Prédio baseado no logo do Manual do Usuário, em perspectiva isométrica, com um recorte na lateral e várias pessoinhas nos andares e terraço. À esquerda: “Manual de dentro para fora”.

Brave Today, o leitor de notícias que garante ser pró-privacidade

O Brave, navegador baseado no Chromium que se posiciona como pró-privacidade, lançou o Brave Today, uma curadoria algorítmica de notícias de grandes publicações. O Today usa um sistema elaborado que aprende os gostos do usuário sem compartilhá-lo com terceiros ou mesmo o Brave. Válido o esforço, mas envolver algoritmo na curadoria de conteúdo noticioso sempre me deixa com um pé atrás. E o histórico do Brave, que já enfiou códigos de rastreamento em links de lojas virtuais para ganhar comissão sem avisar os usuários, pouco ajuda. Uma alternativa? O bom e velho RSS. Via Brave.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários

  1. Outro problema do Brave é que ele extremamente pesado e consome muitos recursos. Difícil usar assim. Sigo com a dupla Safari/Edge por enquanto.

    1. Isso sem falar que algumas extensões fazem com que ele fique impraticável. Lembro que na última tentativa que fiz de usar o Brave com as extensões que usava no Chrome (uBlock, ClearURLs e BitWarden) consumia quase todos os recursos de memória e processamento do meu computador (que não é dos piores).

  2. como citado, nada como o bom e velho RSS, uso desde que o conheci (que por coincidência, foi na morte do google reader).

    infelizmente alguns sites / blogs não disponibilizam, então acabo não os visitando.

    gosto tanto do RSS que uso até para acompanhar canais no youtube e newsletter

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário