Ilustração do Material Design.

6 vídeos para entender (e contemplar) o Material Design, a nova linguagem visual do Google


12/11/14 às 10h35

Se você usa algum aplicativo próprio do Google talvez já tenha percebido que ele está de cara nova. Ou algum app de terceiro. Há algo diferente no ar, ou melhor, na palma da sua mão… Isso, amigos, amigo, é o Material Design em ação.

A nova linguagem visual do Google foi apresentada na conferência Google I/O desse ano. O Material Design é uma evolução do design de cartões, típico do Google Now e que se espalhou a outras áreas, mas agora com foco em profundidade e movimento, e amparado por cores chapadas.

Falando em sistema, é bom se acostumar ao Material Design: sua influência dentro do Google é tão grande que tudo está sendo feito dessa forma. Android 5.0, Android Wear, web apps e até aplicativos para outras plataformas, como o iOS, têm formas, cores e movimentos padronizados. O ideal do Google é manter a familiaridade dos seus produtos independentemente de onde eles sejam usados.

Como imagens falam mais que palavras, selecionamos alguns vídeos para demonstrar o que é, na prática, o Material Design.

Material Design

Este vídeo dá uma boa ideia da parte movimento do Material Design:

Na entrevista abaixo, Mathias Duarte, VP de design do Google, ele explica ao site Mashable que criou versões em papel dos ícones usados no Android 5.0 para verificar e reproduzir digitalmente as sombras formadas pelas camadas de cada um deles:

Gmail

Além do visual e animações característicos, o novo Gmail também ganhou a capacidade de lidar com contas de e-mail diversas, como do Yahoo Mail, Outlook.com e de servidores Exchange.

Inbox

Este é o novo app de email (ou só do Gmail, no caso) do Google. Ele só é acessível por convites e conta com novas possibilidades: você pode criar destaques, lembretes, grupos e etc, numa interface moderna e que lembra quase a timeline de uma rede social.

Agenda

Esse não foi só atualizado, foi revolucionado. De um aplicativo de agenda com um visual bem normalzinho, o Google Agenda mudou para ser o aplicativo de agenda. Agora ele entende os eventos que estão na sua caixa de entrada, oferece previsões de eventos na hora de digitar e um modo de visão por eventos que está uma beleza. Infelizmente o aplicativo ainda não saiu, mas o Google promete que chegará “nas próximas semanas” (inclusive com versão para iOS, como os outros apps citados aqui).

Outros apps — do Google e de terceiros

A central de comunicação do Google, que tem até discador VOIP, também ficou mais elegante. Ficou mais fácil alternar entre suas contas e entre números/contas de um contato no Hangouts, também já contemplado com o Material Design. O Google Maps também está diferente, mais bonito e útil, bem como o Chrome, o primeiro app a receber o novo tratamento estético.

O novo visual do Google Maps em diferentes plataformas.
Imagem: Google.

Os “apps Play” também foram atualizados. Navegar por jogos, notícias, livros, músicas, filmes e até aplicativos, claro, ficou muito mais fácil com o Material Design. As transições ficaram fluídas e sempre há a barra de navegação ao pressionar o botão de menu, na parte superior esquerda.

E sem restrição, apps de terceiros também podem se aproveitar do Material Design. Alguns bons exemplos são o novo Tumblr e o Reddit News Pro:

Você conhece algum outro app já atualizado com o Material Design? Comente aí embaixo.

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês