Quem são Kunlun e Qihoo 360, empresas chinesas que compraram o Opera

Logo do Opera com bandeira da China.

A Opera, empresa norueguesa que desenvolve há muito tempo um navegador web homônimo, recebeu uma oferta de compra de um consórcio de empresas chinesas no valor de US$ 1,2 bilhão. O acordo ainda depende da aprovação dos acionistas e de órgãos regulatórios, mas tudo indica que será fechado — o conselho, inclusive, “decidiu unanimemente pela recomendação” da aprovação. Ele diz muito sobre duas áreas da tecnologia em alta: navegadores web e China.

O Opera já teve dias melhores. Hoje, ele fica espremido entre Chrome, Firefox e Safari, todos com participação de mercado maior. Sua maior força, porém, não está na competição direta com esses, mas em dispositivos de baixo custo usados em países onde a conexão à Internet é cara e restrita. Sua tecnologia de compressão de dados, que permite navegar mais pagando menos, conquistou 350 milhões de usuário, segundo a empresa. O produto mais recente (que não é um navegador), o Opera Max, promete economia em aplicativos de consumo intensivo como Netflix e navegação segura graças a uma VPN embutida. Recentemente Samsung e Xiaomi anunciaram parcerias que trarão o Opera Max pré-instalado em alguns dos seus smartphones.

Apesar das virtudes e da grande base de usuários, comparado aos navegadores padrões o Opera não se destaca tanto. Segundo a Net Market Share, em janeiro o Opera Mini, versão mais bem sucedida do Opera, tinha 7,28% do mercado, contra 41,57% do Chrome, 34,12% do Safari e 11,13% do antigo navegador padrão do Android. Nos últimos anos a empresa, que tem sede na Noruega, tentou diversificar seu mix de produtos, lançando um sistema embarcado para Smart TVs (que, inclusive, chegou ao Brasil em aparelhos da LG) e uma plataforma de publicidade digital, a Opera Mediaworks.

A compra pelos chineses representa uma oportunidade de expansão à Opera. O consórcio, composto pelas firmas de investimentos Golden Brick Silk Road (Shenzhen) e Yonglian (Yinchuan) e pelas empresas Kunlun e Qihoo 360, habilitará um novo canal de distribuição enorme (a China) para os produtos com a marca Opera. Em troca, os novos proprietários poderão oferecer seus produtos e serviços à base de usuários do Opera e incorporar suas tecnologias de compressão, navegação web, além de usar a Opera Mediaworks.

Kunlun e Qihoo 360

O que paira no ar é se isso será bom aos usuários do Opera. A Kunlun é uma empresa relativamente nova, com capital aberto desde janeiro de 2015, focada em jogos — além dos MMORPG populares na Ásia, ela tem parcerias com a Rovio (Angry Birds) e a Supercell (Clash of Clans). No começo de 2016, adquiriu 60% do app de relacionamento gay Grindr. Segundo o analista chinês Will Tao, o Grindr tem uma base de usuários com nível de engajamento maior que o de outros perfis, e isso poderá ser útil à Kunlun no desenvolvimento e estratégias de distribuição dos seus jogos.

Fora oferecer joguinhos, a presença da Kunlun não preocupa tanto. Já a da Qihoo 360, sim. Essa empresa oferece soluções de segurança, um navegador web e, recentemente, lançou um buscador na China para concorrer diretamente com o Baidu, líder do setor no país com cerca de 80% do mercado.

A Qihoo 360 já foi acusada de trapacear em testes de antivírus. Pesam contra ela, ainda, denúncias de práticas anticompetitivas em relação ao seu buscador web e de violação da privacidade dos próprios usuários. Aurélio Minerbo, do site Baboo, acusa a empresa de financiar táticas de marketing de guerrilha para promover seus produtos e depreciar concorrentes:

Por fim, empresas chinesas contratam internautas brasileiros para postarem comentários em blogs de tecnologia que os produtos concorrentes são ruins e têm problemas, enquanto o produto delas é ótimo. Diariamente bloqueamos vários spammers disfarçados de usuários que elogiam esses produtos no BABOO. Isso apenas confirma a “seriedade” delas. Lamentável.

Além de operar na China, a Qihoo 360 começou a se expandir através de investimentos externos. Em 2013, injetou US$ 30 milhões na brasileira PSafe, também especializada em software de segurança e, numa semelhança infeliz, vez ou outra envolvida em polêmicas — em agosto de 2015, foi processada pelo Baidu por concorrência desleal.

O Opera, apesar de toda a dificuldade em se manter relevante, tem um histórico ilibado de respeito ao consumidor e foco em funções relevantes. Não se sabe o que acontecerá com seus produtos após a aquisição ser finalizada, o que está previsto para março, mas espero (torço para, na verdade) que nada mude nesse sentido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

93 comentários

  1. Um ano atrás fiz um comentário sobre o Opera que agora é chinês. Houve atualizações para o bem e para o mal. Ao instalar, os Avs, Eset e Kaspersky, informaram que ele n é seguro, pode colher dados. Sim virou chinês da Qihoo, reconhecida como manipuladora de testes de Av e burlar os cliques de propagandas nos apps no Google Play Store. E em 2015, houve um processo na PF, pelo navegador Psafe, onde a Qihoo é sócia, colheu dados dos usuários do navegador sem consentimento. Por isso foi descontinuado o navegador. Uso o Vivaldi, que melhorou muito na interatividade e na segurança. Agora com AdBlock nativo, opções de vc diminuir os speeds. Vale apenas usar.

  2. Agora sendo chinês, espero que n modifique, puxando os olhinhos da intuitividade. É um browser leve, lindo, tem tudo nativo e que os chinas n modifique e que continuem com os engenheiros noruegueses. Colher dados, lógico que vão. Os outros colhem também, exceto o Firefox.

      1. Será que foi na época que era Alpha, Frederico? Uma das razões pelas quais estou apostando minhas fichas no Vivaldi é justamente o funcionamento de alguns recursos de serviços do Google. O upload de pastas na interface web do Google Drive, por exemplo. Além do Chrome, só funciona no Edge e no Vivaldi (não testei no Safari).

        1. Talvez seja isso, não lembro se era Alpha mas parecia mesmo que faltava polimento. Então bem capaz que sim.

        2. Talvez seja isso, não lembro se era Alpha mas parecia mesmo que faltava polimento. Então bem capaz que sim.

          1. O Vivaldi foi desenvolvido para agradar as viúvas do velho Opera (como eu :) ). Até os antigos serviços que o Opera oferecia, através do My Opera, estão sendo replicados. Tenho esperanças de que se torne uma alternativa viável.

          2. O Vivaldi foi desenvolvido para agradar as viúvas do velho Opera (como eu :) ). Até os antigos serviços que o Opera oferecia, através do My Opera, estão sendo replicados. Tenho esperanças de que se torne uma alternativa viável.

  3. Saudoso Opera! Até hoje ainda tenho instalado no computador do serviço, embora use bem pouco. Mas nos tempos da internet discada, quando boa parte da geral aqui talvez nem fosse nascida, esse programa era uma mão na roda. Longa vida!

    1. Só ouço elogios e não vejo como ele poderia gastar mais bateria — o processamento das páginas e vídeos a fim de comprimi-los é feito nos servidores do Opera, não localmente. Na verdade, pela diminuição do tráfego de dados e, consequentemente, menos tempo de tela ligada e trafegando dados, ele economiza bateria.

      1. Eu atualmente o utilizo no meu celular, compacta muita coisa, principalmente vídeos do Youtube, mas também imagens o resultado é excelente.

        O meu medo é exatamente agora que a Qihoo está comprando. No final das contas o Opera Max é uma VPN e não sei até que ponto posso confiar em uma VPN em quê todos os meus dados trafegam pelos seus servidores, quando uma das donas é uma empresa que tem uma imagem pior que o Baidu.

        O meu nível de desconfiança é tanto que eu preferia que o Facebook tivesse comprado o Opera Software, mesmo com todos os rumores de quê ele me espiona, guarda todos os meus dados, etc. Confio mais nele do quê nessas empresas chinesas.

  4. Opera, gosto da sincronização com os meus outros dispositivos e não gosto muito da interface do outros navegadores. O Speed Dial também é muito bom. Passei muito tempo usando outros, mas acabei voltando quando comprei uns dispositivos novos.

  5. Interessante a crítica ao marketing de guerrilha, q é uma estratégia usada, inclusive, por grandes marcas q têm dinheiro suficiente pra não precisar disso. E tb achei interessante o lance dos comentaristas brasileiros, se for verdade, serem pagos pra avaliar e denegrir. Me parece razoável, pq eu já vi mesmo comentários bem estranhos, em sites de download especialmente, de alguns programas sendo criticados enqto outros são enaltecidos no mesmo comentário, mas sem uma justificativa tão forte assim pro elogio ao outro programa indicado. Já há um sindicato para comentaristas profissionais?

  6. O Opera foi pioneiro em muita coisa. O conceito de navegação por abas, por exemplo, nasceu nele em meados da década de 90. Fora a questão da compressão de dados. Antes do Firefox existir e, consequentemente antes do Chrome existir, era o melhor browser que eu usei no Linux.

    1. Eu lembro que nas versões anteriores ele tinha o agrupamento de abas. Para quem é doido navegando como eu, era muito bom.

    2. Há controvérsias sobre a origem das abas. Não sei até que ponto é verdade, mas sempre houve uma origem alternativa do NetCaptor, um navegador que usava o motor do Internet Explorer mas que, a despeito da sua inexpressividade, tinha abas bem antes delas aparecerem nos grandes navegadores.

    3. Há controvérsias sobre a origem das abas. Não sei até que ponto é verdade, mas sempre houve uma origem alternativa do NetCaptor, um navegador que usava o motor do Internet Explorer mas que, a despeito da sua inexpressividade, tinha abas bem antes delas aparecerem nos grandes navegadores.

      1. As abas como conhecemos por até ser. O Opera, na última versão compilada em 16 bits para Windows, deixava as páginas em janelinhas dentro da janela principal do navegador, de sorte que você poderia abrir 2 páginas lado a lado ou 4 páginas em quadradinhos. Na versão seguinte, já de 32 bits veio as abas do jeito que a gente conhece hoje. E posso afirmar isso porque eu usei essa versão num 486 com windows 95, 8MB de RAM e incríveis 80MB de HD (usava aquela compressão que dobrava a capacidade do disco) lá pelos idos de 1996-97. De qualquer forma, a idéia de mais de uma página dentro da mesma janela do navegador veio primeiro dos noruegueses. Assim como o Speed Dial que já citaram aí.

      2. As abas como conhecemos por até ser. O Opera, na última versão compilada em 16 bits para Windows, deixava as páginas em janelinhas dentro da janela principal do navegador, de sorte que você poderia abrir 2 páginas lado a lado ou 4 páginas em quadradinhos. Na versão seguinte, já de 32 bits veio as abas do jeito que a gente conhece hoje. E posso afirmar isso porque eu usei essa versão num 486 com windows 95, 8MB de RAM e incríveis 80MB de HD (usava aquela compressão que dobrava a capacidade do disco) lá pelos idos de 1996-97. De qualquer forma, a idéia de mais de uma página dentro da mesma janela do navegador veio primeiro dos noruegueses. Assim como o Speed Dial que já citaram aí.

          1. Exato! Foi uma versão dessas que eu usava, só que no windows 95. Como a máquina era limitada tanto em RAM quanto em HD, essa versão aí cabia em um disquete. Dá até saudades quando eu vejo!

        1. também conheci a navegação “em abas pelo” Opera, mas sempre fui usuário Netscape/Mozilla/Firefox

          o primeiro browser com navegação por abas no estilo atual eu vi no Galeon, um navegador para Linux baseado no Mozilla…era excelente

        2. também conheci a navegação “em abas pelo” Opera, mas sempre fui usuário Netscape/Mozilla/Firefox

          o primeiro browser com navegação por abas no estilo atual eu vi no Galeon, um navegador para Linux baseado no Mozilla…era excelente

  7. Sem nenhuma relação com o post: estou amando esse nível de atualizações mais constantes no site. Tá lindo.

      1. Seria o nível ideal: um a dois posts por dia, com notícias mais contextualizadas, além daqueles que são publicados normalmente (textos maiores/pautas frias e as seções fixas). Mas… falta tempo. Essa semana é uma anomalia por causa do Carnaval.

        Esse ritmo só será possível a partir de março de 2017, quando termino a faculdade. Até lá, considerem o Manual do Usuário como em fase beta :)

        1. Lembro de um post seu que abordava sobre alguns blogs e sites que você acompanhava e que alguns fecharam e um ou outro continua na ativa. Gostaria de saber quais blogs e sites hoje você acompanha. Fica aí essa curiosidade.

          1. Nacionais, Tecnoblog e Gizmodo. De fora, o noticiário mais mainstream eu acompanho pelo Techmeme, que é um baita filtro. Também tenho listas no Twitter com diversos sites, daqui e de fora, e sigo alguns blogs independentes.

          2. Bacana, também gosto do tecnoblog, no gizmodo acho que se perderam um pouco, tem algumas matérias que eu não curto muito, talvez estejam se reinventando, mais os comentários decaíram muito.

          3. Engraçado, toda vez q leio algo no Gizmodo não vejo tantos problemas assim nos comentários, obviamente não os leio integralmente, mas será q não há uma convenção sobre q lá os comentários são ruins e isso se disseminou de modo um tanto injusto? E outra coisa engraçada: os comentários não deveriam ter todo esse peso, afinal, vc entra pra ler a notícia ou texto e, depois, os comentários. Isso está me levando a crer q as pessoas leem primeiro os comentário e, talvez, depois o texto. Se isso estiver acontecendo de modo numeroso, trata-se de uma inversão incrível da forma de ler algo primeiro pelo q dizem e depois pelo q é dito. Sei q muitos são atraídos pelas manchetes e isso vem de antes da internet, pq as bancas de jornal exibiam jornais e as pessoas paravam ali pra comentar a manchete sem ler o texto, mas ler o texto implicava em comprar o jornal e agora não tem mais essa.. vc pode ler o texto e comentar depois. Q te parece?

          4. Eu leio primeiro a matéria claro, tem algumas que poderiam da uma boa discussão mas, quando chego nos comentários é zoação do inicio ao fim, talvez não pego os melhores comentários igual a você por lê as matérias geralmente a noite, enfim, mas o que você falou acontece mesmo. Não levo assim tão a sério os comentários, mas sempre tem alguns que são bons e complementa o texto.

          5. Não acho os posts do Gizmodo ruins, eles têm um estilo diferente, de postar muitas vezes por dia, e de incluir diversos assuntos não tão ligados à tecnologia web-desktop-mobile, como astronomia, física, e curiosidades gerais. Além de boa parte do material lá postado ser tradução de fontes de fora, em especial do próprio Gizmodo US.

            Agora os comentários lá são, sim, deploráveis. Em geral, a grande maioria são de fakes-trolls que só estão lá para zoar, em vez de fazer comentários pertinentes.

          6. Engraçado, pra mim é muito curioso uma pessoa gostar de tecnologia e não se interessar por astronomia, física e curiosidades (científicas). Quer dizer, vc pode ter interesses específicos em tecnologia e ignorar uma série de coisas, mas não se entusiasmar com descobertas científicas ou explicações científicas seria um tanto contraditório já q ciência e tecnologia andam juntas nos dias de hj (tirando efeitos deletérios de marketing q mais embananam do q explicam).

            Sobre as pessoas q fazem zoeira, sei lá… Vc pode comentar seriamente qualquer assunto e isso é legal, mas esperar q todos sejam sérios ou q o ambiente seja sério me parece ser esperar demais, pq, agora mesmo, enqto discutimos isso, pode aparecer um xarope e ficar zoando, sei lá, a minha cara. Ora, isso é só ruído qdo não passa de zoeira… Uma poluição visual, já q tenho q olhar pra essa massa de texto como olharia pra um outdor enqto contemplo a paisagem.

  8. Na época em que o Chrome era muito simples e o Firefox tinha aqueles problemas de vazamentos de memória, eu era um chato defensor do Opera. Ele tinha a proposta de ser uma plataforma web, o que nunca deu certo, mas me atendia bem o cliente de e-mail integrado e já tinha sincronização de preferências e favoritos há muito tempo.

    Preocupante a conduta de quem adquiriu, uma pena, já que sempre gostei dessas empresas nórdicas de tecnologia como a Opera Software, Nokia, Skype o Spotify. Não sei porque, elas parecem ter muito personalidade haha

  9. Na época em que o Chrome era muito simples e o Firefox tinha aqueles problemas de vazamentos de memória, eu era um chato defensor do Opera. Ele tinha a proposta de ser uma plataforma web, o que nunca deu certo, mas me atendia bem o cliente de e-mail integrado e já tinha sincronização de preferências e favoritos há muito tempo.

    Preocupante a conduta de quem adquiriu, uma pena, já que sempre gostei dessas empresas nórdicas de tecnologia como a Opera Software, Nokia, Skype o Spotify. Não sei porque, elas parecem ter muito personalidade haha

    1. Exatamente, eu também o utilizo e ele é ótimo, mas agora estou com medo.
      Essa Qihoo não é flor que se cheire, tem denúncias de quê o antivírus dela Qihoo 360 enviava informações dos computadores de seus usuários, sem o consentimento deles, como senhas de sites na internet e até de cartões de crédito.

      Ela é um perigo, talvez até pior que o Baidu.

      Como eu disse acima, preferia até que o Facebook tivesse comprado, mesmo com todos os rumores de quê ele espiona tudo o quê os seus usuários fazem na rede. Eu ainda o acho ”mais seguro” que essas empresas chinesas. Elas são muito perigosas.

    2. Exatamente, eu também o utilizo e ele é ótimo, mas agora estou com medo.
      Essa Qihoo não é flor que se cheire, tem denúncias de quê o antivírus dela Qihoo 360 enviava informações dos computadores de seus usuários, sem o consentimento deles, como senhas de sites na internet e até de cartões de crédito.

      Ela é um perigo, talvez até pior que o Baidu.

      Como eu disse acima, preferia até que o Facebook tivesse comprado, mesmo com todos os rumores de quê ele espiona tudo o quê os seus usuários fazem na rede. Eu ainda o acho ”mais seguro” que essas empresas chinesas. Elas são muito perigosas.

      1. Engraçado que, no Mac, vou de Safari pelo mesmo comodismo. Já está lá, funciona bem, é rapidinho… No resto todo, prefiro o chrome, amo o sincronismo de histórico, favoritos, senhas, etc. mas no Mac acho ele tão feio…

      1. Eu me rendi ao safari pelos mesmos motivos.

        Nunca gostei do Chrome (embora eu o use no trabalho, onde precisamos usar windows…) e o Firefox decaiu muito desde seus tempos áureos.

          1. cmd+z nem sempre funciona, pois se trata de um “desfazer” genérico (por exemplo: caso você escreva em uma caixa de texto após fechar uma aba, o cmd+z vai desfazer o texto e não reabrir a aba)

            quando descobri o cmd+z pensei que era de fato a solução mais simples (tipo a história do lápis soviético e da caneta da nasa em gravidade zero). Mas, apesar de ser mais elegante, na maioria das vezes simplesmente não funciona.

    1. Coincidentemente, acabei de migrar do Opera para o Firefox. Apesar de gostar bastante do Opera, a falta de extensões populares dificultam a usabilidade.

    2. Coincidentemente, acabei de migrar do Opera para o Firefox. Apesar de gostar bastante do Opera, a falta de extensões populares dificultam a usabilidade.

        1. Kill News Feed, principalmente, e Enpass, que foi lançada recentemente.

          Mas me lembro de outras que eu quis pelo menos testar e não existiam, só não me lembro agora quais.

          1. Poxa, se eu soubesse antes que existia essa extensão hahaha…

          2. Já questionei, aqui no Manual, sobre a necessidade de extensões: https://www.manualdousuario.net/extensoes-chrome/

            Atualizando: hoje, só tenho uma extensão instalada no Safari, a Ghostery https://www.manualdousuario.net/ghostery-privacidade-internet/ Ainda uso o Kill News Feed, mas no Safari ela é uma folha de estilo (e isso é um problema, já que as regras de CSS que escondem o feed do Facebook vez ou outra quebram outros sites, como o do Mailchimp).

          3. A Kill News Feed (extensão mesmo) aqui no meu Firefox também apresentou problemas. Entrei no Facebook e subitamente o navegador passou a consumir 90% de memória. Desativei a extensão, F5, tudo normal =/

        1. Apenas no computador. No celular eu uso o Safari, que já me atende bem, e por ser nativo é o mais ágil de todos.

      1. Tentei usar o Firefox no smart, mas ele ficou um tanto pesado, mesmo em um nexus.

    3. chrome pra uso pessoal e opera para as 2 abas que abro na empresa.
      pro meu uso o chrome não é pesado.

    4. Eu uso o Safari em casa, não sou heavy-user então me atende bem…muito rápido e bonito. No trabalho uso o Chrome devido ao Postman e o Google App Engine, além de eu preferir mais as ferramentas de desenvolvimento do Chrome que do Safari.

    5. No Android uso Opera, mas cabe ressaltar que a grande vantagem dele é no tablet (coisa que o Google Chrome é uma vergonha sem fim).

      No PC é Firefox, esse nem precisa explicar o motivo pois sempre foi ótimo e hoje está ainda melhor porque a versão 64bits para Windows finalmente deixou de ser beta.

      1. Nessa ultima versão do firefox eu testei ele e tava consumindo mais memória que o chrome aqui.
        Detalhe: o firefox limpo consumindo mais que o chrome cheio de extensões.

        1. Estranho. Aqui ocorre justamente o contrário e olha que meu notebook foi um modelo ultra barato com processador celeron da 2nd geração (para você ter uma idéia, o Chrome travava tudo na hora de abrir) e com o Firefox é tranquilo.

        2. Firefox tá rodando muito bem aqui e o Crhome não me parece fazer mal, apesar da quantidade enorme de abas abertas… Agora não sei se isso se dá pq uso o máximo de memória q meu note aguenta ou se pode ter relação com o SSD. Pq depois do SSD, TUDO ficou mais fluído.

        3. Firefox tá rodando muito bem aqui e o Crhome não me parece fazer mal, apesar da quantidade enorme de abas abertas… Agora não sei se isso se dá pq uso o máximo de memória q meu note aguenta ou se pode ter relação com o SSD. Pq depois do SSD, TUDO ficou mais fluído.

    6. – No computador: Safari. Pelas mesmas razões apontadas pelo Ghedin, exceto a integração com iPhone, pois meu celular é um Android.
      – No celular: Chrome. Já testei outros, mas sempre acabo voltando para ele. Acho bonito e funcional, e ele também tem uma ferramenta integrada de economia de dados, mas que vale só para o browser.

    7. No celular, UC Browser (pois é, comecei usando ele e me acostumei a interface e recursos, e também não tenho muita vontade de mudar. Antes usava o opera)
      No pc, uso o Firefox… até usei o chrome um tempo mas eu achava ele um tanto instável. Dai troquei pelo firefox desde então.

    8. No celular, UC Browser (pois é, comecei usando ele e me acostumei a interface e recursos, e também não tenho muita vontade de mudar. Antes usava o opera)
      No pc, uso o Firefox… até usei o chrome um tempo mas eu achava ele um tanto instável. Dai troquei pelo firefox desde então.

      1. Sou do mesmo jeito. tenho o UCb em todos os celulares. gosto da interface. e dos downloads rápidos, além do download em nuvem. e do acelerador( bem parecido com esse do opera Max) só que interno (apenas no UCb).
        No PC eu tenho o FF e o opera portable (instalado ema partição diferente). garantindo meu anonimato.
        Ainda no PC também tenho um FF portable com modo anônimo por padrão.
        —- e o G Chrome me parece um pouco invasivo em relação a segurança.
        => PS: o FF configurado pra não permitir usar cookies de fora do site.((RECOMENDO))
        pra usar acessa o link:
        about:preferences#privacy
        e na linha: “Permitir cookies de fora do site atual: NUNCA” selecione nunca.
        ás extensões que uso são: No FF
        ghostery, adblock, pure url e safety redirector.
        .
        Caso queiram ajuda ou não entendeu algo acima. não hesite em me contactar. (gosto de prestar suporte e debater sobre tecnologia)
        Meu nike[LES28ed] e o mesmo no Facebook*(/LES28ed) y Skype
        => PS²: Tem o UCb para PC (já existe a 2 ou 3 anos, ainda em beta)
        ====> Primeiro contato com este website. e gostei muito. => um dos meus favoritos agora.

        .. #LES28ed_comentario_01_manualdousuario.net_ 13/02/16
        . #LES #LES28 #LES28ed

      2. Sou do mesmo jeito. tenho o UCb em todos os celulares. gosto da interface. e dos downloads rápidos, além do download em nuvem. e do acelerador( bem parecido com esse do opera Max) só que interno (apenas no UCb).
        No PC eu tenho o FF e o opera portable (instalado ema partição diferente). garantindo meu anonimato.
        Ainda no PC também tenho um FF portable com modo anônimo por padrão.
        —- e o G Chrome me parece um pouco invasivo em relação a segurança.
        => PS: o FF configurado pra não permitir usar cookies de fora do site.((RECOMENDO))
        pra usar acessa o link:
        about:preferences#privacy
        e na linha: “Permitir cookies de fora do site atual: NUNCA” selecione nunca.
        ás extensões que uso são: No FF
        ghostery, adblock, pure url e safety redirector.
        .
        Caso queiram ajuda ou não entendeu algo acima. não hesite em me contactar. (gosto de prestar suporte e debater sobre tecnologia)
        Meu nike[LES28ed] e o mesmo no Facebook*(/LES28ed) y Skype
        => PS²: Tem o UCb para PC (já existe a 2 ou 3 anos, ainda em beta)
        ====> Primeiro contato com este website. e gostei muito. => um dos meus favoritos agora.

        .. #LES28ed_comentario_01_manualdousuario.net_ 13/02/16
        . #LES #LES28 #LES28ed

    9. Opera, gosto da sincronização com os meus outros dispositivos e não gosto muito da interface do outros navegadores. O Speed Dial também é muito bom. Passei muito tempo usando outros, mas acabei voltando quando comprei uns dispositivos novos..

    10. Opera, gosto da sincronização com os meus outros dispositivos e não gosto muito da interface do outros navegadores. O Speed Dial também é muito bom. Passei muito tempo usando outros, mas acabei voltando quando comprei uns dispositivos novos..

    11. Firefox…nada me faz mudar, experimentei o Chrome mas nunca consegui me acostumar…coisas que gosto no Firefox: extensões, e possibilidade de personalizar a interface…Internet Explorer sempre foi um lixo, lerdo pra caramba (pelo menos até a versão 6, a última que fui obrigado a usar)

    12. Notebook principal (windows 7): Chrome. Opera e Firefox estão instalados, porque as vezes quero fazer pesquisas não relacionadas a minha navegação atual. Em vez de instalar um plugin de gerenciar sessões, prefiro outros browsers.
      No notebook secundário (w10): Opera. Nesse caso, é um Asus T100 e o Opera consome bem menos recursos mesmo com muitas abas abertas, deixando o bicho bem usável
      No iPad: Safari por preguiça e porque não vejo necessidade de instalar outro browser.
      No Android: Chrome, mas tenho Firefox instalado só para acessar uma conta de e-mail sem precisar sincronizar com os dados do Android (não sei se tem jeito melhor de fazer isso).

      As extensões que uso são Pocket, Evernote Clearly e Webclipper, então tá disponível para todos.

      1. Não tem mais o Evernote Clearly. Alguém que o tenha, consegue de alguma forma, salvar só a extensão, e Mer mandar?? :)

          1. Opa, obrigado pela gentileza, Frederico… Cara, é meio chatinho de salvar as extensões. Mas colocando no google a frase “como salvar extensões do chrome”, os dois primeiros resultados que aparecem são bons e explicam como se faz. Poxa, se vc puder fazer essa gentileza, eu seria imensamente grato. email celsonunes10@gmail.com

          2. Opa, obrigado pela gentileza, Frederico… Cara, é meio chatinho de salvar as extensões. Mas colocando no google a frase “como salvar extensões do chrome”, os dois primeiros resultados que aparecem são bons e explicam como se faz. Poxa, se vc puder fazer essa gentileza, eu seria imensamente grato. email celsonunes10@gmail.com

    13. Firefox, sempre me atendeu bem e nunca apresentou frescuras. Trava de vez em nunca, é leve e eficiente.

    14. Firefox, sempre me atendeu bem e nunca apresentou frescuras. Trava de vez em nunca, é leve e eficiente.

    15. PC: Chrome e FF..

      CEL: recentemente to usando mais o UC ao invés do chrome. Mesmo tendo as facilidades de se logar com a conta do google, o UC e mais rapido e vc pode configurar pra abrir as páginas mais rapido, principalmente no 3G! Hoje so uso o FB por ele (q alias tem uma extensão dedicado para as notificações dele!)

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário