Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

O Google vai levar os tablets Android a sério pra valer?

Desde o Ice Cream Sandwich, o Google não se importa muito com os tablets Android. Desde o fim do Nexus 7, o Google não se importa mesmo com os tablets Android e que o futuro seriam os tablets Chrome OS. No entanto, existem sinais, fortes sinais de que alguma coisa mudou dentro do Google em relação a tablets Android.

Não apenas pelo Entertainment Space, para os tablets usados como receptores de streaming, e o Kids Zone, para os tablets infantis, não apenas pelo Android 12L vindo aí — embora o 12L tenha como foco principal os dobráveis, muitos dos desafios dos dobráveis são exatamente os mesmos dos tablets —, mas também, e principalmente, por gente chegando.

Em algum momento do ano passado, beta 2 do Android 12L para o Lenovo P12 Pro.


Pinguins Móveis é uma newsletter semanal documentando e analisando a marcha do Linux por todos os cantos da eletrônica de consumo — e, portanto, das nossas vidas. Inscreva-se aqui.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

3 comentários

  1. Pelas contas eu já tive uns três modelos de tablet com Android e posso dizer que foi uma péssima experiência. Android é pra celular! Penso que, se querem mesmo um tablet com algum produto do Google, que seja com o ChromeOS (será que é uma boa?) ou então com o Fuchsia, e ainda sim duvido que vai emplacar. A Apple vem tentando alavancar o iPad e de alguma forma até tem se dado bem, afinal iPad é iPad, o resto é imitação. Meu ponto de vista ;-)

  2. eu tenho um e realmente a única diferente para um smartphone é a tela grande, seria legal ter uns diferenciais.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário