Como usar o WhatsApp no computador


4/12/14 às 9h50

Alguns padrões que emergem entre os usuários são difíceis de entender. Um deles, para mim, é o uso do WhatsApp como ferramenta de trabalho, principalmente em tarefas que exigem um PC como escrita ou produção de vídeos, ou para gerenciar grupos na faculdade. Quando me vejo na situação, ter que alternar entre o teclado físico do computador e o celular apenas para conversar com alguém da equipe acaba sendo algo extremamente contraproducente. O problema é que quase sempre sou voto vencido na sugestão de uma alternativa.

E não é que elas faltem. A abordagem como a do Telegram e do Slack, com aplicativos móveis e web/desktop, existe e é melhor nesse cenário. Afinal, tenho a comodidade do teclado físico do mesmo dispositivo onde desempenho o trabalho e, de quebra, a companhia do app móvel quando não estou na minha estação. Mas vai convencer o povo. É difícil :-)

A solução é, então, levar o WhatsApp para o PC. Coisa que, como vim a descobrir, não é tão fácil. O WhatsApp só se conecta a um dispositivo por vez, logo coisas como o BlueStacks, que permite instalar apps Android em computadores Windows, não resolvem — nem sei se ele consegue manter seu número verdadeiro e, mesmo que sim, ao logar aqui seu smartphone é desconectado.

Abaixo, mostro quatro formas de poder usar o teclado físico e o conforto da tela grande do seu desktop ou notebook para conversar pelo WhatsApp — uma delas, oficial. Com exceção dessa última todas as dicas deste post são para Android. E o iOS, coitado, é o único não contemplado por nenhuma das quatro. Em alguma coisa relacionada a apps ele tinha que ser o pior, né?

WhatsApp Web, a solução oficial via código QR

Acesse o WhatsApp pelo navegador com a solução oficial.

Em janeiro de 2015 o WhatsApp oferece um “atalho” para usá-lo no navegador, a sua aguardada e ansiada versão web. É preciso manter o smartphone conectado para que o espelhamento, que contempla todas as mensagens e conversas, funcione. O recurso é compatível com Android, Windows Phone e BlackBerry, e exige a última versão do app.

Para usá-la, entre em web.whatsapp.com no Chrome (só funciona nele) do seu PC. Pegue o smartphone, abra o WhatsApp e aponte a câmera para ao código QR que aparece na página. Nessa mesma página há instruções específicas para cada plataforma de onde encontrar o lugar exato para fazer o scan; no caso do Android, entre no menu e, depois, toque em WhatsApp Web.

Se tudo correr bem, a conexão será estabelecida e você poderá conversar com seus amigos do WhatsApp via navegador, digitando no teclado físico e recebendo notificações.

Espelhamento da tela com Samsung e Asus

Outra saída é levar o smartphone ao computador fazendo o espelhamento total do Android — com suporte a teclado e mouse. Algumas fabricantes oferecem o recurso nativamente. A Samsung tem um negócio chamado SideSync e é bem avançado. Dá para espelhar a tela do smartphone no PC ou apenas levar o cursor do mouse e o teclado para a telinha do celular. O vídeo abaixo explica:

A Asus, com os recém-lançados Zenfone 5 e 6, também tem uma solução do tipo, o PC Link. O app replica na tela do computador a interface do smartphone e essa é totalmente interativa com mouse e teclado:

Zenfone 6 conectado ao computador via PC Link.

O único detalhe é que, no momento, o PC Link não entende letras acentuadas, então um “não” acaba virando “no” e “você”, “voc”.

Ambas as soluções resolvem se você tem um smartphone Samsung ou Asus. Mas e para as outras marcas?

PushBullet ou AirDroid

Aqui as coisas ficam um pouco mais complicadas, mas depois de pronta, é das mais elegantes. O PushBullet é um app gratuito bastante engenhoso que habilita um “diálogo” entre computador e smartphone. Com ele, é possível passar links, fotos, arquivos e outros materiais de um para outro de um jeito bem elegante.

O Quick Reply for PushBullet é um app que depende do PushBullet, mas foi criado por um terceiro e é vendido à parte (~R$ 5). Apesar disso, conta com a bênção do desenvolvedor do PushBullet e parece funcionar certinho, como o vídeo abaixo demonstra:

O Quick Reply não é tão trivial de ser instalado: é preciso que o seu aparelho tenha sido rooteado e ter instalado um tal de BusyBox. Ultrapassadas essas barreiras, novas mensagens surgirão no seu computador via notificação e, com um clique, uma janela se abrirá para que você as responda.

Outra solução, essa recém-saída do forno, é o AirDroid 3. Este app é antigo, só que a nova versão trouxe diversas melhorias — entre elas o AirMirror, que faz o que você está pensando. Detalhe chato: por ora, só com rooting também.

AirMirror, novidade do AirDroid 3.

No anúncio do AirDroid 3, os desenvolvedores informaram que estão negociando com fabricantes e operadoras para implementarem suporte nativo ao AirMirror em seus aparelhos. Como isso é um processo longo e que provavelmente não será retroativo (ou seja, só valerá para modelos novos), se o WhatsApp no PC for imprescindível a você talvez valha a pena mergulhar no mundo do rooting.

O que é rooting?

Ao fazer rooting no seu smartphone Android, em termos grosseiros você remove algumas limitações impostas pela fabricante por questões de segurança ou estratégia. Em geral são partes do sistema e comandos avançados que, sem muito cuidado, podem causar estragos.

Claro que o pessoal não faz rooting para destruir seus aparelhos, né? A motivação é poder instalar apps malucos e até úteis, como utilitários de backup avançados, overclock do processador, gravadores de tela em vídeo, remoção de apps da operadora e bloqueadores de anúncios — aqui tem uma lista de 30 bons apps que só rodam nessa condição. Problema? Além do risco (mínimo, é verdade) de inutilizar o aparelho, o procedimento pode anular a garantia. (Algumas ferramentas, como a VRoot, prometem o rooting sem violação da garantia.)

“Legal, mas como fazer rooting?” Depende do seu smartphone. Alguns são mais fáceis, outros, mais complicados e uns tantos outros impossíveis por limitações da plataforma ou má vontade da fabricante. Faça uma pesquisa no Google pelo nome do seu smartphone + root e procure por tutoriais em sites que emanem alguma confiança — XDA-Developers é quase sempre a melhor pedida, mas há outros sites que também disponibilizam bons tutoriais.


Você conhece alguma outra forma de usar o WhatsApp pelo computador? Se sim, compartilhe com a gente aí embaixo, nos comentários.

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês