliquei direito>abrir nova guia ou com clique sobre o scroll.

  2. lendo “minimalismo digital” do cal newport e essa resposta da empresa é o puro suco da cara de pau manipulatória.

    felizmente não tenho conta nessa porcaria e nem pretendo.

  3. “Os testes foram feitos em computadores Windows e macOS, em diferentes cidades brasileiras, com conexões à internet móveis e fixas, em múltiplos navegadores e com extensões de bloqueio de anúncios desativadas.”

    uhasuahushauhasuhasuashushuahs, meu deus, tanto trabalho pra isso, respeito hein!!!!! \o/

    Rapaz, eu acho que só com o user-agent você teria economizado dois terços de energia e tempo desperdiçados, embora os stalkers provavelmente agradeçam o levantamento :P

  4. Eles querem mais gente na usina de coleta de dados. Inclusive um efeito colateral é o surgimento de contas falsas para “stalking”.

    No móvel, são três cliques para acessar as postagens. Após isso, entrar é obrigatório.

  5. instagram é uma das coisas mais tóxicas que esse universo pós-smartphones gerou

    a sensação que eu tenho lá só não é pior que a de estar no facebook

    de fato, clicando com botão direito e abrindo em nova aba dá pra ver a imagem (e tudo indica que os URLs individuais continuarão a funcionar abertos), mas realmente não duvido que implementem um script para proibir abrir em nova aba ou clicar com botão direito na imagem

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!