Celulares sem carregador na caixa: bom para as fabricantes, bom para nós?

A esteira de rumores do futuro iPhone trouxe, esta semana, a possibilidade de a Apple não incluir mais na caixa o carregador de parede e fones de ouvido a partir da próxima versão. Só saberemos se este rumor procede em setembro ou outubro, quando o iPhone de 2020 deve ser anunciado. O que cabe, agora, é debater se chegou a hora de tornar esses acessórios, em especial o carregar de parede, opcionais.

Continue lendo “Celulares sem carregador na caixa: bom para as fabricantes, bom para nós?”

Vem aí o “AppleOS”?

A Apple costuma usar a abertura da WWDC, sua conferência anual para desenvolvedores, para revelar as próximas versões dos sistemas operacionais da casa. Em 2020, o evento teve que se adaptar à loucura que estamos vivendo, ou seja, foi pré-gravado e sem plateia, acessível apenas por streaming. Seria difícil que outro aspecto causasse mais estranheza que essa mudança, mas foi o que ocorreu.

Continue lendo “Vem aí o “AppleOS”?”

Financiamento de “fake news” pelo governo federal escancara os perigos da publicidade programática

O maior mérito do Sleeping Giants brasileiro talvez não seja fazer com que grandes empresas retirem seus anúncios de sites picaretas, mas sim o efeito educador que ele pode ter na população dos perigos da publicidade programática, modelo que tomou a internet nos últimos anos e redefiniu o cenário da publicidade em diferentes medidas.

Continue lendo “Financiamento de “fake news” pelo governo federal escancara os perigos da publicidade programática”

Sobre empresas que capitalizam suas ações para conter o coronavírus — ou: o álcool gel da AmBev

Já faz algum tempo que Marc Benioff, cofundador e CEO da Salesforce, um titã norte-americano do software corporativo, prega a ideia de um “capitalismo consciente”. Nunca deram muita bola a ele. A pandemia do coronavírus pode ser a ocasião dramática em que, se não sua voz, sua ideia ecoará por aí. Adianto já que não é a conversão de fábricas de cerveja em produtoras de álcool gel que mudará nossa percepção. É mais complicado que isso.

Continue lendo “Sobre empresas que capitalizam suas ações para conter o coronavírus — ou: o álcool gel da AmBev”

Quarentena do coronavírus será prova de fogo para grupos de WhatsApp

Após os estragos causados pelo impeachment de Dilma Rousseff (2016) e as últimas eleições presidenciais (2018), grupos de WhatsApp do Brasil inteiro estão prestes a passar por mais uma prova de fogo: a quarentena provocada pelo SARS-CoV-2, o novo coronavírus. É como se nós, sobreviventes ainda se recuperando dos estragos de duas grandes guerras (de informação), estivéssemos prestes a enfrentar um poderoso furacão. Mas, apesar do tempo fechado, alguns raios de Sol despontam no horizonte.

Continue lendo “Quarentena do coronavírus será prova de fogo para grupos de WhatsApp”

O sonho do iFood é um pesadelo para muita gente

O início dos anos 2010 nos encheu de esperança, com o setor de tecnologia dando fortes sinais do seu potencial revolucionário. De um lado, as redes sociais eram o motor de levantes populares; de outro, modelos criativos da economia colaborativa colocavam em xeque o poderio das grandes empresas. Uma década depois, aquele potencial não se realizou. Em vez disso, hoje notícias como as que revelam como plataformas de delivery exploram entregadores e restaurantes parceiros nos chocam. Quando foi que aquela esperança virou esse show de horrores?

Continue lendo “O sonho do iFood é um pesadelo para muita gente”

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!