A Last.fm está de cara nova

A Last.fm é um site musical que já teve várias funções ao longo dos seus 13 anos (!) de história. A única persistente e o motivo pelo qual muitos ainda usam o serviço é o “scrobbling,” o monitoramento que ela faz dos seus players de música. Com base nisso o sistema indica novos artistas e cria rankings do que você ouve. Como é uma rede social também, fica fácil comparar seus hábitos com os dos amiguinhos e, dizem (nunca aconteceu comigo), até fazer amizades a partir de gostos mútuos.

Sim, são coisas que atualmente qualquer Spotify ou Rdio da vida fazem, mas há uns dez anos, a Last.fm era única. Tenho comigo que é o seu “acervo histórico” misturado com uma afeição bem específica por parte dos usuários o que mantém o site no ar. Tipo aquela foto que um dia cai na sua área de trabalho, você não sabe para que vai usar, mas é tão boa e/ou significativa e única que não vai nem para a lixeira, nem para o abismo das outras milhares de fotos guardadas em pastas mais profundas. Tenho conta lá há nove anos e mais de 82 mil scrobbles; é muita coisa!

Para quem temia pelo seu futuro, afinal o site não era atualizado desde 2008, uma nova versão, ainda em beta, foi revelada. A maioria das novidades são estéticas: página inicial, player (que, e eu não sabia disso, se conecta ao Spotify1), perfil e as páginas dos artistas estão todas de cara nova. E ficaram bonitas, viu.

A nova capa

Indicações de músicas na nova capa da Last.fm.

A nova capa indica músicas que você já ouviu e, o que talvez seja mais útil, músicas nunca tocadas de artistas que você conhece. Olha o player lá em cima; além do Spotify, também dá para usar o YouTube como fonte.

Ilustração com uma mãozinha depositando uma moeda em uma caixa com o logo do Manual do Usuário em uma das faces, segurada por dois pares de mãos. Ao redor, moedas com um cifrão no meio flutuando. Fundo alaranjado.

Apoie o Manual do Usuário.
Você ajuda a manter o projeto no ar e ainda recebe recompensas exclusivas. Saiba mais »

Perfis elegantes

O novo perfil na Last.fm.

Principais artistas: interface remodelada.

O visual está realmente mais moderno e bonito. As listagens de artistas e músicas mais ouvidos no perfil, por exemplo, não são mais listas, mas mosaicos.

Viagem no tempo

Era isso o que eu ouvia em abril de 2009.

Outra coisa legal é a pesquisa por períodos específicos da sua vida musical. Se algum dia você acordar e pensar, “hmmm, o que eu ouvia em abril de 2009?,” o Last.fm responderá — com direito a gráficos e um relatório preciso de cada música ouvida em todos os dias. Aparentemente eu era bem fã do Jason Mraz.

Para testar a nova interface (ainda em beta, com alguns problemas e recursos ausentes), entre aqui e faça login. Ah, ela é responsiva, ou seja, se adapta ao tamanho da tela usada. É uma informação importante dado o descaso do app para Android, atualizado pela última vez em novembro de 2013…

Via Gizmodo.

  1. E faz tempo: desde janeiro do ano passado. Note que minha relação com a Last.fm é baseada puramente no scrobbling.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 comentários

  1. Gente não sei o que fazer, o last tá inflando meus scrobbles e restaurou uns que eu tinha excluído, e não tem a opção de excluir. HELP!

  2. Gosto muito do Last.fm, mas eles estão deixando a desejar (muito) com o app para Android. Uma pena.

  3. Eu acho engraçado que existe uma comunidade muito específica que ainda da bola para o Last.FM. Eu também continuo usando e achei bem interessante. Eu não sei como o Last.FM sobrevive ainda, mas acho engraçado que ele não tem concorrência, oficialmente.

  4. Usava bastante o Last.fm junto do Winamp, mas quando parei de ouvir música no computador e comecei a ouvir no smartphone, perdi o hábito de fazer scrobbling. E faz uns bons anos já, desde então não tenho sincronizado nada com a rede social. Realmente era bem legal, eu usava mais para manter um histórico das músicas que ouvia do que para descobrir novos artistas.

  5. Gostei da nova interface, só queria que eles atendesse um pedido velho dos usuários: Deixar trocar o username! Conheço muita gente (eu incluso) que quando criou, colocou aquele username bem tosco e agora não consegue mudar hahaha

  6. Saudades do Last.FM. Foi o primeiro serviço de música que eu assinei. E tinha que usar proxy estrangeiro pra conseguir usar. Não tenho usado muito hoje em dia pois o Xbox Music não tem integração. Mas ainda deixo Scrobbling ligado no Spotify

  7. O Last.fm é ótimo! Mesmo não tendo toda essa hype, tem seu público.
    Vendo agora que tenho 117061 execuções desde 17 Abr 2006.
    Já fiz amigos e trouxe amigos pra lá. É uma excelente rede social musical!

  8. Já relatei em posts livres que eu tenho dificuldade para conhecer as novas músicas. Antes, o last.fm funcionava bem para mim nesse aspecto: havia os artistas relacionados (acho que era votação de usuários) e as litas de melhores/mais ouvidas do ano.

    Só que cade vez mais o serviço foi perdendo força que esqueci completamente da existência dele. Verei se ele complementa as boas dicas que recebi.

  9. Já relatei em posts livres que eu tenho dificuldade para conhecer as novas músicas. Antes, o last.fm funcionava bem para mim nesse aspecto: havia os artistas relacionados (acho que era votação de usuários) e as litas de melhores/mais ouvidas do ano.

    Só que cade vez mais o serviço foi perdendo força que esqueci completamente da existência dele. Verei se ele complementa as boas dicas que recebi.

  10. E eu achando que era o unico que ainda usava isso , mesmo que so por conta dos ”scrobbling” , realmente esta merecia uma repaginada a um bom tempo.

  11. Desde ontem tento entrar nessa versão beta e meu login/senha dão errados, ao mesmo tempo em que estão logados na versão atual do serviço.
    Não entendi.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!