Como usar o Snapchat?

iPhone com Snapchat aberto.

Já expliquei qual é o apelo do Snapchat e o que significam os emojis que aparecem ao lado de alguns contatos, mas o básico, ou seja, como se usa o app, ainda não. Parece bobagem (provavelmente é para quem já embarcou nessa), mas o Snapchat é meio intimidador, especialmente para o povo mais velho, desacostumado com interfaces inovadoras e sem muita explicação.

Este post é parte de um esforço que, refletindo aqui, acho válido: explicar coisas básicas da tecnologia que têm grande demanda. Tipo um bê-a-bá de apps e coisas afins. Se você já entende do tema de hoje, pule para o próximo post.

O que é o Snapchat?

Antes, é preciso entender o que é, afinal, o Snapchat. Trata-se de um app de comunicação, mediante fotos, vídeos e até mensagens de texto, que tem como diferencial a efemeridade: os momentos enviados para contatos só podem ser vistos uma vez e o conteúdo das Histórias ficam no ar por apenas 24h. Parece bobo, mas a ausência de um legado faz do Snapchat um lugar mais convidativo para se expôr, de amigos próximos e grandes audiências.

O mapa do Snapchat

Primeira tela do Snapchat, no mapa.

A interface do Snapchat se desdobra em, basicamente, cinco telas. Elas são acessíveis a partir da principal, da câmera, em algumas direções. Fiz o mapa/esquema acima para facilitar a compreensão. Ele será reproduzido nos tópicos abaixo para situá-lo melhor dentro do app.

Como mandar fotos e vídeos no Snapchat

Após baixar o app e fazer seu cadastro, você se deparará com a câmera aberta — a primeira tela no mapa acima. É por aí que o conteúdo compartilhável, ou os snaps, como são conhecidas as fotos e vídeos, são produzidos e distribuídos.

Essa parte é compreensível, já que ela lembra muito o app da câmera. Fique atento apenas aos botões dos cantos superiores, um para (des)ativar o flash, outro para alternar entre as câmeras principal e frontal.

Embaixo, destacado, está o botão de disparo, para tirar fotos. Caso queira gravar um vídeo, toque-o e continue segurando o dedo pelo tempo que quiser. O limite de tempo para os vídeos é de 10 segundos.

Ao tirar a foto ou finalizar a gravação do vídeo, a interface muda sensivelmente, entrando no modo de edição. Aí é possível:

  • Aplicar filtros, arrastando o dedo lateralmente.
  • Escrever alguma coisa, dando um toque na tela. Depois de fazer isso, você pode mudar a fonte tocando no “T”, do topo, e redimensionar, arrastar e/ou colori-la.
  • Desenhar, tocando no ícone do lápis ao lado do “T” para escolher a cor do pincel e, em seguida, arrastando o dedo na foto/vídeo.

Edição de snap com texto, emoji e desenho.

Na parte inferior da tela aparecem mais quatro botões:

  • O primeiro, de um cronômetro com o número dentro, estipula o tempo máximo de exibição da foto. (Para vídeos, obviamente, ele é desnecessário.)
  • O segundo é um atalho para salvar o vídeo no celular. Se for um momento marcante ou tiver feito uma edição elaborada, considere fazer isso — depois, só tirando print da História, caso mande a foto ou vídeo para lá.
  • O terceiro é outro atalho, mas para acrescentar o conteúdo diretamente à sua História (mais sobre isso adiante).
  • Por fim, a seta à direita é o botão de envio.

Escolha para quais contatos seu snap será enviado.

Faça as edições e toque no botão de envio. Você será levado à sua lista de contatos. O Snapchat nunca pré-seleciona contato algum, é preciso sempre escolhê-lo(s) manualmente a cada envio. (Alguns apresentam emojis ao lado; entenda o que eles significam.) Além dos contatos, por aqui também é possível mandar o conteúdo para a sua História.

Escolhidos os destinatários, basta tocar novamente na seta do canto inferior direito e esperar o envio ser finalizado.

Lista de snaps

Lista de snaps no mapa do Snapchat.

Após enviar um snap, você será direcionado à lista de snaps enviados e recebidos. Outra forma de acessá-la é a partir da tela inicial (da câmera), tocando no quadrado do canto inferior esquerdo ou arrastando a tela para esse lado.

A lista de snaps é como uma caixa de entrada do e-mail. Nela ficam os snaps enviados (seta apontando para a direita) e recebidos (quadrados). Ícones cheios indicam conteúdo ainda não visualizado; ícones vazados, os já consumidos. Para ver um snap, basta dar um toque nele. Mas atenção: esses só podem ser vistos uma vez (a menos que estejam na História do contato também).

Prints dos snaps são denunciados por um ícone da flecha com um fundo diferente. É fácil identificá-los na lista, e a recíproca é válida, ou seja, se você tirar print de algum snap, o contato que o enviou saberá. Use com sabedoria.

Por essa tela também dá para responder rapidamente um contato. Basta dar dois toques nele. Isso fará a câmera abrir novamente, com o contato em questão já selecionado.

Tem mais. Ao arrastar o dedo da esquerda para direita sobre um contato, você é levado à interface de bate-papo por texto:

Sim, o Snapchat também lida com texto puro, mas a dinâmica de conteúdo efêmero, que some, continua valendo. Mensagens lidas desaparecem em seguida, a menos que você dê um toque nela. Aí a mensagem fica salva até que outro toque seja dado para dispensá-la. Isso é útil para salvar alguma informação importante, como um endereço ou número de telefone, por exemplo.

Ainda nessa tela o Snapchat oferece vídeo conferência. Quando os dois estão com ela aberta ao mesmo tempo, o botão amarelo, que serve para enviar snaps, fica azul. Se ambos tocarem e segurarem ele, poderão conversar por voz e vídeo. Para alternar entre as câmeras do smartphone, arraste o dedo para cima (principal) ou para baixo (frontal).

O que são as Histórias?

Histórias no mapa do Snapchat.

Do outro lado da tela inicial (da câmera), ou seja, à direita, ficam as histórias. Histórias são como snaps, mas em vez de sumirem após uma visualização, elas ficam no ar por 24h a partir do momento em que são publicadas. A ideia é que o usuário crie uma história (d’oh!) da sua vida que se renova a cada dia. Assim:

Como vimos antes, a criação de uma História se dá pelo mesmo caminho dos snaps convencionais. Essa tela, então, mostra as Histórias dos seus contatos. Eles são organizados alfabeticamente, mas no início há um bloco de atualizações recentes composto pelas inéditas, que você ainda não viu.

O legal da História é que quando mais de um snap é mandado para ela, eles são exibidos em sequência. O próprio Snapchat publica alguns canais de eventos, os Ao Vivo, que dão uma boa ideia do potencial de storytelling dessa ferramenta. Dá para perder um bom tempo ali, vendo a vida dos outros, algo que no Snapchat ganha contornos mais intimistas dada a natureza do app.

Telas da História no Snapchat.

Quando você publica um snap na sua História, essa tela o exibe no topo. E, a partir dali, é possível conferir quantas visualizações ele já teve e as pessoas que viram cada snap que a compõe. Basta tocar nos três pontinhos à frente do seu nome, depois numa foto ou vídeo individual e, enquanto ele é exibido, na seta central na parte inferior da tela. Por aí você também consegue excluir um snap da História — basta tocar no “x”.

E essa bolinha pulsante?

Discover no mapa do Snapchat.

Na tela das Histórias aparece uma bolinha no canto superior direito. É o Discover, um espaço para canais de conteúdo parceiros do Snapchat:

Não é bem como os outros conteúdos do app, mas sim reportagens e notícias que usam vídeo, texto e fotos, de 12 sites/canais como CNN, Vice, Cosmopolitan e MTV. O Snapchat diz que é um sucesso, mas conheço pouca gente, aqui no Brasil, que acompanha com regularidade. (O idioma, apenas inglês, pode ser um empecilho para muitos.)

Quem vê meus snaps?

Tela de contatos e configurações no mapa do Snapchat,

Lembra da tela principal, a da câmera? Existe outra acessível por ali. Para encontrá-la, toque no ícone do fantasminha, no topo da tela, ou arraste o dedo de cima para baixo.

Snapcode do meu perfil.

Você verá um código QR personalizado, o Snapcode (acima), que facilita aos demais adicioná-lo como contato, e três links:

  • O primeiro é um histórico de quem o adicionou.
  • O segundo, uma tela para adicionar contatos. Você pode adicioná-los pelo nome de usuário, através da agenda de contatos, pelo Snapcode ou por proximidade, que vasculha usuários próximos que estejam com essa tela aberta também e é bem conveniente. Caso queira, tente me adicionar usando o Snapcode acima.
  • O último é a lista de amigos e, ao lado, os contatos, que mostra quem da sua lista de contatos do celular está no Snapchat e oferece botões para adicioná-los.

Snaps individuais, ou seja, que não estão na sua História, só podem ser vistos pelos destinatários que você escolhe no ato do envio. Os que vão para a sua História, por padrão, podem ser vistos por qualquer um. Isso pode ser mudado nas configurações, que ficam no ícone de engrenagem do canto superior dessa tela:

Quem pode ver meus snaps?

As opções são “Todos”, “Meus amigos” ou “Personalizar”, que dá acesso aos amigos e permite bloquear algum(ns) indesejado(s).

Nesta tela você também consegue restringir quem pode enviar snaps a você. Basta mudar a respectiva opção, de “Todos” para “Meus amigos”.

Dúvidas?

O Snapchat é uma plataforma nova e bastante dinâmica — não à toa, faz um sucesso enorme entre o público jovem, mais receptivo a novidades. Isso significa, também, que novos recursos são adicionados com frequência e algumas regras podem mudar de uma hora para outra. Até junho de 2015, por exemplo, era preciso segurar o dedo na tela para ver um snap; desde então, basta um toque para ter o mesmo efeito.

O app intimida um pouco no começo e raramente é compreendido com facilidade logo de cara. Existe uma curva de aprendizado, e embora ela seja mais longa que o normal, vale a pena ser percorrida.

Se ficou alguma dúvida, pergunte nos comentários.

Foto do topo: Maurizio Pesce/Flickr.

Acompanhe

Newsletter (toda sexta, grátis):

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

61 comentários

  1. Estou usando o Snap a pouco tempo e tenho uma dúvida. Espero que você possa me ajudar… Dentro o Instagram, você pode ver o perfil de um amigo, e nele, ver quem são as pessoas que esse amigo segue. Queria saber se no Snapchat existe esse forma de se conectar com possíveis amigos também. Ou seja, ver os amigos de meus amigos e seguí-los.

  2. Minha prima estava usando o meu e desativou a mensagem que aparecia quando eu clicava pra postar direto na história (aquele quadradinho com um +). Sabe se tem algum modo de eu recuperar essa mensagem?

  3. Ola Rodrigo! Gistaria de saber o q significa aquela olho e as duas setinhas para a serqueda e direita . uma em cima da outra, quando aperto naqueles tres pontinhos no meu historico de fotos. Desde ja agradeço.

  4. Na lista de conversas aparece a hora que a pessoa recebeu a mensagem (“Recebido às 11h”) e a hora que ela abriu (“Aberto às 11h”), mas e quando o icone fica cinza e aparece assim: “Adicionado às 12h”? (Essa hora é só um exemplo) O que significa esse “adicionado”?

  5. Notei que na lista de contatos há fantasminhas antes dos nomes, com diversas expressões. Gostaria de saber o que elas significam!

  6. Minha maior dúvida é, quando uma pessoa te adiciona e você não aceita, ela pode ver sua história? Mesmo o Snap estando configurado para “apenas amigos podem ver meus snaps”?
    Sei que a resposta parece meio óbvia mas esse app é mesmo uma caixinha de surpresa

  7. Oi, queria saber como faço pra trocar de camera durante um video? antes de tirar foto o toque duplo funciona, a câmera é trocada porém no decorrer do vídeo isso não funciona

  8. Ola Rodrigo ! Baixei esse app ontem? e estou apanhando muito??,mas lendo suas explicacões consegui ter um avanço??.gostei d sua ajuda super boa sua matéria.?.

  9. Olá bom dia!
    Não lembro o e-mail que cadastrei na conta do snap e não estou conseguindo acesso pq não lembro da senha, o que pode ser feito?
    Obrigada

  10. Ola, como posso saber se a conta do snapchat de um amigo foi desativada ? Não aparece os scores ao clicar no snapchat do amigo ?
    Caso a pessoa tenha desativado, ainda aparece para adicionar por contato telefônico ? O que isso significa?
    Aguardo resposta .
    Att

  11. Rodrigo, socorro! Se não for pra você que posso recorrer, terei que ir atrás do suporte do snapchat kk

    Não sei se estou fazendo algo muito burro, mas eu fui em “criar conta”, coloquei meu e-mail, senha e data de nascimento. Depois disso, aparece a tela para criação de usuário. Coloquei meu usuário, ele carrega um pouco e aparece a tecla “continuar”, eu aperto ali, ele carrega um pouco, a tecla some e ele continua na tela de criação de usuários.

    Já coloquei vários usuários, mas ele não sai dessa tela de criação de usuário. Não sei mais o que fazer :x

  12. quero saber como coloca filtros de como vc estivesse dentro de um aquario que a kendall jenner postou. obg

  13. Oi,

    a parte de quem me adicionou quando clico some depois, tem como ver quantos seguidores tenho?

    embaixo do fantasma onde tem para adicionar amigos e etc tem uma numeração o que seria isso?

  14. Hey, eu ganhei um celular novo e esqueci a senha do snapchat, aí eu coloquei o nome de usuário e fui em “Esqueci minha senha”
    Aí pedia o email, coloquei o da conta na play store (que quando eu criei adicionou esse email automaticamente) aí eu coloco e não dá certo, o que fazer (se eu não quero criar um novo)?

  15. Olá, quando alguém te adc no snap aparece escrito assim adc por número… Oq é, como assim

  16. Cara como coloco aquelas animação igual nos ao vivo, eles conseguem por logo de time outros tipo de desenho marca e etc …

  17. Eu escolho apenas alguns amigos para receber meus snaps, e quando vou ver as pessoas q viram, estão as pessoas que eu não marquei para ver .. tem algo q eu possa fazer?

  18. Vc ta la no seu Snapchat e de repetente aparece uma plaquinha em cima que desce e sobe,já vi vermelha e azuladas tbm,fica alguns segundos e sobe de novo,vem escrito o nome de algum user,mas confiro e nunca é nada (nem novos snaps,nem mensagem,nem foto privada …

  19. É possível publicar fotos ou vídeos já existentes no telefone ou somente fotos ou vídeos feitos a partir da câmera com o app?

    1. É, mas só se o destinatário for uma pessoa, ou seja, não dá para colocar fotos e vídeos já salvos na Minha História.

      Abra a lista de contatos, ou de snaps recebidos, e dê um toque duplo naquele para quem deseja enviar a foto/vídeo. A interface da câmera abrirá e, no canto inferior direito, haverá um ícone que dá acesso às fotos e vídeos salvos no celular. Aí é só escolher, definir o tempo e enviar.

  20. Olá, quero fazer uma pergunta a vocês..
    Meu amigo me manda snap só que quando eu vou visualizar ele fica como um tela preta, como se a foto que me mandou fosse toda preta e ele é o único contato que acontece isso. eu não sei como arrumar isso, já vi algumas pessoas com o mesmo problema mas nada de solução. (Meu celular é um ANDROID).
    Se alguém souber como resolver, dou 5 estrelas. Obrigado pela atenção, abraços.

    1. Bug do Snapchat. Acontece direto, dependendo do modelo de celular, e pode ter outras consequências, como vídeos defeituosos. A saída é aguardar uma atualização que corrija o problema.

  21. Gostei bastante dessa matéria. Muito esclarecedora.

    Mais sites de tecnologia no Brasil deveriam fazer isso.

    Ótima publicação.

    1. Teve uma matéria que o Ghedin publicou há algum tempo que tinha guias práticos sobre Whatsapp e algo mais, e o Whatsapp é extremamente fácil de usar. Isso num formato de revista.Então hoje em dia, o Guia Prático é mais uma intro para desconhecidos sobre o assunto do que de fato uma aula completa sobre temas complexos.

      1. Sim, entendo a lógica da matéria mas falo do fato que acho realmente a interface do Snapchat muito pouco prática.

        1. Eu, pelo contrário, acho ela muito bem pensada, e que evoluiu de forma natural, e acho que o design dele trouxe muita coisa para o mainstream, digo no sentido gráfico e de usabilidade para apps.

  22. Rodrigo, tenho uma discordância. Não é pela idade, observe! A “olivetti” aqui adora tecnologia e novas interfaces. Mas “Snapchat é meio intimidador, especialmente para o povo mais velho, desacostumado com interfaces inovadoras e sem muita explicação.”

    Pô cara….. mussum tinha uma frase pronta pra te responder essa: “Desacustumadis é seu passadis” ( no hard feelings, hehe)

    Acho que a questão de não receptividade pelo público mais velho não é relacionada a *interface* florida, diferente, não linear, etc. E sim na proposta de uso, muito mais atraente para algumas idades e menos para outras.

    Storyteeling…. exposição… esse conteúdo “volátil”. Lhe pergunto.. pra que eu usaria isso? Está instalado no meu smart, e os amigos e contatos da turma mais novos usam. Achei piegas e que até dá uma vergonha alheia (com raras excessões divertidas). Quando estou entre a turma – todos quase da mesma idade – o “snapchat real” é bem mais divertido. A turma já sabe a loucura de cada um…a vida de cada um. fica ali, entre amigos já escolhidos e o que ocorre em Vegas, morre em Vegas… a volatilidade da história termina depois da ressaca no dia seguinte (não lembro de nada) hahaha, As fotos, videos e etc vão no grupo do Whatsapp… muuuuito mais prático.

    O snap tem potencial para eventos ao vivo, tem coisas bacanas. Mas não gosto de BBB e acho piegas ver mini-videos da vida alheia… talvez isso não atraia pessoas que usaram uma IBM 6783 – ainda que essas gostem de coisas novas tá?

    =P

    1. Concordo contigo, acho que esse fator também influencia no descaso de pessoas mais velhas com o Snapchat, gente (como eu, também) que não é “nativa digital” ou coisa assim. Para mim, inclusive, o grande lance do Snapchat é transportar essas piadas internas que sempre rolam em encontros ao vivo à Internet — é o que melhor faz isso, até mesmo por limitar o alcance e forçar um controle fino de quem vê o conteúdo.

      1. Sim, mas ai esbarra em uma coisa que o pessoal mais velho anda detestando (E eu incluso): Mais uma rede social, mais um app de mensagens, mais notificações, mais atenção, mais um conteúdo….

        Outro dia me pediram pra instalar o Telegram. Pensei “Mais um app? Mais um comunicador? mais uma rede? mais um milhão de recursos? (alguns legais, outros insuportáveis, como esse negócio de poder citar vc no chat e o negócio notifica) tá doido. tô fora!

        Agora concordo que ajuda a manter um controle fino de uma piada interna, ainda que, quando se está entre amigos mesmo, isso é até desnecessário. Todos sabem sobre a regra de Vegas! hehe

        1. Venho das antigas também, meu primeiro micro foi um Mark8 com intel 8008, e vejo muitos problemas com o Snapchat e todas essas redes sociais, o público geral ainda não entendeu que nós somos o produto e não o usuário, e que TUDO que fazemos fica marcado lá para sempre. Mas fica aquela, minha ex tem Snapchat, tem twitter, tem fanPage no FEICE, e acha tudo uma maravilha.

    2. Tenho a impressão de que é um app que faz sentido pra molecada porque eles tem tempo e falta de senso de privacidade/ridículo/risco. A gente tem mais o que fazer e não fica se espondo a toa, então não vê uso pro app.

    3. isso!
      eu nao uso pois acho que é um app fútil demais. já usava tão pouco o whatsapp que desinstalei. não tenho saco pra ficar recebendo piadinha (ou nudes) e acompanhar conversas imensas em grupos.
      se querem entrar em contato comigo usam o facebook e até o hangouts. compromissos e eventos são devidamente combinados nesses canais.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!