Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

Elon Musk vem ao Brasil encontrar-se com Bolsonaro

Atualização (14h30): Foi pior do que alguém poderia imaginar. A partir de agora, quando alguém pedir a definição de viralatismo, mostrarei o vídeo abaixo (via Uol):

Elon Musk tem um encontro marcado com o presidente Jair Bolsonaro (PL) nesta sexta-feira (20), em São Paulo.

A agenda oficial, segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria, consiste em “tratar com o governo brasileiro sobre conectividade e proteção da Amazônia” — manobra em que o governo interferiu indevidamente na Anatel para acelerar autorizações no Brasil da Starlink, de Musk.

Segundo a Folha de S.Paulo, “empresários de diversos ramos, como telecomunicações, finanças e energia, também foram convidados a comparecer”, e assessores de alguns desses empresários temem que o encontro vire palanque eleitoral para Bolsonaro.

N’O Globo, Lauro Jardim, que deu a notícia em primeira mão, lembrou que Musk virou uma espécie de ídolo da extrema-direita desde que anunciou a intenção de comprar o Twitter. “O bolsonarismo espera que, com Musk no comando, o Twitter fique mais amigável à extrema-direita.” O negócio está “temporariamente suspenso” por iniciativa de Musk, que (supostamente) desconfia do volume de contas falsas na rede social. Via O Globo, Folha de S.Paulo.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

10 comentários

  1. Sei lá. Não sou fã do bilionário em questão, mas dizer que o elogio exagerado público com inglês medíocre “foi pior do que alguém poderia imaginar” é esquisito.
    O que vc diria se, sei lá, ele fosse assaltado aqui?
    Isso sim seria “pior do que alguém poderia imaginar”.

    1. Óbvio que não desejo nada disso, mas “Brazil loves you” e concessão de medalha de honra (??) por (supostamente) entregar um sistema de monitoramento da Amazônia (sem contrato e algo que o INPE já faz muito bem)… sei lá, para mim é mega-constrangedor, viralatismo do mais baixo nível.

  2. Além da medalha de honra, é de explicar por que é ídolo da extrema-direita, teve alguma coisa? Nenhuma daquelas antenas pra nós? Investimentos? Nada?

  3. É certeza ABSOLUTA que isso vai estar em tantos comerciais da campanha quanto possível! É incrível como o Musk virou um caos ambulante.

  4. Veio pedir empréstimo para comprar o Twitter. /s

    Mas falando sério, vai ser usado como palanque e ñ dúvido que use as imagens nos vídeos da campanha.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário