Barinsta, app alternativo para Instagram, é descontinuado após ameaça do Facebook

Em março, falei do Barinsta aqui, um aplicativo de código aberto para Android que permite acessar o Instagram em uma interface menos tóxica. Nesta segunda (26), o desenvolvedor do Barinsta, Austin Huang, recebeu uma notificação extrajudicial de um escritório de advocacia representando o Facebook exigindo que o projeto fosse descontinuado (leia-a), alegando que o aplicativo infringe os termos de uso do serviço. O sonho acabou. Via @barinsta_updates/Telegram, dica do leitor Tony (valeu!).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 comentários

  1. Tô usando o instagram no telefone pelo navegador. Faltam alguns recursos tipo compartilhar os stories que foi marcado e votar em alguns selos, mas para quem só consome conteúdo é ótimo porque não tem anúncios (resta saber até quando).

  2. Isso me faz lembrar da Wikipedia. Gosto de usar o Google translator para traduzir as páginas em outras línguas e descobri que, no PC, no Firefox, quando traduzido, o Wikipedia fica muito, mais muito mais bonito e melhor de ler.

    1. O navegador Vivaldi já implementou uma ferramenta própria de tradução. Tá, certo que por enquanto só tem a opção de Português Europeu.

      Eu ainda faço questão de usar a tradução do Google por uma questão de gosto mesmo. Mas é bom sempre ter mais opções.

    2. Pelo que eu pude notar, o Translate força o uso do tema MinervaNeue.

      É possível tu usar sempre este tema. Para isso, basta registrar na Wikipedia, ir em “Preferências” > “Aparência” e escolher o tema já citado. =]

      De lambuja tu ainda vais poder editar os artigos e contribuir para a comunidade.

      1. tá ae a importância de ler os comentários, eu sempre usei a Wikiwand, mas agora vou dar uma chance aos temas. Não sabia que tinha isso.

  3. Estou com o Barinsta instalado, usei até hoje. Eu não tenho conta e as vezes vc só acha o perfil no Instagram e precisa consultar alguma coisa. Antes usava o Bibliogram, que começou a falhar também.

    Conheço alguns frontends anternativos muito bons. Como o já citado Bibliogram, tem também o nitter e o invidious.

  4. Eu sou usuário do Barinsta e, devo dizer, é um app maravilhoso! Ou era.
    Não só era apenas uma interface menos tóxica, que só mostrava os posts atuais sem ficar infinitamente empurrando conteúdo na gente como o app oficial faz, além disso, tinha funcionalidades pró-privacidade como a capacidade de ver stories de maneira anônima, fora a capacidade de fazer download de imagens. Essas foram algumas das justificativas que os representantes do Facebook alegaram na notificação extrajudicial, mas, se essas coisas não são permitidas, porque há várias outras maneiras (e apps) de baixar imagens do Instagram com as quais eles não implicam? Por que não desativam o botão de “Download” das imagens do Facebook? No fundo o real problema é ser um app não autorizado pelo Facebook. Se eles não lucram de alguma maneira, se sentem lesados. Mas se for por dinheiro, eles vendem os dados dos usuários tranquilamente.

    1. Ainda é possível baixar o Barinsta via F-Droid. Mas não sei por quanto tempo mais ele irá funcionar. Então, boa sorte a todos!

  5. Nossa, essa me pegou de surpresa…. Eu usava o Barinsta, era muito bom e de fato uma experiência muito mais agradável que a original proposta pelo app original.

    Triste, muito triste…

  6. As vezes eu fico pensando, quando é que vamos ter de novo aquela internet que tínhamos nos anos 2000, começo de 2010, onde a rede era descentralizada. O apagão que teve nós servidores da CloudFlare na semana passada é um desses vários lembretes.

    1. Essa era ñ volta mais. Vamos continuar essas grandes empresas atuando como legisladores da Internet e comprando os pequenos negócios para mata-los ou incorporar no ecossistema delas.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário