WhatsApp exigirá que usuários cedam dados para outras propriedades do Facebook

O Facebook atualizou a política de privacidade do WhatsApp nesta segunda (4). A partir de 8 de fevereiro, data limite para que os usuários aceitem a nova redação, dados do WhatsApp poderão ser usados em outras propriedades do Facebook. Ao contrário das outras alterações, que davam a opção de negar esse tipo de compartilhamento aos usuários, esta obriga quem quiser continuar usando o WhatsApp a aceitar o compartilhamento de dados. Aqui já apareceu a tela pedindo o aceite. Por ora, há um “X” para ignorá-la. A partir de 8 de fevereiro, não mais. Chegou a hora de pular do barco? WhatsApp via XDA-Developers (em inglês).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

29 comentários

  1. Se for assim e estivermos caminhando para o mesmo futuro distópico que as Big Techs estão indo cegamente, estou fora. Já estou me articulando para deixar a maior parte das redes sociais. Pular do barco, para mim, é sim a melhor alternativa.
    além disso, tento conscientizar

  2. Rapaz, essa aqui vai ser a deixa pra mim parar de usar de vez o WhatsApp. O único foda é que ele é onipresente então é sempre um estorvo ficar sem usar o aplicativo, mas eu vou fazer esse esforço

  3. Pessoal, eu li a parte de Dados de Uso e de Registro. Qual o perigo para nós, considerando que nossas mensagens são criptografadas?
    Pergunta sincera.

    1. Depois de uns dias ele mostra a notificação de novo. Aconteceu comigo duas vezes e eu só estou adiando. Preciso ler tudo e decidir direitinho.

    1. Mesmo que você tenha deletado a sua conta, o Facebook continua com todos os seus dados e eles têm como associar uma coisa com a outra. Não tem pra onde fugir, amigo kkk

    1. Tipo assim, até tem, mas depende de como somos fortes politicamente para ajudar as pessoas a migrarem para outras plataformas.

      Telegram e Signal estão aí. O Signal apaguei pois não tinha ninguém (ou quase). Telegram está como “backup”, mas vou tentar convencer ao menos familiares para usarem como parte do grupo da família.

      1. Sim, verdade. Só que hoje o WhatsApp é onipresente. Até nas escolas ele é indispensável. Quem não tem ou opta por não usar ficar de fora.

        Depois dessas últimas notícias eu já não acredito em privacidade na internet.

        1. Novamente: é questão de política. É mudar a plataforma no caso, e isso é só combinar com todos para ser feito.

      2. O problema é que o telegram não tem criptografia ponto a ponto por padrão e as conversas secretas não sincronizam com o computador como o WhatsApp

    1. Olá, pessoal.
      O que significa essa transferência de dados? Alguém pode explicar para mim, que sou leigo?
      Obrigado.

  4. Quem dera esse fosse o ponta pé para poder abandonar esse app e usar mais o iMessage, o Telegram, até o Signal. Mas isso será impossível… até o atendimento da minha faculdade está sendo feito pelo WhatsApp.

    1. Exato. O WhatsApp é onipresente. Está em todos os lugares e (quase) todos estão lá. Difícil.…

      1. Sim… para mim é impossível sair no momento por causa da faculdade. Mesmo usando o Classroom aparentemente ninguém consegue compartilhar coisas por lá, tem que ser tudo via WhatsApp.

    2. O Telegram talvez tenha potencial, mas acho muito difícil do Signal e iMessage ganharem adesão aqui no Brasil.
      O Signal é tão pouco conhecido fora dos grupos de tecnologia que nem vale a pena falar pra família. Minha família mal sabe usar o whatsapp, e pedir pra alguém instalar o Telegram é terrível, então nem vou tentar o Signal.
      O iMessage, bom, o poblema é financeiro mesmo. Chuto que menos de 10% das pessoas da minha família tem iPhone, e a maioria de quem tem se endividou pra caramba pra poder pagar aquele iPhone 7 de 2016 de 5ª mão. Eu mesmo preferi comprar um android em 2019 porque o que eu tinha na época só podia comprar um iPhone 6S bem desgastado.
      Enfim, muito provável eu vou continuar com o whatsapp.

      1. @Gabriel, no fim acho que vou acabar ficando é na dupla Telegram/WhatsApp mesmo. Alguns contatos meus, não muitos, tem o Telegram, mas ninguém vai sair do WhatsApp por causa dessas mudanças. Já o Signal… é bem bom, bem leve, estável, mas o flop é total.

  5. Da política de privacidade atualizada (https://www.whatsapp.com/legal/privacy-policy):

    As opções que você tem. Se você já usa o WhatsApp poderá escolher não compartilhar os dados da sua conta do WhatsApp com o Facebook para melhorar suas experiências com anúncios e produtos no Facebook. Os usuários atuais que aceitarem os nossos Termos e Política de Privacidade atualizados terão 30 dias adicionais para definirem sua escolha em Configurações/Ajustes > Conta.

    1. Esse link que você mandou é o da penúltima versão da política de privacidade , de 20 de julho de 2020. A mais recente, de 4 de janeiro de 2021, é esta aqui. Nela não consta o trecho destacado — e é aí que reside o problema.

      1. Tem razão! E não são poucos dados:
        …Essa coleta inclui dados sobre sua atividade (inclusive como você usa nossos Serviços, suas configurações dos Serviços, como você interage com outras pessoas usando nossos Serviços — inclusive quando você interage com uma empresa —, e o tempo, a frequência e a duração de suas atividades e interações), arquivos de registro, diagnóstico, falha, site, bem como relatórios e registros de desempenho. A coleta também inclui dados sobre quando você se cadastrou para usar nossos Serviços; os recursos que você usa, como nossos recursos de grupos, Status, ligações ou mensagens (incluindo nome do grupo, imagem do grupo e descrição do grupo), recursos comerciais e de pagamentos; foto de perfil; recado; se você está online; quando usou nossos Serviços pela última vez (seu “visto por último”); e quando você atualizou seu recado pela última vez.
        ..Essa coleta inclui dados como modelo de hardware, informações do sistema operacional, nível da bateria, força do sinal, versão do aplicativo, informações do navegador, rede móvel, informações de conexão como número de telefone, operadora de celular ou provedor de serviços de internet, idioma e fuso horário, endereço IP, informações de operações do dispositivo e identificadores.

          1. Tudo isso e mais Mais metadados das conversas e sua lista de contatos

  6. Aqui já estou há, mais ou menos, 2 anos sem usar o app.
    Com a notificação, só excluí a conta e desinstalei :)

  7. Ih rapaz…
    Desculpe a preguiça, não li a política na íntegra…

    Quais seriam estes dados? Dados de conversa? Dados pessoais?

    Tempos sombrios…

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário