Procon-SP multa Apple em R$ 10 milhões por vender iPhone sem carregador

O Procon-SP multou a Apple em R$ 10,5 milhões devido, entre outros motivos, à remoção do carregador de parede das caixas de iPhones novos. No ano fiscal de 2020, a Apple faturou US$ 274,5 bilhões, cerca de R$ 1,5 trilhão na cotação atual. A multa do Procon-SP, da qual a Apple ainda pode recorrer na Justiça, representa 0,0007% desse valor. Apesar do aspecto didático, nada que vá tirar o sono de Tim Cook. Via Uol Tilt.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários

  1. Com esse lucro e essas práticas, a Apple já deveria ter sido fatiada em umas 4 ou 5 empresas. Standard Oil manda lembranças.

  2. E esse “acordo” aí, dito na matéria, que o Procon fez com a Samsung? Se só respeitar o direito do consumidor durante a pré-venda e depois ignorar tá tudo bem? hahahaha

    Esse argumento de que a Apple tem que ser obrigada a colocar a tomada junto já é meio fraco, depois desse tipo de acordo do Procon e dele fechar os olhos pra outras fabricantes, fica mais ridículo ainda.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário