Quais dados o WhatsApp guarda dos usuários e como solicitar os seus

Logo do WhatsApp contra um fundo verde.

Por força do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR, na sigla em inglês) da União Europeia, diversos aplicativos e serviços tiveram que mudar políticas de privacidade e disponibilizar os dados que mantêm dos usuários acessíveis a eles. Além de subir a idade mínima dos usuários para 16 anos na Europa, o WhatsApp também liberou uma ferramenta de download de dados — e, felizmente, ela está disponível no mundo todo.

Para solicitar um arquivo com seus dados, entre na área “Ajustes”, depois em “Conta” e toque no link “Solicitar Relatório”.

Telas mostrando as etapas de solicitação do relatório (ou backup) do WhatsApp.
Solicitação do relatório do WhatsApp no iOS.

O download não é imediato e, estranhamente, demora mais para ficar pronto do que o de outras propriedades do Facebook, como a rede social homônima e o Instagram. No meu caso, entre a solicitação e a disponibilização do arquivo, se passaram três dias.

O estranhamento é ainda maior após o download, devido ao tamanho reduzido do arquivo gerado. Descompactado, apenas dois documentos se revelam: um portability.json, que contém os dados, e o access.html, que cria uma interface web (no navegador) para a exibição desses dados. Juntos, eles têm pouco mais de 100 KB.

Janela do Safari com o relatório do WhatsApp aberto.
Visão geral do relatório do WhatsApp.

O conteúdo dos arquivos também é bastante enxuto. O WhatsApp guarda:

  • Modelo do smartphone usado, incluindo as versões do app e do sistema operacional;
  • Mensagem de status e foto de perfil;
  • Todos os números dos seus contatos — e apenas os números; não há nomes ou qualquer outro campo;
  • Todos os grupos em que você está;
  • Dados da criação da conta (no meu relatório, vazios); e
  • Definições de privacidade, como recibo de leitura (tique duplo azul) e “última vez online”; e
  • Contatos bloqueados (novamente, apenas os números de telefone).

Há, ainda, uma área dedicada a termos de serviço mostrando se eles foram aceitos e se o compartilhamento de dados da conta foi desativado. Em 2016, o Facebook passou a compartilhar meta dados da conta do WhatsApp com o Facebook, a menos que o usuário sinalizasse que não queria isso — um “opt-out”.

Últimos campos do relatório do WhatsApp.
Detalhes do relatório do WhatsApp.

E as conversas?

O WhatsApp transmite as mensagens criptografadas de ponta a ponta e garante que não as armazena em seus servidores após o destinatário recebê-las e que, enquanto elas estão nos servidores, não podem ser lidas por ninguém. Logo, como esperado, esse relatório não engloba o conteúdo das conversas.

Caso queira fazer um backup das suas conversas, é preciso recorrer às plataformas de armazenamento na nuvem de Google (para Android) e Apple (iOS), ou seja, Google Drive e iCloud.

Para ativar esse backup, entre nas opções, depois em “Conversas”, seguido de “Backup de Conversas”. Na tela seguinte, é possível definir a periodicidade do backup, se ele incluirá ou não vídeos (o tamanho pode aumentar bastante se sim) e até iniciar um backup manualmente.

Há dois inconvenientes. Primeiro que as conversas não são legíveis através do backup, ou seja, não dá para baixar o arquivo, descompactá-lo e ler as conversas em texto puro, fora do WhatsApp. O outro é que, caso você troque de plataforma no futuro (saia de um Android e vá para o iPhone, por exemplo), o backup será incompatível.

Note, também, que o backup/relatório oferecido pelo WhatsApp não contempla todas as atividades realizadas dentro do app. Meta dados como com quem, quando e onde o usuário conversou são salvos pelo Facebook, mas não aparecem no relatório disponibilizado.

Veja também como acessar seus dados no:

Acompanhe

Newsletter (toda sexta, grátis):

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários

  1. Este relatório é o mesmo que órgãos investigativos recebem quando solicitam dados de um investigado?
    Outra dúvida, o whatsapp mantém armazenado todos os registros de conexões sejam por redes wifi ou movel? Todos os ips dessas Conexões ficam armazenadas?
    Grato

  2. Eu nunca vi tanta utilidade nesse backup do Whatsapp sendo que não podemos alterar de sistema sem perder todas as conversas.

    Com relação a fazer um backup em texto puro até é possível, mas de forma isolada indo de contato em contato enviado o arquivo da conversa em .txt para algum email.

    1. Isso resolve mesmo em casos isolados, mas acho insuficiente perto do que ferramentas mais robustas, como a do próprio Facebook, oferecem. De qualquer modo, obrigado pelo lembrete, Matheus!

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!