Microsoft fecha o cerco contra apps genéricos que se passam por oficiais

Todd Bix, em um blog oficial da Microsoft:

No começo do ano, ouvimos em alto e bom som que as pessoas estavam com dificuldades para encontrar os apps pelos quais procuravam; com frequência, tinham que se debruçar sobre listas de apps com títulos confusos ou enganosos. Recebemos esse feedback com seriedade e modificados os requisitos de certificação da Loja [de Apps do] Windows como um primeiro passo para garantir que os apps sejam nomeados e descritos de uma maneira que não deturpe seus propósitos.

Em março, Long Zheng exemplificou o problema com o Facebook. Um app genérico, com ícone e nome idênticos ao oficial, aparecia no topo da pesquisa por “facebook” na loja australiana.

As alterações no processo da Loja de Apps, tanto a do Windows, quanto a do Windows Phone, já estão valendo e resultaram, de cara, na eliminação de 1500 apps. Consumidores que compraram algum deles serão reembolsado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários

  1. Caramba, mas a Microsoft tá muito atrasada e lenta no desenvolvimento do WP, sério, todo mundo sabe disso há séculos e só agora ela resolveu se mexer, fica difícil…

  2. Aleluia! Até que enfim. Às vezes dava uma pesquisada nas lojas do celular e do computador e a quantidade de lixo era impressionante. Parece com a antiga Android Market de meados de 2011.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário