Talvez seja a hora de desinstalar o app do Facebook

No momento em que escrevo isto, o app oficial do Facebook é o segundo mais baixado entre os gratuitos para iPhone e o terceiro na lista correspondente do Android, na Play Store. Tamanha popularidade pode sugerir a interpretação de que se trata de um app bem feito. Porém, não é o caso. Mais que isso: é um app tão ruim e, em certo aspecto, desleal, que talvez desinstalá-lo represente um upgrade gratuito no seu smartphone.

O Facebook vive da coleta e processamento de dados do usuário, então não é de espantar que ele tenha uma gula incessante por mais dados. Tudo, até o que a gente escreve e não publica, é captado pelos servidores da rede social. Em dispositivos móveis a lista de permissões dos apps oficiais é grande e isso acaba impactando o desempenho do smartphone.

Tomemos o Android como exemplo. No final de 2014 a AVG liberou um estudo sobre o impacto de apps em smartphones com esse sistema. Foram analisados dados anônimos de mais de um milhão de usuários de apps da AVG para Android a fim de detectar, entre os apps mais populares do sistema (+1 milhão de downloads), aqueles que mais impactam o desempenho e os consumos de bateria e de espaço disponível no celular.

Sem surpresa, o app do Facebook foi o que mais afetou o desempenho geral. Nos outros rankings, de consumo de bateria e de armazenamento, ele ficou na terceira posição.

Ranking de apps mais gastões para Android.
Fonte: AVG.

O Android, pelo menos até a versão 6.0 “Marshmallow”, carecia de controles rígidos sobre as permissões dos apps. No iOS esse tipo de controle existe há mais tempo e vai além, permitindo, também, escolher quais apps podem ficar atualizando em segundo plano.

Em tese, essa possibilidade barra a atividade frenética do app do Facebook quando ele não está em uso, algo que, como efeito colateral, afeta a autonomia da bateria e o desempenho do iPhone. Mas parece que mesmo desmarcando o app para fazer atualizações em segundo plano, ele não para.

A denúncia foi feita por Matt Gilligan, ex-CEO do finado Circa. Gilligan reparou que mesmo expressamente proibido de fazer atualizações em segundo plano, o app do Facebook continuou ativo o dobro do tempo em que foi efetivamente usado. Nisso, em sete dias cerca de 15% do consumo de bateria do seu iPhone se deveu ao Facebook — o mais gastão, acima até do Safari.

Prints mostrando consumo exagerado de bateria do Facebook no iPhone.

Por que isso acontece? Outros estão tentando entender. Nick Heer aponta algumas teorias que sugerem táticas no mínimo questionáveis do Facebook para manter seu app ativo, atualizando em segundo plano, mesmo com a opção correspondente desmarcada nas configurações do iOS.

Entre elas, manter o sistema de áudio ativo após a visualização de algum vídeo (algo que apps de música fazem para continuar tocando quando o usuário abre outro app) e sobrecarregar o sistema de notificações, que “acorda” o app e permite que ele baixe e envie dados dentro da janela de entrega das notificações.

Quaisquer que sejam os meios e as justificativas, é no mínimo ultrajante que um app passe por cima tão descaradamente de diretrizes estabelecidas pelo usuário. Além de toda a distração que o Facebook representa (e contra isso recomendo a Kill News Feed), ele ainda acaba com a bateria do seu smartphone mais rapidamente.

Ao TechCrunch, um porta-voz do Facebook declarou que a empresa analisará esse problema a fim de resolvê-lo:

“Soubemos de relatos de que algumas pessoas estão tendo problemas com a bateria em nosso app para iOS. Estamos analisando isso e esperamos ter uma correção em breve.”

Como para alguns o Facebook é importante (para trabalhar, por exemplo), é complicado se privar dele no celular. Não precisa ser o caso, já que há alternativas menos funcionais, mas mais amigas da bateria. O Facebook Lite, embora passível dos mesmos problemas, é reconhecidamente mais leve que o app principal. Outra opção, essa mais garantida, é recorrer ao navegador na hora de verificar o feed ou ver as notificações do Facebook.

Em qualquer caso, especialmente se você só usa o Facebook para lazer e contato com os amigos, é de se pensar se não vale a pena desinstalar o app. A bateria do seu smartphone agradece.

O Manual do Usuário é um blog independente que confia na generosidade dos leitores que podem colaborar para manter-se no ar. Saiba mais →

Acompanhe

  • Telegram
  • Twitter
  • Newsletter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

63 comentários

  1. Eu uso pelo navegador (o Chrome mesmo, no Android) há um bom tempo.

    Além desse gasto grande de bateria, o app consome um espaço enorme (várias centenas de MB, uma vez que consultei) de armazenamento, o que nos Moto G de 8 GB faz falta…

  2. Eu uso pelo navegador (o Chrome mesmo, no Android) há um bom tempo.

    Além desse gasto grande de bateria, o app consome um espaço enorme (várias centenas de MB, uma vez que consultei) de armazenamento, o que nos Moto G de 8 GB faz falta…

  3. Não sei se tem como restringir o uso de processamento do Facebook em segundo plano, mas sei que dá para restringir acesso aos dados móveis em segundo plano de qualquer app no android.

  4. É o app do facebook é não tem como ser muito leve, tenta captar tudo o que for possível de atividade no smartphone. Eu sou do time que usa só no navegador, porém apenas leio e me comunico com os contatos que preferem essa rede. Reconheço que pra quem usa pra postar fotos, videos, fazer check-in, marcar pessoas e tudo mais, o app é mais confortável (porém da pra fazer tudo isso no navegador do smart também.)

    Mas não é um problema apenas desse app (falo somente do sistema Android que é o único que uso), apesar de estar muito na frente nessa característica negativa, navegadores, players, visualizadores de imagens, editores de imagem, enfim… Aplicativos de todos tipos só ficam maiores e maiores e consumindo mais e mais memória.
    E hoje em dia os os smartphones estão entrando na corrida de configurações herdada dos pcs e notebooks, arquitetura 64, mais e mais ram 4GB… E fora pra quem joga games mais pesados, muita gente busca 4GB de ram pra um desempenho melhor do app do facebook ou do candy crush!
    E não me entenda mal, se o app do facebook fosse melhor, eu só usaria ele. E nada contra qualquer jogo. Só lamento mesmo a forçada de barra nessa corrida de configuração. Acho que quem faz review de vários aparelhos e tem a chance de ver como o aparelho é com os aplicativos iniciais, nota que quase todos são bons e rodam tudo OK, exceto claro os jogos pesados, fora isso, totalmente funcionais.
    Porém é só começar a atualizar…

      1. Eu uso com root, mas saiu um update pra usar sem, ele funciona mas sem muitos acessos. Não sei se com o facebook funcionaria.

  5. Isso explica porque ontem dei um reset no meu celular, reinstalei só alguns apps que uso de forma básica e o resultado é que a bateria durou realmente um dia inteiro. Não tinha instalado o Facebook.

    A propósito, como já dito, há outros apps que rodam de 2º plano. Fico me perguntando se não há um jeito de um dia os programadores pararem com esta mania de “Big Data” a qualquer custo.

  6. Ghedin, no iPhone, qual seria o navegador mais econômico? O Safari é sofrível no quesito bateria. Meu uso é bem baixo, não acho que justifica tanto consumo.

    1. Não há muito o que fazer porque a Apple restringe o uso de motores diferentes de navegadores no iOS — embora a “casca” seja diferente, na hora de renderizar as páginas é sempre o motor Webkit do Safari trabalhando.

      Mas, existem navegadores que comprimem dados para economizar na franquia. O mais famoso é o Opera Mini: https://itunes.apple.com/app/id363729560

      1. É um misto de WhatsApp com Facebook, bem limitado, porém aos poucos a lista de amigos foi crescendo… com pouquíssimos recursos. É fácil.

  7. No começo dessa semana, vendo que a bateria do iPhone acabou mais rápido que o de costume, fui checar e me deparei com mais de 50% de bateria consumido apenas pelo Facebook (maior parte do tempo em background).
    Então, desliguei as atualizações em segundo plano e hoje, ao checar novamente, apenas 7% utilizado.

    Claro que não é uma conta precisa, já que não fiz a medição baseada em algum método. Mas foi notável a diferença na prática.

    Vale ressaltar que as notificações do Facebook também sempre deixo desligadas.

  8. Eu desinstalei o app do Facebook há um tempo atrás por alguns motivos, entre eles a interface pesada, o aplicativo ocupar um considerável espaço, as atualizações constantes sem nada de bom a oferecer, e finalmente pq o Facebook lançou um app muito melhor q ele: o Paper.

    O Paper é um dos aplicativos mais agradáveis de usar, muito rápido e atualizações apenas necessárias. Me parece q ele só está disponível na AppStore americana, mas quem tiver conta lá, recomendo:

    Paper – stories from Facebook on the App Store
    https://www.facebook.com/paper

  9. Eu desinstalei há um bom tempo e não me faz falta alguma, acesso o Facebook pelo Chrome.

    A bateria dura mais, liberei uns 100 MB de armazenamento (num smartphone com 4 GB e ~1,5 GB disponíveis para o usuário, isso faz diferença) e não tenho notificações para me encherem o saco.

    Eu não entendia como o Facebook conseguia criar um app tão ruim, mas depois vi que isso é bem intencional.

  10. Eu desinstalei há um bom tempo e não me faz falta alguma, acesso o Facebook pelo Chrome.

    A bateria dura mais, liberei uns 100 MB de armazenamento (num smartphone com 4 GB e ~1,5 GB disponíveis para o usuário, isso faz diferença) e não tenho notificações para me encherem o saco.

    Eu não entendia como o Facebook conseguia criar um app tão ruim, mas depois vi que isso é bem intencional.

    1. Boa parte dos meus familiares estão por lá, além dos meus jornalistas favoritos. Vale para eu acompanhar alguns assuntos, e também acompanhar alguns “insights” que rolam por lá ou são linkados. :)

      1. Eu falo só pra encher mesmo.
        A grande parte do público do facebook é para cuidar da vida alheia e compartilhamentos duvidosos.
        Não nego como uma excelente ferramenta de comunicação, mas nunca me atraiu.
        As pessoas com quem tenho contato, é de outra forma.

          1. Quando brinco de vir para a luz é pq vira um vício mesmo. Td lugar q VC vai tem alguém acessando para ver as “novidades”.
            Eu só uso drogas mais leves rs

    2. É uma decisão beeeeemmmm difícil de se tomar. Amigos, familiares, coisas de interesse, pessoas públicas em geral, empresas… Estão todos no Facebook. Mas como não vivo de nada de dessas coisas, meus familiares e amigos estão na minha lista de contatos, então mandei as propagandas pros infernos! rssssss

      1. Pra mim particularmente nunca foi difícil pq eu nunca entrei. E hj existem outros meios de comunicação.
        Eu te diria q o facebook se tornou uma extensão da vida das pessoas (e empresas). Td acontece por lá.
        Quando eu digo q não tenho conta me olham como se eu fosse um homem das cavernas rs

        1. Isso mesmo. Olham com desconfiança, como se tivéssemos escondendo nossa privacidade da sociedade. Eu suportei o facebook entre 2007 e 2011. E sou avesso a propagandas em massa. Me irrita. Por isso sai de lá. E não penso em voltar. WhatsApp é muitíssimo divertido com os amigos, Google+ bastante eficiente no que se refere às empresas e Path muito bom pra compartilhar coisas mais privadas com amigos que realmente interessam. Pra que facebook? Pra mim perdeu o sentido. E de quebra livre de propagandas em massa, indesejadas.

          1. Vai muito de que cada um quer em seu ciclo de amizades.

            Desde os primórdios da internet, sempre houve alguma forma de grupo social, seja em fóruns, áreas de chats e mailings.

            Para mim, nem sei mais o que fazer. Eu só quero realmente chegar e tomar um café com alguém, pessoalmente. :)

          2. É uma rede social privada, não tem um domínio ou website, apenas o app. Lembra do WeChat, que tem a linha do tempo, é mais ou menos isso. Mas no Path a linha do tempo dos seus amigos funciona como a do FB, onde a publicação dos seus amigos aparece na sua linha. Lista de amigos e publicações em Círculos como no Google+… Enfim… Mais ou menos isso.

          3. O Path tinha umas ideias legais no começo (restrição do número de contatos e ser mobile first antes do Facebook entrar nessa), mas estagnou e não conseguiu crescer. No começo do ano foi vendido para uma empresa asiática — aparentemente, ele faz bastante sucesso na Indonésia.

            Se seus amigos usam, ótimo; se não, é meio como usar o Google+ para manter contato com o povo — ou seja, você acaba falando sozinho.

          4. Verdade… Comecei com 2 amigos e conseguimos nos reunir num grupo de 23… Não foi fácil.

            Vou divagar: se o Path contratasse bons marqueteiros é um grupo de promotores de repente.

  11. Não sei se vocês acompanham os aplicativos que instalam, mas isso não se resume ao Facebook. Sempre acompanho o percentual utilizado de RAM e energia (além do uso de permissões) de cada aplicativo que instalo. Graças a isso, já desinstalei vários aplicativos da Microsoft como One Drive, One Note e apps Office pelo uso excessivo de energia e Internet (e ram). Fora eles, um outro vilão é o aplicativo do Flipboard, que falta otimização e tem um gasto abusivo de RAM (não importa o aparelho) – passei a utilizar o navegador e resolvi meu problema. Outros aplicativos que podem ser ruins, são jogos que tentam descobrir até o código de barras da sua alma e iniciam sozinhos. Por isso tudo, vale a pena gastar um tempo para não perder tempo no futuro.

  12. No meu caso (Moto X 1a. geração), o Facebook em segundo plano não consome insanos megabytes, tampouco bateria (no GSam battery ele frequentemente fica com menos de 5% por ciclo, mesmo quando o uso). Mesmo assim recentemente fiz um reboot no aparelho, não baixei os backups, e utilizei uma semana sem vários apps. Depois fui instalado alguns apps e quando instalei o facebook não percebi nenhum “sugamento” da bateria, mesmo com o app em segundo plano na memória RAM.

    1. No meu Moto X além de sugar bateria e RAM ele trava, Sim o Moto X trava com o Facebook, talvez seja só o meu. Mas realmente é o único app que deixa o meu celular lerdo. A tempos eu uso o FaceLook, é simples, pequeno e consome pouco.

  13. USE O UC BROWSER E SEJA FELIZ, NÃO EXISTE OUTRO QUE FAÇA TUDO COMO ELE, ACREDITEM, ESSA FAZ TUDO!

    1. É o UC browser é muito bom realmente, e tem um desempenho diferenciado no facebook, e não só nele, na execução de vídeos é muito bom.

  14. Curioso que o Snapchat não desponte em primeiro lugar entre os apps que mais consomem dados. É uma coisa colossal e absurda: dentro dele há duas seções que são carregadas automaticamente sem que o usuário queira ou possa controlar — ‘Histórias’ e ‘Ao Vivo’. Eu, que nem uso tanto esse aplicativo, quando observo os gráficos de consumo de dados noto alguns pulinhos(reparem na imagem), sempre ocorridos após a abertura do danado.

    O Facebook, bom… uso ele só no http://m.facebook.com/ . É útil e leve, tem até mesmo a opção de gerar notificações graças a um recurso recente do Chrome.

    (Feliz aniversário, Manual do Usuário!)

      1. Eu até ativei, mas queria mesmo é que essa opção funcionasse no wi-fi. Usar Snapchat em rede móvel, no Brasil, ou é coisa de abastado ou é suicídio bancário.

    1. O meu não consome quase nada, eu uso bem pouco é verdade. Mas realmente o consumo dele no meu celular é minimo

  15. Desinstalem também o facebook messenger. Quase nunca usava e quando eu vi estava gastando 8% da minha bateria. Com a retirada dos aplicativos do facebook e alguns outros que eu não utilizava meu moto G de primeira geração ganhou uma sobrevida.

  16. Desinstalem também o facebook messenger. Quase nunca usava e quando eu vi estava gastando 8% da minha bateria. Com a retirada dos aplicativos do facebook e alguns outros que eu não utilizava meu moto G de primeira geração ganhou uma sobrevida.

  17. Usar o Facebook no smartphone via navegador é bem ruim e o Facebook Lite, no Moto X 2014, tem uma performance horrorosa.

    Por isso mantenho o app principal. Infelizmente.

    1. Tenho um Moto X Style e realmente, o Facebook Lite tem uma performance horrível, achei até que era algo com o celular.

    2. Eu acostumei a usar no navegador, sem contar que agora as notificações aparecem, como no aplicativo.

    3. No meu Moto X 2013 também é péssimo o Lite e o Facebook oficial chega a travar o celular, coisa que nunca aconteceu com qualquer outro app. Atualmente uso o FaceLOOK e tem atendido bem.

  18. ja falei isso em outro post mas vou falar de novo..
    usem o facebook no chrome.. economiza bateria, te salva da bronca com o chefe por causa das notificações e só consome seus míseros megabytes do pacote de dados da operadora somente quando VOCÊ QUER!

  19. Tirei esse cavalo de troia do meu iPad e com isso economizei espaço (cerca de 500mb), muita bateria e dor de cabeça! Uso no Safari mesmo é mais limitado mas evita esse tipo de coisa.

  20. Vi aqui no iPhone e realmente tava comendo bateria em 2º plano (mesmo eu tendo desativado tudo).
    Talvez seja porque tem integração nativa com o iOS, mas de qq forma eu já desinstalei.
    Nem tava gastando tanta bateria assim (2% no meu caso), mas achei sacanagem!

    Criei um atalho pro site na home e pronto.

    Valeu pela dica :)

  21. Tomei a decisão de tirar esse glutão depois de meia hora de uso ter consumido módicos 20℅ da minha bateria, bem grande por sinal. Cinco minutos no APP consomem de dados da operadora o que não me e consumido em um dia nos outros serviços. Pior de todos.

  22. Tomei a decisão de tirar esse glutão depois de meia hora de uso ter consumido módicos 20℅ da minha bateria, bem grande por sinal. Cinco minutos no APP consomem de dados da operadora o que não me e consumido em um dia nos outros serviços. Pior de todos.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!