O (novo) escritório em casa do designer Ilton Alberto Junior

Foto de mesa branca com base preta em “L”. À esquerda, um MacBook Pro em um suporte, com um monitor ao lado e, em primeiro plano, uma cadeira gamer. No centro (junção do “L”), outro MacBook fechado e um gaveteiro branco embaixo da mesa. À direita, um desktop e uma tela com mostrando a área de trabalho do Windows 11.

Durante a pandemia de COVID-19, a seção de mochilas será convertida em escritórios domésticos. Faz mais sentido, certo? Vale para os recém-chegados ao home office e para quem já está nessa há tempos. Mande o seu seguindo estas instruções. Todo o texto abaixo é de autoria do Ilton — e é o segundo dele; confira o primeiro aqui.

Trabalho como DesignOps na Warren, uma fintech de investimentos. Eu já trabalhava home office antes por conta da pandemia, porém ao entrar na empresa atual, defini que meu contrato seria 100% home office independente de isolamento social, visto que a Warren fica em Porto Alegre e eu estou localizado em Sorocaba, interior de São Paulo.

Minha necessidade era de ter um espaço 100% dedicado ao trabalho, no qual eu poderia fechar a porta após o expediente e isolar do resto da casa. Aluguei esse apartamento pensando justamente no escritório. Após isso, foi a montagem dos móveis. A mesa, o suporte para os pés, o gaveteiro embaixo da mesa e a prateleira de livros (não presente nas fotos) foram todas desenhadas por mim, construídas por um marceneiro sob medida. Medi tudo certinho, pois queria uma mesa em L e ter dois setups: um pessoal e um para trabalho.

Começando pelo setup profissional, o computador (MacBook Pro 2019, 16″) foi cedido pela empresa, então complementei com o resto. Alguns itens eu acabo usando em ambos, como o microfone que alterno sempre de acordo com qual computador estou ativamente usando.

  • Teclado Apple Keyboard.
  • Mouse Mi Portable Mouse.
  • Monitor LG 22MP55VQ-B de 21,5″.
  • Microfone Blue Yeti.
  • Suporte para Monitor ELG F80N.
  • Mousepad Husky Black Avalanche.
  • Cadeira DXRacer Nex.
Foto do escritório do Ilton por outro ângulo, a partir da ponta da mesa em “L” com a tela/desktop Windows, mostrando a outra ponta com os dois MacBook e a tela, e a cadeira gamer.
Foto: Arquivo pessoal.

Meu setup pessoal, resolvi montar um PC depois de passar uma década sem usar Windows, com a intenção de jogar. Foi um belo investimento, mas me orgulho bastante da configuração que montei. Se quiser ver o setup, criei uma página em meu site pessoal contando em bem mais detalhes todo o meu setup de escritório, para complementar esse post. Em resumo, nesse lado, além do PC, temos:

  • Monitor Acer VA270H, de 27″.
  • Mouse MX Master 3 (melhor mouse que já usei na vida).
  • Teclado mecânico Keychron K2 (com suporte para pulso feito por mim em impressora 3D).
  • Lightbar Baseus.
  • Caixa de som Logitech Z50 (uma hora crio vergonha na cara e compro uma caixa estéreo).
  • Fone Edifier W830BT (me acompanham a quatro anos e a bateria ainda dura semanas).
  • Carregador Anker PowerPort Speed PD 5.
  • Mousepad Husky Black Avalanche.
  • MacBook Air 2015 13″, que já vendi, mas na hora da foto ainda estava presente.

Todo o gerenciamento de cabos foi feito via calhas para cabos abaixo da mesa, usando alguns filtros de linha. Me orgulho bastante, embora já tenha feito umas melhorias e agora não está nenhum cabo aparente.

Acredito que atingi bem meu objetivo, sinto um prazer enorme em trabalhar aqui, as duas paredes pretas junto das outras duas opostas que permaneceram brancas, deram um toque especial no ambiente e me sinto bastante produtivo aqui.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

10 comentários

  1. Cara, vi o teu PC e… não é uma boa ideia deixar o radiador do watercooler na parte de baixo do gabinete.

    Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=BbGomv195sk e dezenas de outros vídeos. Inclusive, se não me engano, o próprio manual da Corsair diz que o melhor é deixar o radiador mais alto que a bomba e com os canos voltados para baixo.

    1. Eu até imagino, porém esse gabinete não tem espaço na lateral pra ele, não cabe mesmo (e é o menor watercooler q encontrei. Em cima não tem espaço para afixar também então pra isso, teria que trocar o gabinete inteiro :/

    1. Olá Paulo. Peguei um bem básico, o UpTable UP-BL Octoo (comprado na Kalunga). Não tem nada de mais, mas é bem firme e de metal, então gosto dele.

  2. Muito show!! Eu comprei um suporte para o pé, que vem me ajudando bastante.

    Parabéns pelo o espaço!

  3. O prazer que o Ilton sente em trabalhar nesse escritório eu senti daqui olhando as fotos. Parabéns!

    Algumas ideias eu queria implementar no meu escritório, como a parede preta, mas tinha receio por não ter uma referência. A sua ficou linda demais.

    1. Obrigado ;) De fato, é um prazer imenso passar meu tempo aqui.

      A parede preta eu tirei de ideia do setup de 2020 do Matthew Encina (você pode ver nesse vídeo https://www.youtube.com/watch?v=QVEp781Welg) embora, o setup dele de 2021 me dá uma coceira pra testar aqui hauahuah.

      Eu mesmo quem pintei a parede, deu muito trabalho, foi o dia inteiro e precisou de três demão, mas consegui o resultado esperado. Apenas duas paredes são pretas, as outras duas são brancas. Recomendo investir bem na iluminação, pois descobri na prática que preto é maravilhoso pra absorver luz e te deixar na escuridão em reuniões :v

    1. Oi Eduardo. Uso sim, tenho zero problemas em jogar com o MX Master 3. Deixo o DPI dele no máximo e faço tudo com ele

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário