Post livre #40

Fim do ano chegando, panetone nos mercados, comerciais de Natal… e a gente já começa a desacelerar. Ainda assim o post livre, claro, segue firme. Aos não iniciados, é um espaço semanal onde os leitores do Manual do Usuário conversam livremente sobre quaisquer assuntos. Aproveite!

O Manual do Usuário é um blog independente que confia na generosidade dos leitores que podem colaborar para manter-se no ar. Saiba mais →

Acompanhe

  • Telegram
  • Twitter
  • Newsletter
  • Feed RSS

379 comentários

  1. A TV na sala agora tem Netflix embutido, é uma smartv com webos da LG. Que coisa maravilhosa.

    Porém o catálogo da Netflix tá decepcionando nos filmes que to querendo ver. Nada muito cult ou coisa do gênero, justo o contrário. Ontem assisti Good Will Hunting (gênio indomável). Chorei.

      1. Não encontrei para colocar na TV. :(

        Comecei a ver Jessica Jones (terminei, achei mais ou menos) e Death Note. Também comecei How to get away with murder, mas achei que peba.

    1. não tem jeito… netflix tem um catálogo fraquíssimo de filmes cults. infelizmente tenho q apelar a outros meios pra ver cinema autoral… ainda bem q há essa opção, do contrário, seria aquela coisa para abastados na 2001.

    2. Ainda acho o Netflix brazuca extremamente fraco no quesito filmes, apesar que os 19,90 acabam valendo só pelas séries originais.

    3. Tinha lido uma matéria falando que o problema do Netflix é que ela está crescendo. Com isso, o custo dos filmes vai encarecendo e eles perdem o poder de compra de direitos autorais de filmes, pois o custo não compensaria.

      Parece que há novas jogadas nisso. A produção própria da Netflix, e a criação de sistemas proprietários de exibição de filmes por grandes produtoras parece ser parte do futuro da produção de filmes. Vamos ver.

  2. TCC apresentado com sucesso. Foi um árduo trabalho para conseguir entregar no prazo estabelecido, por querer fazer um software com nível de detalhes acima daquilo proposto no projeto.
    Mas fiquei muito feliz com o resultado, inclusive há a possibilidade (e interesse) da Faculdade utilizar o site desenvolvido para gerenciamento de eventos e controle e emissão de certificados.
    Como foi o de vocês?

    1. Eu ainda estou no meu TCC, trabalhando com Arduino para fazer um sistema de automação residencial, com controle de luminosidade e temperatura do ar condicionado. O que está me quebrando agora é diminuir o uso da RAM no Arduino, já que estou usando 87% da mesma com variáveis globais e meu programa está instável. Foda é saber que usando o Shield Ethernet vou economizar pelo menos 15% da memória, já que estou usando agora o ENC28J60 e toda resolução TCP/IP é por software, mas cadê grana pra comprar isso agora? =/

      1. Complicado essa questão de equipamentos.
        Um amigo fez o TCC dele um software com objetivo de auxiliar o aprendizado da fala para crianças com paralisia cerebral para uma ONG. A ideia inicial era usar um Raspberry Pi, porém devido ao tempo e, por que não, dinheiro, acabou usando um computador normal.
        Mas a ideia ficou muito boa e vai ser implementada no local, logo é provável que nesse caso eles adquiram isso e os outros periféricos necessários.
        Seria interessante se a faculdade/universidade tivesse alguma forma de apoio nesse sentido também.
        Meu orientador disse que na epóca dele, como precisava realizar testes de segurança em redes, ele acabou tendo que comprar computadores (velhos), switches, roteadores… :/

        1. O bom de trabalhar programando para hardware robusto é não ter de se preocupar muito com memória. Já desenvolvi o cliente (Windows e Android) no QT e nem ligo muito pra performance, apesar de estar rodando liso. O server Arduino que está dando essa dor de cabeça.

      2. Cabe um Raspberry Pi? Um TCC que acompanho passa pelo mesmo problema, e são bem similares.

        1. Eu estou quase usando o Arduino Mega por ter o dobro de RAM. Trocar por outro tipo de hardware vai dar muita dor de cabeça, ainda mais agora, que estou na reta final.

          Pra falar a verdade, tem como resolver meu caso substituindo todos os objetos do tipo String por char*, mas não sei manipular bem ponteiro :/

    2. No meu TCC eu fiz um sistema de busca para o ERP da empresa onde eu trabalhava, você digitava a tela que deseja e ele retornava uma lista de formulários desejados: tinha ordenação por relevância e probabilidade de uso do formulário, um pequeno corretor ortográfico e uma técnica chamada stemming para juntar flexões das mesmas palavras. O texto ficou ruim e tive que refazê-lo inclusive, mas eu achei legal a ferramenta, mas o pessoal da empresa nem se deu ao trabalho de colocar em produção. :(

      Defendi meu mestrado essa semana (que é tipo um curso para fazer só o TCC haha), infelizmente não saiu nada prático no final já que o foco é justamente a produção acadêmica…mas aprendi muita coisa no caminho. Estou pensando em construir um sistema sobre a proposta do trabalho, mas não sei se tenho disposição suficiente.

      1. Acho que por ler muito coisas aleatórias diariamente eu consegui desenvolver um trabalho bem escrito (um dos maiores em texto também). Tanto que a versão final ficou com uns 2 ou 3 erros de digitação apenas. Aliás, algumas coisas eu é quem acabava corrigindo a professora de letras, que deveria dar o aval sobre a escrita do trabalho. haha.
        Mas enfim, eu desde que entrei na faculdade tinha essa visão de que o TCC deveria ser algo ~perfeito~ e que resolvesse um problema real de alguém ou da sociedade.
        De certa forma isso foi bom, pois ao final cheguei ao software descrito no outro comentário, o qual espero, que seja usado pela própria faculdade, pois há esse problema em gerenciar eventos e tal.
        Minhas primeiras ideias eram criar coisas megalomaníacas tipo um programa para remover pragas como Baidu, Hal123 etc, sem o usuário interferir… programas assim já existem e mesmo que eu desenvolvesse, seria complicado, pois há necessidade de manutenção diária, inviável para uma pessoa só.
        E realmente, mudanças são complicadas, no caso trocar ou agregar um programa novo na rotina não depende apenas do desenvolvedor, mas também do interesse do usuário, que muitas vezes só faz isso quando dói no bolso. :/

  3. Só eu que não consigo entender como depois de décadas de evolução as impressoras ainda conseguem ser tão problemáticas?
    E nem falo no quesito físico de impressão, que também é bem chato, mas configurar uma impressora parece que vai ser um trauma pra sempre. Quando o Windows reconhece o dispositivo já me acho um vencedor.

    1. Impressora é tipo uma contra-tecnologia para balancear os avanço das outras.

    2. O pior problema nesta coisa é a falta de padronização. Se tudo tivesse padronizações, não precisaria nem de drivers. Todo mundo nesta área de informática quer competir e fechar suas ideias para vender para outros. Dá nisso.

      Em tempos: procure sempre o nome da impressora no seu buscador favorito (costumo usar o Google). Muitas vezes já dá a solução para algum problema chato, principalmente de impressoras antigas ou ruins de instalação.

    3. tenho uma wifi, da samsung, e, cara, qdo usava os drivers e software q vieram no cd, era um trauma. depois q passei a usar um driver e um programa genérico pra esse tipo de impressora, da própria samsung, nunca mais tive problemas, mas entes, de fato, era um trauma. tenho uma epson poderosa aqui, pra impressão de alta qualidade e essa não me dá trabalho algum tb, mas, infelizmente, não é sem fio. uma coisa com a qual sonho é um scanner sem fio.

      1. Sem-fio salva muito. Tenho uma HP sem fio e é mais prático conectar ela ao Google Cloud Print e imprimir tudo do Chrome que ficar passando trabalho pra usar direto no Windows, ainda mais com 3 PC’s com diferentes versões do Windows na rede.

    1. Nunca comi, mas o pessoal das bandas aqui não curte não. Frango com pequi é único prato com isso que conheço.

  4. Bom dia! Rodrigo não sei se você já escreveu aqui mas gostaria que comentasse algo sobre “Obsolescência Programada” que trata da vida útil programada dos produtos, atualmente inclusive e principalmente com smartphones que tem “prazo de validade”

    1. Escrever, não, mas já gravamos um podcast sobre o tema. Ouça aqui: http://www.buzzsprout.com/10363/104127-14-obsolescencia-programada-e-como-nossos-gadgets-envelheceram

      Não lembro direito o que falei (faz mais de dois anos que gravamos), mas acho obsolescência programada um conceito meio bizarro. O que existe, muito, é obsolescência percebida, a ideia de que o que temos está ultrapassado, mesmo quando não é o caso. O marketing das empresas joga pesado nisso, claro, mas é o trabalho deles, né?

      1. Cara, como diz o termo é Programada, então é tipo: Feita de propósito, tem documentários, curtas e outros materiais sobre isso, porém como gosto de teu feeling literário na escrita então eu suscito o tema no aguardo de um post escrito sobre isso. Não gosto muito de podcasts, nada contra quem faz ou quem ouve, mas acho que muito poderia ser resumido em um texto escrito de forma prática, até porque nem todo mundo tem Uma hora do dia só pra ouvir podcasts. Grato pela resposta mesmo assim.

        1. É que eu acho que isso não existe, na real. Tecnologias incipientes, como os smartphones, têm um desenvolvimento acelerado, então é normal que novos aparelhos muito melhores surjam em intervalos menores. Só que isso não invalida o que veio imediatamente antes.

          A Apple, que costuma ser apontada como vilã nesse tipo de papo, lança um iPhone novo por ano, sempre com diferenças gritantes para o anterior. O anterior, e o que veio antes desse, continuam à venda porque ainda são capazes. Tem gente que se vira com iPhone 4S, que é um smartphone com quase cinco anos de mercado! Chega a um ponto (que o 4S está bem próximo) que isso fica inviável, mas aí volta àquela questão da expansão acelerada, de um momento, que o software acompanha e acaba prejudicando hardware mais antigo.

          Já foi assim com computadores, quando Intel e AMD, e Nvidia e ATI brigavam de igual em CPU e GPU, respectivamente. Eventualmente a tecnologia ficou tão madura que ganhos expressivos ficaram mais difíceis de se obter.

          É por isso que falo de obsolescência percebida. O marketing das empresas (e, novamente, a Apple é referência) nos faz crer que precisamos do mais novo, ou que ele é drasticamente melhor que o modelo do último ano. Quase nunca é. Obsolescência programada é uma acusação grave e, pelo menos nos segmentos que acompanho mais de perto, difícil de se provar. Acho que o mais próximo disso aconteceu quando a Microsoft matou os dispositivos com Windows Phone 7.5 e, mesmo naquele caso, não deve ter sido algo planejado com muita antecedência — a shitstorm que veio em seguida executivo algum gostaria de encarar.

  5. Olha eu aqui dando dicas de GAMES

    Shadow Complex Remastered de graça para PC: https://www.epicgames.com/shadowcomplex/ Instala um gerenciador de jogos chato da Epic Games e tive que atualizar o driver da placa de vídeo, senão travava na primeira tela. E o mais bizarro: a dublagem é em português de Portugal (“RAIOS!”) e não achei onde troca.

    Este bundle aqui, de US$ 1,99: https://www.bundlestars.com/en/bundle/all-stars-4-bundle Faz séculos que não compro jogo, mas acho que vou pegar só por Evoland e Guacamelee, que parecem bem divertidos.

      1. Eu fiquei com um pé bem atrás com os jogos de corrida da Codemasters depois do Dirt 3 e com as críticas pesadas que Grid 2 recebeu, apesar que guardo com carinho boas jogatinas online do Dirt 2, que era um jogo lindo em vários aspectos. Mas, bah, barato assim nem dá para questionar muito…

      2. Eu fiquei com um pé bem atrás com os jogos de corrida da Codemasters depois do Dirt 3 e com as críticas pesadas que Grid 2 recebeu, apesar que guardo com carinho boas jogatinas online do Dirt 2, que era um jogo lindo em vários aspectos. Mas, bah, barato assim nem dá para questionar muito…

        1. Acho q pelo Showdown ja vale esse 1 dolar. Sobre o Dirt, to com expectativa alta pra esse Rally, todo mundo falando bem.

  6. Mais alguém aqui gosta da música da cena de Seattle dos anos 90? Nirvana, Pearl Jam, Mudhoney, Screaming Trees, Alice in Chains e o Stone Temple Pilots? Top 5 de discos ou músicas? Lá em casa vou colocar o Core no play para homenagear o Scott Weiland.. (que vi, no Velvet Revolver, em SP/2007 e faleceu hoje). Valeu!

    1. Porra o cara morreu, nem sabia. Quando tiraram ele da banda nego veio chiar que estavam errados. Além das drogas o cara não tinha mais a potência vocal de antigamente.

    2. Esqueceu justo da minha favorita: Soundgarden. Na verdade Temple of the Dog é minha favorita, mas como foi um ponto fora da curva.

      Não me arriscado a fazer a lista. Muitas músicas me tocam de maneira única, ficaria chateado de deixar algumas de fora.

  7. Alguém aí tem Xbox One e acha o sistema beta?

    Tenho há alguns anos o X360 e quando peguei o Xone (no início da semana) senti que a Microsoft regrediu absurdamente.

    O pior é que é como se o sistema fosse bipolar e somente quem paga mais tem acesso a certas coisas realmente úteis.

    Por exemplo, desativar a vibração do controle nas configurações do sistema é algo tão básico que qualquer um pensaria em ser uma função presente nativamente. Entretanto, só é possível desativar em alguns jogos – e em alguns sequer é possível. Enquanto nem existe essa possibilidade no Xone, o X360 já era algo nativo.

    Outra coisa importante é que somente quem comprou o controle “Elite” consegue desativar a incomoda luz do controle. Com isso, a função que existe por meio do aplicativo não está presente para quem tem um controle normal.

    Além disso, o layout está muito confuso e desproporcional. Ao invés de dimensionar melhor os ícones, um app recém usado ocupa quase 100% da tela e graças a isso é preciso ir para baixo.

    Ou seja, o sistema nativamente esconde todas as outras coisas. E o sistema nem é inteligente para que o analógico direito ao ser acionado, possa subir ou descer a aba.

    Enfim, depois de tanto tempo e reclamações achava que pelo menos a interface estaria menos amadora.

    Ledo engano. O sistema parece um beta.

    1. Eu tenho o One embora eu ache a interface do 360 mais prática, não vejo nada que realmente me incomode no One. A verticalização das telas é meio chata pra mim, mas não chega a incomodar. Não vejo o sistema como beta, mas como algo que ainda vai evoluir, assim como a interface do 360 evoluiu com o tempo e a interface do One tem potencial para superar a do 360, que nas primeiras versões também não tinha todas as funcionalidades que tem hoje e era mais feia que bater na mãe.

      1. Penso também que irá evoluir, mas, fica muito evidente que a Microsoft não conseguiu aprender com todo o trabalho no X360. E isso me deixou bastante decepcionado. =(

      2. Penso também que irá evoluir, mas, fica muito evidente que a Microsoft não conseguiu aprender com todo o trabalho no X360. E isso me deixou bastante decepcionado. =(

    2. louis, a microsoft tinha q te contratar. vc é muito rigoroso!

      1. Que nada.

        O X360 foi/é o melhor console que já tive. Acredito que eles deveriam manter o legado deixado pelo anterior, ao invés de criar algo completamente novo que não atende completamente aos antigos consumidores.

        1. Tenho tomado raiva dessa Microsoft que parece entregar apenas software beta pros consumidores.
          NADA parece acabado: Windows, W Mobile, XOne. Jesus.

        2. Tenho tomado raiva dessa Microsoft que parece entregar apenas software beta pros consumidores.
          NADA parece acabado: Windows, W Mobile, XOne. Jesus.

  8. Alguém aí tem Xbox One e acha o sistema beta?

    Tenho há alguns anos o X360 e quando peguei o Xone (no início da semana) senti que a Microsoft regrediu absurdamente.

    O pior é que é como se o sistema fosse bipolar e somente quem paga mais tem acesso a certas coisas realmente úteis.

    Por exemplo, desativar a vibração do controle nas configurações do sistema é algo tão básico que qualquer um pensaria em ser uma função presente nativamente. Entretanto, só é possível desativar em alguns jogos – e em alguns sequer é possível. Enquanto nem existe essa possibilidade no Xone, o X360 já era algo nativo.

    Outra coisa importante é que somente quem comprou o controle “Elite” consegue desativar a incomoda luz do controle. Com isso, a função que existe por meio do aplicativo não está presente para quem tem um controle normal.

    Além disso, o layout está muito confuso e desproporcional. Ao invés de dimensionar melhor os ícones, um app recém usado ocupa quase 100% da tela e graças a isso é preciso ir para baixo.

    Ou seja, o sistema nativamente esconde todas as outras coisas. E o sistema nem é inteligente para que o analógico direito ao ser acionado, possa subir ou descer a aba.

    Enfim, depois de tanto tempo e reclamações achava que pelo menos a interface estaria menos amadora.

    Ledo engano. O sistema parece um beta.

  9. Para quem estiver em São Paulo na semana que vem, fica a dica da Festa do Livro da USP. Vai de quarta até sexta e os descontos COMEÇAM em 50%. Tem horários que a coisa fica meio supermercado Guanabra, principalmente para editoras como a Companhia das Letras e a Cosac (RIP). Mas de resto, vale super a pena, tanto para comprar livros de lazer ou estudo mesmo (EDUSP e várias outras editoras universitárias sempre estão por lá)

    Abs

        1. E esse ano o lugar vai ser horrível. A feira já é sinônimo de calor, chuva e lama. No lugar novo vai ficar pior ainda.

  10. A foto é mínima, mas não achei melhor. Duas alunas celebrando a suspensão do fechamento das escolas aqui em sp, na Paulista. Reparem na mão da guria, por favor. O tal do ‘novo sol’. Daí q não tem tecnologia sem política, insisto. Vcs podem achar q se trata apenas de um artefato, de um enfeite, de um passa tempo etc, mas não: é uma ferramenta, como tantas outras q nos servem de vários modos e usos distintos. O smartphone da guria pode ser apenas para desafogar egoisticamente desejos no Tinder ou pode ser pra mobilizar pessoas em prol de causas amplas e justas. Apesar desse dualismo pendendo ora pro privado e ora pro público, ambos são tos políticos. Estou bem satisfeito com esses jovens combativos!

    1. E cadê a foto?! O governo de São Paulo voltou atrás nas reformas?

      1. taí, uai. suspenderam… são ardilosos, então é bom ter cuidado, mas, por ora, os jovens ganharam a parada…

        tem essa outra foto aqui. expõe como o governo de são paulo se comunica com a população. sejam jovens, adultos, velhos… não importa muito.

        de um lado a propaganda e do outro a realidade.

        1. Uai, então eu devo estar com algum chabu aqui! Não estão aparecendo as fotos.

          Quanto a propaganda e a realidade, há alguns anos os partidos de oposição veicularam uma propaganda aqui em Minas em que o protagonista (do vídeo) dizia querer viver nas propagandas do governo, porque era tudo perfeito! Apesar de ser da oposição, que depois que deixou de ser oposição está fazendo um trabalho tão ruim quanto os últimos governos, acho que a idéia é válida para qualquer lugar do país.

          1. Minas: aquele estado que parece nem ter governo… eu não vejo a cara do sujeito em nada, para nada… O sucateamento anda tomando conta das repartições públicas, a receita estadual que deveria ARRECADAR impostos, está praticamente parada, sem funcionários e nem estímulo qualquer para trabalhar (e falo com conhecimento de causa)

          2. Pois é! O governador e sua esposa, como quase todo “cumpanheiro” parecem estar envolvidos no esquema de corrupção da apurado pela lava jato e o reajuste de algumas alíquotas de impostos fez com que, por exemplo, a gasolina chegasse a preços estratosféricos. Eu já tô começando a achar que deve sair mais barato encher o tanque do carro com whisky. Se bobear o percentual de álcool deve ser menor do que a da gasolina! O aumento das alíquotas foi justificado pelo governo para aumentar a arrecadação que andava em baixa, colocando em risco inclusive os salários dos servidores estaduais.

          3. Acho engraçado falar em arrecadação baixa enquanto eles mantém os fiscais nos escritórios para “poupar recursos”. A sonegação tá rolando solta por aqui!

          4. Acho mais engraçado é falarem em arrecadação baixa quando na verdade não param de gastar com o desnecessário! A arrecadação tá baixa mas as despesas dos parlamentares, por exemplo, não sofre cortes!

      1. eu me inscrevi pra dar aulas nas escolas ocupadas, mas, infelizmente, não fui chamado :(

      2. eu me inscrevi pra dar aulas nas escolas ocupadas, mas, infelizmente, não fui chamado :(

    2. Mó merda terem cancelado essa reorganização.
      Pelo menos na minha cidade ia fazer com que os alunos perdessem menos tempo no trajeto casa escola. Ia ter menos mistura de primário com ginasial ou colegial ( que causava vários bullying ) e as escolas que não ia receber nenhum aluno a prefeitura já estava se reorganizando para colocar várias creches de período integral.
      Todo esse planejamento jogado fora me deu até depressão só de pensar que a qualidade de ensino vai ficar a mesma merda.

      1. eu não chamaria isso q queriam fazer de planejamento e, sim, talvez houvesse casos em q reorganizar escolas pudesse ser uma boa, contanto, q houvesse sentido e benefícios para os alunos. olha, eu conheço bem como funcionam diretorias de ensino e a secretaria de educação e asseguro q planejamento, tolerância, preocupação com alunos e professores não é o forte dos caras, infelizmente…

  11. Houve o anúncio de que a Telltale vai lançar um jogo do cavaleiro das Trevas, visto que provavelmente será um jogo de escolhas, com caminhos diferentes para cada escolha feita, e que esse tipo de jogo está em crescente adoção, qual a opinião de vocês sobre isso? Muitos acham que é só um filme com mais possibilidades, desconsiderando até mesmo como um tipo de jogo…
    Aliás, vocês poderiam me recomendar jogos nesse estilo? Curto bastante, como Life Is Strange e Until Dawn

      1. @disqus_UVxaIx0dm5:disqus, complementando e meio que respondendo a pergunta do Louis pra você: se não jogou os outros, jogue The Walking Dead e Game of Thrones, são bem bons (principalmente TWD).

      2. @disqus_UVxaIx0dm5:disqus, complementando e meio que respondendo a pergunta do Louis pra você: se não jogou os outros, jogue The Walking Dead e Game of Thrones, são bem bons (principalmente TWD).

  12. não sei se vcs notara, mas o gmail anda bem mais poroso em relação aos spams. ando recebendo vários q em outros tempos não recebia. curioso… está parecendo q estão adontando a política do ‘pagou, passou’.

    1. Já tive essa impressão faz tempo! O google vive de anúncios, então passa mesmo a impressão de que os que passam são os dos “parceiros”. Começou a encher o saco demais e eu comecei a fazer filtros para essas mensagens (o tal do parceiro grupo virtual, por exemplo) ignorando a caixa de entrada e indo tudo direto para a lixeira. Devo receber uns 30 desse tipo todo dia e todos vão direto para o lixo.

    2. Engraçado, eu não reparei nisso. Para mim continua excelente… Eu uso muito o reportar como spam também, talvez seja por isso.
      E algo que eu gosto muito é o tal do “descadastrar e marcar como spam”. Perfeito.

      1. O que eu recebia do tal do “parceiro grupo virtual” eu denunciava como spam mas continuava recebendo…

      2. acabo sendo benevolente e dou chances às empresas… cancelo pelo sistema deles e tal, mas logo o email reaparece. vou usar mais esse recurso, pq nada mais aborrecido q um spam.

    3. Tenho duas contas de e-mail pessoal: a mais antiga tá uma merda quanto a spam. A mais recente tá top top. Devo ter bugado os algorítmos assinando muitas promoções num e-mail só.

    4. Tenho duas contas de e-mail pessoal: a mais antiga tá uma merda quanto a spam. A mais recente tá top top. Devo ter bugado os algorítmos assinando muitas promoções num e-mail só.

      1. a minha é de 2008 ou talvez um pouco antes… e está porosa. uso tb um serviço de email pago, como email principal, mas ainda mando algumas coisas pro gmail.

        1. Uso Gmail e não tenho problema.

          (Aliás, mandei um e-mail para você. Nessa de contas malucas, achei por bem confirmar se recebeu, haha!)

  13. Perguntei no post livre da semana passada e não tive respostas. Acho q ficou muito no final.
    Pretendo mudar da Vivo para Tim. Gostaria de saber como anda a qualidade de voz e dados da Tim em SP.

    1. eu sai da tim por conta dos dados ser ruim… passei pra claro e melhorou. mas vejo q várias pessoas usam a tim compulsivamente por aí e aparentemente sem os mesmos problemas q enfrentava. ou esse povo paga caro num puta plano ou meu aparelho q era ruim mesmo… de modo geral estou satisfeito com um plano pré pago da claro. uso naquele esquema de 1 real por dia pra 25 mb – q é insuficiente, mas dá pra gasto, já q uso pra comunicação apenas. já tive vivo tb e achava caro.

      1. Uso um controle da vivo, só que em Minas. Depois dos sucessivos aumentos e de mais um anunciado para janeiro de 2016, estou pensando seriamente em voltar pro pré.

        1. Volte pro pré sem pensar duas vezes!
          Eu já tive plano empresarial, passei pelo controle e agora voltei ao pré.
          Pro meu perfil de uso, que é basicamente dados, sem ligações ou SMS é a melhor opção.

          Uso Vivo também e era mais ou menos esses os meus problemas com os outros planos:
          Empresarial: valor fixo por mês com franquia de minutos e SMS. Dados era a parte e custava mais que no pré. Se eu não gastasse toda a franquia, pagava igual. Se usasse a mais, pagava a mais. Como quase não usava pra ligação, eu tava pagando a toa.
          Controle: Pagava 27 reais por mês e ganhava 37 reais de saldo (promoção por 1 ano). Desse valor, era descontado o plano 3G de 12 reais e o resto era para ligações. Depois o valor passou para 37 e depois para 40 reais… No início o saldo acumulava para o próximo mês (o que era comum, já que quase não faço ligação), só que depois de um tempo o saldo não acumulava mais… Estava pagando 40 para usar 20…

          No fim das contas, no pré eu gasto apenas o que eu uso. Normalmente 20 reais da e sobra pra um mês. Como disse, só uso dados e ligação é exporádico, por isso não tenho problema em pagar 1,50 por minuto.

          1. Uso o vivo on. Mas a franquia de dados é ridícula (200 mb/mês)

          2. Pra isso o pré pago ajuda também. Tem opção de 600MB por R$24,00, o que não acho caro, consideramdo as outras opções.
            A Vivo também lançou um plano novo chamado Vivo Easy que me interessou bastante.

          3. A vivo tem pré com 600 mb a esse preço? Não tá falando daqueles “””promocionais””” depois de 90 dias não né?
            Eu achei o vivo easy rídiculo diante do que a claro e a tim estão oferecendo.
            O plano controle da tim em 400 min (qqr operadora, DDD, roaming nacional), msgs ilimitadas, 1 gb com franquia a parte de 100 mb por dia só para whatsapp (excesso voz), por R$ 35.
            Edit: o controle da tim está R$ 50. Mas é o mesmo preço do plano inicial do vivo easy.

        2. A p$¨%%& da Vivo vai aumentar meu plano Controle de 40 reais para 55 reais em janeiro sem ter melhorado porcaria nenhuma! E desde ontem eles começaram a me cobrar internet diária, sendo que eu tenho o plano mensal e já foi pago o deste mês!!!!!

          Não tem como continuar na Vivo, cara. Vou pra TIM e, caso eu tenha problemas com o sinal, vou pra qualquer outra operadora, mas não volto pra essa porcaria que fica presa no tempo oferecendo os pacotes mais ridículos das 4 grandes operadoras de telefonia celular do Brasil.

      2. Um amigo tem claro e vai pra vivo. Ele reclama bastante. E olha que é um daqueles planos pós bem caros. Vive sem internet e 4g é raro.
        De toda forma, vou arriscar um plano pré da tim.

      3. Pré-pago da claro subiu para 25 MegaBytes ao dia ?
        Não são apenas 15 ?

        1. olha, desde qdo assinei, há alguns bons meses, era 25 mb por mês… se eram 15, acho q não peguei essa época. pelo menos aqui em sp está nesse patamar medíocre.

    2. Quem não tem receio da Tim, o Tim Beta ainda é um plano a se considerar. 100mb diários a R$0,50 (isso é, até onde a Tim entender, pois é ~promocional~)

  14. Li o comentário falando da Cosac e lembrei de algo que tava pensando esses dias. Falta um blog de tecnologia que incentive a leitura de um bom livro sobre o assunto de maneira mais regular e este lugar aqui é o ideal por focar em como a tecnologia afeta as nossas vidas.
    Tem tanta coisa legal pra ser descoberta /compartilhada que essa idéia soa pra mim como se fosse um dos destinos deste blog. Espero não estar errado, inclusive tenho umas sugestões.
    Um bom fim de semana a todos!

    1. boa cara! ia sugerir ao ghedin fazer umas resenhas de uns livros relacionados ao assunto tecnologia. quem sabe ele não topa. tenho uma penca de coisa pra ler na área e pode ser útil ao pessoal daqui de algum modo.

      1. É uma ótima ideia mesmo, talvez até pudéssemos organizar uma espécie de grupo de leitura, com datas fechadas para discutir, nos comentários mesmo, o que foi lido.

        Sugestão anotada, talvez em 2016… :)

          1. Não se viu mais a cara deste aí. Ele prometeu que não voltaria mais aos comentários.

          2. Não sei. Só sei que a última vez que vi ele comentando, ele falou que não comentaria mais. Cansou de ser mais um nos comentários.

            Talvez ele tenha um perfil no Face. Procurem ele por lá… Vai saber.

            Sei que desde a época do Gizmodo ele andava indisposto com os comentários. Foi se irritando aos poucos com cada desafeto que criou ou que ele considerou como desafeto, meio que exagero da mente dele talvez. Dificil entender as pessoas, tem que entrar na mente para saber o que se passa.

            Agora não o vi mais por aí já faz uns meses. Tipo, o que eu mais via é que ele entrava, ficava algum tempo, aí se entrasse em uma discussão onde não conseguia falar bem, ou se irritava com quem conversava, saia e apagava a conta dos comentários.

            Talvez seja até melhor assim. Ele não é uma má pessoa. Talvez seja incompreendida, ou não consegue se fazer compreender com o outro. Ou o jeito dele não se adapta com as pessoas onde ele convive. Bem, não dá para ficar julgando, até porque ele não está aqui para se defender, certo?

            Eu mesmo acabo criando contas temporárias pois tenho meu jeito também. Ficar me expondo pode me causar problemas. As vezes a gente fala alguma besteira, é mal compreendido e no final alguém lhe persegue por besteira, por entender errado algo. Ou usam sua imagem para lhe vingar de algo que escreveu.

          3. Isso cada um interpreta da maneira que lhe convir. Ele pode não estar mais achando legal ficar aqui. Eu sou neutro. Só comento quando sinto que me convém.

          4. hahaha. é uma honra ser confundido com o ligeiro. ele ficou, infelizmente, bravo comigo e se aborreceu bastante… não era a minha intenção aborrecê-lo, mas assim se deu. estou pensando em usar a hashtag #voltaligeiro, mas receio ele se aborrecer mais ainda. era legal conversar com ele…

          5. Ah, encontrei aqui no disqus seu nome (real), numa das discussões antigas.
            Gostava muito de debater com ele, ele tinha umas ideias bacanas e também me recomendeu Shirokuma Caffe (rs). Espero que ele repense sua atitude de abandonar o Post Livre, esse grande diretório de bons conteúdos na internet. Realmente gosto de conversar com todos vocês daqui :)

          6. sim! várias dicas de animes e muita disposição pra discutir. acho q ele logo se acerta com seus heterônimos e volta a ativa. eu insisto q não tenho nada contra ele e reforço q era legal, sim, conversarmos – apesar das divergências.

          7. Provavelmente ele (o Vagner) não volta mais mesmo. E ao que noto, ele não usa nome fake – pseudônimo – (como eu e você), não usa nome falso para fugir do assunto ou, como dizem, não focar na pessoa mas sim no assunto.

            Não vi nunca você conversando com o Vagner. Via ele discutindo com o Fabio, e ao que parecia, apenas queria provar que estava certo quando discutia. Senão ele não ameaçava quando estava errado ou se sentia sem argumentos. Não me parecia que tinha disposição para discutir. Não aguentava nem no Gizmodo quando o Malcriado entrou lá. No final acabei indo ao contrário do que eu tinha dito antes de não julgar. Falhei nisso.

          8. ligeiro, santo deus, se vc ler um dos meus primeiros comentários aqui nos posts livres (já faz tempo), eu perguntava justamente se dava pra impedir q meus comentários no disqus aparecessem nas buscas do google (se vacilar vc foi até uns dos q respondeu q não dá). e já escrevi várias vezes aqui sobre a importância q dou à privacidade (foi uma conversa até q boa e algumas pessoas diziam não se importar nem um pouco, só q não é o meu caso). então não é nada pessoal, sério. eu não gosto q o q eu escrevo fique disponível em buscas. acho q é um direito meu isso. saca os empecilhos q o google street view teve na alemanha? com as pessoas querendo que seus prédios e casas ficassem borrados, pq achavam o fim da picada as pessoas ficarem vendo a moradia delas na internet? então… achei isso excelente. é bem por aí: vc tinha q ter a opção de tudo aquilo q vc escreve não aparecer na busca deles. vc sabe quem eu sou e os outros com quem eu converso aqui tb, então só não quero q fique tudo jogado, saca?

            e tem outra coisa, numa das primeiras conversas q tivemos, vc até me agradeceu pelo bom papo e, sinceramente, tirando uma troça ou outra (q não eram ofensas disfarçadas), eram conversas produtivas e q chegavam a algum lugar, mesmo q esse lugar seja o desentendimento e a discordância (coisas normais numa conversa em q há pontos de vista diferentes). eu nunca quis ganhar uma disputa de ideias contigo, porque eu não faço esse uso das ideias, isto é, não acho q as ideias são como corridas e tem um q ganha e o outro q perde. há argumentos melhores e argumentos piores e ideias bem trabalhadas e ideias mal trabalhadas. ou, ás vezes, é apenas incompreensão e boas ideias não ganham clareza suficiente pra serem compreendidas num primeiro momento… agora, vc notou q tenho convicções e isso transparece nas discussões.

            a única coisa q vejo como aborrecida é qdo não tenho mais a chance de responder, pq a mensagem foi apagada. mas é um direito seu e eu o respeito.

            o malcriadorj é um figura. ele já me chamou de cachorro, veja só… mas até aí, qdo ele faz isso é por falta de ideias e não por ser um malcriado de fato. malcriação é coisa de criança e não de adultos, me parece. e desconfio q ele não seja mais um garotinho.

          9. Não lhe conheço, sinceramente. Não sei porque escreve como se eu fosse o Vagner Ligeiro ou se eu já tivesse conversado contigo antes.

            Só acabei por impulso fazendo um julgamento dos citados Vagner e Fábio Montarroios. Do Vagner (ligeiro, como você provavelmente se refere a ele, já que ele usava o nick de Ligeiro também), como alguns dos lugares que visito são os mesmos dele, então acabo acompanhando um pouco o que ele faz (ou fazia, certo?). Do Fábio, só acompanhei até a hora que do nada ele sumiu daqui. Não sei os motivos, e sinceramente também não é de meu interesse.

            Quanto ao seu perfil, de ser anônimo ou não, irrelevante à minha pessoa. Eu também sou. Então neste caso, não posso ficar julgando, como fiz agora a pouco. Já citei em outro comentário os motivos de eu ser anônimo. Sinceramente não gostaria de ser, anonimato é coisa de egoísta em um meio onde se faz necessário ser sociável. Mas isso é complexo. Não estou a fim de conversar ou discutir sobre isso.

            Só aproveitei que estava também com gás e fiz um comentário lhe respondendo um provável motivo. Não sei porque você falou tudo isso. Se o Vagner Ligeiro quiser aparecer ou não, é de interesse apenas dele. Só acho sinceramente que ele não tem perfil de ser um cara que usa conta fake, diferente de mim. Ele se expunha nos comentários, expunha seus sentimentos, assim como muitos os fazem aqui neste blog. Não creio que o Vagner que você cita seja uma pessoa de realmente usar um perfil falso.

            Eu só estou aqui dando alguma opinião, jogando papo fora. Daqui a pouco apago a conta e pronto. Depois crio outra conta e vou comentar em outro lugar, de outra forma, com outro nick… Eu prefiro assim.

          10. Não pedi nada disto e não mereço homenagens. Sou um anônimo como tu. Daqui a pouco tu troca o nick para Hasufsanvlçxzn8oihj também, que não tem problema. O que você faz é de sua responsabilidade. O que escrevo é teoricamente de minha responsabilidade. Mas como apago as contas que faço, jogo fora a responsabilidade e os comentários no lixo também.

            Fique na sua. Como já falei, só dei uma opinião. Até me pergunto o porque de fazer isso que tou fazendo agora…

          11. haha, Vagner e o Fabio são certamente indivíduos muito interessantes

          12. Você fala o Fabio Montarroios? Ele me parecia bem hipocrita – falava de tolerância mas ao mesmo tempo é muito intolerante. Não o vi mais comentando aqui também. O Vagner já me parece bem mais egoísta, egocêntrico algumas vezes. Também muitas vezes falava de tolerância, mas no final era bem intolerante com muitas coisas. Quando ele implicava com os comentaristas que brincavam no Gizmodo, parecia talvez até meio que ciume – o cara queria a atenção para si, mas ficou puto com os caras lá. Não sabia brincar, mas não era um Joselito.

            Ambos não tem mais conta por aqui, ao que me parece. O Vagner eu já o vi no Tecnoblog, no JBox, no Gizmodo, no Papo de Homem… e eu via ele também em alguns sites por aí. Hoje não mais…

            O Fabio Montarroios só vi por aqui… Acho que o vi no Papo de Homem também. Não sei se em outros lugares. Não tem muito site que eu acesso também.

          13. olha, posso ser contraditório, mas não hipócrita. aí vc já pegou pesado, ligeiro. porque, convenhamos, de que forma eu poderia ser intolerante se não lhe tolhi nada? vc pode dizer o q bem entender e alguém pode ter um comentário ou resposta a dar. vc pode não gostar, claro, mas até aí… de mim, não tem ofensas e nem agressões. posso ter sido rude, mas nas vezes em q assim considerei, lhe pedi desculpas, então, eu acho q essa sua avaliação é demasiadamente rigorosa e não condiz muito com o q diálogo q se dá e q se deu aqui.

            a propósito, no papo de homem eu pedi umas dicas de livros pra um cara q tava fazendo uma pesquisa e acho q foi só. então, acho q houve alguma confusão aí. gasto minha lábia furada aqui no mdu mesmo.

          14. Ham ?

            Eu falei do tal Fábio, não de você. Nem sei quem é você, já falei.

            Pelo que li nos comentários do tal Fábio, ele defendia a tolerância, mas ao mesmo tempo era intolerante e não gostava de escutar a outra parte. Discutia com qualquer um que era contrário aos seus ideais. Por isso eu disse que ele me parecia uma pessoa hipócrita. Ou se é tolerante, ou se é intolerante.

            Aqui é 8 ou 80. Intolerar é renegar tolerância. Tolerar é aceitar qualquer coisa, deixar o alheio ser livre. Nisso cabe a hipocrisia que falei sobre ele (não sei porque você se incomodou como se você fosse o tal Fábio – para mim, a pessoa não é a pessoa se não se assume como pessoa). Ou se tolera, ou se renega. Não se fala que é tolerante, que é sociável, e ao mesmo tempo renega o outro lado e diz que o mesmo é inimigo, que é vilão. Claro que isso é uma opinião simplista, básica, crua. Há muitas coisas mais profundas nisso. Mas basicamente é isso.

            Novamente acabei julgando. Eu deveria parar com isso, as pessoas acabam se sentindo ofendias com isso.

            Em contribuição, apesar de eu não gostar de me expor, digo que sou intolerante. Por isso me renego a fazer comentários sobre política, religião e futebol. Mas não cabe aqui. Nem sei se eu vou continuar comentando ou não, já falei. Isso aqui é jogar papo fora. Acabou a conversa, apago a conta e toco a boiada.

    1. Já pensou em implementar o login pela conta do google?. Eu uso a minha para fazer login em todo lugar. Não confio muito no facebook :/

          1. Cara, dei uma olhada no tal desafio da piscina. Seria isso? Não tive paciência de procurar nada mais profundo, até pq me irrita essa onde de crianças tentando virar famosa na internet!

          2. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
            Muito bom!!! O burro procurou por piscina! Cara, ri alto aqui!

  15. Esses mês o Symbian vai morrer oficialmente, os últimos serviços serão encerrados.

    1. O meu Nokia 5233 segue vivo, comprei por R$335 no começo de 2011. Era um bom celular na época, apesar de não ter wi-fi.

      Caramba, é nessas horas que a gente vê como a tecnologia evolui, né? Por esse preço eu compro um Lumia 535 hoje, sem contar na desvalorização do real, que deve aumentar um pouco o dinheiro que paguei naquela época.

  16. Alguém já chegou a utilizar o Android Marshmallow?

    Testei em alguns dispositivos durante as últimas semanas e senti que esse ciclo anualizado do Android é pé na cova.

    O sistema sofre modificações muitas vezes que só influenciam na aparência e ainda servem para deixar tudo mais complicado.

    Parece que as coisas andam piorando bastante nos últimos tempos no Google.

    1. essas atualizaçoes frequentes é uma tendência que empresas como a Canonical usavam e agora Google, Apple e até Microsoft estão adotando. como comentaram aí em baixo…, têm dado muita dor de cabeça pros usuarios de Windows 10…

    2. Eu desisti dos Nexus(e de qualquer Android) no quesito atualização. O Google não importa em manter atualizados os aparelhos como a Apple, por incrível que pareça, e o Android puro nem tem tantas vantagem assim quando a personalização é bem feita(acho os Asus bons nesse sentido).

      AH, mas dizem que o iOS não trás novidades aos aparelhos velhos, que há o Play Services e etc… Mas esquecem das correções de problemas, do visual, que muda, e que o P. Services não tem acesso às profundezas do sistema. Lembrei agora também da incompetência do Google(ou seria dos fabricantes) ao escolherem o hardware. Lascam um processador top de linha, muita RAM, mas colocam um armazenamento problemático e te deixam na mão, como foi o caso do Nexus 7 2012, por exemplo, sobre o qual a empresa pouco/nada fez. O Nexus 7 2013 teve diversas revisões internas por touch mal funcional e os consumidores não foram chamados a trocar seus aparelhos com defeitos. Depois disso, parei de acompanhar a empresa.

    3. Eu tenho um Nexus 7 de 2013 que foi atualizado para o Marshmallow. Para ser sincero? não notei nenhuma diferença. Talvez num celular se note alguma diferença no quesito bateria por conta do doze.

    4. Chegou o OTA no meu Moto X essa semana. Alguns menus foram simplificados, como o de volume, e a separação de outros, como o de RAM, Bateria e das permissões dos apps, eu achei interessante.
      Quanto à performance, não vi muita diferença. Pode ser euforia minha por causa da fator novidade, mas parece que as animações ficaram mais fluidas.
      Vários apps ainda estão bugados por não terem migrado pro 6.0 ainda (Tinder, tô olhando pra você, maldito!), mas isso deve se resolver em umas semanas.
      Bateria, ficou na mesma. Umas 17h de uso intenso, com tudo ligado, igual no Lollipop.
      E, particularmente da Motorola, uma coisa me deixou MUITO feliz: Controles de música (pausar e mudar faixas) direto pelo Moto Tela!
      Sinceramente, não sei se é do Tela ou do Ambient Display, mas me veio essa feature uns dias atrás na cabeça, e achei sensacional terem implementado.
      PORÉM, tem um bug chato que a notificação do app de música aparece uma vez só e some depois. Não tive tempo pra fazer um hard reset, mas espero que resolva quando eu fizer.

      Overall, gostei do update, deu uma lapidada que o Lollipop estava precisando. Mas continuo com a opinião de que o Marshmallow não merecia um 6.0. Pra mim, é 5.2 no máximo.

  17. Que horas são aí agora?

    Aqui são 09:52 (sem horário de verão)

  18. Pessoal,

    Sei que com OS X é mais difícil pegar vírus/adware, porém amigo meu pego, e sempre que tem link no Safari, abre uma nova aba (adnetworkperfomance). Tentei remover por algumas coisas que achei na net, mas sem sucesso (Verifiquei também um link que o Ghedin postou, porém sem sucesso)

    Alguém saberia informar como remover? Ou alguma dica?

    Abraços,
    Micael

    1. Alguns tipos de adwares trocam um código no navegador. Teria que tirar o “executavel” do navegador (seja renomeando ou movendo) e reinstalar o mesmo.

      Não conheço anti-adware em Mac. Mas sugiro procurar o site bleepingcomputer.com. Lá tem bastante ferramenta de remoção de malware.

      Não sei se foi este o link que o Ghedin passou, mas pegue aqui: https://discussions.apple.com/thread/7286607

      Em tempos: toda vez que vou procurar sobre remoção de malware, ultimamente o que me vem é uma penca de site que indica falsos-anti-virus e recheados de propagandas… Raro achar um site logo de cara com uma forma de remoção direta. Infelizmente isso virou um mercado.

    2. Coloca o ublock no safari para barrar propagandas, deve ajudar em partes :P

    1. em termos de albuns eu escuto na integra com arrepios: psychal graffiti do led zep, machine head do deep purple, eletric ladyland do hendrix, who’s next do the who…
      fora o resto que é até dificil falar. precisaria fazer uma lista.
      mas tambem escuto muita coisa moderna. desde ontem estou ouvindo black mountain.

    2. Não acredito em guilty pleasure (chegou o do contra).
      Mas mesmo assim não valeria falar, se você ir no meu lastfm tem de One Direction e Carly Jae Repsen, até Florida Georgia Line, entre outros (gosto muito) HAHHAHA

    3. Amigo, a lista é longa rsrs

      Eu gosto de uma parada que é meio feio dizer em voz alta: Funk.

      Mas essa semana, por excepcional necessidade, ouvi bastante Lady Gaga, Shakira, Sia e Adele — o que pode ser considerado guilty pleasure se você é hétero.

    4. Amigo, a lista é longa rsrs

      Eu gosto de uma parada que é meio feio dizer em voz alta: Funk.

      Mas essa semana, por excepcional necessidade, ouvi bastante Lady Gaga, Shakira, Sia e Adele — o que pode ser considerado guilty pleasure se você é hétero.

      1. RI demais com a revelação sobre o Funk. Aqui onde moro seria equivalente a gostar de Lambadão. Hahah. Anyway, meu guilty pleasure é ainda ouvir Simple Plan e algumas músicas gravadas pelo elenco de Glee.

    5. Guns N’ Roses, Skid Row, Ratt, Extreme, Def Leppard e qualquer banda de hard farofa dos anos 80.

      1. Se falasse Cinderella ou Poison, eu até entenderia, mas essas bandas aí são fodas (exceto o Extreme, blergh).

    1. eu chego atrasado todo dia. mas sempre cito ‘o processo do kafka’. k. diz assim qdo reclamam do seu atraso numa audiência: ‘sim [estou atrasado], mas agora estou aqui’.

      1. eu já apliquei muito a desculpa do Gandalf. “não me atrasei, apenas cheguei no horario que pretendia chegar”. =P
        poxa, os caras esperam que eu esteja fazendo atendimento logo no momento que eles abrem a empresa! isso sem levar em consideração o meu almoço e o trânsito. hahaha.
        agora a gente joga alto, tipo 14:30 em diante.

        1. boa! veja, pontualidade é coisa de japonês. eu, como brasileiro, sinto-me detentor do direto nato ao atraso, ao ócio, a incerteza e a indisposição com ordens e orientações rígidas. tudo isso é não só castrador como tb uma forma de tolher a imaginação. “quer bem feito?” então se importe com horários… sem falar q pontualidade é coisa de outras gerações… mas gostei da resposta! entrou pro meu reportório.

          1. “eu, como brasileiro, sinto-me detentor do direto nato ao atraso, ao ócio, a incerteza e a indisposição com ordens e orientações rígidas” então eu como brasileiro E carioca sinto-me detentor ao quadrado disso tudo ai! AHAHHAHA

        2. Acho inadmissível chegar atrasado, salvo em ocasiões impossíveis de serem previstas.
          Por exemplo, eu moro em Floripa, na parte continental. Existe apenas uma entrada para a ilha, onde eu trabalho. Um vez, um caminhão bateu na bendita ponte, as 3:30 da manhã. Fechou todas as pistas da ponte. Isso rolou até as 11 da manhã, quando abriu a ponte novamente. Muitos chegaram só para a tarde. Eu começo as 8. Vi o trânsito, vi que ia demorar demais, voltei pra casa. Peguei a bike e cheguei no horário!
          Se você é pago para atender logo que abre a empresa, chegue antes dela abrir. Adiante seu almoço. Saia mais cedo/faça rotas alternativas/vadebike.org !

          1. sou filho de militar… então tenho uma certa rejeição ao rigor máximo nessa questão de horário. mas qdo marco algo com meu pai, tipo 9h30, ele chega incrivelmente às 9h30.

          2. Eu acho falta de respeito chegar atrasado. E de responsabilidade também. Se você deve estar no lugar as 9:30 para encontrar seu pai, e ele chega no horário e você não, você está dizendo que ele não é importante o suficiente para você chegar no horário?

          3. acho q não é falta de respeito na nossa sociedade, q não tem o horário com um valor tão alto como é no japão, por exemplo. tanto q não ha consenso como há lá em relação a isso. vc acha uma coisa e eu acho outra e tem muita gente q vai achar coisas diferentes. ontem marquei com um cara, pra ele vir instalar umas portas aqui às 11h. ele não veio. remarcamos hj para às 9h e hj ele chegou às 10h30. estabeleci um limite, q só poderia esperar até tal horário, pq ia precisar sair…. ele chegou, pediu desculpas por ontem e, cara, sinceramente, tudo certo. vou ter as portas instaladas e pronto. não descarto o rigor ou o respeito aos outros, mas não vejo muito sentido em ter q estar num lugar apenas por convenção numa sociedade q não tem isso como um valor absoluto. é como por exemplo, vc chegar numa reunião aqui no brasil e ser frio com as pessoas. ninguém vai curtir… vc tem q ser minimamente festivo e caloroso, do contrário… pq é uma convenção bem mais ‘levada a sério’ do q o horário. no rio, então… puts… já fui em reuniões lá e diziam os atrasados: ‘estava na praia’. por mim, ok. vivam a vida!

          4. Justo. Cada um com seu ponto de vista! Uma discussão que não vai levar a nada, mas que eu acho interessante de ver diferentes pontos de vista!
            No fim das contas, sejamos todos felizes! :D

          5. claro q leva, cara, como não? se eu ficar mais tempo discutindo contigo vou chegar ainda mais atrasado ;)

          6. cara, como um atraso pode simbolizar q a pessoa não é importante, ainda mais em se tratando de uma relação sanguínea? e q nos garante q a pontualidade não é um só um véu para a indiferença? e outra, atrasos podem ser justificados a pontualidade não e vejo nisso um traço de tolhimento. os japoneses q me perdoem e acho incrível uma par de coisa q eles fazem, mas, calma lá…

          7. cara, como um atraso pode simbolizar q a pessoa não é importante, ainda mais em se tratando de uma relação sanguínea? e q nos garante q a pontualidade não é um só um véu para a indiferença? e outra, atrasos podem ser justificados a pontualidade não e vejo nisso um traço de tolhimento. os japoneses q me perdoem e acho incrível uma par de coisa q eles fazem, mas, calma lá…

          8. Se você se atrasou, é pq estava fazendo outra coisa, que por ter feito você se atrasar, era mais importante que seu pai. Mas enfim, como diria meu avô, cada um com seu cada um e cada qual com seu cada qual!

          9. acho que nossa postura atual deve-se a falta de consideração que recebíamos. tipo, já corremos muito pra deixar as coisas funcionando (impressora, cupom, Nfe, rede) e não recebemos o devido valor. aí paramos com isso e nosso ambiente de trabalho ficou menos tenso… o ser humano é medíocre: se ele vê que consegue fazer você trabalhar no limite ele vai tentar isso sempre.
            faz uns dias que um cara queria fechar negócio conosco, mas queria o software instalado no mesmo dia “por que ele ia viajar”. deixamos quieto. se ele tem atitudes assim na hora de contratar um serviço imagina no momento que ficar sem internet e não emitir NFe.

          10. Ainda assim. Estabelecer prazos/horários exige um comprometimento. Entendo que instalar um software no mesmo dia do fechamento do negócio não seja razoável, mas a partir do momento em que o prazo/horário e definido em acordo entre as partes, ele deve ser cumprido!
            Mas enfim! Quem sou eu para falar alguma coisa para alguém né!??

          11. a nossa é a seguinte: chegaremos a partir das 2:30.
            e dá certo.
            poxa, pega um dia como hoje que está chovendo e o trânsito piora..,..não tem como garantir que eu chegue exatamente no horario.
            aí tu pode pensar mal de nós, mas tu pega os concorrentes e são piores. nós somos comprometidos, mas não levamos desaforo pra casa. hehehe.

        1. Lambuja só se for para você! Aqui chego as 07h00 no trabalho e me acordo antes das 05h00 para conseguir passar antes na academia.

          Logo, esse papo de chegar atrasado não cola. E quando morava em SP também não chegava atrasado.

        2. Lambuja só se for para você! Aqui chego as 07h00 no trabalho e me acordo antes das 05h00 para conseguir passar antes na academia.

          Logo, esse papo de chegar atrasado não cola. E quando morava em SP também não chegava atrasado.

          1. Também pego as 7h! Mas saio de casa por cedo, por volta das 6:10h por causa do estacionamento.

          2. vc é ninja, louis. qdo era jovem chegava no horário. tinha pique. agora… aplico a teoria da relatividade geral ao tempo.

        1. Quando é casual, alguma coisa diferente que aconteceu, não vejo problemas maiores (salvo quando quem atrasa é o responsável por abrir a empresa, por exemplo!).

        2. tenho 500 horas no banco de horas. eu chego atrasado no escritório, mas fico quase o dia todo trabalhando de casa ou da rua… por isso o horário não importa tanto mais.

          1. pois é, cara… eu dificilmente terei tempo pra tirar essas 500 horas de folga. é algo inimaginável, pq trabalho meio período. daria uns tres meses de folga. quase uma licença maternidade.

          2. Rapaz, você trabalha meio período e acumulou 500h… imagino que você trabalha quase todos os dias full time. Seu chefe deve te amar.

          3. eles são bem flexíveis com horário, então o arranjo é bom. mas tem dia q é corrido o dia todo e madrugada adentro e outros são bem suaves.

          4. não… não manjo dessas paradas de rede, servidores etc. sei fazer o meu computador funcionar e olhe lá. ajudo meus pais, esposa, sogro e sogra e quem precisa de ajuda. meu relacionamento com informática é bem conflituoso, na verdade.

    1. Eu fiquei com vergonha após assistir a manifestação dos congressistas querendo defender no grito a sua postura, durante uma sessão legislativa.
      Acho que isso define bem o nosso momento político atual

      1. eu vi todos os embates sobre a redução da maioridade penal. foi lindo demais.

          1. vi uma entrevista dele na folha. ele me pareceu mesmo a pessoa certa para ocupar o cargo, afinal, é uma posição que exige seriedade, responsabilidade e habilidade em fazer embaixadinha com o celular dos outros sem deixar cair.

          1. Hahahahah, essa eu nunca tinha visto. Moro a uns 250Km de Belo Horizonte, mas quando vou lá até que não acho tão ruim a cidade, no geral. Certamente quem vive lá(e viverei a partir de fevereiro, se tudo der certo) conhece melhor os problemas.

          2. a cidade é boa, mas fiquei hospedado no savaci, então, não é parâmetro pra cidade toda. cara, nunca peguei um trânsito tão embaçado qto em bh. puts… era sofrível. pior q saia de brumadinho e ia pra bh bem no pior horário. me lasquei por três dias. depois fiquei mais alguns dias na cidade, sem a necessidade de pegar tanto o carro e foi ótimo. eu curti.

          3. Cara, Savassi é zona nobre da cidade! Se bem que eu, pessoalmente, não gosto de lá. Quanto ao trânsito, de fato, está ficando difícil mesmo. O transporte público na cidade é muito ruim e, ouvindo quem usa, o BRT implantado ano passado (que dizem era um projeto engavetado da época em que o JK foi prefeito) conseguiu piorar a qualidade tanto do transporte coletivo em si quanto o trânsito nos grandes corredores.

          4. Nasci em BH e passei dois anos fora. Desde que me entendo por gente, nunca vi um prefeito tão escroto (perdoem-me a expressão) quanto esse cidadão caricaturado no vídeo! Ele já falou tanta abobrinha que se aqui não fosse o Brasil ele não seria eleito para mais nada!

    2. Pessoalmente fico bem decepcionado com a forma que isso é tratado, mesmo não tendo votado na Dilma Rousseff e tendo sérias restrições a forma como o PT conduziu o governo federal.

      As pessoas tratam o impeachment como algo comum, não fruto de um processo criminal e até perigoso democraticamente falando: não votei nela, quero que ela saia porque não estou gostando.

      Pior é como todo esse jogo sujo do Eduardo Cunha e Cia é olhado com vista grossa, não como um tapa na cara da sociedade como é visto os esquemas da Lava-Jato/Mensalão, porque pelo jeito que as pessoas discutem o presidente do Brasil parece ser uma espécie de imperador…já que o resto samba na cara da sociedade sem muitas críticas.

      Não vejo a discussão andando, apenas acusações de “golpistas vs bandidos” e os políticos tentando se segurar. Todo mundo aceitando sujar as estruturas democráticas, seja defendendo um governo que fez compra de votos ou a queda da presidente custe o que custar…incluindo ai apoiar o político com mais evidências de corrupção.

      1. Penso como você, entretanto é mais do que evidente que esse governo tem jogado a lei de responsabilidade fiscal no lixo há vários anos. Dessa forma, acredito que precisa ser responsabilizado criminalmente. Entretanto, é completamente nojento como partidos como PSDB e DEM são capazes de defender alguém como o Cunha só para chegar ao poder.

        Fica evidente como não existe um líder no Brasil ou um grupo de pessoas com um projeto de país. Dilma, Lula, Aécio, Marina e tantos outros só estão defendendo interesses próprios em maior ou menor grau. Não tem visão para o futuro do país e estão numa corrida por poder.

        1. Na minha opinião, a única gestão razoável a que estou submetido é do Haddad na prefeitura, o governo estadual e federal só me dão raiva. Sim, odeio o PT no governo federal, o PSDB no estadual mas gosto do PT na prefeitura com o Haddad.

          Dessa lista, não vejo a Mariana se aproveitando da situação para entrar no governo como Aécio Neves está fazendo, inclusive ela foi agredida de forma absurda nas eleições pelo PT e não chegou perto do baixo nível deles: aquela propaganda do Banco Central tirando comida do prato do pobre me deu asco.

          1. Eu não gosto de falar dessas coisas, mas eu daria um voto de confiança pro Eduardo Jorge.
            PS: Eu ainda não voto.

          2. hahaha, votei nele no primeiro turno. mas presumo q ele não teria sido um bom presidente.

          3. Por que não? O cara tem um bom histórico em comparação aos demais, só tentando pra saber…

          4. ele é bem inclinado a fazer o jogo político desses raposões. então, pra mim, já era. ele apoia várias coisas das quais sou a favor, mas não creio q ele insistiria nelas caso eleito. ele iria se dobrar facilmente aos conservadores da pior espécie.

          5. O cara apoiou o Aécio e foi visto numa manifestação pró-impeachment. Também votei nele mas não confio mais.

          6. a marina, no imaginário internacional, representa a salvação da floresta amazônica. por isso ela tem forte apoio. internamente, por outro lado, não há uma visão consolidada dela e por mais q ela tenha apoio de gente poderosa, o discurso dela, mesmo messiânico, não cola… daí q a candidatura dela se esfarelou com as acusações sujas do pt na campanha.

          7. Não foi por isso.

            A baixaria do PT é sem limite. Não é a toa que o partido é conhecido por “assassino de reputações”.

          8. foi uma conjunção de coisas. mas ela dificilmente governaria com esse governo de hj. são raposas no galinheiro.

          9. Não creio que as coisas seriam como hoje. A eleição apodrecida tirou a legitimidade do mandato da Dilma.

          10. Ela foi agredida de forma absurda e isso é mais que inquestionável.

            O PT se tornou uma corja de bandidos da pior espécie, entretanto tem a maioria do apoio dos brasileiros para isso.

            Fica claro que a Marina prefere abdicar, quando lhe convém, de tomar posição ou simplesmente ignorar os fatos consumados.

            A REDE rapidamente acionou o Conselho de Ética contra Eduardo Cunha e ainda teve tempo para se explicar e defender essa posição.

            O que causa espanto é o silêncio em todas as outras questões relacionados quando o assunto envolve o PT.

            Mesmo com o líder petista do governo no senado preso e toda a escuridão que a Lava Jato trouxe para fora, a própria Marina e seu partido preferem fazer pouco caso. Isso é uma completa vergonha.

            Ainda mais ontem com anúncio de que a REDE e a Marina são contra o processo de impeachment, por sinal, feito com base jurídica.

            Lembro bem que na própria eleição, o tão falado plano de governo da Marina, que ficou em anos sendo laborado no processo de criação da REDE, estava completamente recheado Ctrl+C e Ctrl+V de documentos da USP, Plano Nacional de Direitos Humanos e do próprio FHC.

            Somente depois de ser explicitado na mídia é que os créditos (mesmo sem as devidas autorizações) foram dados.

            Fechar os olhos para a corrupção e ter um discurso de decência não é o bastante.

            As atitudes precisam ser coerentes e não simplesmente um discurso.

            Foi exatamente por isso que fiz questão de utilizar o termo “maior e menor grau”. A Marina claramente está em menor grau, só que nem por isso é tão diferente de gente como Lula, Dilma e Aécio.

            É preciso ir muito além do belo discurso e passar a analisar as atitudes ao longo do tempo.

          11. tb acho q no plano municipal estamos melhores. com investigações de corrupção e medidas voltadas pra vida (redução de velocidade e projetos pra acolher drogados). mas há coisas bem equivocadas tb… e ainda há predileção por atender primeiros as áreas ricas da cidade.

          12. É tão interessantes ver vocês defendendo a gestão do Haddad com ciclovias sem licitação, ao mesmo tempo que o próprio Tribunal de Contas do Município de São Paulo questiona e indica que os valores cobrados chegam a três vezes mais que o valor real…

          13. mas por isso ele vai ter q responder. ninguém está defendendo improbidade ou prevaricação. já o benefício do ato, inegável, já pertence à cidade. eu, sinceramente, gostaria q tudo fosse feito corretamente desde partida. pela qualidade das ciclovias q andei, o padrão é baixíssimo. idêntico ao do asfalto e ao das calçadas… nas áreas ricas, entretanto, a história é outra.

          14. Sempre é assim. Por sinal, na gestão Haddad as áreas mais ricas se beneficiaram.

      2. Posso desanimar um pouco? PMDB always wins. Minha APOSTA, nessa exata ordem: Cunha cai, Dilma cai, Temer assume e coloca alguém do PSDB na Casa Civil (Serra). Lula não vai ser preso. Nem a turma do PMDB. Joaquim Levy fica.
        Também acho que o impeachment está sem evidências claras de envolvimento da Presidente nas pedaladas e Lava Jato, mas não sou jurista; o que tenho receio é da bagunça em Brasilia deixar a situação do Brasil ainda mais caótica. O que acha?

        1. Acho um cenário possível, mas realmente não sei dizer quais os efeitos disso, o mercado parece odiar tanto a presidente que o dólar baixou e a Bovespa subiu apenas pelo risco do impeachment (!?).

        2. Acho um cenário possível, mas realmente não sei dizer quais os efeitos disso, o mercado parece odiar tanto a presidente que o dólar baixou e a Bovespa subiu apenas pelo risco do impeachment (!?).

    1. hahaha. é assim mesmo, cara. o charles disse q enterrou 140 milhões de preju na editora! só um rico excêntrico pra manter uma editora como aquela. mas anime-se! a kéfera certamente publicará novos livros, assim como tantos outros ilustres autores do mesmo naipe vão nos brindar com novas obras. afinal, eles exploram esse lance da linguagem de modo bem ‘radical’, por assim dizer.

          1. E no histórico do navegador, 5inco Minutos!!! Inclusive, ela revela o porquê desse nome no livro numa parte mínima sobre bastidores (que, de verdade, eu esperava que seria maior e tinha um interesse genuíno em conhecer). Meh.

        1. agora seria um bom momento para aquelas imagens q demonstram certa incredulidade com viés cômico. mas como já há um bom reportório na mente de cada um, deixo o espaço para a imaginação.

          1. Li porque queria ver o que o povo anda lendo — foi o livro mais vendido da última Bienal! Infelizmente o povo está danado se esse livro for parâmetro da nova literatura brasileira…

      1. é melhor comprar. eu vendi um livro esse ano, uma edição especial do sertão veredas q saiu em 2006, q achei perdido numa livraria do interior, por incríveis 1450 reais.

      1. Um pouco, mas não muito.

        O que eu admirei bastante neles era a experimentação no campo da editoração do livro. Como editora nascida para tratar de artes visuais, foi interessante vê-los perceber o livro para além de texto e capa bonita. Não é sempre que acertavam, mas quando o faziam certamente a experiência no todo ficava melhor.

        E eles preenchiam um vazio. Dificilmente as outras grandes editoras que temos incorporariam as especificidades do catálogo da Cosac. Ficaria restrito a editoras de nicho, que não tem o mesmo alcance.

        1. Ah, entendo, é que realmente sou bem desapegado de livros e não sou inteirado de artes visuais (ainda), mas interessante…uma pena apesar de que pelo li da história, era realmente um projeto de rico excêntrico: falta mais desses ricos com cultura aqui no Brasil.

          De cabeça, só a Aleph que me chama a atenção pela parte visual, amei o estilo monolito do 2001 e a edição especial do Neuromancer, é meio brega pela temática sci-fi mas eu gosto haha

          1. Bota excêntrico nisso, se liga nesse causo:

            “Certa vez Cosac mandou incrustar um diamante num dos dentes da frente com o objetivo de surpreender quem for encarregado de exumar seu corpo no futuro. O diamante foi roubado, segundo ele, quando esteve internado num hospital. Depois de chorar “lágrimas de sangue”, ele colocou um rubi no lugar. Mas a pedra chamava muita atenção. Era só abrir a boca que alguém lhe dizia que seu dente estava sujo. Cansado de dar explicações, Cosac removeu a pedra e incrustou-a num dente de trás, longe dos olhares.”

          2. Bota excêntrico nisso, se liga nesse causo:

            “Certa vez Cosac mandou incrustar um diamante num dos dentes da frente com o objetivo de surpreender quem for encarregado de exumar seu corpo no futuro. O diamante foi roubado, segundo ele, quando esteve internado num hospital. Depois de chorar “lágrimas de sangue”, ele colocou um rubi no lugar. Mas a pedra chamava muita atenção. Era só abrir a boca que alguém lhe dizia que seu dente estava sujo. Cansado de dar explicações, Cosac removeu a pedra e incrustou-a num dente de trás, longe dos olhares.”

  19. me arrependi até o talo de não ter ido ver o show do chemical brothers… alguém foi?

  20. me arrependi até o talo de não ter ido ver o show do chemical brothers… alguém foi?

  21. Bom dia, já vou começar com lamúrias por hoje.

    Depois da grande atualização do Windows 10, o meu notebook simplesmente endoidou. Os primeiros sintomas: o menu iniciar NÃO FUNCIONAVA, nada da interface moderna abria, incluindo os controles de volume, notificações, wi-fi etc. Tentei fazer uns códigos do Powershell para reinstalar os aplicativos modernos, mas não surtiu efeito. Por sorte, consegui acessar as configurações e conseguir retornar à build anterior.
    Algumas coisas voltaram a funcionar, como o menu Iniciar, o Edge e os controles da barra de tarefas. No entanto, qualquer coisa relacionada à Store está bugada, inclusive a própria Store (aparece que o aplicativo não pode ser aberto). Também não aparece mais a bendita atualização para a próxima versão…
    Por fim, já tentei trocentos procedimentos para reinstalar os aplicativos modernos, mas nenhum surtiu efeitos. A única solução apontada foi resetar o Windows, mas me recuso ter de instalar todos os meus programas.

    Agora estou nesse mato sem saída, com o Windows meio instável e capenguento. (Valeu, Microsoft!)

    1. Algumas semanas depois da instalação rolou uma atualização que removeu o driver da nvidia e eu não consigo instalar de jeito nenhum. Maior beco sem cachorro.

    2. cara, finalmente fiz as pazes com w10. achei o maldito problema q impedia ele de desligar e agora tá suave. essa última atualização tb tava de rosca de funcionar aqui. depois de insistir nela, deu certo.

    3. aqui no PC do serviço ficou bem capenga apos atualizar. Tentei voltar pra um backup total que eu havia feito em agosto e as coisas pioraram. Me restou reinstalar tudo do zero.
      alias, removi a integração com a minha conta do insider. parece que as coisas ficam menos ruins.

        1. Quando fui atualizar meu notebook, vi que tinha saído um update para a BIOS. Logo, as vezes pode ser algo que nem é relacionado ao W10.

          Mas, lembro que quando atualizei passei por bugs como esses que você relatou.

          Boa sorte então.

    4. Complicado se esses updates começarem a dar problemas inesperados em computadores, esse tipo de problema é o pior possível: recentemente sempre estive meio ocupado, se o computador do nada parasse de funcionar por causa de uma atualização (aparentemente inofensiva) eu ficaria louco haha

      Boa sorte ai!

      1. Pois é, essa política de atualização Chrome-like é muito perigosa. O próprio Chrome já deu ruim: bem no começo do Manual, uma atualização que não carregava fontes externas nos sites chegou ao canal estável — e, claro, o site usava uma dessas.

        Imagina com o sistema operacional… Meu desktop, que só uso para jogar e editar vídeos, ainda está com o Windows 7 por preguiça e receio de que algo dê bastante errado e eu tenha que esquentar a cabeça para resolver um problema que nem deveria existir.

        1. Pois é, desde o começo achei preocupante essa estratégia, afinal a parte de hardware é bem variável…então as chances de problemas são muito grandes. Não sei a proporção de problemas entre usuários, mas isso tem tudo para piorar uma fama que já não era muito consistente da estabilidade do Windows.

    5. To na mesma e me enrolando para voltar para um SO de verdade…
      Mas desse fim de semana não passa. Todo dia dá alguma merda diferente! Tá foda!

    6. To na mesma e me enrolando para voltar para um SO de verdade…
      Mas desse fim de semana não passa. Todo dia dá alguma merda diferente! Tá foda!

      1. O meu estava rodando bonitinho, dai cai na besteira de atualizar… já viu.
        Engraçado que nem quando eu testava as builds do insider nunca me aconteceu isso.

        1. O meu também…
          Quando atualizou da primeira versão final do w10 para a próxima build, começou a foder tudo. Sai correndo do insider, mas não adiantou!

        2. Bom saber, agora não atualizo tão cedo… tinha deixado pra essas férias de fim de ano, agora fica pra semana santa.

    7. Windows 10 me deu dor de cabeça no começo, mas agora não estamos mais brigados. Foi chato resolver o bug de 100% do HD que acaba por dar freeze por um bom tempo; agora roda suave!

      1. “O Bug de 100% do HD”, o meu ainda exibe esse comportamento, apesar de ultimamente estar normal.
        Só por curiosidade, como resolveu no seu caso?

    8. Depois dessa atualização, não sei se foi a atualização em si ou alguma outra coisa, mas o grub desconfigurou legal, só entra em modo de recuperação e para entrar no grub só em modo manual. Mesmo dentro do linux, reinstalo e faço um update no grub e nada.

      Outro problema foi que desativou a caixa de som embutida do PC aqui (um ThinkCentre). Só funciona com o fone. Provavelmente é algo nos drivers mas to sem paciência pra pesquisar agora.

      1. opa, eu nao tive problemas nenhum quanto a isso. e olha que eu usava dual boot desde as versoes de teste do windows 10.
        mas voce usa os dois sistemas no modo UEFI?

        1. Não, é bios ainda.

          Na verdade o problema eu não sei se foi da atualização, é porque eu nunca desligo o PC, só coloco em suspender. Só reinicio quando dá algum problema, para entrar no linux ou para fazer atualização, foi quando percebi esse problema.

          O foda é que não estou conseguindo corrigir, não queria fazer uso de livecd (até pq não tenho pendrive nem cd à disposição).

      2. cara aqui deu um problema nos drivers de som também, mas é nas saídas especificas, se eu botar um fone com microfone, ele não funciona, agora só meio que posso ativar uma saída especifica de áudio ou de gravação no pc, enfim, tenho que desativar por exemplo a de trás do pc para ativar as da frente, antes era tudo ativada, só conectar um microfone ou caixa de som em qualquer uma que ia, até funcionavam ao mesmo tempo, se por exemplo eu tivesse um fone na saida de trás e caixa de som na da frente ambas pegavam, agora só é um ou outro, e o windows ainda nem reconhece o drive que eu tento instalar. (desculpe se ficou meio confusa a explicação).

      3. cara aqui deu um problema nos drivers de som também, mas é nas saídas especificas, se eu botar um fone com microfone, ele não funciona, agora só meio que posso ativar uma saída especifica de áudio ou de gravação no pc, enfim, tenho que desativar por exemplo a de trás do pc para ativar as da frente, antes era tudo ativada, só conectar um microfone ou caixa de som em qualquer uma que ia, até funcionavam ao mesmo tempo, se por exemplo eu tivesse um fone na saida de trás e caixa de som na da frente ambas pegavam, agora só é um ou outro, e o windows ainda nem reconhece o drive que eu tento instalar. (desculpe se ficou meio confusa a explicação).

        1. Acredito que seja bem isso que aconteceu. Só não estou conseguindo localizar a caixa de som embutida e selecionar ela. Quando espeto o fone funciona de boa.

    9. Atualizei aqui 3 computadores e 1 tablet e em um dos computadores aconteceu isso. Só que já era esperado algo do tipo, esse pc fica desligando sozinho, problema de hardware mesmo. A solução foi restaurar o windows. Tenta fazer aquela restauração que mantém os arquivos, já está ruim mesmo.

    10. Meu unico problema quando atualizei logo quando saiu o W10 foi exatamente com o menu iniciar, do nada ele não abria, logo, coisas que parecem ser atreladas ao sistema etc não abriam tambem, como o Edge, area de notificações etc, e não adiantava nem entrar/sair do Windows, tinha que reiniciar mesmo, agora ta estavel, a unica coisa que da pau é que não le o cd da minha placa mãe (sim só esse cd especifico, de resto vai tudo de boa) e algumas saidas de som eu tenho que ativar manualmente.

  22. Outro assunto, li em alguns lugares sobre o SD830, que o telefones poderão vir a ter até 8gb-RAM. Gente, sério que precisamos dessa potencia toda em um TELEFONE? Mesmo que a pessoa jogue pra caramba, espelhe na tv ou sei lá qual uso mais, isso não chega a ser exagero? Alguém aqui da galera MdU, faz um uso especifico, que justificaria esse implemento? As vezes fico pensando onde já chegamos em tecnologia e aonde talvez iremos. É estranho pensar que hoje um dispositivo, tem a mesma quantidade de ram que meu laptop, e que o mesmo ainda não roda tão bem assim. Inicialmente diria que sempre o software não está adequado mas é estranho pensar assim também. Eu queria que simplesmente as coisas funcionassem e fosse fácil para “minha mãe mexer”.

    1. Também concordo que é exagero.
      Esses dias mesmo eu estava conversando com um amigo sobre isso, acredito que já chegamos num ponto onde o hardware é “bom o suficiente” e qualquer melhoria em novos modelos é apenas incremental.
      Só como exemplo, a Intel lança novos processadores todo ano, sempre com 20% mais desempenho. Mas um usuário qualquer vai sentir diferença entre usar um Core de 3ª ou 6ª geração?
      E isso vale para mobile também!

      Claro, memória RAM é um pouco diferente, pois se tiver mais, mais e melhores coisas podem ser feitas. Pode abrir portas para novas tecnologias em aplicativos.
      Mas ainda sim, 8GB parece muito agora.

      1. Eu até concordo com vocês quanto ao fato de ser um exagero, parece surreal. Mas embora eu não entenda quase nada de programação, hardware e afins, até onde eu sei e é uma informação bastante divulgada por aí, o Android (assumindo que esse celular usaria esse OS) é um sistema que tem um gerenciamento de RAM bem menos agressivo que o iOS, sem contar que tudo depende da skin e alterações da fabricante também, etc etc. Então talvez faça diferença, vai saber? Muitos dizem que saltar de 3GB pra 4GB de RAM num celular Android hoje como já temos disponível por aí dá uma diferença bem grande de multitarefa e afins.

        1. Acho que vão sendo criadas novas necessidades, se há 15 anos atrás alguém te dissesse que teríamos um pc doméstico com 4gb RAM, poucos acreditariam, ou pensariam “pra quê tudo isso?” hoje temos isso e achamos “pouco”…

          1. Ainda tem isso também. Eu só comentei do OS porque o iPhone por exemplo até hoje só tem 2GB de RAM e tá vivendo bem com isso, mas porque tem hardware e software 100% controlado pela Apple, eles fazem as otimizações especificamente para aquele hardware ser o mais eficiente possível com esses 2GB de RAM, etc etc etc

          2. finalmente né, pra aplicativos 1Gb era Ok, mas quando começava a navegar na web dava pra sentir o gargalo. e como os websites ainda são uma porcaria para mobile!

          3. pior que considero 4GB o mínimo necessário e 8GB o ideal…, mas a industria ainda insiste em entregar muitos modelos com 2GB.

          4. Também não entendo isso. Minha namorada ganhou um notebook com apenas 2Gb de RAM. O que custaria a fabricante ter colocado mais 4Gb? Nem encarece muito. Agora é necessário abrir o notebook, ainda com garantia, pra colocar um novo pente pra deixar o mesmo utilizável sem querer jogá-lo na parede.

          5. Também não entendo isso. Minha namorada ganhou um notebook com apenas 2Gb de RAM. O que custaria a fabricante ter colocado mais 4Gb? Nem encarece muito. Agora é necessário abrir o notebook, ainda com garantia, pra colocar um novo pente pra deixar o mesmo utilizável sem querer jogá-lo na parede.

          6. e ainda é facil fazer upgrade quando a memória não é soldada na placa mãe.

      2. O mercado de notebooks é mais maduro e, de fato, há poucas melhorias entre gerações imediatamente próximas. É por isso, entre outros fatores, que o ritmo de troca é mais lento — o que se tem costuma ser bom o bastante. Porém, essas melhorias incrementais quando acumuladas fazem diferença. Alguém que sai de um Core iX de primeira geração para um de quinta, ou sexta, sente bastante diferença.

        É provável que isso acontecerá com smartphones também. Em certa medida, já acontece — smartphones do ano passado e até alguns de 2013, como Nexus 5 e iPhone 5s, ainda são bem competentes. A diferença é que ainda há margem para grandes saltos. Vide o caso, por exemplo, do iPhone 6s.

        1. O último parágrafo resume bem o que eu penso. Já estamos entrando nesse estágio da tecnologia e esses exemplos que tu deu demonstram bem isso.
          Claro, ainda há margem para mudar e melhorar, com certeza (teve até um gráfico sobre isso num post recente sobre mobile e desktop).

      1. Ou inventam uma nova tecnologia melhor que smartphones e as baterias vão sendo empurradas com a barriga :P

        1. tipo o caso das telas de notebooks. padronizou-se em 720p e quando encontra-se uma FullHD é o olho da cara. =(

    2. Não adianta ter 8gb de ram se o Android continuar com um gerenciamento porco de memória.

      Tenho um Windows Phone com 1gb de ram e sobra multi tarefa.

      Uma amiga tem um 4s com 512mb e não tem travamentos, mesmo com a última atualização da Apple.

      Tenho um Tab Pro da Samsung e somente depois de encontrar um desenvolvedor que corrigiu o péssimo gerenciamento do Android consegui utilizar o tablet em sua totalidade.

        1. O desenvolvedor faz uma ROM otimizada para o Tab Pro. No caso, chego a abrir umas 30 abas no navegador, música tocando ao fundo e alterno rapidamente entre os aplicativos.

          Por incrível que pareça, meu tablet com apenas 2gb de RAM é muito mais rápido e tem a multi tarefa MUITO melhor que meu notebook com 10gb – e também logicamente a ROM oficial da Samsung que morreu no KitKat.

      1. olha casos especificos não valem ok, pois todos que eu conheço que possuem o 4s tem problemas com as atualizações recentes do IOS, definitivamente o celular não aguenta, ainda mais se for um com 8gb de armazenamento, o que não ajuda em nada.

    3. meu moto g (primeira geração) raramente engasga. acho q depende do uso e como se usa. esses dias tava vendo uma discussão sobre ter um carro potente pra poder ultrapassar na estrada. ora, há locais de ultrapassagem em todas as estradas, até nas piores. os caras querem é um carro q corre e não um carro bom pra ultrapassar. a metáfora é válida nesse caso.

      1. “acho q depende do uso”

        Aí que está o “x” da questão:

        Tem gente que precisa de agilidade, muita. Há situações em que você precisa abrir/rodar aquele app ou a câmera e tem que ser pra ontem.

        E isso se aplica à situação do carro. Às vezes o cara não quer correr, ele também quer agilidade.

        Sem agilidade, ter um local para ultrapassar não significa que ele conseguirá fazer isso dentro daquele trecho, principalmente se tiver uma carreta de 35 metros na frente.

        1. o exempo do carro é perigoso, claro, então é metáfora meio torta. o mais seguro seria o motorista esperar o trecho de ultrapassagem independente da potência do carro. se o caminhão estiver a 200 não tem jeito… qdo pego estrada só vejo barbaridade. já fui ultrapassado em local proibido por dois carros simultaneamente em minas: um pela contra-mão e o outro pelo acostamento. não sei se ambos estão mortos ou se já mataram alguém no caminho…

          o celular eu não vejo muitas situações em q alguém poderia morrer se ele der uma engasgada, mas a maioria já está impaciente com os centésimos.

    4. Alguém deve ter feito uma pergunta parecida lá atrás: “sério que precisamos de 2 GB de RAM num TELEFONE?” rsrsrsr

    5. isso aí lembra a piada óbvia que ninguém fez: “640Kb são o suficiente para todo mundo”

  23. E ai galera. O que será que a Motorola ira apresentar hoje??? Eu estou querendo trocar meu moto x1, mas está difícil escolher um telefone bom e barato que tenha nfc (entenda-se barato ate 1000 dilmas), acho que vou morder a língua e arriscar um Samsung (hardware teoricamente bons e software porcalhão + pancada de bloatware), estava lendo sobre os galaxy a5 e a7 2016, uma pena serem tela de 5,2 e 5,5″. Será que tem alguma outra opção??

    1. As teorias falam que pode ser o novo Moto E, que meio que vai tomar o lugar do moto G para melhor custo/benefício da empresa. Mas pode ser até uma linha nova.

      E já que você gosta de telas pequenas, o Xperia z3 compacto não te interessou?

      1. interessar até que sim, mas ainda não está no valor que posso pagar por ele, não que valha que estão pedindo. Atualmente tenho o moto x1, está de boa, só que realmente estou apertado agora.

    2. Eu recomendaria o Moto X 2014, ainda se acha em promoção por menos de mil pila. Mas não acho que vale a pena a troca do 2013 pelo 2014.
      Se quiser, um pouco a mais e pode pegar um X Play também.
      De qualquer forma, não recomendaria nenhum Samsung (EDIT: me refiro aos modelos intermediários, onde normalmente existem concorrentes melhores e mais baratos). Não sei como estão esses novos modelos, mas eu sempre fico com pé atrás. Daqui a pouco um Zenfone, Quantum Go ou Redmi…

      O foda é que tudo aumentou de preço nesse último ano, então achar smartphone bom por menos de mil reais ta mais difícil.

    3. Eu recomendaria o Moto X 2014, ainda se acha em promoção por menos de mil pila. Mas não acho que vale a pena a troca do 2013 pelo 2014.
      Se quiser, um pouco a mais e pode pegar um X Play também.
      De qualquer forma, não recomendaria nenhum Samsung (EDIT: me refiro aos modelos intermediários, onde normalmente existem concorrentes melhores e mais baratos). Não sei como estão esses novos modelos, mas eu sempre fico com pé atrás. Daqui a pouco um Zenfone, Quantum Go ou Redmi…

      O foda é que tudo aumentou de preço nesse último ano, então achar smartphone bom por menos de mil reais ta mais difícil.

        1. Ah sim, não deixei claro no meu comentário, mas me referia aos modelos intermediários da Samsung, onde normalmente existem concorrentes melhores e mais baratos.

  24. Alguém tem uma dica muito massa de Buenos Aires?! Vou pra lá no fim do ano mas não queria ficar só vendo tango!

    1. Cara, amigo meu foi uns meses atrás e disse que curtiu muito um cassino em um navio!
      No mais, o cara sempre acha algo interessante na hora, não custa conversar com os nativos :D

    2. se vc gosta de livros, eles têm uma livraria fabulosa instalada onde era uma casa de espetáculos e a livraria ficou um… espetáculo. e, cara, tb tô querendo ir e acho q vou ver um jogo de futebol de um time grande qualquer. aquela cantoria dos infernos no jogo todo, o estilo de jogo e a bagunça q todo jogo envolve, parece ser algo a dar atenção. e parece q é algo bem do povão ir a um jogo lá (como é na europa, apesar de quererem glamorizar o futebol como se fosse um aberto de tênis). e, cara, os filmes argentinos são ótimos. eu veria alguns antes de ir, q se passam em BA, claro, pra ter uns insights tb e fugir dos roteiros turísticos e, claro, dos brasileiros.

        1. em sp tb tem. na rua augusta tem dois ótimos cinemas e tem a cultura. até q estamos bem servidos. mas eles, de fato eles leem mais e, se não me engano, fazem mais filmes tb.

          1. eu ia até perguntar onde ele mora por causa disso haha, não só na augusta, tem outros lugares também

          2. Em Maringá, cinema só em shopping e livrarias, pelo menos as maiores, também. Acho que só cidades de grande porte no Brasil conseguem manter esses tipos de estabelecimento desvinculados de shopping. O que é uma pena.

          3. Aqui, no Plano Piloto (aquela parte de Brasília/Distrito Federal que tem o desenho do avião), só conheço duas livrarias que não são de redes grandes.

    3. 1- Na casa de câmbio oficial, o real tá uns 2.5 pesos. Contudo, por fora, chegam a pagar mais de 3 pesos no real;
      2- As coisas tão cara, não espere chegar com roupa etc de lá;
      3- A Livraria que o @p@EPMnIvWTKTAD:disqus falou é a Ateneo. É realmente bonita, vale ao menos dá uma olhada;
      4- Se curte Liniers (quadrinista) um lugar bacana pra compras é o Patio Del Liceo. Dá uma procurada no google. O lugar é perto da Ateneo;
      5- Se puder, coma no El Cabrero de Palermo, puta carne boa! Na vdd experimente restaurantes em Palermo, tem muitos bom lá. tipo o Fukuro Noodle Bar.

    4. Visitantes estrangeiros podem alugar as bicicletas da cidade, basta cópia do passaporte e ou identidade. Sugiro alugar uma perto da faculdade de direito e ir com ela até Porto Madero.

      Os bodegons tem Stella Artois Noir, uma das melhores cervejas quer já tomei. Recomendo, nunca vi no Brasil.

      Tem o cemitério que esqueci o nome, El Caminito (lugar fofinho pra turista), o bairro de Palermo nos finais de semana.

    5. Além do el ateneo, que já citaram, recomendo a visita guiada do estádio do boca juniors e a feirinha de sao telmo, tem muitas antiguidades legais

    6. Além do el ateneo, que já citaram, recomendo a visita guiada do estádio do boca juniors e a feirinha de sao telmo, tem muitas antiguidades legais

    7. 1. Quando eu fui, faz uns 3 anos, dentro do próprio aeroporto existia o Banco da Nación, algo assim, as taxas de câmbio eram excelente. Vale pesquisar se ainda existe o banco e se as taxas são boas.

      2. Não assistimos a nenhum show de tango. O mais próximo foi a um balé contemporâneo no teatro Grand Rex.

      3. Seguindo a dica, vale pesquisar se existe algum espetáculo, peça de teatro ou algo do tipo no Teatro Colon, ou até em algum outro teatro, se for a sua praia. Existem muitos teatros, grandes e pequenos em BsAs.

      4. Como o @faoliveiras:disqus comentou, em Pallermo existem restaurantes muito bons a preços bem convidativos.

      5. Próximo ao cemitério da Recoleta (que o @EPMnIvWTKTAD:disqus recomendou. EDIT: Foi o @fredmmtt:disqus que recomentou) experimente as famosas empanadas argentinas no El Sanjuanino (http://goo.gl/riEqdq), espetaculares. E prove o vinho que é servido em uma jarra de pinguim hahaha, é honesto.

      P.S.:
      6. O sistema de ônibus é excelente. É bastante possível se deslocar apenas de ônibus. Se ainda existir nas bancas o Guia T e for baratinho, vale a pena. Se estiver com o celular e online, existe um aplicativo, “BA Como Llego” ou algo assim. Os ônibus é só com moedas, pois é uma máquina automática.

      1. olha, eu não recomendei cemitério, mas é uma ótima dica! sugeri a livraria e uma ida a um jogo de futebol. minhas esposa já não ia curtir muito esse lance de cemitério… :(

        1. A livraria também é ótima, by the way. Dá pra perder umas horas dentro dela.

      2. Sobre o cemitério, antes de ir, pesquisa sobre curiosidades, pq deixa a visita muito melhor. Tipo, tem um tumulo lá que possui uma estatua de uma garota e um cachorro. A história diz que a dona do cachorro foi pra europa e morreu lá, com o cachorro morrendo no msm dia da dona. Como é uma cidade antiga e um cemitério para ricos, tem mt história lá.

        Sobre o cambio, fui em outubro, troquei uma grana em uma casa de cambio oficial por 2,4. No hotel que fiquei hospedado, uma pessoa trocou por fora por 4, então só aconselho a não trocar todo seu real de cara numa casa de cambio oficial, nem por fora (cuidado com golpes), pois muitas lojas recebem pagamento em real.

      3. Sobre o cemitério, antes de ir, pesquisa sobre curiosidades, pq deixa a visita muito melhor. Tipo, tem um tumulo lá que possui uma estatua de uma garota e um cachorro. A história diz que a dona do cachorro foi pra europa e morreu lá, com o cachorro morrendo no msm dia da dona. Como é uma cidade antiga e um cemitério para ricos, tem mt história lá.

        Sobre o cambio, fui em outubro, troquei uma grana em uma casa de cambio oficial por 2,4. No hotel que fiquei hospedado, uma pessoa trocou por fora por 4, então só aconselho a não trocar todo seu real de cara numa casa de cambio oficial, nem por fora (cuidado com golpes), pois muitas lojas recebem pagamento em real.

    8. 1) Restaurante Cabana Las Lillas em Puerto Madero
      2) Museu de Ciencias Prohibido Es No Tocar
      3) Museu MALBA
      4) Cambio na Calle Florida 142 (em 2014 tinha uma casa de câmbio)
      5) Compre alfajores Havana. Se não gostar, compre mesmo assim – dê para teu amigo ou para o teu amor – BEM barato
      6) Zoologico Temaiken em Escobar. Tem onibus para lá que sai as 9am, volta às 5pm partindo do ponto de onibus próximo ao Zoo de Palermo
      7) Ande de metrô (subte) comprando o cartão em qualquer MaxiKiosko. Taxi compensa também
      Boa viagem!

Os comentários deste post foram fechados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!