Foto de Michelle usando o Magic Trackpad com o nariz.

A designer que trabalha com o nariz


2/6/15 às 10h21

Todo mundo que trabalha por horas na frente de um computador já deve ter sentido dores nas mãos. Michelle Vandy também, e a solução que ela encontrou para contornar a limitação que se impôs foi… bem, usar o nariz.

Em seu site, o “Olhe, sem as mãos,” Michelle conta a sua trajetória. Quando estava na faculdade ela conseguiu um estágio e, em paralelo, um freela para ilustrar um livro infantil. Nessa, passou a trabalhar entre 10 e 15 horas por dia, uma rotina que castigou sua mão.

Ou melhor, suas mãos. Ela não explica muito bem qual o problema que desenvolveu, mas conta que depois de um tempo sua mão direita se tornou imprestável devido à longa jornada de trabalho, causando-lhe dores que a impossibilitava de continuar trabalhando. A primeira saída foi usar a mão esquerda, mas a mesma coisa aconteceu, e num prazo ainda mais curto.

“O problema para mim era que todos os meus hobbies e interesses giravam em torno dos meus braços, e meus estudo e futura carreira dependiam deles também.”

Depois de passar algumas semanas se lamentando, ela tentou usar outros membros. Começou pelos pés, mas não deu muito certo. E então um dia, largada em frente ao computador e com um Magic Trackpad dando sopa à sua frente, ela deu um clique com seu nariz. Meio ao acaso, havia encontrado uma solução.

Ela então pediu a seu pai, que se interessa por trabalhos manuais, para construir um suporte, o “nose pad.” Dali até dominar a técnica, foi algum tempo, mas deu certo. Além do nariz, conta, ela usa os lábios também para auxiliar algumas ações, presumivelmente gestos multitoques. Pela qualidade dos trabalhos expostos dá para ver que, embora pouco usual, seu método funciona.

Vencer a barreira da estranheza foi outro desafio — não é exatamente comum ver algum dando narigadas num touchpad, né? A princípio ela se escondia em casa, fazendo trabalhos da faculdade e para clientes longe de olhos estranhos. Hoje, Michelle trabalha em uma startup da costa oeste dos Estados Unidos, que a recebeu da melhor forma possível, e alterna em meio a meio o tempo de uso do PC com as mãos e o nariz.

Leia a história completa dela aqui.

Ela devia ser fera naquele jogo “digite seu nome com o nariz,” muito popular nas comunidades do finado Orkut.

Suporte para usar o Magic Trackpad com o nariz.

O suporte por outro ângulo.

Michelle trabalhando. Com o nariz.

Michelle e seu nose pad.

Nose pad.

Via Pristina

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

21 comentários

  1. Assim, não vi o site, mas fiquei pensando… isso não pode ferrar com o pescoço depois de um tempo? e talvez parte das costas, sei lá.

  2. [OFF] ghedin, sugestão de matéria seria escrever sobre a tendência de alguns já começarem a desinstalar TV à cabo por achaerem que só a internet já da conta do recado.
    Procurei algo escrito (não podcast) para enviar para meus colegas, mas não achei nada no google.

    1. No YouPix, o Wagner “Mr. Manson” Martins fez uma série de matérias sobre isso. Apesar de achar “apelão” demais o texto, acho que pelo menos vale pela visão.

    2. No YouPix, o Wagner “Mr. Manson” Martins fez uma série de matérias sobre isso. Apesar de achar “apelão” demais o texto, acho que pelo menos vale pela visão.

  3. Postei em outro post mas o comentario sumiu … voce conhece a Do Bem Maquina ? Foi lançada por uma empresa de suco brasileira, até agora nunca vi review sobre … fica a dica

    1. Tenho um pouco de receio desses projetos chineses que o povo daqui licencia, faz o rebranding e solta no mercado. A Netshoes fez a mesma coisa e a pulseira deles é uma bomba…

  4. Postei em outro post mas o comentario sumiu … voce conhece a Do Bem Maquina ? Foi lançada por uma empresa de suco brasileira, até agora nunca vi review sobre … fica a dica

  5. Postei em outro post mas o comentario sumiu … voce conhece a Do Bem Maquina ? Foi lançada por uma empresa de suco brasileira, até agora nunca vi review sobre … fica a dica

    1. Bom, Masahiro Sakurai, criador de Smash Bros., machucou muito feio a musculatura/tendões do ombro de tanto trabalhar no desenvolvimento do último jogo… que é excelente.

    2. É que não é algo repentino, mas sim que acumula e cresce com o tempo. Estava acontecendo comigo: o dorso da minha mão direita começou a doer, de uns tempos para cá, quando eu ficava muito tempo no computador. O culpado nesse caso era bem óbvio: o touchpad (não usava mouse). Tinha dia em que ia dormir com uma dor forte na mão; não era incômodo, era dor mesmo. Comprei um mouse e espero que resolva.

      Em paralelo, faço pilates, em muito pelas dores que sentia nas costas (melhorou bastante).

      Tudo isso é decorrência do uso do computador e nem acho o meu ritmo de trabalho tão puxado — muitos colegas trabalham mais horas do que eu. Não é fácil.

      1. Eu mesmo refleti sobre a minha questão que era para os outros refletirem kkkk

        Vendo a forma como trabalho, dificilmente estou trabalhando no mesmo problema (sempre usando mouse), as vezes em desenvolvimento, analisando, trabalhando em campo… Como a minha forma de trabalho acaba sendo bastante variável, talvez eu não sofra disso justamente por não ficar horas na mesma posição.

        Pensando sobre o que o Felipe citou, eu imagino que Masahiro trabalhava sob muita pressão (não no caso dos chefes chicotearem o cara, mas a própria cobrança para fazer algo excelente), e isso acarretava numa carga maior, o que nem sempre é minha realidade.

        Ou seja, critiquei algo que não é minha realidade.

      2. Eu comprei uma tablet Wacom para usar no lugar do mouse, nunca tive problemas com dores nem nada do tipo, mas pelo que ouvi falar, o fato de usar uma caneta diminui esses problemas.

    3. Cara, tenho LER, e é foda tenho que parar a cada duas três horas senão não consigo mais digitar.

    4. Cara, tenho LER, e é foda tenho que parar a cada duas três horas senão não consigo mais digitar.

  6. Eu realmente ia achar estranho alguém trabalhando assim do meu lado! hahahahaha
    Me pergunto se isso não traria outros problema com o tempo, com dores no pescoço ou até à visão, por ficar olhando a tela num ângulo desses. Mas enfim, solução interessante para um problema corriqueiro :)