O que tem na mochila do Marco Gomes..

O que tem na sua mochila, Marco Gomes?


6/4/15 às 8h50

Foto do Marco Gomes.

Marco Gomes, premiado como O Melhor Profissional de Tecnologias de Marketing do Mundo pela World Technology Network, é o fundador da boo-box, apontada como uma das 5 empresas de publicidade mais inovadoras do mundo pelas revistas Fast Company e Forbes, e co-fundador do Mova Mais, o programa de benefícios para quem faz exercícios físicos. O profissional estudou Marketing Estratégico na Universidade de Stanford, Califórnia, e já palestrou na ONU em Nova York.

  1. Kindle (básico, 4ª geração). A esposa até tem um Kindle 3G que nem usa, eu poderia pegá-lo se quisesse, mas eu acho que o Kindle básico, sem tela touchscreen, nem luzes, é a opção ideal para meus hábitos de leitura. Normalmente leio em locais com Wi-Fi (escritório ou casa), então não preciso da conectividade 3G constante; além disso, frequentemente encosto na tela por engano, então a tela não-touch acaba evitando que eu mude de página sem querer. Normalmente leio em inglês, o último livro que terminei de ler nele foi Zero to One, to Peter Thiel. Além de livros leio também artigos que coleto pela web tanto no desktop quanto no smartphone, quando acho um artigo interessante que quero ler depois, salvo o link no Instapaper; uma vez por semana o Instapaper envia um “jornal” para meu Kindle com os artigos que eu ainda não li.
  2. MacBook Air de 13 polegadas (mid-2011, Core i5 de 1.7 GHz, 4 GB de RAM DDR3, SSD de 256 GB). Melhor computador pessoal que eu já tive. Mesmo com quatro anos de uso, continua suficientemente rápido e robusto — o SSD faz toda a diferença. Nunca mais na vida quero computador com HD (drive de discos). Dada a idade do mesmo, às vezes sinto falta de mais processamento, provavelmente eu vá trocar em breve pela nova geração de MacBooks que a Apple acaba de lançar. Vou ter que me adaptar a viver com um hub USB na mochila também :P
  3. Cocoon GRID-IT! Medium Organizer. Dica do meu amigo Deive Pazos (o Azaghal do Jovem Nerd). Excelente compra, mantém os cabos e pequenos gadgets organizados, sem aquele ninho de rato que normalmente os cabos fazem dentro da mochila.
  4. Mophie Powerstation Mini (2500 mAh). Ficar com o smartphone sem bateria é um desespero, a Mophie me salva pelo menos duas vezes por semana. Esta versão tem aproximadamente duas cargas completas do meu iPhone 5s, pode carregar qualquer coisa USB (às vezes eu uso para carregar o fone Bluetooth ou smartphone Android de algum amigo), é bem leve e cabe até no bolso da calça jeans, se necessário.
  5. NomadKey Lightning USB Cable. Eu tenho pavor de cabos enroscando nas coisas, tanto que nem ando com cabos originais da Apple. Os cabos Nomad são pequenos, robustos e confiáveis. Adoro.
  6. NomadKey Micro USB Cable. Este eu uso para carregar a bateria Mophie, quando chego em algum lugar que tem tomada disponível, conecto este cabo no plugue Samsung (descrito abaixo) e deixo a bateria carregando.
  7. Token para controlar a conta bancária corporativa. Minha conta bancária pessoal é controlada pelo token no meu smartphone, mas a conta da empresa ainda exige token físico.
  8. Lentes olloclip 4-em-1 para iPhone 5/5s. Uso pouco esta lente, ela é boa, tem excelente qualidade e componentes, mas eu normalmente esqueço que ela existe. Usei poucas vezes para fazer fotos macro.
  9. Fones de ouvido EarPods. Acho excelente a relação qualidade/peso dos fones da Apple, apesar de ter dois pares de fones Bluetooth, um Beats Wireless e um Jaybird descrito abaixo, são os fones da Apple que eu uso no dia a dia.
  10. Carregador Micro USB Samsung. Uso para conectar um cabo USB e carregar meus gadgets (original do Galaxy S4).
  11. Adaptador Mini DisplayPort para VGA. Uso para fazer apresentações plugando meu Mac à projetores ou TVs de clientes ou locais de eventos.
  12. HD Externo WD My Passport de 1 TB. Como meu Mac tem apenas 256 GB de SSD, não há muito espaço para arquivos grandes. É neste HD que mantenho a minha biblioteca de fotos principal (Lightroom e iPhoto), além de alguns outros arquivos perdidos que eventualmente podem ser necessários. Este HD é armazenamento de dia a dia, não é backup. Os backups ficam nos HDs plugados no roteador em casa (Time Machine) e na nuvem (Dropbox).
  13. Bolsa Chrome, cinza com velcro, para organizar itens dentro da mochila. Minha mochila é uma Chrome Urban Ex 18, ela praticamente não tem compartimentos nem bolsos externos nem internos, então uso estas bolsas/carteiras para organizar os itens que normalmente ficariam separados em bolsos da mochila.
  14. Pen drive de 2 GB, sem marca. Ganhei de brinde de alguma empresa, desmontei a carcaça emborrachada que continha a marca da companhia (merchandising) e fiquei só com a parte importante, do armazenamento. Funciona muito bem e já me salvou algumas vezes.
  15. Cartão NuBank MasterCard. Meus cartões principais ficam na carteira, no bolso, mas tenho este cartão extra na mochila para usar em emergências caso os da carteira não funcionem.
  16. Cartões dos planos de saúde e odontológico. Minha carteira é minimalista, então tudo que não é usado diariamente fica na mochila, inclusive os cartões dos planos de saúde.
  17. Fone de ouvido Bluetooth Jaybird Bluebuds X. É legal para pedalar ou fazer outros esportes e não ter o fio do fone Apple balançando ou ficando preso nas coisas, mas a qualidade de áudio e a ergonomia (o encaixe na orelha) são no máximo razoáveis.
  18. Caneta S. T. Dupont. De estimação. Ganhei em uma premiação e mantenho ela comigo desde então. Não costumo escrever muito, quando escrevo, por ser canhoto minha mão fica toda manchada de preto, mas eu gosto desta caneta mesmo assim.
  19. Moleskine. Mantenho Moleskines comigo há quase 10 anos, eles já me ajudaram a capturar importantes conceitos e ideias. Gosto deles em vez de um “bloquinho qualquer” pela robustez de design, durabilidade e coesão. Todos os Moleskines de um mesmo modelo são iguais, então você não precisa se acostumar com um novo formato/peso quando um caderno acaba e você precisa começar um novo.
  20. iPhone 5s (32 GB, branco). Um bom smartphone, eu gosto dele em relação ao iPhone 6 ou um Android high-end pois sou magro e pedalo todos os dias; o smartphone vai sempre no bolso da calça, se for um aparelho maior que o 5s, começa a atrapalhar o movimento. A Apple tem decepcionado nas últimas versões do sistema operacional, com recursos inacabados e muitos bugs. Espero que voltem à excelência era de costume.
  21. Óculos Lema 21 Fred Onix Black. Óculos neste estilo fazem parte da minha identidade :)
  22. Cartões de visita da boo-box. Sempre importante tê-los à mão.
  23. Bolsa Chrome, preta com velcro, para organizar itens dentro da mochila. Mesmo motivo da bolsa cinza. Minha mochila praticamente não tem compartimentos nem bolsos externos nem internos, então uso estas bolsas/carteiras para organizar os itens que normalmente ficariam separados em bolsos da mochila.
  24. Comprimidos de magnésia bisurada. Para combater minhas azias constantes, resultado de anos de empreendedorismo e muitas responsabilidades.
  25. Comprimidos de Vertix. Para combater eventuais crises de tontura causadas por um problema que tenho no labirinto, também resultado de anos de empreendedorismo e muitas responsabilidades.
  26. Par de meias sobressalentes. Importante para quem usa bike no dia a dia. Caso comece a chover no meio do caminho para o trabalho, ficar com os pés molhados o dia todo é terrível. Nunca usei este par de meias, mas sei que um dia eles vão salvar meu humor :)
  27. Camiseta sobressalente. Importante para quem usa bike no dia a dia. Num caso de calor além do previsto ou chuva repentina, esta camiseta pode salvar minha imagem profissional ao evitar que eu entre em uma reunião suado e/ou sujo de lama.
  28. Apresentador Wireless Logitech R400. Para apresentações em clientes e eventos.
O que tem na mochila do Marco Gomes..
Clique para ampliar.

Nota do editor: O Na mochila é uma seção semanal do Manual do Usuário que apresenta o que gente que admiro carrega em suas bolsas e mochilas. Acesse este link para espiar as demais.

Assine o Manual do Usuário

Ao acessar este blog, você não é rastreado ou monitorado por empresas como Google, Facebook e outras de publicidade digital. A sua privacidade é preservada. O Manual do Usuário tenta viabilizar-se por métodos alternativos e éticos. O principal é o financiamento coletivo. Colabore — custa a partir de R$ 9 por mês:

Assine no Catarse