Post livre #246

Toda semana, o Manual do Usuário publica o post livre, um post sem conteúdo, apenas para abrir os comentários e conversarmos sobre quaisquer assuntos. Ele fecha no domingo por volta das 16h.

53 comentários

  1. Boa tarde, galera! Tudo bem?

    Eu e a minha companheira decidimos esse ano comprar uma tv smart, já que a tela de 14″ do notebook anda longe de ser ideal pra ver nossos streamings. Mas aí surge a pergunta: como escolher?

    Além de marcas consolidadas no mercado (aqui em Portugal tem muita marca menor local), quais os critérios que eu deveria levar em conta?

    Entro nos sites das lojas e vejo
    – 4k, 8k ou full hd? Ou 4k full hd?
    – led, oled, qled ou uled?

    Enfim, se alguém puder me ajudar, eu agradeço.

    Grande abraço

    1. Não entendo muito também, mas pela experiência que presenciei pessoalmente de amigos e conhecidos as mais compradas são da Sansung e LG.
      Tem um em particular que pegou uma de 55 polegadas da LG e o SO é bem fluido, porém que deu um problema em algum componente, acho que a placa wi-fi. Foi esse modelo ou um anterior https://www.lg.com/br/tvs/lg-55UF6750
      Não sei se é muito caro, mas as da Sony muitos falam bem dela.

      Com relação a LED, OLED ou QLED também tenho dúvidas. Consulta sites como Tecnoblog que fizeram analise de algumas e explicam essas tecnologias.

      Se for custo beneficio que quer acredito que Sansung e LG são uma boa escolha (pelo menos aqui no Brasil).

      Boa sorte!

  2. Eu estava aqui tentando deletar meu cadastro da loja online Americanas, porém olhei o site todo e não encontrei essa opção.
    Alguém sabe como posso fazer isso?

  3. #ajuda
    Conheço um carinha pelo FB há uns anos que depois de estudar muito conseguiu a bolsa de estudo que o governo japonês fornece aos brasileiros. Até foi entrevistado num jornal local https://imgur.com/a/0B6vFUT . O problema é que a ajuda financeira só vem no fim do mês e ele precisa chegar bem antes de começar as aulas. Ele fez um Vakinha para conseguir se manter por esse mês que não vai ter a ajuda do governo.
    Quem puder ajudar , seja contribuindo ou divulgando, vai ajudar bastante.
    https://vaka.me/1480091
    Obrigado!

  4. Pessoal, vocês tem algumas recomendações de bons HUBs USB-C? Pode ser de sites chineses, até olhei por lá. Irei comprar um pente 8GB DDR4 pro notebook, um suporte, e um hub que se conecta na USB-C ( e usar as 2 únicas USBs normais do notebook pra programar os arduino da vida rs), assim eu poderia levantar a tela do notebook, e conectar teclado e mouse num único lugar.
    Pelo que eu vi, meu notebook não manda vídeo nem carrega pela USB-C (lenovo ideapad 320). Se eu comprar um hub com essas funções, ainda dá pra usar as USB e a porta Ethernet, sem usar HDMI nem a porta PD? Ou eu deveria procurar um hub que só tenha portas usb, ethernet e leitor de cartões?
    Penso em comprar um hub completo, porque talvez (em 2022) meu próximo notebook tenha essas funções, daí eu não teria que comprar outro hub, bastaria aproveitar o que já tenho.

    1. Nunca usei Hub USB C, mas tenho aprendido que barato demais é sinônimo de problemas.

      Até penso em comprar um para ver se é possível adaptar em USB micro B, para usar em um tablet de um cliente.

      1. Entendi, então não vou procurar pelo mais barato.
        Sobre a possibilidade de adaptar pra USB micro B, talvez seja possível. Vi um adaptador de micro USB para usb C em uma loja de artigos eletrônicos da china, quando fui a outra cidade. Mas acho que só dá pra saber testando

  5. Uma coisa que eu gosto no Firefox e Edge é a opção de poder abrir um arquivo ao invés de ter que baixar. Se alguém me mandou um PDF, um PSD, etc, eu posso clicar e abrir direto já no aplicativo correspondente, ao invés de ter que baixar e então abrir. Não tô conseguindo isso no Brave (Chromium), alguém sabe como?

    1. Me lembro que para abrir PDF no Chrome, é igual Firefox: entrar em config e achar para abrir PDF de forma interna.

      Curioso que no windows 7, o Chrome tenta ficar como padrão para abrir PDF

      1. Aqui. – chrome://settings/content/pdfDocuments?search=pdf

        (não sei como vai aparecer na hora que eu jogar aqui no MdU)

  6. Eu não sei se já fiz isso, e eu já estava pensando em fazer antes da matéria do Ghedin sobre o “Simple Tools”. Então vou aproveitar a deixa e criar uma mini-seção “Recomende um app do F-Droid”.

    Só isso: diga aí se você usa algum app que é divulgado na F-Droid e o porquê de estar usando.

    Começando.

    Eu uso o Money Wallet. Me parece um bom gerenciador de despesas, apesar de eu não fazer uso de funções fora do celular (como exportar dados por exemplo). Não é toda hora que eu uso, mas quando me lembro, ele é bom para ajudar a saber as entradas e saídas que faço.

    1. Ligeiro, tentei usar o aplicativo indicado, mas ele não tem cartão de crédito, o que inviabiliza o uso pra mim

      OBS: a descrição em parênteses não é minha, é do link.

      AdAway (Bloqueie propagandas) – https://f-droid.org/packages/org.adaway
      Como o nome sugere, ele bloqueia as propagandas em todo o sistema e não cria uma VPN para isso, precisa de root.

      AntennaPod (Um player de podcasts fácil de usar, flexível e de código aberto) – https://f-droid.org/packages/de.danoeh.antennapod

      Bromite (Bromite is Chromium plus ad blocking and enhanced privacy; take back your browser) – https://f-droid.org/packages/org.bromite.bromite
      ele é igual ao chrome, mas sem os olhos do google, ainda estou tentando fazer algumas coisas funcionarem, por exemplo: não consigo inserir direto o autocompletar do enpass.

      DAVx⁵ (Sincronização e Cliente CalDAV/CardDAV) – https://f-droid.org/packages/at.bitfire.davdroid
      uso pra sincronizar calendário e contatos pro fastmail

      Easy Diary (Um aplicativo de diário otimizado para experiência de usuário) – https://f-droid.org/packages/me.blog.korn123.easydiary

      LibreTorrent (Gerir, descarregar e partilhar ficheiros) – https://f-droid.org/packages/org.proninyaroslav.libretorrent
      testei vários e ele foi o melhor que encontrei, pois consegue linkar direto pro cartão de memória e desliga após fazer o download

      OpenTasks (Mantenha-se a par da sua lista de metas) – https://f-droid.org/packages/org.dmfs.tasks

      S. Notes (Um aplicativo de notas simples e privado) – https://f-droid.org/packages/com.standardnotes
      dica do MdU

      Tachiyomi (Leitor de mangá) – https://f-droid.org/packages/eu.kanade.tachiyomi
      o melhor do gênero, fora que consigo sincronizar com os sites de leituras de mangás

      Telegram (Telegram é um aplicativo de mensagens com foco em velocidade e segurança.) – https://f-droid.org/packages/org.telegram.messenger

      VLC (Melhor player de vídeo e música. Rápido, funciona e reproduz qualquer coisa) – https://f-droid.org/packages/org.videolan.vlc

      1. No meu caso eu uso carteiras divididas por tipo de conta (banco, Aux emrg, uso pessoal).

        Dado que para mim o auxílio é como um cartão de crédito, uso como uma carteira também.

    2. Como eu não tenho nada do Google no meu celular, boa parte dos meus aplicativos vêm do F-Droid, inclusive uma loja alternativa para baixar aplicativos da Play Store. Que não vem do F-Droid são poucos, como o aplicativo do meu banco, o do Plex, e outro para rastreamento de pacotes dos Correios.

      Algumas coisas que eu uso de lá que podem ser interessantes para outras pessoas:

      • Aegis — Aplicativo para manter códigos de autentificação de dois passos. Tem criptografia por padrão e permite fazer backup local dos segredos em um arquivo JSON criptografado. Dá para usar biometria também, para quem gosta.
      • AnySoftKeyboard — Teclado de código aberto com diversos recursos, temas, e pacotes para expansão que não manda nada do que você digita para a nuvem.
      • Aurora Store — Alternativa para a Play Store com código aberto, permite instalar e atualizar aplicativos sem uma conta do Google.
      • Conversations — Mensageiro instantâneo que usa XMPP como protocolo de comunicação, com OMEMO para criptografia de ponta a ponta. É o meu mensageiro de preferência e o que uso para conversar com amigos e a minha esposa quando e-mail não é possível.
      • FairEmail — Cliente de e-mail com suporte a PGP e várias outras coisas. Eu dificilmente envio e-mail usando o celular, já que sempre tenho um computador por perto, mas é a melhor alternativa para o Android.
      • Forecastie — Aplicativo simples para previsão do tempo, usa o OpenWeatherMap como fonte.
      • OpenKeychain — Adiciona suporte a chaves PGP ao Android para criptografia de arquivos ou, no meu caso, assinatura de e-mails quando integrado ao FairEmail.
      • Telegram FOSS — Versão sem telemetria, analytics, e outras coisas do Telegram. Uso para conversar com o pessoal no grupo do Manual do Usuário.
      • Weechat-Android — Versão para Android do meu cliente de IRC favorito, Weechat. Parece estranho usar o IRC em 2020, mas o IRC continua sendo um protocolo aberto com resiliência imbatível. Quando foi a última vez que alguém ouviu falar da Freenode saindo do ar? Se não fosse pela falta de criptografia de ponta a ponta, eu migraria todo a conversação da empresa do XMPP para o IRC.

      Eu já admiti para mim mesmo que o meu uso é bastante de nicho, mas quem sabe, não é? Tem maluco para tudo.

      1. eu tentei usar o AnySoftKeyboard várias vezes, mas só passei raiva, rs.

        usei a aurora store durante um tempo também, mas um aplicativo essencial pra mim é de finanças e ele é pago, daí não consigo baixar pelo aplicativo

        1. Ué, qual foi o problema com o teclado?

          Eu costumo procurar aplicativos que não dependam de nada do Google, então pagamentos acontecem por fora. Para aplicativos pagos ou compras dentro de aplicativo, realmente, o Aurora Store não funciona. Quer dizer, meio que.

          Você tem a opção de logar na tua conta do Google usando o Aurora Store e fazer a compra do aplicativo pela interface web da Play Store, mas meh, eu sempre procuro opções de código aberto que me permitem pagar por fora.

          O FairEmail é um bom exemplo disso. Você pode comprar ele pela Play Store se quiser, mas o desenvolvedor também oferece a opção de liberar os recursos pagos se você pagar por fora da quermesse do Google.

          Mas é aquilo que eu disse, o meu uso é de nicho.

    3. Eu pensei que a galera ia mandar um só, para que toda a semana a gente tivesse esse espacinho. Mas já que jogaram a lista inteira, vai a minha:

      Autostarts- para ver o que roda na inicialização. Para função de bloqueio, precisa de root.

      barcode scanner – para ler códigos de barra e QRs.

      CPU Info – para ver as especificações do celular.

      Disk Usage – para ver o espaço ocupado (de forma visual)

      Kiwi Browser – navegador web (peguei fora do FDroid)

      MoneyWallet – já citado.

      Open Câmera – uso mais quando a câmera trava

      Port Authority- para ver quem está nos arredores da rede

    4. Eu utilizo os seguintes apps do F-Droid:

      1 – AntennaPod: App para ouvir podcast. É simples, bonito e muito funcional. Gosto dele por isso.
      2 – Aurora Store: Um app para acessar a Play Store usando uma conta descartável e enviando o mínimo de dados possível para a Google.
      3 – Book Reader: Leitor de livros/documentos simples.
      4 – CPU Info: App para obter informações do hardware do celular.
      5 – Etar: Calendário simples e funcional.
      6 – Exodus: App que indica os rastreadores contidos em cada app, além de exibir também as permissões que eles utilizam.
      7 – Fennec F-Droid: Uma versão do Firefox sem os rastreadores e softwares proprietários.
      8 – KeePassDX: Gerenciador de senhas simples.
      9 – LibreOffice Viewer: Leitor de documentos em formato aberto e formatos da Microsoft.
      10 – NewPipe: App para acessar o YouTube, sem precisar de conta google, enviando a menor quantidade de dados possível.
      11 – OpenCamera: Um app de câmera básico.
      12 – OpenBoard: Teclado open source.
      13 – TrackerControl: App para bloquear rastreadores de outros apps, semelhante ao que o Firefox faz nos sites.
      14 – Telegran FOSS: Versão recompilada no Telegram sem alguns rastreadores e softwares proprietários.
      15 – Tusky: Ótimo app para acessar o Mastodon.
      16 – Tutanota: App do serviço de e-mail alemão que visa a privacidade de seus usuários.
      17 – VLC: Apenas um dos melhores players de música e vídeo que existe.

      Bom, são esses os apps do F-Droid que utilizo :)

    5. Pessoal, obrigado pelas dicas. Encaixou como uma luva! O hackerspace que faço parte , a casa hacker (casahacker.org) durante a quarentena tem feito lives, e a live dessa semana é sobre android livre (de google), então vou falar de Fdroid, lineage (e outras roms) e microg.

      Quem quiser acompanhar: https://www.youtube.com/watch?v=DpFrMr6d70c

      Abs

      1. tamos aí.

        Uma pergunta: não era do grupo de vocês que tinha o interesse de fazer uma unidade móvel da casa hacker em um motor home?

    6. Vou deixar a dica de 2 aqui.
      Blokada: bloqueador de anúncios (uso sempre);
      Scrambled Exif: removedor de metadados de fotos. Simples de usar: Na sua galeria nativa clica em compartilhar > clica no Scrambled Exif > ele vai apagar os metadados e vai abrir a opção de compartilhar novamente, aí é só escolher o app desejado (usei bem pouco).

  7. sobre o terceiro link da newsletter:

    deve ser realmente assustador perder todo o acesso ao Google do nada.

    vou até criar um e-mail pra acessar o YouTube, já que eu uso o YouTube Vanced e isso viola os termos…

    minha única preocupação msm é perder minhas fotos, já que todo o resto está fora do Google, mas tirando o icloud não existe um serviço bom o suficiente e que proteja a privacidade, então acabo usando o Google fotos mesmo.

        1. Estou feliz de pelo menos ter uma conta ativa do Outlook e não jogar tudo no GMail (se bem que venho aos poucos fazendo isso). Vou pensar em como usar um e-mail padrão agora. Se deixo os dois ativos e migro para um Protonmail ou sei lá, só que preciso de um gratuito.

          (Em tempos, os e-mails que já tive foram no iBest, BOL (por um bom tempo), IG, Hotmail/Outlook, GMail, e Yahoo (Que nem me lembro mais qual é).

    1. É assustador mesmo. E situações do tipo são o grande calcanhar de Aquiles dessas soluções impossivelmente gratuitas de escala global — raramente dá problema, mas quando dá, é difícil falar com alguém. Que pesem todos os problemas, se der alguma zica no iCloud, por exemplo, consigo agendar um papo por telefone com alguém do suporte super prestativo. Já tive um problema com a sincronização das chaves (gerenciador de senhas nativo da Apple) e consegui resolver assim, falando com o suporte.

      O duro, no caso das fotos, é o que você disse mesmo: é difícil encontrar alternativas.

      1. uma vez até encontrei uma galeria que puxava as fotos direto do dropbox, mas não confiei..rs, fora que as vezes procuro foto de alguém específico e a IA do google é imbatível

          1. fazer backup até que é fácil, mas o meu problema é mais a falta da IA msm, sei que é invasão de privacidade eles olharem as fotos e identificarem as pessoas, mas isso deixa as coisas muito mais fáceis.

            uma vez fui mandar a foto da minha tatuagem e só joguei “tatuagem” no google fotos e ele a achou de meses atrás

      2. As fotos eu também faço backup automático no OneDrive, cortesia do ex-Office 365. Mas a interface é bem mais precária comparando com o Google Fotos; só serve pra guardar arquivo, mesmo.

  8. Meu teclado quebrou e estou tendo que usar o teclado que o Ghedin fez review, aquele mesmo :/

    Alguma recomendação de teclado bom e barato para mac?

    1. Um logitech para Windows não serviria? Aí só ter em mente as teclas substitutas (não lembro quais substituem quais quando usa um teclado windows no mac).

      1. Serviria mas se o teclado não for realmente compatível alguns atalhos vão ficar malucos. Andei pesquisando e parece que existe uma lacuna. Ou são esses genéricos de camelô ou aqueles cheios de luzes e tal. Talvez eu tente um original usado ou então um para pc de marca famosa como dell ou microsoft.

        Usar esse sem fio é ruim não só por casa das teclas barulhentas e frouxas mas por que ele hiberna muito rápido e toda vez que volto a escrever tenho que esperar ele acordar.

        1. Se for um quebra-galho, eu iria numa lojinha qualquer e pegaria um baratinho com fio que me agradasse. Já usei teclado ABNT2 no macOS; tem que mudar o layout do sistema nas configurações e memorizar quais teclas correspondem às Command/Option/Control, mas funciona ok. Aí dá tempo para pesquisar melhor e comprar um mais caro e decente.

          Esse nosso sem fio é só para emergências mesmo. Ruim demais.

  9. Tenho comigo que “inbox zero” no e-mail é enxugar gelo, mas não é como se largar mão e deixar que as mensagens se empilhem às centenas ou milhares fosse muito melhor.

    As minhas (pessoal e do Manual estavam… ok, não zeradas, mas com muita coisa que exigia ações simples e que vinha postergando. No feriado, sentei na frente do computador e em pouco mais de duas horas resolvi isso. Agora estou com as caixas de entradas com algumas poucas mensagens visíveis de assuntos pendentes e/ou que não dependem de mim para avançar e, quando chegam novas mensagens (muitas dezenas de releases na do site), já processo elas sem muita demora. Devo dizer que tem sido bom?

    Como está a situação dos seus e-mails?

    1. tenho três caixas de entrada: uma pessoal/genérica, uma acadêmica/profissional e uma “da firma”. A primeira está uma bagunça e eu arrumo talvez umas duas vezes por ano, mas volta a ficar uma bagunça em questão de dias. A segunda está bagunçada mas sob controle. A terceira é a única que mantenho sempre próxima de ficar vazia.

    2. largo mão e qdo fica cheia demais eu ajusto pra filtrar por remetente e distribuo numas pastas, mas sem neuroso. vou deixando lá até me incomodar novamente. isso no meu email principal, nos outros nem dou atenção.

    3. tenho o objetivo de deixá-la zerada (os e-mail concluídos mando tudo pro arquivo, peguei esse costume da época do “inbox”) mas as vezes não consigo mas tb não me preocupo, fora que recebo pouco e-mail, então pra mim é bem tranquilo, até pq todas as newsletter que recebo, as recebo pelo feedly, então elas nem aparecem no meu -email.

      dos e-mails que chegam: visualizo e se não preciso de nenhuma ação, arquivo;
      caso eu precise interagir e se tiver tempo na hora, o faço, caso não, faço quando tenho tempo (geralmente a noite).

        1. na verdade uso um serviço chamado “kill the newsletter” que cria feed de newsletter, daí as crio e coloco no feedly

    4. Minha caixa de entrada costuma ser bem limpa, apesar de eu fazer parte de várias listas de e-mail, como a do kernel do Linux e do Tor. Talvez por eu usar o e-mail quase como um mensageiro — no trabalho eu quase não entro no Slack, por exemplo —, manter a minha caixa de entrada em dia é bem fácil, independente do volume.

      Hoje tenho dois e-mails esperando resposta apenas, um é mais um lembrete do que algo que precise de resposta, e outro que eu não faço ideia de como responder, então está parado até alguma ideia aparecer na cabeça.

      Cliente de e-mail aberto

    5. Acho curioso que eu nunca tive problema em mantê-la zerada, o máximo é ficar atento em sair de listas que não preciso mais. No trabalho, tem sido mais difícil, mas nada demais.

      O máximo que faço é isso mesmo de deixar “separado” o que precisa de alguma ação de curto prazo, mas é meio raro isso. Aliás é um recurso simples e bem legal do Spark de simplesmente ter um pin com swipe: simples e eficiente.

      1. Também uso o marcador (flag) para lembrar de e-mails que precisam de resposta, mas que exigem algum dado que ainda não tenho ou mais tempo para reflexão. Aí deixo essas mensagens marcadas como lidas na caixa de entrada. Funciona bem. (Uso o Mail da Apple; ele também tem esse deslizar para o lado para marcar.)

    6. sei lá, com memória e busca eficiente eu nunca me importei muito com caixa de entrada

    7. Largo mão e deixo nosso senhor todo poderoso Google me avisar o que chega de importante no Gmail (que não consigo configurar pra me notificar de todas as mensagens de jeito nenhum).

      Se ainda assim ele deixar algo passar, confio no bom e velho “Ô Pierre, te mandei um email ontem, você viu?”

    8. No e-mail do trabalho eu não tenho muito a neura de zerar a caixa de entrada pois sei que naturalmente sempre vai chegar coisa nova em velocidade maior do que eu posso resolver.

      Apenas trabalho com a ideia de manter na caixa apenas o que precisa ser resolvido/respondido e arquivar o que já foi (também herdei essa prática do finado Google Inbox). Para ajudar a me organizar, tenho um apenas um marcador “Aguardando” para os e-mails cuja resolução não depende de mim no momento, deixo eles na caixa de entrada com esse marcador até que receba a resposta necessária para dar andamento.

      Já no e-mail pessoal, na teoria eu também leio tudo e já arquivo ou excluo, mas na prática, as vezes acabo deixando acumular as coisas na caixa de entrada. Geralmente eu tiro uma hora qualquer para selecionar todos os e-mails já lidos e arquivar/excluir e aproveito para clicar em “Descadastrar” em alguns que não me interessam.

      Resultado: no momento tenho seis e-mails na caixa de entrada de trabalho e trinta e quatro na pessoal — está na hora de dar uma limpeza nessa).

    9. Li em uma newsletter que é sempre bom “limpar” o email nas segundas e sextas, e coloquei isso na cabeça. Meu email pessoal fica limpo com uma certa frequência (só recebo nele promoções, newsletters e recibos), já o da faculdade fica com uns 5-8 emails essenciais para o semestre.

Os comentários deste post foram fechados.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário