Bastidores

Encerramento do serviço de notificações push

Em maio de 2019, o Manual do Usuário passou a oferecer uma nova maneira de acompanhar as novidades publicadas no site: as notificações push. Optei pela solução do PushPad, que, ao contrário de outras gratuitas mais populares, é focada em privacidade e não comercializa os dados de comportamento dos usuários com terceiros.

Em um ano, quase 15 mil pessoas ativaram o recebimento das notificações neste site. É, de longe, o canal de distribuição mais popular em números absolutos — o Twitter, em segundo lugar, acabou de passar os 7 mil seguidores, ou seja, menos da metade.

Olhando assim, parece uma história de sucesso. Só que não é. Apesar do grande volume de assinantes, o uso da ferramenta é baixo. Em abril, a taxa de abertura das notificações ficou em paupérrimos 0,69%.

Isso não seria um problema se o PushPad fosse gratuito. Não é o caso e, para piorar, ele é cobrado em euro — o serviço é baseado na Itália. Com a desvalorização brutal do real em 2020, seu custo tornou-se o mais pesado dos recorrentes no site, inviabilizando a sua manutenção.

Ilustração com uma mãozinha depositando uma moeda em uma caixa com o logo do Manual do Usuário em uma das faces, segurada por dois pares de mãos. Ao redor, moedas com um cifrão no meio flutuando. Fundo alaranjado.

Apoie o Manual do Usuário.
Você ajuda a manter o projeto no ar e ainda recebe recompensas exclusivas. Saiba mais »

A próxima edição do Manual (20#17, em 21 de maio) será a última em que notificações push serão enviadas. Aos poucos leitores que confiam nelas para saberem das novidades do site, peço que troquem-na por uma das alternativas — em especial a newsletter e o canal no Telegram, ambos gratuitos. Ao longo da semana, novos disparos de notificações alertando o fim delas serão feitos.

Obrigado pela compreensão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 comentários

  1. Oi boa tarde estou procurando alguém para desabafar fui vítima de um ggolpe do mercado pago só que não procurei nada pois meu marido pode nem sonhar mais tenho todas as mensagem na verdade foram 3000 mais o minha preocupacao não é isso é sim porque dei todos meus dados para a pessoa fazer o boleto Estou comedo de eles possa está usando meus dados para aplicar golpes Uma pessoa comentou comigo no mercado livre que teria alguém usando meu CPF com outro nome alguém que entenda e possa conversa comigo

    1. Lamento por isso, Jessica. Algumas pessoas naquele post (acredito que tenha lido; este aqui) fizeram um boletim de ocorrência. Pela natureza do golpe, é difícil chegar aos criminosos, mas talvez seja uma boa dar ciência às autoridades, no mínimo para que o problema fique mais evidente.

    2. Registre um boletim de ocorrência.
      No mínimo já ajuda as autoridades a saberem o que está ocorrendo e evita problemas futuros para você.

  2. Só não desabilite o RSS, pel’amor. Já bastam os vários sites que gostaria de acompanhar, mas não têm RSS. É uma tecnologia fantástica, mas que infelizmente tem poucos adeptos – como constatado em textos antigos do Manual.

    2020 e a maioria das pessoas consome conteúdo através de redes sociais, sendo que a maioria desses mal lê o título – outros mal leem um tweet.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!