Nos EUA, às vezes sai mais barato reembolsar e deixar o produto indesejado com o consumidor

Grandes lojas virtuais nos Estados Unidos, como Amazon, Walmart e Target, estão usando inteligência artificial para determinar quando vale a pena receber de volta um produto comprado online que o consumidor não quis ficar. Em muitos casos, sai mais barato reembolsar a compra e deixar o produto indesejado/errado com o consumidor do que fazer a logística reversa. Via Wall Street Journal (em inglês, com paywall).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 comentários

  1. Um ponto: no BR criou-se um “mercado de salvados”: os produtos recusados acabam repassados a comércios que se especializaram em comprar estes produtos dos principais magazines e revende-los. Em São Paulo, a Liquitudo é um exemplo.

  2. Eu confio mais em comprar na Amazon ou no Mercado Livre que nas lojas locais justamente pela falta de entraves quanto a devoluções.
    Comprei um roteador péssimo no ML e consegui devolver sem burocracias. Eu sou um comprador honesto, porém, como todo comprador, sempre fui tratado como bandido pelas lojas, que colocam todas as dificuldades possíveis para a devolução, por isso só compro online.
    Só Kabum que me deixa receoso. Nunca tive problemas com compras lá, mas sei que eles dificultam bastante as devoluções.

  3. Aconteceu comigo na Amazon BR. Comprei uma antena digital interna (cerca de R$ 20) que não funcionou, solicitei a devolução e eles efetuaram o reembolso, sem necessidade de se devolver o produto.

  4. No Brasil é difícil até de pegar o dinheiro de volta (muitas vezes eles querem empurrar um bônus da própria loja) quem dirá receber o dinheiro e ficar com o produto kkkk.

    1. A matéria diz, no final, que essas políticas de reembolso já estão sendo exploradas por fraudadores, mas que as lojas têm alguns mecanismos para coibi-los. Contas recém-criadas, por exemplo, são um alerta de que se trata de fraude. (O que, por sua vez, criou um comércio paralelo por contas antigas de lojas virtuais.) A eterna briga de gato e rato, né?

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário