Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

9 comentários

  1. A Anitta não é uma administradora controladora e que, ao que eu me lembre, comete assédio moral com seus funcionários, incluindo familiares? Ela pode ser boa, mas não é muito condizente o Nubank, considerando seus valores (que vira e mexe eu via no linkedin antes de deletá-lo), contratá-la.

      1. Então Ghedin, quando saiu um documentário dela no ano passado ou início desse ano, no documentário tem sinais claros dessa abusividade. Já trabalhei com direito trabalhista, e o que se apresenta, na maneira como ela trata os funcionários (ou mesmo sócios, como ela afirmou em um momento) é assédio moral.

        Eu havia salvo no meu pc um artigo que realizava essa analise, mas tive o azar do meu hd falhar no início do ano e eu perdi tudo (incluindo umas 2 mil fotos) e não consegui localizar. Mas existem algumas boas fontes, incluindo uma análise publicada na CNN, e um fio no Twitter (é assim que fala, fio?).

        https://www.cnnbrasil.com.br/business/2020/12/24/anitta-cometeu-assedio-moral-o-que-a-serie-made-in-honorio-ensina-a-gestores
        https://twitter.com/natalierosa/status/1339545761789390851

        E tem essa matéria do Uol, que tem um formato estranho mas aponta bem esse caráter dela que eu comentei antes: https://www.uol.com.br/splash/noticias/2020/12/20/especialista-avalia-anitta-como-chefe-ser-famosa-nao-da-direito-a-abuso.htm

        Pelo o que pesquisei, não encontrei nenhum processo contra ela por estes abusos, mas não estranharia que os funcionários e sócios tenham algum receio.

        1. Não justifica a atitude dela, mas eram sócios, não funcionários. Na escala hierárquica, sócios estão no mesmo nível. Talvez a Anitta tenha mais peso ali por ser a face pública do negócio, mas acho que é diferente de uma situação chefe–funcionário. Enfim, como disse, não justifica ser mal educada.

          E… olha, vou falar aqui também sem conhecimento empírico, mas duvido muito, muito mesmo, que qualquer banco e/ou startup bilionária tenha um ambiente humanizado, livre de qualquer espécie de abuso. Se isso fosse pré-requisito para alguém contratar ou ser contratado, o mercado travaria.

      2. E Ghedin, esse seu comentário me acendeu o alerta de evitar acusar e, se for comentar algo, colocar fontes e deixar em um tom para uma discussão amigável e menos acusação. Tenho estado muito tenso, desde que iniciou a pandemia e fiquei em casa não consigo relaxar. Já cortei noticiário, diminui a quantidade de notícias que eu leio por semana, saí de redes sociais, mas continuo estressado e tenso.

        1. Eu também estou bem pior nesse sentido, Henrique, e tenho tomado algumas atitudes, entre elas reduzir drasticamente o consumo de notícias, para mitigar o estrago. Obrigado por levar na boa o meu questionamento.

  2. Anitta conselheira de banco, Larissa Manoela com operadora de celular…

    2022 será o ano do Tiririca na presidência.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário