Do Telegram ao ChatGPT, tudo muda

Neste Guia Pr√°tico, Jacqueline Lafloufa e Rodrigo Ghedin falam do bloqueio ao Telegram no Brasil, das ferramentas profissionais que invadem nossas vidas pessoais, das novas possibilidades que coisas como o ChatGPT apresentam ‚ÄĒ em comum, tudo isso significa mudar. No final, Jacque tem um recado aos ouvintes.

Apoie o Guia Pr√°tico

Nas √ļltimas duas semanas, o Manual do Usu√°rio ‚ÄĒ e, por consequ√™ncia, o Guia Pr√°tico ‚ÄĒ ganhou um novo apoiador: Edson Neto. Obrigado!

Gosta do podcast? Se puder, apoie o nosso trabalho e ajude a mantê-lo no ar. A assinatura custa apenas R$ 9 por mês, ou menos de R$ 0,30 por dia. Se preferir, assine com desconto no plano anual por Pix, a partir de R$ 99.

Indica√ß√Ķes culturais

  • Ghedin: O filme Moscou contra 007 [Prime Video], de Terence Young.
  • Jacque: O filme Padre Johnny [Netflix], de Daniel Jaroszek.

M√ļsica de abertura: Free Jazz, de Steve Combs.
Foto de capa: ilgmyzin/Unsplash.

Newsletter

O Manual no seu e-mail. Tr√™s edi√ß√Ķes por semana ‚ÄĒ ter√ßa, sexta e s√°bado. Gr√°tis. Cancele quando quiser.

Deixe um coment√°rio

√Č poss√≠vel formatar o texto do coment√°rio com HTML ou Markdown. Seu e-mail n√£o ser√° exposto. Antes de comentar, leia isto.

6 coment√°rios

  1. Só ouvi agora o podcast e fui pego de surpresa pela saída da Jacque :(

    Você vai fazer falta! Mas tomara que tenha bastante sucesso nos outros projetos e, quem sabe, um dia possa voltar à bancada!

  2. Como assim a Lafloufa vai sair do podcast? N√£√£√£√£√£√£√£√£√£√£√£√£√£ooo!!!!!

  3. Boa sorte nos próximos projetos Jaque! Realmente irá fazer muita falta no podcast.

    Vida longa ao Guia Pr√°tico…

  4. Acredito que esse é o primeiro podcast que escutei na vida. Apesar de trabalhar com áudio, nunca fui de parar pra ouvir podcast. Bom, gostei bastante e achei que acabou até rápido.

    Adorei o ponto sobre separação das ferramentas de trabalho, inclusive para quem trabalha por conta própria.

    Achei legal que vocês fizeram parecer mais humano (e que de fato é) a indecisão sobre quais ferramentas usar e a sensação de parecer estar trabalhando mais do que devia por causa dessas ferramentas. Vejo como uma forma de abrir os olhos para não trabalhar além da conta.