Firefox perde 22,6% de usuários em menos de três anos

A Mozilla mantém um site com dados públicos de uso do Firefox. No número de usuários ativos, é perceptível uma queda gradual na base. O gráfico alcança até dezembro de 2018. Entre o pico, de 253,8 milhões de usuários em 27 de janeiro de 2019, e o último registro disponível, 196,3 milhões em 1º de agosto de 2021, é possível observar um declínio de 22,6% no tamanho da base.

Isso preocupa. O Firefox é o único navegador independente relevante e, ao lado do Safari da Apple, os únicos que não usam o motor Blink, do Google. Uma “monocultura” empobreceria a web ao mesmo tempo em que conferiria poderes demais ao Google, que tem sua própria agenda não necessariamente ligada ao melhor interesse de todos — vide o desastre do AMP. Via It’s FOSS (em inglês).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

30 comentários

  1. Fui experimentar a versão beta no Linux e impressionante a diferença de desempenho em relação ao Firefox que eu tava usando como principal, eu tento usar o Firefox mas a concorrência tá muito na frente, não é atoa que o Firefox tá perdendo usuários, e olha que o Edge tá na versão beta, até agora não vi nenhum bug

  2. Prefiro sempre o Firefox ao Chrome. Experimentei também o navegador Duckduckgo no celular (Iphone). Achei legal também…

  3. Vocês sabem em relação a privacidade qual o melhor se é o Firefox ou o Brave? Agora uma coisa que se tem que levar em consideração é que o Brave utiliza o motor do chrome

    1. Dado o histórico da duas empresas, eu iria de Firefox. O Brave, fora usar o motor do Chrome, já fez umas coisas meio esquisitas como aquela criptomoeda deles que “sequestra” o faturamento dos sites — que nem pediram ou autorizaram participação no esquema —, para ficar em um exemplo.

  4. Eu uso o Firefox no smartphone por causa do bloqueador de anúncios mas vários sites da algum erro mesmo desativando o bloqueador de anúncios, tento abrir no Chrome abre normalmente até usava o Edge que também tem bloqueador de anúncios mas no meu smartphone quando uso ele gasta bem mais bateria que o Firefox.

  5. É uma pena ver isso acontecer, mas já era de se esperar com o bombardeamento que a Google fez para o Chrome chegar onde chegou. Não tiro os méritos deles, pois, afinal o Chrome causou sim uma revolução e uma maelhora no mercado de navegadores. Acontece que hoje em dia a situação é muito desparelha, e a “monocultura” da Blink também é muito ruim.

    Uso-o desde 2003, com uma breve pausa entre 2009-2013, período no qual optei pelo Opera, até ele trocar a Presto pela Blink. Voltei para a raposa e continuo firme e forte com ela.

    Uma pergunta aos que disseram que possuem problemas de compatibilidade. Em quais sites vocês perceberam isso?
    O único que eu recordo, é o site da rede Cineflix, que no Firefox para Android o site não carrega o conteúdo do menu para a escolha da unidade de cinema que desejamos acessar.

    1. Me aconteceu hoje: não consigo ver páginas de produto no site da Americanas. Eu acesso o site, busco o produto e quando clico nele, a página faz que vai carregar, mas a parte da tela onde mostra o produto fica em branco (cabeçalho e rodapé aparecem normal). Como queria MUITO comprar uma coisa lá, marquei a opção desktop e fui mexendo no zoom pra conseguir colocar no carrinho.

      1. Ahh, vi agora. Realmente, no Android acontece este problema. Vou tentar reportar para o suporte deles, mas…

        PS: orras, que site pesado!

        1. Nem fala!! E poluído, visualmente.

          Eu também tive problemas com o site do INSS, mas como achei bugado até no Chrome (eu tive que puxar a tela pra cima pro botão de prosseguir aparecer), não achei justo reclamar do Firefox, hahaha.

          E alguns outros sites que tem botão de “ver mais” que não carrega, mas são sites poluídos também.

          1. Sim, mega poluído. Horroroso.

            Tenta reportar os erros. Às vezes respondem, às vezes não.

            Eu reportei para as Americanas. Isso foi na terça-feira, até agora ninguém respondeu nada.

  6. Sempre usei Firefox, gosto muito dos “add-ons” e da possibilidade de ajustar a configuração dele. Além disto, com a adoção do “Rust”, deverá aumentar significativamente a segurança do navegador, ataques do tipo “buffer-overflow” desaparecerão.

  7. Muitos programas e aplicativos priorizam o funcionamento no crome, depois no resto. Assim é covardia.

  8. Uso ele justamente como um ato de resistência a dominância do motor Blink. Independente disso, ele realmente é ótimo.

    Vale lembrar que a Mozilla é uma organização sem fins lucrativos que luta por uma Web aberta e privada.

    Já o Chrome, por outro lado, teve casos em que pesquisadores descobriram que a Google coletava dados de Abas anônimas 🤪. Não dá para confiar.

  9. Eu dou chance a ele. O mais triste é que passei a largar o uso de computadores convencionais e to usando o Modo Dex da Samsung pra tudo que é situação que eu precise de uma visão “a la desktop”. E tem me atendido bem.
    O problema que o Firefox não está adaptado pra esse modelo e que torna minha experiência ruim.
    Migrei para o Brave, mas o Firefox se adequando, volto pra ele de imediato. Pra mim o Firefox é o melhor navegador da atualidade, com add-ons inclusive pro navegador mobile.

    1. Também tô nessa situação com o modo dex….
      Como forma de resistência uso muito o Duckduckgo e agora tô usando o Fennec.
      Mas olha que curioso…. Eu uso o Fennec no tablet mas aqui no celular não tenho ainda.. Fui olhar aqui no Fdroid e apareceu que ele tem características indesejada (rastreia e relata atividades e tá dizendo que o código fonte original não é totalmente livre) e acho que não tinha isso quando instalei no tablet senão nem tinha baixado…. Vou ver ele depois!

      Você tem usado o que pra abrir textos? Pra leitura e edição de PDF e pra arquivo de word

      1. Provavelmente a parte do “código-fonte original não livre” refere-se ao suporte a DRM, necessário para que o Firefox/Fennec consiga rodar vídeos protegidos, como os da Netflix.

        Já o “rastreia e relata atividades” provavelmente deve ser algum crash analytics e/ou o Google.

        Seria legal se a versão distribuída no F-Droid se livrasse dessas coisas, tal qual o Telegram FOSS, porém imagino o trabalhão que deve ser compilar isso toda hora que sai uma nova versão…

  10. É preocupante isso, mas tipo, até eu não uso o Firefox pra tudo. Só o Firefox o chat na Twitch trava pra mim, e as streams são sempre em 720p, então eu uso o Edge pra isso. Se eu quisesse mudar mesmo, eu poderia facilmente transicionar do Firefox para o Chrome ou Edge.

    1. Confira seus “add-ons”, alguns costumam gerar travamentos, melhor desativar todos e ir testando um a um para achar o vilão.

  11. Eu uso o Firefox pra tentar fugir do domínio da Google, mas confesso que passo um pouco de raiva: várias páginas que eu visito não abrem direito.
    Mesmo assim, é o navegador que eu confio pra entrar nos sites que pedem senhas (e no gmail, hahaha 🤡).

  12. O Firefox me ganhou de volta como usuário neste fim de semana.
    Eu vinha utilizando o Safari há algum tempo, mas com o “fiasco” do backdoor da Apple na última semana, comecei a abandonar algumas coisas da Apple que eu vinha adotando, e comecei a adotar alternativas.

  13. Eu adoro o Firefox, mas o suporte bugado (ou inexistente) a mesas digitais (Wacom, Huion) me fez sair dele. Não dá pra rolar a página com a caneta sem selecionar tudo o que aparece. Fui pro Brave ¯\_(ツ)_/¯

  14. Usar o Edge é tentador, ele parece mais “fluido” no Windows 10. Mas depois que eu descobri o Multi Container, não consigo imaginar minha vida sem o Firefox.

      1. Desculpe, mas o Opera não tem Containers não.
        Ele tem os Workspaces, que até ajudam a separar os conteúdos, mas a graça dos containers é que você pode ser Sessions diferentes por cada container, podendo logar com contas diferentes no mesmo site usando a mesma janela. Tentei no Opera ja, mas não dá.

  15. Até hoje é o único navegador que eu confio para ser o “principal”. É o único que aguenta de forma confiável as milhares de abas que eu mantenho abertas ao mesmo tempo.

    Apesar disso, já faz um tempo que o desenvolvimento dele enveredou por um caminho reativo, por causa da concorrência, e ele tem se tornado cada vez mais parecido com o Chrome, o que faz com que desagrade cada vez mais quem usa ele por causa da confiabilidade/estabilidade histórica, sem que consiga agradar os usuários de Chrome o suficiente para fazê-los “mudar de lado”.

  16. Me senti até mal agora, porque eu usava o mesmo desde 2017 e esse mês comecei a testar sair dele e ir pro Edge 😅

    Gosto muito do Firefox, acho que ele tem coisas que outros deveriam ter logo (aba Container devia ser regra em todos), mas a web passou a se tornar muito dependente dos chrome-likes e fica difícil fugir disso, especialmente relacionado ao trabalho.

    1. Foda do Tor é que ele é lentaço…..
      Mas é uma alternativa especial pra privacidade
      Eu acho estranho não ter ele no Fdroid

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário