🔗 Moraes autoriza inquérito para investigar dirigentes de Google e Telegram[sem paywall]www1.folha.uol.com.br

Sem Paywall: https://leiaisso.net/wf8ra/

Em mais uma na cruzada contra as big techs, o “One Law Man” (vigiar e punir) manda investigar as Big Techs.

Em sua decisão, ele afirma que o inquérito será “em face dos diretores e demais responsáveis” das empresas que “tenham participado da campanha abusiva” contra o texto do Congresso.

E la vamos nós para mais uma semana de gente pagando internet para ficar brigando sobre isso, enquanto os diretores devem estar passeando de helicóptero por aí…

Disclaimer: perdão a piada, mas acho que captaram os porquês dela…

Deixe um comentário

É possível formatar o texto do comentário com HTML ou Markdown. Seu e-mail não será exposto. Antes de comentar, leia isto.

2 comentários

  1. Eu não sei se você escreve para irritar ou sei lá.

    Até o Ghedin já falou que tem muito que aprimorar a lei da Fake News. O ponto é você estar confundindo liberdade para fazer de tudo com liberdade para fazer coisas que fariam mal a você e eu.

    Pensar acho que muitos de nós pensamos sobre todos os dias. Até talvez pode ter um ou outro raciocínio errado, mas divagações longas a parte, entenda: essa é lei não para censura, mas para falar: “filhão, tu errou. assuma a bronca ai e paga pelo teu erro.”

    1. Para falar o “filhão, tu errou. assuma a bronca ai e paga pelo teu erro.” não precisa da aprovação do PL da censura.
      Se alguém injuriar vc, por exemplo, no facebook, youtube, instagram, grupo de whatsapp/telegram, etc, vc pode processar a pessoa e um juiz vai ouvir os dois lados, ver as provas e decidir se houve ilegalidade.
      Tá cheio de processo nesse sentido, inclusive. Mesmo sem a lei.
      Então não precisa de lei pra dizer “assuma a bronca ai e paga pelo teu erro”.