Windows 10: quando, quanto e onde?

Um smartphone e um notebook rodando o mesmo sistema -- Windows 10.

Depois do evento do último dia 21 de janeiro, o Windows 10 ganhou contornos mais claros. Conhecemos novos recursos, a forma com que a Microsoft o está trabalhando para lidar com telas de 4 a 84 polegadas e datas, preços e outras informações. Este post é uma tentativa de consolidar essas informações mais cruas do modo mais simples e direto possível. Ele será atualizado regularmente na medida em que as novidades aparecerem.

Embora o nome e o núcleo sejam compartilhados entre todas as plataformas onde o novo Windows rodará, cada uma tem suas particularidades. Em alguns o sistema é meio que “embarcado”, ou seja, o usuário não pode instalá-lo ou atualizá-lo como quiser, então focarei nas versões para computadores e smartphones, afinal são essas as que importam a quem tem um computador, tablet ou smartphone hoje.

Windows 10 para computadores

Quando? Ainda não sabemos. A Microsoft fala em “final de 2015” e é seguro acreditar que o prazo deva ser cumprido com alguma antecedência em relação a dezembro, para dar tempo dos parceiros fabricarem e pré-instalarem o Windows 10 em computadores, tablets e smartphones a fim de aproveitarem as vendas de Natal — foi assim com os Windows 7 e 8, ambos finalizados em setembro e lançados ao público em outubro de 2009 e 2012, respectivamente.

Os mais ansiosos já podem baixar versões preliminares do sistema cadastrando-se no Windows Insider, o programa de beta testing da Microsoft. Novas versões são liberadas regularmente e o bom é que, instalada a primeira, as subsequentes aparecem na forma de atualizações. Só evite fazer isso na sua máquina principal, de trabalho, já que essas versões são preliminares e, portanto, suscetíveis a bugs e comportamentos inesperados.

Quanto? A atualização do Windows 10 para quem roda Windows 7 ou 8 (e suas atualizações menores, 8.1 e 8.1 Update) será gratuita por um ano após o lançamento do sistema. É importante aproveitar essa janela porque depois que ela se fechar, ninguém sabe como qual será a política de preços da Microsoft — e a julgar pela do Windows 8, que teve um desconto especial temporário, a empresa não deve prorrogar esse um ano e o preço deverá ser salgado.

Onde? O Windows 10 para PCs engloba desktops, notebooks, conversíveis e até tablets grandes — com tela maior que 8 polegadas.

Windows 10 para smartphones

Como fica o Windows 10 no smartphone.
Foto: Microsoft.

Quando? Provavelmente na mesma época do Windows 10 para computadores. Se o histórico do Windows Phone for mantido, a distribuição nos smartphones já existentes será feito em etapas e estará sujeita à aprovação das operadoras — esta página lista o status de todos os modelos e operadoras do Brasil. As mais rápidas costumam ser as “Country variant”, que são os aparelhos vendidos direto no varejo, sem o envolvimento de uma operadora.

Uma versão de testes também será disponibilizada pelo Windows Insider, mas apenas em fevereiro.

Quanto? Gratuito, como sempre foi no Windows Phone. Embora a Microsoft tenha incluído essa versão para smartphones no prazo de um ano da versão para PCs e tablets grandes em alguns materiais de divulgação, como neste post, seria no mínimo estranho se a empresa começasse a cobrar por atualizações do sistema móvel. É bem provável que essa atualização seja gratuita sempre, mesmo depois de fechada a janela de um ano pós-lançamento.

Onde? Em smartphones e tablets pequenos, assim considerados aqueles com telas abaixo de 8 polegadas. A atualização dos atuais smartphones que rodam Windows Phone 8 ou 8.1 não está totalmente garantida. Embora num primeiro momento a Microsoft tenha prometido que todos receberiam o Windows 10, em um post recente no Conversations, o blog institucional dedicado à linha Lumia, o discurso mudou. Agora a promessa é de que “a maioria” será atualizada. Quais ficarão de fora? Não sabemos ainda.

E o Windows RT?

Lumia 2520 com a tela Inicial do Windows 8 aberta.
Foto: Microsoft.

O Windows RT foi uma versão alternativa do Windows 8 feita para rodar com processadores ARM — do mesmo tipo que, muito provavelmente, existe dentro do seu smartphone. A Microsoft apostou nessa variante para se aproveitar das vantagens exclusivas dessa arquitetura na época, em especial o menor consumo de bateria e a desnecessidade de ventoinhas para resfriar o processador.

Hoje, a Intel fabrica processadores x86 (a arquitetura concorrente da ARM e que sempre rodou Windows) com grande autonomia e sem depender de soluções ativas de resfriamento. Ou seja, a motivação para duplicar os esforços e manter uma versão à parte e capada do sistema deixou de existir. Outros fatores, como a falta de interesse das fabricantes e a confusão que um “Windows que parece o oito, mas não é” causaram na cabeça dos consumidores devem ter pesado também.

Assim, o Windows RT não será atualizado para o Windows 10. Em declaração enviada ao site de Paul Thurrott, um porta-voz da Microsoft confirmou o fim da linha para essa versão — e, consequentemente, para os tablets que a adotaram, como Lumia 2520, Surface RT e Vivo Tab RT:

O Surface Pro 3 (e toda a linha Surface Pro) será atualizado para o Windows 10. Estamos trabalhando em uma atualização para o Surface [RT e/ou Surface 2] que trará algumas das funcionalidades do Windows 10. Mais informações, em breve.

Essa saída lembra muito o que aconteceu com os smartphones rodando Windows Phone 7 na época em que a versão 8 foi lançada. Eles não foram atualizados e, em vez disso, ganharam uma tímida atualização, numerada como 7.8, que trazia recursos alguns superficiais da nova.

O que o Windows 10 trará de novo?

Todos os produtos que rodarão Windows 10.
Imagem: Microsoft.

O Windows 10, como disse no início, estará presente em outros produtos além de smartphones, tablets e computadores. Ele moverá o Xbox One, console de jogos da Microsoft; o HoloLens, novo capacete de realidade aumentada/holografia da empresa; e o Surface Hub, um telão com resolução 4K cheio de câmeras, sensores e com suporte a stylus feito para salas de conferência de grandes empresas. A imagem acima (clique para ampliá-la) mostra bem a ambição da Microsoft com o novo sistema.

Nos computadores e tablets grandes, o Windows 10 virá com uma interface mais flexível que se adapta ao formato em uso no momento e consegue mudar em tempo real no caso dos dispositivos híbridos/2-em-1. Fora isso, até agora sabemos que ele terá:

  • Cortana, a assistente de voz pessoal que já existe no Windows Phone, integrada ao sistema e com novos poderes para cumprir tarefas típicas em computadores.
  • Central de Notificações, onde ficarão concentradas as notificações e botões de configurações rápidas — modo avião, Wi-Fi etc.
  • Menu Iniciar em uma nova roupagem, mesclando o visual clássico do Windows 7 com blocos dinâmicos herdados do Windows 8. Opcionalmente, a tela Inicial poderá ser usada e em tablets ela deve ser a interface padrão — depende do que a fabricante decidir.
  • Continuum, o sistema que alterna entre os modos desktop e tablet, manual ou automaticamente, oferecendo experiências adequadas ao formato do dispositivo do usuário.
  • Novo visual, mais consistente, com novos ícones e elementos de interface.
  • Apps universais totalmente feitos do zero e que conversam em tempo real com suas versões móveis.
  • Spartan, um novo navegador que substituirá o Internet Explorer, terá visual minimalista e alguns recursos avançados nativos, como anotações e comentários em páginas web, e lista de leitura com suporte a artigos offline, a la Pocket e Instapaper.

Dos smartphones e tablets pequenos sabemos menos, mas o que a Microsoft já revelou é bastante promissor :

  • Teclado flutuante e com um joystick para mover rapidamente e com precisão o cursor entre as letras do campo de texto.
  • Notificações de mensagens com resposta rápida inline — tal qual o iMessage do iOS 8.
  • Configurações do sistema simplificadas.
  • Skype e mensagens SMS integrados.
  • Algumas mudanças cosméticas.

Teremos um Office novo também — e gratuito

Em todos esses sistemas, o Office estará presente. Nos smartphones e tablets pequenos ele virá pré-instalado e em computadores e tablets grandes, poderá ser baixado da Loja de Apps do Windows. Em paralelo, o Office 2016 será lançado também no segundo semestre de 2015 trazendo toda a robustez e confiabilidade conhecidos da suite. Neste post do Office Blogs há mais informações sobre essa aguardada atualização do Word, Excel, PowerPoint, Outlook e OneNote, incluindo o vídeo abaixo:

Se faltou alguma informação acima, comente ou mande um e-mail.

O Manual do Usuário é um blog independente que confia na generosidade dos leitores que podem colaborar para manter-se no ar. Saiba mais →

Acompanhe

  • Telegram
  • Twitter
  • Newsletter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 comentários

  1. Para aqueles que estão usando sistema operacional pirata, se legalize comprando um sistema 8.1 e atualizar para o windows 10 ou esperar no minimo dois anos, para comprar o windows 10 já com futuras correções.

    Dilema gasta dinheiro agora, comprando windows 8 e atualizar para windows 10 e será gratuita só por “um ano’ após o lançamento do sistema ou comprar logo o windows 10 e atualizando com o tempo as falhas devidas .

  2. Se esse Contunuum realente funcionar, vai deixar o pessoal de Cupertino de mãos atadas. E meu sonho de um único ecossistema tornará realidade. Já uso o windows a anos, migrei neste Natal para o WP com o 1520, e estou a procura de um Tablet pra esse ano.

  3. Me chamem de besta, mas os lançamentos de novas versões do Windows são, para mim, um dos eventos mais legais do mundo da tecnologia. Adoro acompanhar cada novidade e fico ansioso para testar o novo sistema.

  4. Uma pista (ou não) no site Lumia Conversations:

    “For example, you can get the budget-friendly Lumia 435, the selfie-happy Lumia 735, or the gorgeous gold-edition Lumia 930–and you will be able to upgrade to Windows 10 as it becomes available. It’s the best of both worlds: amazing hardware right now, with a VIP pass to killer new software later this year.”

    …ou seja, pelo menos (em tese) estes aparelhos terão upgrade para o Windows 10. E indo mais fundo temos a teoria (minha somente minha) que: os aparelhos da série x30 pra frente serão atualizados….bye bye série x20!

    1. A questão sobre atualização colocada no Conversations está ligada ao fato de que em alguns países são as fabricantes e operadoras que decidem se vão atualizar os aparelhos ou não.

      Por parte da microsoft, todos os aparelhos poderão ser atualizados, os esforços se voltam agora para as operadoras e fabricantes.

      Agora tem que lembrar que poder atualizar não significa ter todas as funções do W10 em um aparelho Low End, acreditar nisso é besteira!

  5. Uma novidade que gostei foi a possibilidade de usar voz no teclado pra qualquer lugar que aceite entrada de texto. E também gostei de ouvir que o Windows Phone terá suporte a impressão Wireless.

  6. Eu acho super legal a Microsoft se adequando a modernidade. Isso é bom para nós usuários, bom para o mercado que fica mais agressivo e logo há sempre o incentivo de buscar novas ideias e soluções.
    Sobre o Windows 10 rodar em todos os dispositvos eu acho uma aposta arriscada mas que pode vir a dar sim super certo. se todos os dispositivos receberem atenção adequada.

    Ótimo resumo sobre o produto. Irei ficar sempre acompanhando o post em busca de novidades.

    Sucesso, Ghedin!

  7. Até que enfim enxergaram os erros (graves, na minha opinião) que cometeram no Windows 8/8.1 e vão consertar isso lançando uma versão realmente digna de um sucessor para o Windows 7. Aguardando na expectativa, principalmente a versão mobile e o DirectX 12. P.S.: Parabéns Ghedin, melhor resumo sobre o tema que vi até agora, completo e direto ao ponto.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!