Contra as grandes: Como tirar das Big Tech o monopólio do futuro

Nota do editor: Alguns meses atrás, a Laura Castanho, que está se formando em Jornalismo pela USP, entrou em contato comigo para perguntar se eu topava escrever um artigo de opinião para a revista Zero, seu trabalho de conclusão de curso. Topei e, com a ajuda dela, o resultado é o que você lê abaixo. A revista impressa (na foto) ficou sensacional e pode ser comprada aqui. Não deixe de dar uma passada no site, no perfil no Instagram e de assinar a newsletter gratuita.


Quando uma startup dá certo — recebe investimento, cresce vertiginosamente, encontra um modelo de negócio rentável e abre capital —, é difícil preservar os traços dos seus primeiros dias. Um que costuma resistir, ainda que apenas por peso simbólico, autoengano ou como lembrete de uma época que ficou para trás, são os slogans e as missões da empresa.

Nas startups de tecnologia, a megalomania e o altruísmo se confundem em algumas das frases usadas pelas que deram certo de acordo com seus próprios critérios. “Não seja mau”, dizia o mantra do Google, cuja missão é organizar e tornar acessível toda a informação da Terra. O Facebook, nascido em um dormitório de faculdade a partir de um site para ranquear as alunas mais atraentes, com fotos obtidas do diretório acadêmico sem a permissão delas, em algum momento dos seus primeiros anos passou a ser uma ferramenta para “conectar o mundo”.

Continue lendo “Contra as grandes: Como tirar das Big Tech o monopólio do futuro”

Consegui cancelar o contrato com a Smart Fit via internet, sem sair de casa

No final de 2018, motivado por orientações médicas genéricas, inscrevi-me na Smart Fit — a primeira vez em que frequentei uma academia de ginástica/musculação. O ingresso foi super tranquilo, com cadastro feito via internet e cobrança direta no cartão; os preços eram ok e mesmo eu não tendo base para comparação, achei os equipamentos muito bons. Tudo muito ~smart, ou inteligente, como eles propagandeiam. Dois anos depois, impossibilitado de me exercitar devido a uma pandemia e decepcionado com as opiniões do dono da empresa, tive que fazer malabarismos para conseguir cancelar meu plano sem pôr a minha saúde em risco porque, nessa hora, a academia inteligente revelou-se uma espertalhona.

Continue lendo “Consegui cancelar o contrato com a Smart Fit via internet, sem sair de casa”

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!