Anúncio NordVPN, a VPN mais rápida do mercado, com 68% de desconto

Funcionários do Google criam sindicato nos Estados Unidos

Pouco mais de 200 funcionários da Alphabet, a holding do Google, anunciaram nesta segunda (4) a criação de um sindicato. Batizado de Alphabet Workers Union, o objetivo do sindicato é um pouco diferente daqueles clássicos: este pretende estruturar e dar base para o ativismo crescente dentro do Google, já visível em casos como a paralisação de 20 mil funcionários contra denúncias de assédio sexual dentro da empresa em 2018 e a manifestação pública após a controversa demissão da cientista de dados Timnit Gebru, em dezembro. O sindicato dos funcionários do Google pode se tornar paradigmático em um ambiente (Vale do Silício) e setor (tecnologia) sempre avesso à sindicalização. Tomara que a moda pegue. Via New York Times (em inglês), tradução na Folha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários

  1. Por que você considera o objetivo diferente? Acho que todo sindicato serve (ou deveria servir) para organizar a luta dos trabalhadores do setor/empresa. Sentidos diferentes estão sendo empregados hoje em dia, não das organizações clássicas.

    1. Aqui no Brasil, os sindicatos servem (ou deveriam servir) para proteger e representar o interesse dos funcionários em questão de garantir os direitos trabalhistas e oferecer suporte para abusos e crimes (que não são incomuns por aqui). No Google me parece que o objetivo não é esse – embora que também possa servir pra isso.

      1. Isso. Os funcionários do Google recebem bem e têm um monte de regalias. Embora esse apoio não esteja fora do escopo do novo sindicato, ele parece estar mais focado em fazer frente a decisões controversas da direção, como os contratos com o Exército norte-americano e o fiasco da demissão do Andy Rubin em 2018.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!