Anúncio 15% de desconto no Sh*ft Festival com o cupom MANUALDOUSUARIO

A Microsoft está forçando a atualização para o Windows 10; saiba como impedi-la

Recentemente a Microsoft informou que 110 milhões de computadores já foram atualizados para o Windows 10. Para menos de três meses é um número legal, mas a Microsoft quer mais. A qual custo? Aparentemente, o que for preciso. A empresa está tentando vencer os usuários mais resistentes pelo cansaço.

Quem ainda está no Windows 7 ou 8.X já deve ter visto um insistente pop-up na bandeja oferecendo a atualização do Windows 10. A cada reinicialização ele retorna e um ícone persistente fica ao lado do relógio:

Notificação para agendar a instalação do Windows 10.

Agora, a Microsoft passou a adotar táticas ainda mais invasivas para “estimular” a atualização. O ZDnet relata que contadores regressivos e um botão que sobrepõe as demais atualizações do sistema no Painel de Controle têm sido vistos em versões anteriores do sistema. A saída, pelo jeito, é atualizar.

Por que não fazer isso, então? Há diversos motivos, de hardware e software incompatíveis ao receio dos bugs iminentes de qualquer novo Windows. Sem falar no mero comodismo, afinal, por que mexer no que está funcionando? (Eu mesmo, antes de perder meu notebook Windows, estava bastante satisfeito com o 8.1 e sem pressa alguma de atualizá-lo.)

Isso fica ainda mais compreensível antes a nova abordagem do Windows 10, de ser tratado como serviço pela Microsoft, ou seja, com atualizações regulares que alteram diversos aspectos do sistema sob o risco maior delas causarem problemas colaterais — acerta aqui, estraga ali; quem nunca? É de se esperar que pessoas mais conservadoras ou profissionais que trabalham em funções críticas e/ou com software especializado queiram mais tempo antes de atualizar.

O Windows 10 é gratuito e, pelo que todos comentam, um passo na direção certa. Nem mesmo aquele FUD em torno da privacidade pareceu afetar o bom julgamento que os usuários mais desprendidos, ávidos por novidades, e especialistas e repórteres de tecnologia fazem do sistema. Logo, precisa de todo esse desespero para atualizar a base de usuários? Talvez sim se você promete ter um bilhão de dispositivos rodando determinada versão em menos de três anos, mas vamos com calma, não passamos de três meses ainda…

As pessoas, obviamente, estão respondendo. Visual Gupta, MVP da Microsoft, publicou um extenso guia sobre como remover manualmente o ícone de atualização ao Windows 10 da bandeja das versões anteriores.

Outro trabalho, esse ainda mais conveniente, é o de Josh Mayfield. Ele desenvolveu um pequeno utilitário, chamado GWX Control Panel, que combate as táticas controversas da Microsoft para empurrar o Windows 10. Seu app faz as seguintes ações:

  • Para, temporariamente ou em definitivo, o ícone/pop-up de atualização para o Windows 10 na bandeja do sistema.
  • Desabilita atualizações automáticas do sistema no Painel de Controle.
  • Localiza a pasta onde ficam os arquivos de instalação do Windows 10, que podem chegar a ocupar até 6 GB de espaço em disco. Há relatos de que eles podem ser baixados na surdina e sem o consentimento do usuário, outra grande bola fora da Microsoft.

O GWX Control Panel surgiu por uma necessidade de Mayfield, que trabalha com hardware e software que, no momento, ou apresentam incompatibilidades ou simplesmente não funcionam no Windows 10. Ele notou que os tutoriais para barrar o assistente de atualização eram complicados, então se dispôs a fazer algo que fosse “tão fácil que até minha mãe poderia usar”. Pelo visto, conseguiu.

Infelizmente, esta luta se tornou uma espécie de briga de gato e rato. Mayfield avisa, na página do GWX Control Panel, que nem sempre seu utilitário é capaz de barrar a insistência da Microsoft. Ele nota, por exemplo, que atualizações da Microsoft (provavelmente esta) são capazes de restaurar a opção de atualização automática do sistema operacional.

Outra situação que no momento não é contornável é aquela em que o Windows oferece apenas a opção de reagendar a atualização, com direito a um intimidador contador regressivo na janela:

Reagendamento da atualização para o Windows 10.

Você já atualizou seu computador para o Windows 10? Se não, está incomodado com esses artifícios da Microsoft para forçar a atualização?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

31 comentários

  1. Noto que cada intromissão do Windows nos meus computadores, ELES vão sae tornando mais lentos. Gasta-se um tempo muito grande para o PC ter uma boa velocidade, vem o Windows, para atualizar, logo depois os pcs. estão lento. Creipo que a Micro Soft deveria pedir autorização previa, o proprietário autoriza oui Não. Afinal é uma propriedade particular, ninguém pode entrar na maquina sem ordem. Por favor, adotem esse sistema e informem o que estará sendo alterado, Obrigado.

  2. Tive que atualizar essa porcaria perdi meu HD do nada. Muito estranho a microssoft querer atualizado gratuitamente insistentemente. Fora que percebi no meu Firewall que tem muitas conexões para fora, para diversos servidores da microssoft. Esse sistema é um Trojan

  3. Já instalei por duas vezes. Nas duas, não consegui me livrar do problema do menu iniciar e cortana. Tentei tantas opções para consertar que travou de vez. Tive que formatar o disco, perdendo muitas coisas. Voltei para o Windows 7. Este não dá nenhum problema. Porque vou tentar de novo. Gato escaldado tem medo de agua fria.

  4. Já instalei por duas vezes. Nas duas, não consegui me livrar do problema do menu iniciar e cortana. Tentei tantas opções para consertar que travou de vez. Tive que formatar o disco, perdendo muitas coisas. Voltei para o Windows 7. Este não dá nenhum problema. Porque vou tentar de novo. Gato escaldado tem medo de agua fria.

  5. Eu estou gostando muito do Windows
    10, no início dá alguns problemas, mas com as atualizações fica cada vez
    melhor. Recomendo para todos entusiasta do Windows.

  6. Vocês são todos uns iludidos, isso é uma agressão, você não pode ser obrigado a usar aquilo que não quer.

  7. O que a Microsoft está fazendo vai acabar parando nos tribunais. Logo após o icone para atualização aparecer no meu note, o computador começou a travar e vários aplicativos pararam de funcionar do nada. Microsoft lixo!

  8. Eu atualizei porque o Windows 8.1 deixava o meu notebook Asus Celeron muito lento e digo que melhor a fluidez dele

  9. Atualizei pro W10 até mesmo alguns desktops bem velhos, rodando Core 2 Duo com 2 Gb de RAM. Rodam bem, tal como já vinham rodando o 8.1. Depois de conviver esse primeiro mês com o W10, posso dizer que o sistema me parece estar algo em torno de 90% pronto.

    Alguns bugs estranhos acontecem. É raro, mas aparecem notificações que não fazem muito sentido. E o tem a questão do painel de controle antigo, que persiste para algumas funções mas não para outras. E o Edge é melhor que o IE, mas isso não quer dizer muita coisa. No dia a dia o Chrome ainda é muito melhor.

  10. Eu atualizei alguns computadores do serviço para o Windows 10. O pessoal lá é bem leigo, mas a reação foi bem positiva.

    Os que usavam Windows 7 não perceberam muitas mudanças. Já os que usavam Windows 8 sentiram um alívio enorme em ter o menu Iniciar de volta.

  11. só não uso o windows 10, pq a onboard do notebook não funcionou bem com ele. to esperando uma atualização pra tentar de novo e quem sabe, permacener no 10. por enquanto, continuo no 7 que faz tudo tranquilamente.

  12. Não atualizei, não estou com pressa para fazê-lo e não me sinto incomodado com o ícone avisando sobre o Windows 10. Meu Windows Update está configurado para não fazer atualizações automáticas.

  13. Meu deus, cara, que várzea que o Windows se tornou. Coisa feia, decadente. Queria que o Mac OS fosse mais acessível pra ninguém precisar usar um sistema cheio de dark ux patterns desse jeito, pena que ele vem atrelado ao hardware caríssimo da Apple.

  14. Tenho um notebook de 2012 com duas placas de vídeo (onboard/offboard) da ATI (ainda não vinham com o nome de AMD). O driver para alternar entre as placas só funciona no Windows 7, então nada de atualizar pro 8.1 muito menos pro 10.

    1. Bem vindo ao clube!
      Eu até testei o Windows 10, o driver instala sem erro, mas a VGA não funciona a todo vapor.

      Como pretendo trocar de equipamento logo, não me dei ao trabalho de atualizar.

    2. Pô, tbm tenho um, desse jeito mesmo, de 2012 mas com placa da AMD mesmo. E eu tinha problemas de não poder atualizar o driver que parava de funcionar tbm. Faz os seguinte, testa estes drivers: http://leshcatlabs.net/

      Eles tem assinatura oficial e tudo mais, e são os oficias com alterações para dar compatibilidade a placas híbridas. Então é de boa, pelo menos o quão de boa um driver de terceiros pode ser. Eles me quebraram um galho enorme até o inicio deste ano, em que a AMD começou a dar suporte à minha configuração.

    3. Estou com o mesmo problema. Tenho um HP de 2010 que até hoje da pro gasto (e olha que trabalho com arquitetura, usando softwares BIM em 3D, renderização e o escambau, o que me faz realmente questionar a necessidade de trocar o note). Atualizei para o Windows 8 e 8.1, mas voltei para o 7 por conta dos drivers (só funcionava a placa Intel onboard). Tentei os drivers Leshcat Labs e nada. Quando saiu o Windows 10 fui dar uma chance e nada do driver da ATI funcionar. Também tentei os drivers da Leshcat, procurei em milhares de fóruns e nada. Uma semana depois voltei para o Windows 7, sem sentir falta de nenhum recurso novo dos novos Windows em particular.

    4. No caso desses PCs da ONG, são todos com placas onboard e dongle USB WiFi. Tudo instalou de boa. Mas imagino que placas de vídeo mais elaboradas realmente devem dar uma boa dor de cabeça.

  15. Sou Windows Insider, XBO Preview, e uso o Smart Glass Beta, enfim, um early adopter. O tipo de de gente que esses caras procuram pra testar essas coisas.

    O Windows 10 não é perfeito, obviamente, mas está me agrada do muito. Nele, ainda sinto a necessidade de alguns ajustes no Edge, que as vezes fecha sozinho e reabre, mas que continuo usando.

    Quanto à instabilidade e incompatibilidade, das coisas que uso, não encontrei conflitos ou problemas. Esta tudo funcionando perfeitamente.

    Estou bem contente com o sistema.

  16. Atualizei e estou satisfeito, mas de qualquer maneira, a MS está exagerando mesmo. Um ícone na bandeja com um pop-up quando o Windows liga já seriam suficientes.

  17. Voltei a usar Linux esses dias, pensando não somente como o meu notebook está velho e o Windows anda meio engasgando, assim como a Microsoft em si. Ultimamente, venho me preocupando mais com privacidade, que o normal, embora não seja um reclamão quanto a isto. Quando liguei um desktop que utilizo apenas para edição de fotos e fotografias, encheram a minha paciência para atualizar, mesmo após ter passado duas semanas me impedindo de atualizar por causa da minha placa de vídeo onboard — aquela lágrima que escorre ao recordar que a minha queimou numa queda de energia –, e agora, de repente, como mágica, ele pode ser instalado. O Windows 10 é bom demais, tanto que eu não quis deixar o 7 no meu notebook (fica mais leve, por incrível), pois deixo-o instalado apenas para usar o Photoshop e, às vezes, o Office quando necessário. Porém, a insistência da Microsoft me faz ficar contrariado com o sistema. É uma pena, pois ao invés de atraírem com as vantagens, preferem empurrar a atualização de qualquer maneira.

  18. Enquanto isso tenho um notebook Toshiba ali que tive que forçar para aparecer o ícone na barra inferior e conseguir agendar, mas até hoje não começou a baixar o Win10. O outro notebook baixou 140MB sem que eu sequer agendasse o pedido e parou por aí.

      1. @disqus_HTRgM0gQJI:disqus e @Ed:disqus, eu vou esperar até o Natal pra instalar por causa do tempo e cuidados requeridos, sem falar na correção de erros. Não aparecendo até lá no Toshiba, vou de .iso. O Asus veio até com adesivo “Plays well with Windows 10”, então penso que assim que eu demonstrar interesse na atualização, ele a fará.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário