Notícias

Novos smartphones da LG, Blu e Positivo são lançados no Brasil

Outubro já desponta no horizonte, daqui a pouco as lojas começarão a se enfeitar e as propagandas natalinas estarão na TV. A indústria também está se preparando para o Natal e, provavelmente por esse motivo, uma enxurrada de novos smartphones chegou ao mercado brasileiro nesse início de semana.

A LG anunciou a disponibilidade das variantes simplificadas do G3 (review em breve!), G3 Beat e G3 Stylus, e o G2 Lite que, segundo a fabricante, “traz ferramentas do G3”. Todos os três estão disponíveis em três cores (preto, branco e dourado), têm câmera frontal, contam com o Android 4.4.2 e as modificações exclusivas da LG, como o Knock Code.

O primeiro é a versão “compacta”, com tela de 5 polegadas com resolução HD (1280×720), SoC Snapdragon 400, câmera de 8 mega pixels com sistema de foco a laser, 1 GB de RAM e 8 GB de memória interna (e slot para cartão microSD). O preço sugerido do G3 Beat é de R$ 999.

Já o G3 Stylus, como o nome sugere, vem com uma canetinha. A tela tem as mesmas 5,5 polegadas do G3 convencional, mas a resolução é baixa para esse tamanho, qHD (960×540). Ele também perde em processamento, vindo com um SoC Mediatek quad-core de 1,3 GHz. Completam o pacote a câmera de 13 mega pixels, 1 GB de RAM e 8 GB de espaço interno, mais o slot para cartão microSD. E um comercial bizarro, esse aí de baixo. O preço sugerido é de R$ 1.199.

https://www.youtube.com/watch?v=063ltLsIXus

O G2 Lite tem SoC “Qualcomm” de 1,2 GHz, tela de 4,5 polegadas com resolução WVGA (800×480), câmera de 8 mega pixels, 8 GB de memória interna (expansível com cartão microSD), 1 GB de RAM e é dual SIM, aceita dois chips de operadora. Custa R$ 699.

Ontem, foi a vez da Blu, fabricante novata com preços bem competitivos, anunciar seus primeiros smartphones Windows. São dois, Win HD e Win JR, disponíveis em várias cores e ambos dual SIM.

Os dois novos smartphones Windows da Blu.
Foto: Blu.

O Win HD é apresentado como topo de linha, mas suas configurações não parecem sustentar o título. Visualmente ele lembra um pouco o One M8, da HTC, que inclusive tem uma versão com Windows, mas a semelhança fica só na aparência mesmo. Por dentro há um SoC Snapdragon 200 (boo!), tela com resolução HD (1280×720) de 5 polegadas, câmera de 8 mega pixels, 1 GB de RAM e 8 GB de espaço interno com a possibilidade de expansão via cartão microSD. Preço? R$ 899.

Apesar de mais barato, ou talvez por isso, o Win JR chama mais a atenção. Concorrente direto do Lumia 530, este Windows Phone custa apenas R$ 359. Nessa faixa de preço não dá para esperar muita coisa. As configurações incluem SoC Snapdragon 200, 512 MB de RAM, 4 GB de memória interna (expansível via cartão microSD), tela de 4 polegadas com resolução WVGA (800×480) e câmera de 5 mega pixels. O que é legal? Vem com câmera frontal também, ainda raridade no segmento de entrada.

S480 na mão.
Foto: Isadora Díaz/TechTudo.

A Positivo também anunciou um novo smartphone, o intermediário S480. As configurações são similares às do G2 Lite: tela de 4,5 polegadas com resolução de de 854×480, SoC não identificado (provavelmente Mediatek) de 1,3 GHz, 1 GB de RAM, 8 GB de espaço interno e slot para cartão microSD, e aceita dois SIM cards. Há duas câmeras, sendo que a de trás tem 8 mega pixels. A Isadora Díaz, do TechTudo, testou o S480 na Eletrolar e tem mais detalhes. Preço sugerido? R$ 599.

A Asus organizou um evento hoje, em São Paulo, mas foi em parceria com Microsoft e Intel, ou seja, não deve ter sido para falar do Zenfone. Três variantes do modelo foram aprovadas pela Anatel e devem ser lançadas em breve por aqui.

Acompanhe

Newsletter (toda sexta, grátis):

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 comentários

  1. Vale a pena comprar um LG G3 STYLUS, se bem q gostei bastante dele… O q ele trás de bom? E de ruim?

  2. Você sugeriu a leitura do artigo da mocinha do Techtudo. Ela diz que os pixels são visíveis com clareza. Não vi o aparelho mas acho isso uma certa má vontade. Há modelos Samsung com telas maiores, TFT, que têm resolução inferior (com redução na vertical, onde se tira 54 pixels) e nem por isso são péssimas. Claro, não se pode comparar com modelos Amoled Full HD, mas não é também um terror. E o Lumia 625 (800×480 em 4,7′) tem tela boa, sem incomodar em nada. Acho que e preconceito, igual aos caras dos EUA, que metem o cacete nos Samsungs e depois, quando a Apple adota tela grande, só veem maravilhas, justificam (sem convencer) cada coisa que antes era injustificável e dizem até que é ‘maravilhoso ver vídeos em tela 5,5”. Nossa, descobriram agora?

  3. Esse tal de G2 Lite no exterior é chamado de L Fino (tem um irmão maior chamado Bello, que, imagino, deve ser lançado como G3 Lite no Br). Rodrigo, qual a diferença da resolução 480×800 e 480×854? Sei, há 54 pixels na vertical da segunda, mas, que diferença faz isso na prática? Se o fabricante quer maior resolução, que usasse 540×960 ou então, HD. Nokia faz isso com esse novos (com os 54 pixels adicionais) e, pelo que li, a Positivo no modelo mencionado por vc.

      1. Mas mesmo assim a tela perde um pedaço – em comparação com os Samsungs, que tem botão fora dela… No Moto G e demais com resolução HD, como fica?

        1. Não sei se “perde”, porque é como se fosse resolução WVGA, só que com 54 pixels a mais (no caso, FWVGA). Antes do KitKat era necessário, já que os botões não saíam jamais. Modelos mais recentes, como o Moto G e o G3, não têm esses pixels extras, mas tiram os botões da tela quando algum jogo ou vídeo usa a tela inteira.

          1. Ah bom, não sabia do detalhe do botão ser ou não fixo na tela. Obrigado.

  4. Ha! Esse Win HD como high-end é piada né? Meu Ativ S, lançado em 2012, tem quase as mesmas especificações (só que a memória é de 16GB, Dual-Core Krait), e custou só R$790,00. Muito mais negócio.
    Se tivesse ao menos um Snapdragon 400 ou 600 até que daria uma chance.

  5. Esse BLU Win JR é bem melhor que o Lumia 520 e 530, e pelo preço que chegou no Brasil (mesmo preço do 520, mais barato que o 530) tá excelente. No momento é o melhor low end com WP 8.1

  6. Nossa, que cagada é essa da LG? Uma resolução qHD em uma tela de 5,5? Que falta de bom senso da porra.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!