Galaxy S21 deve vir sem carregador e fones de ouvido na caixa

Trecho da documentação da Anatel indicando que o Galaxy S21 virá sem fones de ouvido e carregador de parede.
Imagem: Tecnoblog/Reprodução.

A documentação do Galaxy S21 submetida à Anatel revela que o celular, que deve ser anunciado em janeiro, virá sem carregador de parede e fones de ouvido na caixa, a exemplo dos iPhones. Desta vez, pelo menos, apenas uma página local da Samsung, a do Caribe, tirou sarro da situação. Anteriormente, comerciais globais da Samsung caçoaram do entalhe do iPhone X e do fim do conector de fones de ouvido de 3,5 mm, apenas para, meses depois, seguir a tendência e repetir ela mesma as decisões antes criticadas da Apple. Via Tecnoblog.

WhatsApp lança carrinho de compras

Perfis comerciais que usam o WhatsApp Business agora podem oferecer o recurso de carrinho de compras, direto no app. (Veja em vídeo.) Com isso, o WhatsApp verticaliza um uso muito comum e que, até então, era suprido por terceiros, como o Goomer, que entrevistei para esta matéria. O WhatsApp/Facebook tem a faca e o queijo na mão, ou seja, um público enorme, já acostumado a fazer compras pelo WhatsApp informalmente. Só falta o óleo da engrenagem: seu sistema de pagamento próprio, que continua empacado no Brasil após ter sido barrado pelo Banco Central. Via WhatsApp.

Substack prepara aplicativo específico para ler newsletters

“Não seria ótimo se houvesse um lugar onde eu pudesse ir e ver todas aquelas conexões diretas [newsletters] que eu tenho, e que em muitos casos estou pagando? É algo em que estamos muito interessados,” disse Chris Best, CEO do Substack, em entrevista ao The Verge.

O Substack, vale lembrar, é uma startup de newsletters que só fatura quando os assinantes de uma newsletter passam a pagá-la, e que já levantou alguns milhões de dólares em investimento de risco.

Ainda não se sabe como será esse app, embora já exista um formulário para interessados nele. O receio é que seja algo nos moldes do Stoop, um app que mascara o endereço de e-mail do assinante, quebrando a grande vantagem do formato newsletter, ou seja, a conexão direta entre newsletter e assinante. Se for o caso, o Substack virará mais uma plataforma, com um intermediário poderoso, como o YouTube e o Facebook.

AirPods Max, fones de ouvido “over the ear” da Apple, custam R$ 6,9 mil no Brasil

Confirmando muitos rumores, a Apple anunciou nesta terça (8) os AirPods Max, seus fones de ouvido “over the ear”. Lá fora, eles serão lançados dia 15 de dezembro por US$ 549. No Brasil ainda não há data prevista, mas o preço já aparece no site da Apple: R$ 6,9 mil.

A título comparativo, os fones WH-1000XM4, da Sony, considerado por muita gente os melhores da indústria, custa ~R$ 2,5 mil no Brasil — e, no momento, estão com desconto na loja oficial da Sony, saindo por R$ 2 mil.

LG reestrutura unidade de celulares para competir com chinesas

A LG anunciou que terceirizará o desenvolvimento de celulares de entrada e intermediários. É uma tentativa de cortar custos para fazer frente às marcas chinesas e, ao mesmo tempo, focar os esforços em aparelhos topos de linha, que tendem a ser mais lucrativos. A divisão de celulares da LG teve prejuízo operacional nos últimos 22 trimestres. Em outras palavras, está há cinco anos e meio perdendo dinheiro. Via Reuters.

Uber abandona seu projeto de carro autônomo

A Uber transferiu sua unidade de carros autônomos à Aurora, startup especializada no assunto, em troca de uma participação nela. Até pouco tempo atrás, ter carros autônomos nas ruas era um avanço considerado crítico para que a empresa desse lucro algum dia. A outra alternativa, a que sobra agora, é subir os preços. Via Folha.

Google lança serviço de assinaturas de apps e jogos para Android no Brasil por R$ 9,90/mês

O Google lançou no Brasil, nesta segunda (7), o Play Pass, um serviço de assinatura de apps e jogos para Android. Custa R$ 9,90 por mês ou R$ 89,99 por ano, e dá acesso a +650 apps e jogos — sem anúncios nem compras in-app. Essa assinatura pode ser compartilhada com até cinco pessoas do grupo familiar.

O Play Pass é parecido com o Apple Arcade, mas inclui apps e os jogos não são exclusivos. Aliás, há títulos muito renomados no catálogo, como Monument Valley, Terraria e Stardew Valley, e o Google inclui novos jogos e apps todo mês. Via Google.

Auxílio emergencial faz Caixa criar banco digital para baixa renda que pode render R$ 50 bilhões

A infraestrutura criada pela Caixa para dar conta do auxílio emergencial virará um banco digital com potencial de rendimento de R$ 50 bilhões. O foco do novo banco, ainda sem nome, seria no público de baixa renda, com limite de movimentação mensal de R$ 5 mil, e que concentrará os pagamentos de benefícios governamentais. Também serão oferecidos serviços, como os de seguro de vida — esse já está disponível no Caixa Tem, e sai mais por ali do que pelos canais convencionais da Caixa. (Alguns leitores do Manual apontaram, surpresos, que o Caixa Tem também oferece a contratação de seguro funerário.) A autorização do Banco Central para o novo banco digital da Caixa deve sair até o final do primeiro trimestre de 2021. Via Folha.

Um app gratuito por dia

Até dia 31 de dezembro, o Indie App Santa, iniciativa do estúdio francês App Craft Studio, disponibiliza um aplicativo para iOS com desconto de no mínimo 50% ou gratuitamente. O desta segunda (7) é a licença anual do Remote KeyPad, que transforma iPhones e iPads em extensões de teclado para computadores da Apple.

Google demite cientista de dados por artigo crítico à empresa

O Google demitiu Timnit Gebru, cientista de dados com um amplo trabalho na crítica a vieses discriminatórios em sistemas de inteligência artificial. A demissão ocorreu por um artigo, que ela assinou com outros cinco pesquisadores, a respeito das limitações e impactos dos modelos de linguagem de inteligência. O MIT Technology Review deu uma olhada no artigo; especialistas acreditam que o artigo traz verdades inconvenientes relacionadas à atuação do Google. Um abaixo-assinado em apoio a Timnit já conta com +1,6 mil assinaturas de funcionários do Google e +2,5 mil de acadêmicos e profissionais. Via Estadão, @timnitGebru/Twitter (em inglês).

Mais um exemplo de que o termo “algoritmo”, às vezes, também pode ser traduzido como “decisões baseadas nos vieses de quem tem poder decisório nas empresas.”

Teste cego de câmeras de celulares lançados em 2020

O teste cego de câmeras do Marques Brownlee é sempre uma surpresa. Neste ano, mais uma vez, um celular insuspeito ganhou a disputa em cima de nomes mais populares (e mais caros), como Galaxy Note 20 Ultra e iPhone 12 Pro Max (este, caiu na primeira rodada).

A partir de um certo patamar, as diferenças na qualidade das fotos feitas por celulares passam a ser puramente subjetivas. E há que se levar em conta, ainda, que a maneira mais comum de compartilhá-las, via redes sociais e aplicativos como WhatsApp, interfere severamente no que as outras pessoas veem, graças à compressão que fazem para tornar os arquivos menores e as transferências, mais rápidas. Via MKBHD/YouTube.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário