Conteúdo da mochila do Gabriel Arruda (versão 2019).

O que tem na sua mochila, Gabriel Arruda


15/2/19 às 9h25

Foto de Gabriel Arruda. Gabriel é bacharel e mestre (área de Processamento de Língua Natural) em Sistemas de Informação, trabalha como cientista de dados no banco Itaú Unibanco. Leitor de longa data do blog, gosta da abordagem diferente do Manual do Usuário em relação à tecnologia. Escreve algumas coisas sobre ciência de dados em seu blog e está tentando engrenar um hobby de fotografia. Pode ser encontrado nas redes sociais como gdarruda: Instagram, Twitter, GitHub e LinkedIn.


Esta é a segunda mochila do Gabriel Arruda que aparece aqui. Veja também a primeira, de 2016.

  1. Mochila Victorinox Cadet. Não é muito bonita, mas é a melhor que já tive. Ela é bem estruturada, o que facilita bastante para manter em pé no ônibus. O acolchoamento nas costas e nas alças a torna confortável e fresca nos dias mais quentes. Um detalhe importante é a alça de mão, que fica no meio da mochila e não na parte de trás, isso deixa a distribuição de peso muito melhor para carregar a mala na mão no transporte público.
  2. Guarda-chuva Nautica. Na primeira vez que mandei a mochila ao Manual do Usuário, comentei do meu guarda-chuva precário e foi recomendado um Nautica. Foi uma ótima sugestão. Mesmo sendo automático, é levíssimo e resistente. A cor diferente é conveniente para pegar na porta de restaurantes e outros estabelecimentos.
  3. Fones de ouvido JBL Tune 205 BT. É o fone que uso para ouvir podcasts no metrô e ônibus. Troquei por pontos de um cartão de crédito que eu precisava cancelar. Ele tem um encaixe similar ao dos EarPods da Apple, ou seja, sem isolamento, o que me agrada para usar na rua sem perder contato com o mundo externo. A qualidade de áudio é somente ok e com os tradicionais graves exagerados, como esperado para algo nessa faixa de preço.
  4. Carteira Single Pocket Braveman. Carteira de couro compacta e com apenas uma divisória, ela me “força” a carregar poucas coisas comigo. Depois de carteiras cheias de divisórias e aqueles plastiquinhos, não me arrependo de ter ido para uma solução mais simples. Está comigo desde 2015.
  5. Bilhete Único. Deixo separado da carteira para, se acontecer qualquer coisa com a carteira ou celular, ainda conseguir voltar para casa.
  6. Cabo 3-em-1 (Lightning, USB-C e micro-USB). Também troquei com os pontos do cartão. Uso para carregar tudo que eu tenho na mochila — smartphone, câmera e fones de ouvido.
  7. Powerbank Belkin. Bateria externa antiga de 6.600 mAh. É pouco comparada a outras de mesmo tamanho físico, mas é o suficiente para carregar um iPhone SE duas vezes pelo menos.
  8. Pen drive Kingston DataTraveler DT50 (32 GB). Útil para transferir coisas muito grandes como VMs e algumas base de dados, mas quase não uso mais no dia a dia.
  9. iPhone SE. Não tem muito o que falar, é um iPhone SE. Ele já está comigo há uns três anos, mas continua funcionando muito bem, com exceção da bateria que já está ficando cansada.
  10. Óculos RayBan Clubmaster (49 mm). Gosto muito desses óculos, o design clássico funciona em qualquer ocasião. São especialmente úteis se estou usando lentes de contato que aumentam minha sensibilidade ao Sol.
  11. Câmera Fujifilm X100f. Fotografia é um hobby recente, por isso queria algo que eu pudesse carregar comigo no dia-a-dia e que também me ajudasse a aprender o ofício. A X100F da Fujifilm se mostrou a opção perfeita: ótima lente fixa (equivalente a 35mm) e controles essenciais — abertura, ISO e obturador — no corpo da câmera. É um deleite tirar foto com ela, recomendo principalmente para fotografia de rua e viagens. OBS: a alça de mão eu comprei da Walc Design.
  12. Kindle Paperwhite. Figurinha carimbada das mochilas aqui, sou fã também do leitor de e-books da Amazon. No momento, estou lendo O Estado Empreendedor, livro bastante interessante que passa uma perspectiva diferente da relação do Estado com a inovação.
  13. Caderno Cícero. O “Moleskine brasileiro” é um caderno muito bom, as folhas grossas e amareladas são boas, recomendo para quem quer um caderno com esse estilo mais sóbrio e de ótima qualidade.
  14. Necessarie Shave Box Dr Jones. Sempre uso necessaries que ganhei com algum produto, nesse caso foi a Shave Box da Dr Jones. Serve basicamente para carregar escova e pasta de dentes, mais algo que possa ser necessário como pomada para cabelo ou solução para lentes.
Conteúdo da mochila do Gabriel Arruda (versão 2019).
Clique para ampliar.

Nota do editor: “Na mochila” é uma seção semanal do Manual do Usuário que apresenta o interior das bolsas e mochilas de leitores, profissionais e amigos. Veja as outras mochilas já publicadas e mande a sua — a continuidade da seção depende de você.

Alguns links na lista de itens da mochila têm códigos de referência das respectivas lojas. Comprando algo após clicar neles, o Manual do Usuário recebe uma pequena comissão que não altera o preço final para você.

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês