Anúncio Black Friday na Insider: descontos exclusivos na máscara antiviral

Bloco de notas 20#30: Fortnite contra (quase) todo mundo

🗞 Notícias

As cinco notícias de tecnologia mais importantes dos últimos sete dias. Quer mais? Siga o site no Telegram e no Twitter para receber notas de tecnologia todos os dias.

Fortnite contra (quase) todos. A Epic implementou um sistema de pagamentos próprio em Fortnite que ignora os nativos/obrigatórios do iOS e Android. Como era esperado, Apple e Google tiraram o jogo da App Store e Play Store. Em seguida, a Epic soltou um vídeo parodiando o icônico comercial da Apple inspirado no 1984 de George Orwell e ajuizou ações antitruste contra as duas nos Estados Unidos. A Apple não se abalou e foi além: avisou que banirá a Epic das suas plataformas de desenvolvimento se a empresa de jogos não voltar atrás. Oficialmente, a discussão gira em torno da taxa de 30% que as duas gigantes cobram da venda de apps, jogos e itens digitais, mas há quem suspeite que a Epic está pressionando a Apple para que ela abra o iOS para lojas de apps alternativas. (Expediente parecido já foi usado pela empresa, com sucesso, contra a Valve nos PCs.) A grande lacuna no argumento da Epic é que Microsoft, Nintendo e Sony também cobram os mesmos 30% em seus video games, mas contra elas, todas clientes da Epic (a Sony tem até uma pequena participação na empresa), não foi dado nem um pio. [The Verge [2] [3], Ars Technica, @EpicNewsroom/Twitter, em inglês; Fortnite Brasil/YouTube]

Lentidão angustiante. No terrível caso do aborto da menina de 10 anos estuprada pelo tio de 33, neste domingo (16), mais uma vez restou escancarado o descaso das redes sociais em lidarem com abusos flagrantes dos seus próprios termos de uso. A extremista Sara Giromini usou seus perfis no Instagram, Twitter e YouTube para divulgar o nome da criança e o endereço do hospital do Recife (PE) onde ela faria o aborto, o que levou hordas de lunáticos ao local para tentar impedir o procedimento. A menina teve que entrar no hospital escondida no porta-malas de um carro, enquanto um médico distraía os extremistas do lado de fora. Somente na terça (18) e após uma ordem da Justiça, Facebook, Google e Twitter removeram os perfis de Sara das suas redes. [The Intercept, Folha, O Globo]

Começou. o Facebook começou a integrar suas plataformas de mensagens, plano anunciado há um ano e meio. A primeira integração é entre Messenger e Instagram. Alguns usuários do Instagram estão se deparando com uma tela que pergunta se querem misturar os dois apps de mensagens. Se dizem sim, o ícone de Direct do Instagram se transforma no do Messenger e as conversas dos dois locais são aglutinadas no app de fotos. [The Verge, em inglês]

É greve. Os Correios estão em greve. Segundo a Fentect, 70% dos funcionários pararam na terça (18). Eles protestam contra a negligência da empresa no enfrentamento ao coronavírus, a perda de direitos decorrente da expiração do acordo coletivo em 1º de agosto e o insistente fantasma da privatização. [Folha]

Ilustração com uma mãozinha depositando uma moeda em uma caixa com o logo do Manual do Usuário em uma das faces, segurada por dois pares de mãos. Ao redor, moedas com um cifrão no meio flutuando. Fundo alaranjado.

Apoie o Manual do Usuário.
Você ajuda a manter o projeto no ar e ainda recebe recompensas exclusivas. Saiba mais »

Nintendo verde e amarelo. Sem dar detalhes, as redes sociais norte-americanas da Nintendo avisaram nesta semana que o Switch será lançado oficialmente no Brasil. A empresa japonesa deixou o país em 2015 e o Switch, lançado em 2017, até hoje só pode ser comprado aqui via importadores extraoficiais por preços pouco convidativos. Datas e preços oficiais ainda não foram divulgados. [G1]


🗣 Diga aí, assinante

Os apoiadores do Manual apresentam seus projetos pessoais na internet ou ligados à tecnologia. É assinante e tem um do tipo? Responda este e-mail me contando mais sobre ele.

Sou o Matheus Leite e meu projeto é o canal Contexto. A ideia dele é publicar mini-documentários sobre pautas sociais, mas também tem alguns outros vídeos mais leves, de curiosidades. O primeiro já está no ar e se chama “A uberização do trabalho e o breque dos apps”. Está em produção o segundo, que será sobre como as redes sociais estão minando a democracia e a nossa saúde mental, a ser publicado na segunda quinzena de setembro.


🤔 Curiosidades

Print de um diálogo do WhatsApp, com duas mensagens do interlocutor — "Oii Gustavo" e "Tudo bem?" — seguidas de uma figurinha enviada pelo outro com o botão "Pular abertura" da Netflix.
Via @meltedvideos/Twitter.

Qual tecnologia matou mais pessoas acidentalmente? As respostas são fascinantes. Chamou-me a atenção o fato de que a ganância permeia quase todas (todas?) essas tragédias. [Gizmodo Brasil]

Um morador do Rio de Janeiro afirma ter recebido uma mandioca no lugar do iPhone que comprou na Casas Bahia. Em vídeo, ele disse que comprou o aparelho para dar à sua esposa, e que a caixa chegou violada e sem a nota fiscal. A Casas Bahia investiga o caso. [G1]

Foto da parte interna do cubículo, com notebook e objetos sobre a mesinha, e outras coisas penduradas nos furos das paredes.
Foto: Panasonic/Divulgação.

Para os saudosos do escritório, a Panasonic está vendendo cubículos domésticos no Japão. Eles são feitos de madeira e já vêm com a mesa embutida. As paredes do cubículo têm furinhos dos dois lados (dentro e fora), que podem ser usados para pendurar coisas, ajudando na organização. O preço sugerido é o equivalente a ~R$ 4,5 mil. [Panasonic, em japonês]


Se você curtiu este Bloco de notas, assine a newsletter gratuitamente para recebê-la direto no seu e-mail:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!