Anúncio Black Friday: Assine a NordVPN com 72% de desconto

YouTube amplia políticas contra vídeos anti-vacina

O YouTube expandiu suas regras contra desinformação médica na plataforma. A partir de agora, serão removidos vídeos “com alegações falsas de que vacinas aprovadas são perigosas, causam danos crônicos à saúde e não reduzem as chances de transmitir/contrair doenças ou conteúdo com desinformação sobre as substâncias contidas nesses imunizantes”. As novas diretrizes se aplicam a todas as vacinas aprovadas e consideradas seguras pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Elas são retroativas, ou seja, atingem vídeos antigos, mas deve levar algum tempo para que surtam efeito em toda a plataforma. Via YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários

  1. Uma dúvida: o MDU é a favor ou contra a política do youtube?
    Pergunto porque a nota não deixa claro. Não que precise, claro. É que pela política do site, de ser contra bigtechs e tals, imagino que o Ghedin seja contra uma bigtech controlar e dizer o que pode e o que não pode, o que é e o que não é ciência, etc.

    1. É um campo minado, por esse risco que você mencionou, de transformarmos redes sociais em árbitros da verdade. Por outro lado, dentro de um universo razoável, é até esperado que toda comunidade online defina regras de convivência e não me parece descabido, pelo histórico recente e risco à vida que isso implica, em fechar o cerco da desinformação relacionada a vacinas.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário