Post livre #35

Espero que as pessoas ainda estejam dispostas a conversar em outros lugares que não o Tsu.

Acompanhe

Newsletter (toda sexta, grátis):

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

220 comentários

    1. Tinha lido que ela quer se fundir com a TIM.

      Detalhe que a TIM já tem planos novos que a ligação para outras operadoras estão dentro do pacote cobrado igual a como se fosse da mesma operadora.

      Do jeito que o anúncio é feito, provavelmente ela vai fazer planos similares, mas com mais capacidade (tipo, a TIM tem planos de 100 minutos, a Oi faz mais tempo. Pacote de internet também muda).

      PS: Dias atrás eu estava na região do “Shopping Light” (o trecho do cara trabalhando na obra) e vi o pessoal fazendo o comercial. ou pelo menos parte dele.

  1. Ghedin, cria um artigo com os melhores sites de reviews em cada categoria.

    Queria um site de reviews para bikes, tenis, calculadoras, tudo!

    1. Compartilhe os seus preferido com a gente. Tênis e bike seriam interessantes

  2. caros, alguém saberia me dizer se existe um celular voltado especificamente pra quem gosta de ouvir música nele? ou algo assim nem faz muito sentido?

      1. Acho que o básico é um alto falante “alto” (risos) , som estéreo, processador próprio para isso, 64 bits etc. Ah, esqueci de um : LG V10

      2. Algum tipo de resposta melhor. Sei q há aparelhos exclusivos pra ouvir música de qualidade. Acho q um da Sony. Vc sabe q qdo se ouve música no desktop ou mesmo note da pra ouvir outros processos da máquina? No note menos, mas no desktop tá louco… Nunca notei isso no celular, mas talvez tenha uma marca q tenha feito um smartphone mais voltado pra música de qualidade FLAC, WAV e outros formatos… Claro q depende da capacidade de armazenamento TB. Mas qual seria o smart ideal para serviços como no tidal, por exemplo?

        1. O que pode fazer a diferença, acho eu, são coisas como um DAC decente, mas acho incoerente esperar bons alto-falantes de um smartphone. O espaço ali é diminuto, é fisicamente impossível fazer um que soe tão bom quanto uma caixa de som. Smartphone para áudio, só com fones de ouvido mesmo…

          1. É pra ouvir com fone! Onde moro é uma barulheira do cacete. Só com fone mesmo e com fone da pra aproveitar bem mais os detalhes – isso em todo tipo de gênero.

          2. Aí o que importa mais, mesmo, é o fone. O DAC talvez influencie, mas acredito que só para ouvidos muito apurados e usando fones caros.

            Se tamanho não for problema, prefira esses que cobrem toda a orelha e contam com cancelamento de ruído ativo. Não faz milagre, mas ameniza muito ruídos externos, principalmente se forem constantes. (Desse tipo eu só testei o Level Over, da Samsung, e achei espetacular.)

    1. Além do Marshall London que já foi citado, a LG anunciou no começo do ano que o LG G2, G3, G4 e G Flex 2 contariam com um serviço de streaming de música exclusivo de alta qualidade e que esses aparelhos possuíam suporte a sons em 24 bits – com isso podem proporcionar a reprodução de com qualidade superior.

  3. Tenho uma nikon d5000 e parece q minha lente (do kit 18-55) já era.
    Alguém sabe um lugar (site ou físico em SP) para se comprar lentes com bom preço?

    1. Cara, primeiro vê se não tem conserto. As vezes compensa. Se mora em SP, acho que deve conhecer a região da “Sete de Abril” (uma das travessas da Avenida Ipiranga). Lá, em um prédio próximo a Anhangabaú, tem uma renca de lojas especializadas em fotografia. Recomendo uma loja que fica do lado de uma loja de chá.Esqueci o nome, perdão.

      Caso queira comprar outra, o interessante é bater dedos no OLX e ML para achar lentes. Muitas vezes acha boas barganhas.

      Tou procurando uma lente também, mas tou procurando usada, para Canon.

      1. Vou levar pra ver se tem conserto sim. Inicialmente, achei q o problema era no corpo, pq fica aparecendo a MSG pra apertar novamente o obturador. Aí levei só p corpo na assistência. Foi colocada uma lente e trocentas fotos depois, ND do erro.
        Preciso levar com a lente. Mas já estou me adiantando e cotando os preços.

    1. O segundo tem tela Full HD, teclado iluminado e não tem os relatos de problemas com o wifi que esse Vostro tem.

    2. Acho que o Windows já está bom o suficiente para a maioria das pessoas e a Intel tem melhorado consistentemente seus processadores para desenvolver notebooks cada vez menores e com maior autonomia.

      Nesse cenário, vejo poucas vantagens para o Android…mas acho que, cada vez mais, a Microsoft tem produtos que ficam no limbo: quantos precisam de Windows hoje em dia?

      1. Legal e ver as empresas ousando em território dominado pela concorrente. Torço pelas e contra as duas.

      2. O que tem que se pensar é:

        – O que as pessoas “comuns” precisam?
        – Como atender estas pessoas “comuns”?

        O Windows atende pois as pessoas aprenderam nele (ao menos no Brasil, cada país tem seu cenário). E podemos dizer que as pessoas “precisam do Windows” enquanto entenderem que o “Windows é um Windows” e não que “Windows é um Sistema Operacional”.

        Para PCs residenciais ou portáteis para usuários diretos, o Windows é padrão de mercado ao menos aqui e nos Estados Unidos, suponho (e posso estar errado). Toda tentativa de entrada de um novo padrão – seja um Linux ou outro – o Windows acaba se consolidando.

        Afinal, programas “standalone” (para o sistema) são feitos mais para Windows, e muitas vezes o custo é mais barato nele. Não sei quanto sai um programa “standalone” para Linux, tipo um Ponto de Venda (programa para gestão de lojas), ou outros.

        Fora programas já consolidados para o sistema para uma parcela de usuários que depende de específicos, como Autocad por exemplo.

        Se existissem programas confiáveis em Linux e que as pessoas pudessem trabalhar com ele sem se preocupar com compatibilidade ou bugs, e principalmente grátis ou barato, provavelmente já muitos teriam migrado para outros OSs.

        Claro que hoje também, para usuários comuns, o ambiente Web independe de OSs. Mas paremos um pouco para pensar – será mesmo?

        Quantos acessos são a partir de navegadores, e quantos são de apps ou programas “standalone”?

        Quantas pessoas acessam Netflix de um navegador e quantas acessam de um app, seja em um celular ou aparelho como Smart TV, videogame ou media player?

        Quantas acessam o Facebook via web e quantas acessam via apps?

        Acho que a pergunta é: quantas pessoas precisam de um app?

      3. já conheci pessoas que não usavam notebook. todo o contato web era feito pelo smartphone.

      4. já conheci pessoas que não usavam notebook. todo o contato web era feito pelo smartphone.

    1. O segundo tem tela Full HD, teclado iluminado e não tem os relatos de problemas com o wifi que esse Vostro tem. Já o Vostro tem uma placa de vídeo dedicada, mas é de apenas 64 bits e a tela é bem fraca.

      1. É bom ver de perto a questão da tela. Às vezes, mesmo Full HD, a qualidade do painel é baixa, os ângulos de visão, agudos, as cores são lavadas… é uma série de variáveis que pesam muito na prática.

        Reserve uns R$ 300 para comprar um SSD. Notebook sem isso é um martírio.

        Se for comprar nessas lojas, não se esqueça de clicar nos links do Manual (no rodapé do site). Isso ajuda bastante a manter as coisas por aqui funcionando. Obrigado! :)

        1. Pelos reviews que li esse painel IPS Full HD da Dell é de qualidade, bem diferente da tela desse Vostro que já vi pessoalmente e é bem ruim.

  4. DLNA: Alguma dica de app para Android que permita meu PS3 enxergar o conteudo do meu smartphone? tentei alguns, mas não aparece nada na XMB

    1. O que você quer dizer com “enxergar conteúdo”?

      No Android alguns aplicativos podem enviar vídeos e músicas para o PS3, mas, não ficam aparecendo no PS3 como acontece com os programas no Windows.
      Já testei dezenas de apps no Android e sem dúvida o melhor streaming de mídia (envia músicas, fotos e vídeos para PS3/X360) é o MediaHouse. Ele é gratuito (tem a versão paga que difere apenas por não ter propagandas) e essa versão é bem completa, inclusive pode ler músicas, vídeos e fotos se você tiver um servidor de mídia. O único ponto negativo é o visual, mas esse app funciona perfeitamente.

      Link: https://goo.gl/kj8apM

  5. Pessoal, alguma sugestão de mouse e teclados simples pra desktop (os uso basicamente para escrever), mas mais ergonômicos? O que tenho é muito pequeno (ao contrário de mim e de minhas mãos, assim acabo todo curvado ao escrever).
    Se possível, fica uma sugestão de mais resenhas de periféricos :p (mesmo que não estejamos mais na década de 2000 hehe)

  6. ah, algo q queria muito comentar com vcs. alguém mais está tendo problemas pra desligar o note ou pc? tenho me deparado com essa mensagem em vários desligamentos ou simplesmente ele fica com a tela preta, mas ainda ligado. já li vários relatos sobre esse problema, mas nenhuma solução efetiva.

    windows 10.

    edit: acho q resolvi o problema. instalei um tal de “WindowsUpdateDiagnostic”, ele encontrou um erro com a validação do windows (!) e arrumou. parece resolvido… desliguei várias vezes em condições diferentes e tem dado certo aqui, antes simplesmente não desligava.

    edit2: não foi resolvido. o problema permanece…

    1. Não. Já instalei em 5 computadores (2 Sony Vaios antigos, 1 um Positivo de 6 anos, 1 Acer e Asus recentes) e nenhum deles sofreu com isso.

    2. Não estou tendo esses problemas que o pessoal está falando. Tenho quase certeza que a principal razão pra isso é o fato de que não instalei o Windows 10. :P

      1. Rapaz, eu extrai 6. Isso mesmo.
        Tinha dois de cada lado em cima.
        O pós operatório é muito chato mesmo.
        Inclusive, um dos de cima estava tão alto q eu fiquei com o olho roxo depois. Parecia que tinha apanhado.

      1. É fake sim. Inclusive esse vídeo não é novo. O próprio cara q fez a montagem já publicou um vídeo detalhando como foi a edição.
        Só não me pergunte onde está esse vídeo rs

      1. Mas NÃO tinha outro link, procurei rapidamente mas não vi haha.
        É mania de dar uma bizoiada quando faço logout do email.

      2. [SAÍDA PELA DIREITA MODE=”ON”]Eu quis justamente dizer que estupidez era acreditar nesse vídeo fake oras.

        O:-]

        1. Ah.. haha, falha minha. :P
          Acho que entrei no link sem ler e fui logo pesquisar este outro.

  7. Alguém usa ou conhece o serviço de compartilhamento de carro chamado fleety?

    1. Parece interessante, um serviço de aluguel de carros que não possui nenhum veiculo, haha, mas levanta uma serie de perguntas quanto a segurança..

      1. eles têm um seguro, então me parece ok. vc tem q ter habilitação… o esquema é o mesmo da locação em locadora de carros. eu achei uma boa ideia. faria com que muita gente não precisasse mesmo comprar um carro.

      2. seria show de bola vc mudar pra um condomínio que tivesse carros e eles fossem emprestados aos moradores sempre q eles precisarem. com isso, os moradores não teriam carros eles próprios, não teriam vagas de garagem nem nada. a manutenção dos autos estaria inclusa no condomínio… seriam, claro, poucos carros e não uma super frota. mas não creio q o brasileiro, tarado por seu carrinho, esteja disposto a tamanha abnegação. se não suportam um amassadinho na porta, quem dirá, um carro compartilhado. vão confundir com comunismo…

  8. Alguém usa ou conhece o serviço de compartilhamento de carro chamado fleety?

    1. Tecnocast. Zerei todos em uma semana. Os com o Toad são os melhores

    2. comecei a ouvir ‘xadrez verbal’, mas só ouvi um. tem outros q vi de indicação no anticast: ‘caixa de história’, vi um programa e achei fraco. ‘filosofia, narrativas e ficções’ parece interessante. ‘mamilos’ tb achei fraco.

      vc tá ouvindo oq?

      1. Sugestões anotadas :)

        Xadrez Verbal é fino. Descobri recentemente também. Conhecia o canal no YouTube — que é também recomendadíssimo.

        Se você gostar de Filosofia: já ouviu o “Não Obstante”?

        Bom, a única coisa realmente nova que andei ouvindo foi o “30:MIN”, e também o “Grok Podcast”, para quem se liga em programação de computadores.

        O Mamilos Podcast, acho que é meu favorito haha

        1. opa, conheço ‘o não obstante’. alguns programas são muito bons e outros são muito específicos e não me interessam tanto.

          ‘xadrez verbal’ eu ouvi o do programa da onu 70 ANOS e, infelizmente, não fizeram uma análise do discurso do obama… :(

          o 30:min tb é bom, mas não é todo programa q me interessa. tem muito humor, mas passa.

          mamilos só ouvi um e esse um achei fraco… não curti muito a abordagem, na verdade. choveu no molhado, digamos. era o programa sobre os justiceiros.

          cara, tem um q é legal, o ‘99% invisible’ e o ‘radiolab’. tem formatos bem interessantes, ambos. são bem inventivos e acho q os podcasts daqui exploram pouco e é tudo muito parecido. mas o mais curioso é q somos a civilização mais criativa do mundo, então não deveria ser assim, né?

          1. eu vi essa parada do projeto humanos… mas, uma coisa me irritou. eles, q apresentam o anticast, zombam de tudo, qdo estão no anticast, mas qdo apresentam o projeto humanos, mudam o tom de voz, pq estão falando do holocausto… sei lá, parece telejornal, q ao mesmo tempo q fala aborrecido de alguma morte, no instante seguinte abre um sorrisão pra falar do neymar, saca? ficou mal arranjado isso. então, nem parei pra ouvir.

    3. Mudando um pouco do assunto, quero recomendar um aplicativo para Podcast no Android que descobri ontem.

      Depois de passar anos procurando um aplicativo decente e usar o péssimo Pocket Casts (só tem beleza e fama, porque é ruim e limitado – depois que você salva um podcast e escuta ele é apagado) encontrei o AntennPod.

      Ele é leve, ótima interface e funciona perfeitamente com ou sem internet – só não tem sincronização de contas. Como o Android tem esse problema com Podcass, fica a dica para quem como eu, não tinha encontrado ainda um aplicativo decente.

      1. comprei o pocketcast e acho bom. esse lance dele apagar o programa ouvido, vc pode alterar nas configs.

        1. Tentei alterar e não funcionou. Fora que vivia dando algumas travadas e ocupava toda a tela de bloqueio.

      2. Vou pesquisar esse AntennPod. Valeu a recomendação.

        E que pena ter tido experiências ruins com o Pocket Casts, hein? :/

        Comigo foi o contrário: passei um ano inteiro testando todos, para, no final, eleger o Pocket Casts como o mais bem feito.

        O Podcast Republic é bem legal também. Já o testou?

      3. Uso o pocketcasts diarariamente. E pelo que reparei basta desmarcar a opção “auto delete played files” pro episódio não ser apagado. Escolhi usar ele por ter uma base de dados muito parecida com a do iTunes. Qualquer coisa é só esperar um tempo que logo-logo o Google Play Music vai incluir podcasts também.

  9. Pessoal que trabalha com tecnologia: vocês acham que mestrado (aprendizado de máquina e PLN) faz diferença no mercado nacional de trabalho tirando “cientista de dados”? Isso importaria se vocês fossem contratar um developer por exemplo?

    1. IMHO, isoladamente não faz diferença. Pelo menos não para “o bem”. Acho que um mestrado (falando isoladamente, sem conhecer o resto do currículo) me passa a impressão de a pessoa ser uma teórica e quanto mais nova for, maior a impressão!
      E isso é muito ruim. Agora, se for alguém com uma certa experiência na área, o mestrado faz sim diferença. Mas eu ainda prefiro especializações, mais rápidas e menos teóricas!

        1. Na minha opinião, me parece uma pessoa que vai estudar a melhor solução, muito mesmo, dar várias soluções, vários problemas para cada uma, escolher a melhor dentre elas…. Mas não vai saber implementar! Sendo assim, não é algo que EU desejaria para um “developer por exemplo”!
          MAAAS (sempre tem um né?!), também tem o lado que seria ótimo ter uma pessoa assim em outras funções! Funções mais “gerenciais” (não é bem essa a palavra, mas foi a única que me veio a cabeça), por assim dizer.
          Em resumo, não é um problema de forma alguma, é apenas uma coisa que desabona em DETERMINADOS serviços!

          1. É meio que um “Engenheiro de Soluções” por assim dizer, correto?

          2. É, algo deste tipo… Só reforçando que essa é a MINHA opinião. Nem de longe posso ser considerado um especialista no assunto, ou algo assim..

          3. É uma visão diferente a ser considerada ate porque faz sentido.

          4. acho estra a aversão a pessoas com grande bagagem teórica. criou-se o mito q qto mais teoria, menor o tempo de resposta ou coisas do tipo. engraçado q é disseminado no meio a expressão ‘informação é poder’, mas, desculpe o trocadilho, na prática não é o q se vê, já q valorizam tanto o tempo de prática. não faço a crítica a vc e sim ao meio de informática q, de fato, não valoriza o conhecimento teórico – ainda mais o acadêmico. há um ênfase exagerado no perfil mais experimentado e, pior ainda, um certo louvor ao autodidatismo.

          5. Não é o que eu acho! Acho que há perfis para tudo, em todas as áreas. Há pessoas que precisam estar mais ligadas à teoria e pessoas que precisam estar mais ligadas à prática.
            Acho que a convivência entre os dois deve ser harmoniosa. Sem um, o outro não consegue desenrolar seus problemas, e vice versa.
            Quanto ao auto-didatismo, não vejo problema algum em ser um. Mostra o que EU ACHO que deveria ser uma tendência nas escolas: ensinar a aprender. A informação está cada vez mais disseminada, mas muita gente ainda não sabe aprender usando essas informações. (Não que as escolas devam deixar de existir, e nem mesmo faculdades, pós graduações, mestrados, doutorados e cia..)

          6. saquei q não é o q vc acha. foi mais uma preocupação minha mesmo.
            mas eu acho q se vc ensinar alguém a aprender, essa pessoa não será um autodidata ;) ela será uma pessoa q aprendeu, por intermédio de algum processo de ensino/aprendizagem a aprender. ser autodidata não é ruim se isso lhe serve pra saciar a curiosidade ou pra dar sustentação a um hobby, mas profissionalmente falando, isso implica em alguns riscos, como, por exemplo, a pessoas estar certa de q algo se dá de uma forma, mas acha isso por um problema na interpretação q fez a partir do material q encontrou. eu acho q só poucas pessoas, muito geniais, conseguem ser autodidatas de fato. acho q isso tem a ver com uma inteligência fora do comum, do contrário, é só obsessão por um determinado tipo de informação ou nicho, hobby ou alguém muito curioso com conhecimento do tipo enciclopédico. o aeron swartz, por exemplo, abandonou, se não me engano, a faculdade, pq aprendia tudo sozinho pelos livros, mas o cara era nitidamente um gênio.

            infelizmente se solidificou esse pensamento de q a teoria pode atrapalhar ou tomar tempo de prática… mas sabemos q nossa sociedade é bem desorganizada e zoada, justamente pq saem na frente os q arregaçam as mangas e não ‘perdem’ tempo com discussões… veja a propaganda política: tem sempre um rapozão de manga arregaçada.

          7. Interessante, parece que é comum essa percepção.

            Eu sou jovem (24 anos) e vou me formar mestre esse final de ano, mas trabalho desde os 17 anos…então acho que não seria problema de ser considerado muito teórico. Não fiz com o objetivo de melhorar meu currículo na carreira de desenvolvedor, mas pessoalmente acho bem estranho essa visão.

            De fato, para a maioria dos trabalhos é mais importante ter proficiência em uma tecnologia específica, mas…acho que pensando no perfil profissional de engenheiro de software ele precisa ser bem analítico sim: desculpe parecer pedante, mas desenvolvedor que não tenta estudar o problema a fundo e procurar melhor solução é simplesmente ruim. Lembrando que “problema” envolve as necessidades de tempo, custo e legado: não é apenas usar a melhor tecnologia possível, mas considerar as necessidades de negócio.

            Entendo que determinados conhecimentos de computação acadêmico tenham menos valor, mas esse perfil que você citou eu considero de mal developer: pessoa que programa demais e pensa de menos como costumo dizer. :p

  10. caros, vc iriam de Mi Power Bank 10400mAh ou de Tp-link Tl-pb10400?

        1. É a que eu mais vejo a galera comprar e indicar ultimamente, então, creio que não tenha erro de ir dela, e ja vi a galera falando que entre ela, essa ai, e uma da asus (acho), essa era a melhorzinha, porem não há tanta diferença entre elas não, se não me engano uma carrega levemente mais rapido que a outra etc, no caso, a Mi tem isso (pelo que eu li e consigo me lembrar).

          1. blz. eu comprei uma da MI, mas não recebi ainda e depois me lembrei dessa outra e fiquei na dúvida.

          2. vou pegar o comentario de um cara do tecnogrupo, tire suas próprias conclusões: ”

            Luis Henrique Torres Bigode

            August 30 · Edited

            ZENPOWER

            Edit: Falei com outras 3 pessoas em outro grupo que fizeram testes e não tiveram esse problema que citei, eu continuei meus testes e teve momentos que tive o problema e momentos que não, portanto aparentemente é um caso isolado.

            Esses dias postei um vídeo fazendo um comparativo entre os carregadores da Asus, Xiaomi e TP-Link, nos meus testes todos carregaram praticamente na mesma velocidade o meu tablet Thinkpad 8. Até que um usuário do grupo do Zenfone 2 postou a sua insatisfação sobre o ZenPower por ele carregar bem lentamente o Zenfone. Achei estranho e resolvi refazer o teste, dessa vez usando o meu Zenfone Selfie, não coloquei ele em modo avião nem nada, deixei como normalmente as pessoas carregam seus smartphones, com ele ligado. Zenfone Selfie não vem com carregador turbo, vem com um carregador normal de 2A, mas que eu achei uma boa velocidade, no meu teste coloquei pra carregar o Zenfone por 10min em cada carregador. Uma observação que o Zenfone estava com menos de 40% em todos testes e portanto é pra carregar na sua velocidade máxima (acredito que vocês saibam que quando o smartphone está com uma porcentagem acima de 60% ele carrega mais devagar). Bem, meus resultados foram os seguintes:

            No carregador de parede carregou 11% em 10min
            No MiPower carregou 9% em 10min
            No TP-Link carregou 9% em 10min
            No ZenPower carregou 5% em 10min

            Eu ainda achei estranho e botei pra carregar mais duas vezes no ZenPower e os resultados se repetiram, uma vez deu 5% e outra 6%.

            Como citei no Thinkpad 8 o resultado entre os carregadores foi praticamente o mesmo, portanto dependendo do seu aparelho pode ter essa diferença ou não. O que é certo é que com o Zenfone Selfie carregou bem devagar, mais ou menos metade dos outros carregadores e eu não recomendaria a compra (a menos que você tenha paciência e queira um carregador bastante portátil pois nisso o ZenPower ganha dos demais).”

  11. Numa semana que a Globo anuncia o Globo Play – aplicativo/site que irá passar os programas da programação aberta ao vivo, e alguns On Demand -, lhes pergunto, o que é preciso para fazer um streaming bom? e vocês acham que ainda estamos engatinhando nessE tipo de transmissão ao vivo pela internet? dou o exemplo do Esporte Interativo online, que é um PÉSSIMO exemplo, streaming que trava direto, e, quando não trava, é de péssima qualidade visual.

    1. cobrança de penalty com transmissão pela internet! além do atraso na transmissão, a interrupção no momento crucial. acho q não rola se for um jogo importante. eu iria de rádio mesmo.

      1. Não só pênalti, todas as jogadas acabam “spoiladas”, haha! Alguns jogos da Copa do Mundo que vi em casa foram pelo streaming do Globo Esporte (não pega TV aqui) e.. af, quando o povo ainda estava na entrada da área os vizinhos já estavam gritando “GOOOL!” Perde toda a emoção :(

        1. sim! eu vi a copa pela internet, pq tinha interesse nos outros jogos (argélia, por exemplo, q quase desbancou outros times melhores). mas eu passei a ver os jogos do brasil pelo sportv mesmo, pq como estava torcendo contra, não me importava em gritar gol com atraso e ver a patriotada chorando. foi divertido.

        2. mas a tv a cabo tb tem segundos de atraso. dava pra ouvir pessoas gritando gol instantes antes de um chute ou desenlace da jogada.

          1. a transmissão em HD pela NET tbm é muito lenta…. moro relativamente perto de um estádio (uns 2km, ou a uns 6s de escutar, pela velocidade do som) e não raro eu escuto a multidão gritar -as vezes – até antes do GOL na tv… =/

          2. tem um lance de q a tv atrasa um pouco a transmissão propositalmente. não sei se ainda acontece e se é verdade esse lance proposital. e tb não sei qual seria o objetivo…

          3. Acho que aí a culpa é do digital. Mesmo na TV aberta, o sinal digital chega com algum atraso em relação ao analógico.

            Na Copa de 2010 aconteceu algo bem curioso. Estava no Mercadão aqui de Maringá, que tem vários bares e restaurantes, vendo um jogo do Uruguai que acabou indo para os pênaltis. A TV do bar onde eu estava tinha sinal digital, mas um bar ao lado estava sintonizado pelo analógico. Imagine como foi sem graça aquela disputa por pênaltis…

          4. pois é… é nisso q eu pensava mesmo: disputa por penaltys com atraso e falhas na transmissão, seria o fim. tenho ouvido pelo rádio (rádio mesmo, sem ser pela web) e prefiro assim. fico sem saber as vezes o se passa, mas é mais emocionante.

          5. José Silverio, o eterno!

            Adoro e escuto rádio FM mesmo, todo santo dia. Jogos inclusive, pelo carro..

            A emoção é outra mesmo.. o jogo pode estar uma merda (bem.. todos andam uma merda ultimanente) mas o narrador da rádio faz milagre

    2. e esta do youtube querer transmitir partidas de futebol, estão sabendo algo?

      1. Sim, por hora vão ser jogos da Copa do Rei (tipo copa do brasil da espanha, pra quem não sabe), e eu acho uma boa pois agora que o google entra na jogada as coisas melhoram, creio eu…

        1. pode ficar geo-localizado….depende do contrato…

          Se a Google tiver o direito mundial e a Globo não for exclusiva, vai ter que deixar. mas tem casos contrários, que o Google vai ter que impedir a transmissão pra cá

        2. pode ficar geo-localizado….depende do contrato…

          Se a Google tiver o direito mundial e a Globo não for exclusiva, vai ter que deixar. mas tem casos contrários, que o Google vai ter que impedir a transmissão pra cá

          1. acho foda isso, essas restrições e tal, mas é parte do negócio. mas esse negócio ficou um pouco chato como está atualmente. os horários dos jogos são os piores.

        3. O Google tem poder para colocar a Globo e seus monopólios no bolso. Mas não acho que tenha motivos para isso!

      2. vale lembrar q o Youtube é o PRIMEIRO serviço totalmente baseado na web q comprou os direitos para transmissão de partidas de futebol! =D

    3. Esses dias quis ver uma partida pelo Sportv, dentro do canal on demand.

      não aguentou a parada não.. trava muito, fora o lag… mas ok, eu estava em um ambiente onde o vizinho não ia berrar “gol”

      Mas é promissor…. on demand é a solução para os programas que vc quer ver, sem ficar preso aos horários da tv

      Só uma ressalva.. ainda gosto do modelo, passar canal pra ver algo interessante. Apesar de antigo, descobri bons programas bem menos conhecidos assim,

      1. tb acho promissor, especialmente se acabar essa palhaçada de não poder ver jogos de outros estados, afinal, se vc está em um estado, está confinado a ver os jogos daquela região. caso um time esteja indo bem outra região, a chance de ver um bom jogo diminuiu. qtas pessoas não viram os jogos do santos qdo eles estava com tudo há alguns anos?

        1. Verdade… Os “migrantes” precisam acompanhar seus times pela internet e olhe lá! Ou ver os gols no dia seguinte, numa reportagem de 15 segundos para mostrar os 5 gols que seu time fez no maior rival! Triste isso!

          1. resquícios de um tempo autoritários q está por mudar – talvez.

    4. Acho que com a plataforma certa, não tem erro e já funciona muito bem.

      Um exemplo é o Adrenaline que faz streaming semanalmente e tudo funciona bem ao vivo (exceto que normalmente eles se atrasam e o programa nem sempre tem um conteúdo atual).

  12. Bom dia! Durante essa semana substitui o HD do meu macbook pro (modelo sem tela retina e com leitor de DVD, que hoje custa módicos 10 mil no site da Apple) por um SSD. Gosto de tecnologia, mas sou advogado, então, todo o procedimento foi feito via tutoriais, seja do youtube, macmagazine ou ifixit. Sempre leio por aqui as pessoas comentando sobre os ganhos de performance, e realmente é notável. Aqueles que pensam em fazer o mesmo, recomendo muito também. O desempenho é muito superior. Só precisa ter as chaves apropriadas, que tive de comprar também.

    1. Se você tiver se referindo à famigerada fala de Simone Beauvoir que caiu no ENEM, é bastante óbvio que ela não estava falando biologicamente, mas sobre o processo de formação da pessoa feminina pela sociedade. Faltou interpretação (ou foi só mais um caso de desonestidade intelectual) das pessoas que polemizaram.

      1. Antes de ter tempo de escrever qualquer argumento aquelas pessoas todas já haviam errado a questão por não conseguir entender do que se tratava. A confusão foi tão generalizada que eu tive que perguntar, “foi EU quem entendeu errado a questão?”.

        edit: AI CARALHO MEU PAI COMEÇOU A OUVIR VÍDEO SOBRE ISSO AQUI ATRÁS DE MIM! SOCORRO!

    2. No meu conceito, temos três coisas a determinar antes de qualquer explicação: psicológico, emocional e biológico. Quando nasce uma criança, identificamos seu SEXO biológico, homem ou mulher, macho ou fêmea, como melhor quiser, isso se referimos a parte fisiológica (órgão). O seu estado psicológico é determinado por ela mesma, ela pode se sentir tanto homem quanto mulher, isso ocorre no cérebro. E por fim, a parte emocional, que seria a qual ela sente atração, ou seja, sua sexualidade, que se defini por homo, hétero ou assexuado. Dito isso, Simone Beauvoir se refere que na nossa sociedade, as coisas impostas para com as mulheres fazem ela se “tornar” uma mulher. (Antes que alguém diga “por que da pré-explicação” foi devido a excessiva comparação do ocorrido com transexuais e afins)

    3. cara, q vídeo tosco. só um bocó da roça pra fazer um negócio desse naipe.

        1. acho q ofendi os bocós das roças ao associá-los a isso. puts, q tosqueira. sério, daria pra contestar as ideias fazendo algo melhor, mas pelo q eu vejo, se fizer algo melhor, isso impediria q a identificação se desse. li, esses dias, um texto claríssimo sobre isso: “a teoria freudiana e o padrão da propaganda fascista”, do velho adorno. tem q ser tosco e raso, se não não é uma propaganda fascista.

      1. O que você tem contra os bocós da roça?

        Cada um define sua sexualidade como quer, não sou eu que vou dar palpite na vida sexual dos outros, mas não compactuo com Simone de Beauvoir, o Enem podia ter selecionado melhor essa passagem.
        Deixando de fora toda a polêmica da vida privada de Beauvoir, os discursos dela sempre me pareceram mais diminuir a mulher do que tentar empoderá-la de verdade.

      2. O que você tem contra os bocós da roça?

        Cada um define sua sexualidade como quer, não sou eu que vou dar palpite na vida sexual dos outros, mas não compactuo com Simone de Beauvoir, o Enem podia ter selecionado melhor essa passagem.
        Deixando de fora toda a polêmica da vida privada de Beauvoir, os discursos dela sempre me pareceram mais diminuir a mulher do que tentar empoderá-la de verdade.

        1. hahaha, nada contra! mas é engraçado o termo, quase um substituto ao jeca tatu.

          a polêmica é importante! faz os preconceituosos darem as caras, porque ficam inconformados com o que leem e com o que não entendem.

          nunca li nada da autora, mas pelo contexto em q ela estava e se as feministas hoje – a parte realmente interessada – dão valor aos escritos dela, ok.

          a provocação é sempre válida, mas desconfio q essa não foi a intenção dos elaboradores da prova.

          1. faz os preconceituosos darem as caras, porque ficam inconformados com o que leem e com o que não entendem.

            Mas esse é justamente o problema dessa autora em questão, nem entre as feministas ela consegue ser unanimidade, justamente porque o discurso dela é altamente negativo e carregado de ódio, inclusive contra as próprias mulheres. Óbvio que todas as vertentes de todos os movimentos devem ser estudados justamente para que cada um possa formar sua opinião independentemente, mas existem outras autoras feministas tão incisivas quanto Simone, e com discursos que não incitam o ódio irracional e indiscriminado que poderiam ser colocadas em destaque pelo governo, que deve ser sempre cauteloso quanto ao que faz.

          2. o contexto da autora era outro, cara, muito mais combativo. as coisas, ideologicamente falando, estavam fervendo naquela época, ideias novas surgindo em todos os cantos… havia embates filosóficos e um outro clima. então, se vc vê alguma hostilidade ou ódio, certamente isso tem relação com o contexto q não pode ser desprezado ao lê-la hj com o risco de anacronismo.

            acho difícil a gente ver UM discurso feminista fechadinho. é provável, aliás, tenho certeza, q nos movimentos feministas há muita divergência (aliás, é o fraco da esquerda, a dificuldade em achar um consenso).

            mas, te asseguro, o discurso de ódio ou o ódio dos preconceituosos é contínuo e ininterrupto. eles sempre vão achar por onde. eles não se calarão pela reflexão, pq se esquivam dela. eles, os odientos, nunca se calarão, na verdade… veja, ainda há movimentos que abertamente apoiam o nazismo! o nazismo!!! cara, quem pode apoiar uma merda daquela em sã consciência, isto é, sem a pressão do estado nazista te obrigando a aceitá-la!? voluntariamente há muito gente disposta a odiar aquilo q teme e também deseja.

            se tiver paciência veja essa fala (é longo, mas interessante):

            https://www.youtube.com/watch?v=xgnj6wv3tfE

          3. A divergência é parte da democracia, se ela é limitada o debate morre e o totalitarismo aflora. Todo movimento tem que ter divergências e debate pra não virar religião.
            Só que justamente este discurso de ódio que tem que ser evitado se faz presente em Beauvoir. O embate ideologico pouco mudou, as mulheres continuam sendo marginalizadas, alguns movimentos ainda teimam em ignorar a verdade e muito mais gente ainda luta pela manutenção do status quo, mas ainda sim, não considero válido combater o ódio com mais ódio.

            Só um adendo, Simone de Beauvoir foi propagandista do Regime Nazista, o que pra mim atesta o seu discurso de ódio e a desqualifica ainda mais como “pensadora”.

          4. cara, nunca ouvi falar nisso, de q ela fez propaganda pro regime nazista. vou dar uma pesquisada.

            concordo q ódio não ajuda, mas ser combativo e ter raiva não significam ter ódio.

          5. cara, nunca ouvi falar nisso, de q ela fez propaganda pro regime nazista. vou dar uma pesquisada.

            concordo q ódio não ajuda, mas ser combativo e ter raiva não significam ter ódio.

          6. Pesquise, mas cuidado com a fonte. Como sempre, vai haver deturpações de todo tipo, desde dizendo que isso não aconteceu, até dizer que ela colaborou ativamente com os movimentos franceses de Vichy. Tudo filtrado, a informação é que ela atuou como diretora de uma rádio pró-ocupação alemã.

          7. vc tem a fonte q diz q ela trabalhou na rádio ou q colaborou com o nazismo.

            qto as origens, com certeza… estou bem atento aos blogs ditos progressistas e ao material da direita.

          8. vc tem a fonte q diz q ela trabalhou na rádio ou q colaborou com o nazismo.

            qto as origens, com certeza… estou bem atento aos blogs ditos progressistas e ao material da direita.

          9. A fonte exatamente, não.
            Me lembro que uma escritora alemã com fama na França, que escreveu sobre Sartre, Galster, se não me engano, teve acesso às gravações ou transcrições das transmissões de Beauvoir na época, realmente não me lembro bem, mas dê um Google (estou com preguiça de pesquisar agora. kkk).

          10. Bom artigo da BBC. Acho meio tosco gente que procura se politizar através da Wikipedia.

          11. tentei achar algo sério sobre o assunto em inglês e francês e não achei nada cara… o principal site difusor dessas acusações é o avoiceforman.com com o mesmo texto traduzido em várias línguas. o autor usa os métodos consagrados por olavo de carvalho, rodrigo constantino, reinaldo azevedo e cia. ou seja, não é confiável. foi uma tentativa de desqualificação q passou longe da reflexão…

          12. tb não sei se quem faz a prova é agente do governo. pode ser uma empresa contratada, não sei qual é o esquema. mas autoridades dizem desconhecer o conteúdo da prova até ele ser divulgado, o q é bom, já q sabemos q nossas autoridades andam pisando na bola.

          13. me parece plausível nesse caso. afinal, aquele vídeo de teoria conspiratória diz muito.

    4. em homenagem a esse vídeo, é hj mesmo que compro ‘questão de gênero’, da judith butler. o vídeo foi muito útil, no fim das contas!

    5. Quase ninguém notou o que o Enem passou a cobrar: mais reflexão. Estão forçando o estudante a pensar e buscar conhecimento além da internet.

    6. Quase ninguém notou o que o Enem passou a cobrar: mais reflexão. Estão forçando o estudante a pensar e buscar conhecimento além da internet.

  13. Quase Novembro e vocês ainda não estão usando o Vivaldi seus miseráveis!
    Atualmente está disponível o candidato a Beta número 2, está chegando lá.

      1. Um navegador feito pelo pessoal que trabalhava no Opera.
        Como premissa, resgatar as ótimas funcionalidades que o antigo opera tinha. https://vivaldi.com/

    1. Vivaldi é o novo TSU?

      Todo post você fala disso? E ainda vem chamar de “miserável” só porque não uso?

      1. Sei lá o que é TSU.
        Fico falando dele toda hora porque se não fizer isso como as pessoas saberão que ele existe? É divulgação, para as pessoas conhecerem e testarem, e até compararem com o que usam. O Opera Clássico com todos os seus recursos NATIVOS faz muita falta, como é bom usar o Vivaldi no estado que ainda está por causa disso. Apesar de que é tanta coisa e tanto detalhe que a maioria nem percebe que está lá.

        1. O Opera nunca passou de 3% de uso em seus tempos “áureos”.

          Você acha que ainda hoje esse Vivaldi, que segundo você ninguém conhece e precisa de divulgação, vai fazer sucesso?

          Eu não acredito nisto mesmo. O Opera era tão bom que morreu.

          Alguém aqui mais acredita no sucesso deste navegador que ninguém conhece?

          1. Não falo de sucesso, falo de ser bom.
            Navegadores hoje só estão removendo. Quem usava o Opera Clássico até hoje sofre com a ausência total de detalhes que imaginavam ser padrão, coisas básicas, e que não tem nos navegadores de hoje.

          2. Eu usava o Opera Clássico e não sofro por isso. Nem me interesso em voltar a usar.

          1. Parece ser, mas não tenho muito interesse em recursos avançados e que transcendem a navegação web num navegador. Já usei o Opera no passado e gostava, mas era justamente as funções extras o que mais me desagradava (depois do banner horrível que ele tinha na versão gratuita quando ainda era pago).

    2. O duro é usar um “candidato a beta 2” em ambiente de produção, né? O Opera, coitado, sempre foi um bom navegador que sofre com a indiferença dos desenvolvedores (especialmente os de grandes empresas, como Google e Microsoft). Boa sorte para eles, mas precisa muito para fazer alguém migrar*.

      * Não é impossível. Estou no Safari, após anos de Chrome, sem muito do que me queixar…

      1. Não uso o tempo todo, até porque “blink/chromium” nojento.
        Não impede de testar, relatar bugs e dar opinião. Quanto mais gente testar melhor, mais rápido anda.

        1. Se mesmo você que nos chamou de miseráveis não usa ele direito você quer que a gente instale pra que?

          Até você que faz a propaganda se confunde, diz que é Beta (2), depois diz que é Alfa.

          Pra que instalar um navegador “nojento”?

          1. 2015 e ainda há pessoas se ofendendo com o modo como escrevo na internet, pelo menos não fico mais dando corda e provocando como antigamente.
            Disseram a pouco tempo que me colocaram uma coleira.

          2. :)

            Ok. É muito chato essa situação, mas a idéia era mesmo fazer ele ficar rodando rodando rodando… trollar mesmo. Mas vou deixar :P

            Obrigado pelo espaço, me divirto.

          3. “CANDIDATO a Beta”, ainda não é beta, é alfa.
            Não estou obrigando ninguém a usar, como disse estou divulgando, sou “evangelista” assumido. É certamente promissor, um navegador moderno em todos os sentido, há muita coisa nele que não faria mal a ninguém se estivesse presente em outros navegadores, já que a Mozilla não consegue acrescentar nada com o Firefox a tempos alguém tem que tomar as rédeas.

            E não esquecendo, não se ofenda atoa, é meu modo de escrever.
            Não odeio ninguém, amo vocês.

    3. Aparentemente nem eu e nem ninguém usa… Em uma pesquisa básica sobre navegadores no Google Trends temos um resultado bem interessante.

      Lembrando, o Vivaldi é a linha azul (a única que não aparece).

      1. Aloooô? Leu a parte que eu comentei sobre estar fazendo divulgação e ele ainda ser Alfa?

      1. Ter um básico ele tem, ajuda em casos extremas onde você precisa recorrer a ele. Ainda é melhor ter um a parte configurado ao seu gosto para bloquear só o que achar necessário.

      1. Nunca usei o Edge para comparar (posso dizer que ele me agrada pelo que vi).
        Repare que falo sobre o Vivaldi em termos do que EU gosto dele. O que ele tem que acho útil e me faz querer usar e que tivesse em outros navegadores. O melhor navegador é o que melhor de adapta a você, certo?
        Algo essencial nele são as opções de organização de janelas, posso exibir várias abas dentro da mesma janela da forma como me for mais conveniente. Em outros navegadores seria forçado a usar várias janelas e desperdiçar um pouco de espaço, nele posso agrupar as abas e dividir espaço entre elas. É algo que é útil, depois que você acostuma sente falta nos outros porque é o melhor modo de lidar com vários conteúdos ao mesmo tempo.
        Detalhes, apenas detalhes que podem fazer diferença.

  14. Tsu tem um nome de ferramenta corporativa de controle de algo chato, para uma gerência chata né. Nome ajuda muito um serviço…. Facebook, Twitter…. Ou estou viajando? Pensem, TFB pro Facebook ia dar certo?

    Ok… Feriado chegando!

  15. Aqui em Minas, o Rio Doce, grande fonte de água, está secando. Apesar de chuvas ontem, a situação continua calamitosa e não se resolverá tão fácil. Desde as chuvas “sem fim” de dezembro de 2013 nunca mais choveu normalmente por aqui. O Espírito Santo também sofre pois o Doce é um dos principais rios a cortá-lo. Em alguns lugares, as ‘praias’ do rio tem dezenas de quilômetros de comprimento, ligando cidades na mesma margem e a profundidade do rio não passa de 10cm.

    Tudo isso é, logicamente, culpa nossa. Poucos assumem sua responsabilidade e fazem algo. As cabeceiras estão desmatadas e em fortes processos de erosão, o que contribui ainda mais para o assoreamento e para os bancos de areia. Na minha cidade começou a ser instalado um racionamento, mas choveu e as nascentes voltaram ao normal. As pessoas por aqui culpam os eucaliptos de uma empresa produtora de celulose pela seca — mas queimam pastos, reservas, florestas e brejos, matando milhares de animais silvestres.

    O fotógrafo Sebastião Salgado tem uma organização, chamada Fundação Terra, que busca nos próximos 30 anos resgatar todas as nascentes do Rio Doce. No entanto, tem pouco apoio das prefeituras. As boas atitudes não serão valorizadas enquanto o rio não secar e as pessoas começarem a morrer de sede.

    Na imagem, uma foto da Foz do Rio Doce. Ele deixou de desaguar no mar após a formação desse banco de areia de 1KM e agora sua vazão se concentra em uma pequena saída a norte.
    http://imgsapp.em.com.br/app/noticia_127983242361/2015/07/12/667496/20150712080235636114a.jpg

    1. O sudeste brasileiro corre a 220 km/h em direção a um muro de concreto. Dia desses a Bandnews fluminense noticiou que teremos um verão “extremo”, o mais quente da história. Os reservatórios do sistema Guandu, que abastece a cidade do Rio de Janeiro e boa parte da baixada, estão em 5%. Imunana-Laranjal, que abastece Niterói e o restante da baixada, não está muito diferente disso.

      Me pergunto como chegaremos ao próximo outono… E enquanto me preocupo, o vizinho lava o quintal sem muita preocupação com o amanhã.

      1. Antes de governos fazerem alguma coisa o povo é quem tem que tomar vergonha na cara. Já ajudaria muito não desperdiçarem algo como vejo por aí, fico puto.

        1. Então o povo tomou vergonha na cara aqui em SP e economizou, o que o povo ganhou?? 30% de aumento.. Quem tem que tomar vergonha e o governo que não investe em sistema hídrico, 25% de agua tratada e desperdiçada por vazamentos na rede, isso e culpa do povo??

      2. Enquanto isso, aqui no sul, estamos há um bom tempo sem ver a cor do sol de verdade… No máximo algumas aberturas de vez em nunca.

        Não para de chover. Cidades alagadas, quando o rio começou a baixar, avisaram aos desabrigados para nem levar as coisas de volta para casa, pois iria alagar novamente no fim de semana.
        Será possível que não vão inventar um jeito de levar a chuva para onde precisa? O “çerumano” inventa tanta coisa e não consegue empurrar as nuvens para as nascentes secas? Para os reservatórios vazios?

        (Não estou dizendo que não deveríamos fazer a nossa parte, mas isso ajudaria MUITO a resolver MUITOS problemas!)

        1. Um canudão do tamanho do mundo nos seria bastante útil! Hahahah. Bem que poderiam criar algo do tipo, uma tubulação que passasse pelo mar. Só não tenho ideia dos custos, talvez até fique mais barato levar a água da forma tradicional: caminhões pipa.

          1. Eu penso em “empurrar” as nuvens… Leva elas para onde precisa po! Pega um aviãzão com uma pá na frente, e sai empurrando tudo!
            hahahaha

          2. Melhor ainda… uma fila de ventiladorzões no RS apontados para o sudeste.

        1. Já tiram, em alguns locais a água que sai do aquífero nem sai mais pura (devido ao uso de agrotóxicos e poluição que desce até ele) e em outros locais tem que cavar cada vez mais fundo (e com isso os custos nem compensam).

      3. Só imagine a situação na região metropolitana de SP….
        Foderam tanto com os rios e riberões e a represa que tem na cidade (billings) que eles precisam buscar água em outros locais.

        O mais importante (sistema cantareira) as cidades do interior estão batendo forte para reduzir a quantidade de água que vai para SP pois os rios estão secando e se diminuirem a vazão de 30m³/s para menos de 20m³/s (as prefeituras do interior querem abaixar o desvio para 10m³/s ou menos) a região de SP vai se foder lindamente….

        1. Cedo ou tarde isso irá acontecer. Realmente penso que 2016 vai ser um ano de grandes desafios para Rio e São Paulo.

        2. Cedo ou tarde isso irá acontecer. Realmente penso que 2016 vai ser um ano de grandes desafios para Rio e São Paulo.

    2. prêmio de gestão hídrica pra todos eles tb. a exemplo do governado de sp, q ganhou o seu pelo excelente trabalho q está fazendo em sp.

    3. Opa Italo! Moro em Valadares, cidade por onde passa o rio Doce também.
      A crise hídrica já chegou aqui também. Esta semana o abastecimento de água começou a voltar ao normal, mas não é raro encontrar relatos de gente sem água há 15, 20 dias. Caminhões pipa estão pela cidade o tempo todo e a captação de água chegou a 1/3 do normal no início da semana.

      1. Acompanho pelas TVs daí(especialmente a TV Leste) essa situação. Aqui na minha cidade teremos festa todos os dias desse feriado, mesmo com a situação arriscada. A falta de água tivemos alguns dias atrás também. Hoje está normal, mas o problema é que para os próximos meses a previsão é de pouca chuva! Estamos fritos, amigo.

        1. É claro que não há um lado bom nisso. Mas a questão da economia e do não desperdício certamente está sendo imposta na prática para muita gente que não acreditava que a crise hídrica chegaria (tão rápido) para nós. Torço para que essa postura perdure quando a situação retomar um pouco da normalidade. É um pouco como o racionamento elétrico de anos atrás. O que adquiri de hábitos para economia, continuo colocando em prática boa parte deles.

Os comentários deste post foram fechados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!