Estilo de vida

O escritório em casa da supervisora de suporte técnico Karla Carvalho

Escrivaninha branca, com dois notebooks sobre ela, e ao fundo janelas.

Durante a pandemia do SARS-CoV-2, o novo coronavírus, a seção de mochilas será convertida em escritórios domésticos. Faz mais sentido, certo? Vale para os recém-chegados ao home office e para quem já está nessa há tempos. Mande o seu seguindo estas instruções. Todo o texto abaixo é de autoria do Karla.


A foto retrata meu ambiente de trabalho desde o decreto do isolamento social devido à pandemia. Esta é a minha primeira experiência trabalhando remotamente, em home office. No início, confesso que foi um pouco complicado pela questão da adaptabilidade e foco em meio a tantas distrações em casa.

Livros recomendados pelo Manual do Usuárioo

Foi um processo de adaptação e readequação, na verdade. Estou há quase 45 dias trabalhando dessa forma e hoje tenho respaldo para dizer que assim como no trabalho presencial, no qual é importante ter foco total, o trabalho de casa requer disciplina. Canalizei isso após ler vários artigos no LinkedIn e em outros canais.

Sou supervisora regional de suporte técnico e tenho sob minha gestão equipes em Salvador (BA), Caruaru, Recife (PE) e Teresina (PI), cidade onde moro desde sempre. Meu dia a dia é de reuniões de orientação e, mais que tudo, busca de conhecimentos para estar sempre à frente nesta transformação digital que todos estamos vivenciando. Trabalho há sete anos no grupo educacional Adtalem, uma rede enorme de faculdades com padrão de qualidade top.

Na minha simples escrivaninha está tudo que preciso para desempenhar com proatividade o meu trabalho remoto.

  • Vários fones de ouvido (de backup). Para participar das reuniões com maior privacidade e assim interagir com minha equipe, meus gestores e meus líderes em todo o Brasil.
  • Caixa de som. Para ouvir minhas musicas preferidas (rock) durante alguns minutos e ficar mais leve.
  • Agenda e caneta. Para anotar os tópicos importantes e datá-los para minha organização.
  • Luminária. para ter clarididade legal quando a luz for pouca e não forçar a vista ao anoitecer, pois da minha janela acho legal ter a luminosidade da lua e ver as estrelas quando o trabalho se estende até a noite.
  • Um pequeno netbook. É de um parente e está aqui para que seja realizado algumas configurações básicas, rs.
  • Notebook. Um mega notebook maravilhoso de ultima geração oferecido pela empresa onde qual trabalho para que eu possa dar agilidade às minhas tarefas e não deixar nenhuma pendência.

Edição 20#18

A melhor maneira de acompanhar o site é a newsletter gratuita (toda quinta-feira, cancele quando quiser):

Acompanhe também nas redes sociais:

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários

  1. Ghedin, revise o texto de introdução!

    Karla, se me permite a pergunta: como está o mercado de manutenção? Corro por fora pois atendo mais de forma “gambiarreira” (melhor admitir do que ser hipócrita, não?) então tou bem por fora. E imagino o corre aí de gerenciar equipes em uma área que demanda muita atenção, principalmente em uma época que mais que nunca o PC acaba sendo a ferramenta principal.

    1. Bem, como nunca nossas habilidades técnicas tem sido mais requisitadas devido a essa necessidade de está conectado a internet todo tempo. O suporte remoto inicialmente é a base de tudo, mas tem todo incidente é possível resolver pela telinha e ai usamos o recurso adicional do whatsApp rs e se de fato não conseguir é parti em ultima necessidade para o suporte presencial.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!