Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 comentários

  1. Por um instante me empolguei, entrei pra ver e quase criei uma conta. Ma aí veio a pergunta: o que que eu vou fazer aqui que não posso fazer sem isso? pra que serve uma rede social, afinal? Em fim, são reflexões relacionadas ao post sobre os jardins digitais, quem sabe é hora de parar de encapsular a navegação da web.
    Valeu!

    1. rs.. eu criei um perfil esses dias… aí entrei lá e me fiz essas mesmas perguntas
      Fiquei meio perdida
      Também estou no grupo sobre jardins digitais
      Se puder, discorra mais sobre isso de encapsular a navegação da web

        1. Nuuuuss gratíssima! Eu já pesquisei algumas vezes mas ainda ficava um pouco confusa. Seu texto ajudou bastante (:
          Ô Ghedin, e essa Friendica você manja? Li que ela faz integração com o Facebook e Twitter e estou me perguntando como isso é possível.
          Como que uma rede social livre consegue se integrar a essas proprietárias..
          A Mastodon não faz isso né?

          1. Que tipo de integração seria? Postar em um lugar e postar em todos? Por padrão, o Mastodon não tem isso, mas existem alguns sistemas que fazem esse “multi-compartilhamento”, como o Crossposter (Mastodon/Twitter).

            O Friendca eu já ouvi falar, é um sistema bem antigo, mas nunca usei nem sei muito a respeito.

          2. Te falar que eu não sei 😬
            Só vi que fazia integração e fiquei me perguntando como seria isso
            Mas você trouxe uma possibilidade
            Valeu

      1. Olá. Quando falo encapsular, me refiro trancar o conteúdo atrás de cadastros ou assinaturas. As pessoas produzem seus conteúdos e colocam eles atrás de algum muro, a exemplo, tem uma galera contando sobre seus trabalhos legais no instagram, mas aí pra eu poder ver tenho que ter meu cadastro; idem facebook; spotify, etc. Serviços de mensagem é um pouco diferente, mas também é perturbador, hoje preciso ter pelo menos 3 diferentes. Pra piorar ainda tem as bolhas que o google coloca as pessoas, limitando a visão e alcance de conteúdo. Quem produz conteúdo e divulga em seu próprio site/blog, aí esquece de oferecer um serviço de cadastro por e-mail ou um simples RSS, pensando que lançar nas redes é suficiente (mas pelo menos existe de fato! quem fica só nas redes não existe, é apenas transitório e muito volátil, some tão rápido como surge). Em fim, eu gosto de encontrar o conteúdo livremente na web, e se precisar pagar por ele quero fazer direto ao dono, não a um intermediário.

        1. Nisso, sem surpresa, redes/sistemas FOSS/descentralizados são bem melhores que os proprietários. Você pode migrar de instância no Mastodon e levar seu conteúdo, seguidores e lista de contas que segue contigo.

      1. Talvez tenha sido o desconhecimento de para que as instâncias servem. Nas descrições delas no app pareceu que eram como “grandes subreddits” e que cada conta dentro dela é temática. Como minha conta antiga estava na ursal.zone e eu meio que cansei do meme (KKKKK), resolvi ir nessa pela afinidade com o assunto FOSS.

        Dei uma arrependida depois de entrar, porque ainda não tinha entendido que a regra de apenas escrever em inglês nessa instância vale para absolutamente tudo que os membros escrevem.

        Mas vou permanecer lá por um tempo pra ver como é. Conhecer uns gringos legais que falam sobre tech.

        Você tem recomendações de perfis legais pra seguir lá? Gente que migrou/está migrando do Twitter?

          1. Valeu! Depois de dar uma lida melhor em como funciona, vou tentar migrar para uma instância que fale pt-br. Faz mais sentido falar sobre tech em português e em inglês numa instância generalista BR do que falar primariamente sobre FOSS com os gringos aleatórios numa instância xis.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário