Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

Post livre #18

Este post é apenas um pretexto para conversarmos nos comentários. Entre, mande um comentário sobre o que quiser, responda os demais, e só. Simples assim. É sério!

170 comentários

  1. Queria dizer que estou usando um windows phone (lumia 520) a uma semana e: saudades do meu moto g ja, na real saudades do android, faz muita falta.

      1. A tela do meu quebrou etc, dai ficou divida no meio com uma parte acesa (branca) e outra parte apagada. No demais, foi bom pra finalmente ver qual é a do windows phone, e realmente, eu nunca usaria esse sistema :/

        1. Ah sim, quebrei o meu Moto X de segunda geração…é tão caro arrumar que vou esperar mais e trocar o telefone inteiro ano que vem haha

          Eu realmente vejo poucos motivos para usar Windows Phone, tirando o preço e mesmo assim…

          1. Puts, essa semana vou peneirar preços por aqui pra ver se vale a pena consertar o meu e tal, espero que sim.

            To na mesma que você, seria um bom segundo celular, porem, o sistema mata (pra mim), até compraria um alcatel como segundo celular, apesar do android dele não ser la essas coisas, mas é um android né…

  2. eu sei que já perguntaram isso antes, mas acabei esquecendo: como que cê faz mesmo pra colocar aquelas notinhas nos botões de reticência nos textos?

  3. Essa tendência de telha-fone vai passar? Queria um smartphone bom e com tela de até 4″. só iphone mesmo? tem aquele z3 compact mas ele já é meio largo..fora as bordas..

    1. Só se você pegar um iPhone 4S. Reclamam tanto que não tem Android pequeno, mas quando tem reclamam também. Fora que as bordas do iPhone são absurdas também.

      A LG tem smartphones com bordas menores.

  4. Meu Moto Maxx já saiu da transportadora rumo a minha casa. Desde o Galaxy Y eu não mexo em Androids. Vocês indicam alguns sites de referência? Procuro também guias de “primeiras ações a se fazer com seu novo android” como por exemplo configurar a conta Google, contatos, rastreamento em caso de perda ou roubo, remoção de aplicativos do capeta, esse tipo de coisa.

    1. Tecmundo, canal dudroid, eu sou Android, tudo celular , Androidpit ( brasileiro e inglês) , tech tudo, adrenaline ,

    2. Ao logar com o sua conta Google (pode ser na configuração inicial ou depois, via Configurações), ele já puxa contatos e ativa o rastreamento em caso de perda ou roubo — e você monitora isso por aqui: https://www.google.com/android/devicemanager

      Não tem muito segredo, acho. Quase todos os apps do iPhone têm versão ou similar para Android, e o sistema está bastante intuitivo. Isso, claro, descontando as coisas malucas que a natureza mais aberta do Android permite. Mas se for para uso normal, é de boa.

    3. Bastante coisa mudou no Android desde seu Galaxy Y, mas os conceitos básicos – widgets, homescreens e tals – continuam os mesmos, só que mais bonitinhos. Ao meu ver, esse conceito é o que mais impacta pra quem vem do iOS. Tendo uma noção dele, é meio caminho andado.

      Aproveitando, recomendo bastante o Cerberus, pra rastreamento: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.lsdroid.cerberus&hl=pt_BR
      Ele é bem mais completo que a solução padrão do Android, e ainda permite o bloqueio remoto e o rastreamento por SMS. Uma baita mão na roda se seu aparelho parar numa quebrada sem 3G. E ele também pode impedir que o ladrão desligue o celular bloqueando o menu de energia na tela de bloqueio.
      É um app pago (a licença deve estar uns 10, 12 reais), mas vale muito a pena.

  5. @ghedin:disqus permissão para debater sobre menoridade penal? Não tenho opinião formada e procuro gente boa para me elucidar.

    1. eu já me vejo, com a minha bicicletinha, explicando leis de trânsito a um garoto de dezesseis anos, em seu camaro novinho, e porque ele precisa guiar com prudência… tb vejo a inutilidade dessa conversa, pq depois de ter bebidos umas e outras, quem é q consegue discutir leis?

      1. falácia.

        o artigo 5º da constituição de 1998 diz:
        (…)
        II – ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;

        o estatuto do desarmamento promulgado pelo Lula proíbe menores de 25 anos de terem porte de arma;

        1. Eu perdi algo? Ele está discutindo sobre jovens dirigindo, não sobre porte de arma.

          1. na verdade, ele está replicando o comentário do ministro da justiça petista, que disse que, em caso de redução da maioridade, supostamente daria a permissão para jovens a partir de 16 permissão para dirigir, o que não é verdade, uma vez que a constituição (a parte que citei) fornece exceção aos direitos e deveres. O estatuto do desarmamento é um exemplo, pois restringe o porte de armas a maiores de 25 anos, se seguisse pelo raciocínio dele, hoje, jovens de 18 anos poderiam solicitar o porte de arma, uma vez que a maioridade hoje é 18 anos, mas não é o que acontece graças ao estatuto.

          2. Na verdade o requisito para poder dirigir, é ser penalmente imputável, logo, a menos que seja revisto, vamos ver ainda mais pessoas dirigindo a partir dos 16 anos.

          3. Não entro no mérito do porte de armas, mas para dirigir, se for aprovado iremos ver mais pessoas dirigindo, dado à falta de esclarecimento da lei, que apenas pede a imputabilidade como pré-requisito, no porte de armas a lei define bem, maior de 25 anos, mas temos muito a ver e estudar antes de aprovar a PEC.

          4. não estou replicando não. minha esposa é adv e ela me esclareceu as consequências disso e vai ser nesse sentido, liberar várias coisas, como a bebida e a direção…

    2. recomendo que você (e todos) assistam o documentario americano “Kids for Cash”, acho que isso vai te elucidar bastante, e mostrar o real motivo dessa galera ai “peixe grande” da politica querer essa redução

    3. no uol saiu um texto com depoimentos de menores “recuperados”, mas note que esses menores praticaram crimes leves, tipo roubos e tráfico, mas não praticaram assassinatos ou estupros ou preconceito racial, que são considerado crimes hediondos…

      http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2015/06/30/menores-ex-internos-relatam-experiencias-e-opinam-sobre-reducao-da-maioridade-penal.htm

      outros foram aprovados para o vestibulinho das escolas técnicas, mas também foram jovens que praticaram delitos leves e que quiseram abandonar o crime, veja este vídeo da tv gazeta:

      http://www.tvgazeta.com.br/?videos=adolescentes-da-fundacao-casa-em-escolas-tecnicas

      agora te pergunto: você acha que assassinos, estupradores e outros praticantes de crimes hediondos podem ser recuperados? para crimes de racismo e homofobia prisão inafiançável é solução?

    4. no uol saiu um texto com depoimentos de menores “recuperados”, mas note que esses menores praticaram crimes leves, tipo roubos e tráfico, mas não praticaram assassinatos ou estupros ou preconceito racial, que são considerado crimes hediondos…

      http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2015/06/30/menores-ex-internos-relatam-experiencias-e-opinam-sobre-reducao-da-maioridade-penal.htm

      outros foram aprovados para o vestibulinho das escolas técnicas, mas também foram jovens que praticaram delitos leves e que quiseram abandonar o crime, veja este vídeo da tv gazeta:

      http://www.tvgazeta.com.br/?videos=adolescentes-da-fundacao-casa-em-escolas-tecnicas

      agora te pergunto: você acha que assassinos, estupradores e outros praticantes de crimes hediondos podem ser recuperados? para crimes de racismo e homofobia prisão inafiançável é solução?

      1. Do ponto de vista psicológico, desde que não possuam nenhum tipo doença mental, podem sim ser recuperados, mas é caro e que demanda tempo e dinheiro.

    5. dada a seletividade do judiciário e da ineficácia em aprisionar pra resolver problemas (especialmente aqueles q não envolvem violência grave como assassinato, estupro etc) sou contra a redução e tb contrário ao discurso uníssono dos parlamentares q apoiam a redução especialmente na figura de keiko ota, que tirando o fato dela estar explorando a morte do filho, se diz solidária as mães que perderam seus filhos, mas não diz que é solidária, por exemplo, as mães de maio, que tiveram seus filhos vitimados pelo estado de sp há não muito tempo qdo da reação aos ataques do PCC. keiko ota teve seu filho morto por dois policiais que trabalhavam pra sua família. o crime foi atroz e eu me lembro dele… qto a crueldade, a violência gratuita e extremada, ela pode vir de um jovem, adulto ou idoso… dependendo do perfil psiquiátrico de um criminoso q comete crimes violentos é claro q o q seria melhor é ele ser afastado da sociedade… mas o q fazer, por exemplo, com o champinha (q apesar da juventude foi apontado como o líder, envolvendo maiores, de outro crime atroz aqui em sp)? aparentemente o champinha não tem solução, mas será q o estado deve desistir dele? espero q não e compartilho aqui dados q são igualmente cruéis e demonstram como nosso estado (em todas as esferas) estão se lixando pra gente: a redução do analfabetismo entre adultos vai diminuir (ótima notícia), porque o governo federal está esperando que os analfabetos idosos… morram naturalmente pra que o índice caia! ou seja, ao invés de educá-los, esperamos q morram pra baixar o índice. puta merda… veja se isso tem cabimento na pátria educadora!? ouvi isso do daniel cara, q é um envolvido na área de educação e tenta influenciar políticas públicas. existem muitas formas de tentar influenciar na questão da redução, mas é notório q ela não resolverá nada, pq o problema da redução da violência não se faz assim, prendendo os menores e tal… tenho acompanhado mais o tema e q tudo indique é q o verdadeiro interesse dos parlamentares está na redução e no aumento do encarceramento é a privatização do sistema carcerário… daí veremos q será um ótimo negócio prender as pessoas. o q eu vejo são tempos sombrios pela frente.

      e uma foto pra celebrar as ações de estado (de sp, mas os outros vão nessa toada) voltadas à vida:

    6. dada a seletividade do judiciário e da ineficácia em aprisionar pra resolver problemas (especialmente aqueles q não envolvem violência grave como assassinato, estupro etc) sou contra a redução e tb contrário ao discurso uníssono dos parlamentares q apoiam a redução especialmente na figura de keiko ota, que tirando o fato dela estar explorando a morte do filho, se diz solidária as mães que perderam seus filhos, mas não diz que é solidária, por exemplo, as mães de maio, que tiveram seus filhos vitimados pelo estado de sp há não muito tempo qdo da reação aos ataques do PCC. keiko ota teve seu filho morto por dois policiais que trabalhavam pra sua família. o crime foi atroz e eu me lembro dele… qto a crueldade, a violência gratuita e extremada, ela pode vir de um jovem, adulto ou idoso… dependendo do perfil psiquiátrico de um criminoso q comete crimes violentos é claro q o q seria melhor é ele ser afastado da sociedade… mas o q fazer, por exemplo, com o champinha (q apesar da juventude foi apontado como o líder, envolvendo maiores, de outro crime atroz aqui em sp)? aparentemente o champinha não tem solução, mas será q o estado deve desistir dele? espero q não e compartilho aqui dados q são igualmente cruéis e demonstram como nosso estado (em todas as esferas) estão se lixando pra gente: a redução do analfabetismo entre adultos vai diminuir (ótima notícia), porque o governo federal está esperando que os analfabetos idosos… morram naturalmente pra que o índice caia! ou seja, ao invés de educá-los, esperamos q morram pra baixar o índice. puta merda… veja se isso tem cabimento na pátria educadora!? ouvi isso do daniel cara, q é um envolvido na área de educação e tenta influenciar políticas públicas. existem muitas formas de tentar influenciar na questão da redução, mas é notório q ela não resolverá nada, pq o problema da redução da violência não se faz assim, prendendo os menores e tal… tenho acompanhado mais o tema e q tudo indique é q o verdadeiro interesse dos parlamentares está na redução e no aumento do encarceramento é a privatização do sistema carcerário… daí veremos q será um ótimo negócio prender as pessoas. o q eu vejo são tempos sombrios pela frente.

      e uma foto pra celebrar as ações de estado (de sp, mas os outros vão nessa toada) voltadas à vida:

      1. Como li bastante, o que falta para o Brasil é maturidade e dados. Não temos debates com dados reais, e sim dados emotivos com base em casos que tiveram muito apelo da mídia. Não temos condição hoje de aumentar a população carcerária, pelo custo e pela ineficácia das mesmas.

        Percebo que estamos tentando arrumar o problema onde ele termina, e não vejo iniciativas para tentar evitar a criminalidade, pode-se até argumentar que como solução momentânea a menoridade pode funcionar, mas será muito custoso, pois haverá muitas implicações.

        Assim como, aquele dado de que apenas 0.013% é um dado que está sendo muito usado e ninguém consegue confirmar, logo deve ser desconsiderado, assim como um jovem de 16~17 anos junto de marginais profissionais vai dificultar muito a reabilitação do mesmo.

        Espero que todos pensem bem nas implicações de tudo, e ponderem se na época que o Brasil se encontra agora, vale todo esse investimento numa época de crise.

    1. essa relação tb existia antes… qdo comecei estudar fotografia, as máquinas eram analógicas (acho q nem tinha digital ou era muito caro, sei lá, era em 2000), tirei muitas fotos e dei pouca atenção a uma boa parte delas. só reveleva uma parte no lab… e era foda (e caro) revelar, pq a chance de perder tudo numa burrada era grande… os dias de hj são bem mais práticos. se vc tem um bom olhar, vc tira poucas fotos, pq já antevê o trabalho q vai ter depois no tratamento (dá pra apagar uma porção delas na própria máquina mesmo). e depois vc imprime as boas e as vê qdo quiser… acho q tem um exagero aí no infográfico. fotógrafos das antigas tem acervos de milhares de negativos… o lartigue tirava foto desde os 4 anos de idade!!! e isso no início do século xx. se ele tivesse nascido há 4 anos teria o mesmo ímpeto.

  6. Alguém aí com cyanogen? Pra alguém com o moto x2, ou seja, livre de interfaces proprietárias, é negócio fazer root e flasehar?

    1. Root, talvez, flashear, não vejo muita vantagem. O diferencial do Moto X são os apps proprietários (voz, tela, assist, etc), e eles não funcionam na CM. Ela também tem uns recursos bem legais (tipo desligar a tela com 2 toques na barra de notificação e o ABENÇOADO botão de reiniciar no menu!), mas botando na balança, vejo os do Moto X mais úteis.
      Opinião de um ex-dono de Nexus 4 com tudo que é versão de CM compatível, e agora feliz da vida com um Moto X2 intocado, sem root e com rom stock. ;)

    2. queria instalar no meu lg pad 8.3, mas tenho muita preguiça. bem q poderia ter uma barraquinha fazendo isso por uns 20 mangos.

        1. não q esteja ruim agora… mas vou pegar uma hora e tentar a troca. abs.

    3. Acho que vale muito a pena.
      No 12.1, a tela ambiente, o equivalente Google da Moto Tela, funciona perfeitamente. O telefone também fica escutando quando está com a tela desligada, e usa o Google Now, Voice, sei lá.
      Na minha opinião é a melhor coisa. Sem contar que vc pode instalar uma versão reduzida dos Google Apps.

    4. Tem o CyanogenMod e outras alternativas também. Recomendo você ir no site oficial da BlissPop.

      Eles têm um Android puro, mas bem mais completo que o CyanogenMod.

  7. Que músicas, bandas ou gêneros vocês andam ouvindo ultimamente?
    de internacional eu to ouvindo Imperial State Electric e de nacional os Selvagens a procura da Lei

    1. tava ouvindo um álbum com canções do paulo vanzollini. o álbum chama “acerto de contas”. tem umas 50 músicas dele. é um artista essencial aqui de sp, talvez vc o conheça. faleceu não faz muito tempo, infelizmente… tem o leon bridges q recomendo fortemente. e agora há pouco ouvia o kraftwerk, pq ouvi o “tour de france” na trilha sonora de um vídeo q a folha de sp fez sobre a ciclovia da paulista… é bem legal. e tb tava de olho na trilha sonora do seriado hannibal. a escolhas são muito acertadas (com episódios, cenas e personagens). dá um bom panorâma da música clássica aos ouvidos do q seria a preferência refinada de um psicopata como o criado na série. a série tb é muito boa. essa terceira termporada tá foda, mas já virou algo quase experimental, sei lá. desculpe, fugiu um pouco da pergunta. esqueci de comentar, freejazz tb é bem legal. gosto de ouvir qdo estou perambulando a pé pelas ruas da cidade…

      1. Amigo você esta correto quanto a Hannibal (aproveitando que você fugiu do assunto), e não sei se você soube que essa temporada vai ser a ultima, foi cancelada a série (desculpe se você ja sabia).

        1. fiquei sabendo sim… se levarem isso adiante será uma puta cagada, pq a série é muito boa. o autor falou q precisaria de seis temporadas pra dar conta da história, então eu acho q ela continua, talvez em outro canal, mas continua. só q essa temporada atual está ainda mais, digamos, elitista, e, presumo, vai afastar uma série de pessoas q não estão lá com muita paciência para questionamentos morais, cameras lentas etc… tem uma frase martelando ainda, mas q vi na legenda, então não reparei se o hannibal disse isso mesmo; “não há moral, só moralidade”…

    2. Conheci uma banda de punk sueca que voltou a ativa esses tempos depois de 17 anos, lançaram cd esse mês, muito bom, chama Refused a banda, tenho ouvido eles.

      1. estou ouvindo o “refused”. achei o som muito bom pra ser qualificado como punk, mas ok. deve ser pq são suecos, vai saber. recomendo uma outra banda, mas nacional, “desalmado”. q vai na linha do thrash metal do “sepultura” (q é uma das q ouço com certa frequência de tempos em tempos).

    3. “selvagens a procura da lei” não conhecia e, até o momento, está me parecendo muito bom. boas letras, coisa raríssima no cenário…

    4. Tenho procurado ouvir músicas brasileiras de vocais femininos. Vanessa da Mata, Céu, Maria Gadú, Mallu Magalhães, Pitty.

      Também esses popzão de rádio (que não gosto tanto quanto os popzão de outras épocas :() e um pouco do sertanejo dançante pra aquecer nas ~baladinhas.

  8. Que músicas, bandas ou gêneros vocês andam ouvindo ultimamente?
    de internacional eu to ouvindo Imperial State Electric e de nacional os Selvagens a procura da Lei

  9. atualizei o iTunes aqui no pc e chegou o apple music (e a logo do iTunes mudou tambem, de novo)

  10. Venho à trazer mais um tema polemico por aqui. Se Taylor Swift acha que a música dela não merece ser ouvida por quem não paga, porque ainda toca nas rádios?

    1. se a appel music tivesse o selo da Deutsche Grammophon eu trocava, pq atualmente uso rdio e estou bem satisfeito, apesar de lacunas em gêneros q eu gosto (jazz e clássicos, por exemplo). qto a tylor swift q, desculpem a ignorância, era tão anônima pra mim qto o cristiano araújo… sem a mtv me sinto perdido no mundo da música pop… antes eu sabia quem era quem e tal.

      1. Estou esperando eles, a Apple, liberar o iTunes Match com 100K para armazenamento, mas pelos reviews do Apple Music, ele ajuda bastante na descoberta de novas músicas/bandas assim como outros serviços, mas faz isso melhor. já usei o Rdio,Spotify, Deezer e GMusic mas voltei para o iPod, não quero conhecer novas bandas toda hora, prefiro ficar com as minhas playlists e escutar o que gosto, vira e mexe o Genius mostrava alguma banda que eu pudesse gostar e eu ouvia um pouco se gostasse comprava um disco no iTunes. Citei a Taylor Swift dado ao estardalhaço que ela tem feito no mundo de streaming por conta de não ser paga, e usar o discurso de todo artista deve ser pago, que concordo totalmente, mas ela usar isso como truque para ser paga, dada a sua popularidade, me deixou com uma impressão muito gananciosa da parte dela. Onde, ela usa histórias de um compositor que sofre para pagar suas dívidas que vai ter que esperar 3 meses para ser pago, mas ela esquece que esse compositor já recebe dos outros serviços, pois a maioria dos serviços de streaming tem o mesmo catalogo. Não sei, posso estar errado, mas acho que ela pode acabar se arrependendo de apenas querer ganhar dinheiro e não aproveitar a chance de ganhar ainda mais fans. Acho que serviços gratuitos com base em anúncios como forma de renda, é apenas uma evolução do rádio de como era, mas isso segundo a mesma, fere a arte e prejudica a industria.

        1. tb achei essa história um tanto exagerada, mas não me parece correto a apple dar amostra grátis do seu serviço usando a produção alheia, exceto, claro q tenha rolado um acordo com as gravadoras, o q não me pareceu o caso e o q me parece inviável dada a quantidade selos disponíveis. como a apple joga pesado em termos comerciais, não esperaria posicionamento diferente ante os artistas: a apple tem poder e os artistas influência. a taylor parece ter usado a influência dela e deu certo… mas não parece ter mobilizado outros artistas. não acompanhei muito a questão, na verdade, então não vi os desdobramentos… mas o correto é o artista receber o seu, evidentemente. especialmente os artistias independentes e com menos influência… a taylor, presumo, já está com os bolsos bem cheios.

          1. Todos os serviços tem um trial, tudo bem o trial da Apple era bem extenso, mais como é uma plataforma nova, acho válido. A Taylor é a mais bem sucedida artista pop do momento, e ela não quer apoio dos outros artistas pois ela é de uma gravadora independente, ou seja, vai ainda mais dinheiro para ela. Ela deu seu selo de aprovação para o Tidal pois ele é de gente do ramo, e criticou e removeu seu albúm do Spotify por ele ter um tier gratuito

          2. Vixe… Nunca me preocupei muito, mas se um dia descobrir q o rdio fode or artistas eu troco pra um q não faça isso. Mas nunca vi queixas dos artistas, então… E como muitos brasileiros colocam suas músicas lá, presumo q seja bom pra eles.

          3. Na verdade eu acho que eles botam a musica deles la só para ela se “espalhar” e a galera ter alguma forma de conhecer, dinheiro com certeza deve ser micharia (eu acho), dai as pessoas conhecendo por la, eles tem mais publico, dai mais shows, e ai sim lucro.

          4. Na verdade eu acho que eles botam a musica deles la só para ela se “espalhar” e a galera ter alguma forma de conhecer, dinheiro com certeza deve ser micharia (eu acho), dai as pessoas conhecendo por la, eles tem mais publico, dai mais shows, e ai sim lucro.

          5. E outra, rádio não é sob demanda. Num serviço de streaming, eu ouço uma música/artista quando quiser, na rádio, fico preso à programação. Duas coisas bem diferentes.

          6. rádio sob demanda é realmente muito bom, mas eu ainda ouço bastante a rádio cultura fm de sp pelo tunein. os programas q eles têm, as seleções musicais… é boa e velha curadoria, edição e seleção q sempre existiu e q nos fazem crer parece ter sido inventada ontem qdo ressaltam q uma nova profissão surgiu: a de “curador de conteúdo”. e saiu um texto bem legal na revista piauí falando sobre a força conservadora na qual se transformou a… rádio jovem pan. e tem tb as transmissões esportivas pelo rádio q eu acho, na maioria das vezes, bem mais legal q ver um jogo de futebol na tv com aquelas narrações modorrentas e cheias de embromação…

          7. nossa, cara. que merreca… pra valer mesmo o cara tem q ser ouvido milhares de vezes… e, pelo visto, só os mais famosos são ouvidos milhares de vezes e esses, presumo, já tem uma bela gaita no bolso… achei decepcionante o valor, de verdade. a música de alguém de não deveria valer tão pouco assim. estou até me sentindo um explorador agora. caraca… o google até q paga um pouco melhor, mas ainda é pouco: se um cara for ouvido umas mil vezes no rdio ele ganha uns 4 dólares… agora tá explicado pq o show do chemical brother (e do hot chip q é uma banda bem legal tb) custa 500 impagáveis reais!!!

          8. o Spotify tem 75MI de usuários, e todos tem seu gosto, logo, com exceções como a Taylow Swift que tem milhões de fans, todos já sabem quanto vão ganhar. E tem um fator, a gravadora fica com um pedaço, o compositor, empresário, além dos custos de produções musical, então cada vez o artista ganha menos. Mas sobre o preço dos shows aqui, eles ficaram muito caros por causa das carteirinhas de estudante, que chegam a ocupar mais 60% do ingressos do show, e como é metade, é bom dobrar o preço para ganhar o mesmo, somado ao fato já conhecido da economia, crises e etc.

      2. até havia baixado o ultimo disco dela pra ouvir, pois estavam falando muito dele na mídia. achei uma bosta.

        1. comecei aqui a ouvir o mais popular dela no rdio, mas parei… não curti não. não chego a achar uma bosta, pq musicalmente não é ruim, mas não me agradou. se me permitirem, uma dica: leon bridges. muito bom. evoca os anos 60 das canções românticas americanas. vale conhecer.

        2. cara, nada a ver com o assunto, mas esse avatar q vc usa, por acaso, é de uma série, q é de animação, q se passa em nova york e tal, e lá tem demônios, monstros e tal? estou tentando lembrar o nome, mas me escapa totalmente…

          1. Ugly americans. Eu tinha as duas temporadas legendadas mas não sei onde guardei o DVD.

          2. Era bem legal essa série. Consegui ver só uma parte da primeira temporada, mas acabei perdendo os arquivos não me lembro bem como… Vou baixar pra continuar, mas lembro q na época tinham cancelado a sério, infelizmente e deve ter ido só até a segunda temporada mesmo. Abs.

  11. Amigos, vejam se não é delírio da minha parte, mas vcs acham viável usar um desses http://www.amazon.com/gp/product/B00F4KBA3M?colid=FS63YQOZ3EA8&coliid=I2T5YE69GGT3J&psc=1&ref_=wl_it_dp_o_pC_nS_ttl pra tentar usar um notebook e alimentar um celular e um tablet de modo constante? Gostaria de usar energia solar de algum modo, mas ainda não vi uma forma bacana de fazer isso. Daí me deparei com esse carregador e alguns painéis solares portáteis. Alguém já tentou algo do tipo ou tem alguma experiência com aproveitamento da energia solar de maneira doméstica para compartilhar? Esse Poweradd™ Apollo Pro parece ser bom. Abs.

    1. Use energia solar como forma de aquecimento central em sua casa. Além de você precisar de uma constante de luz solar, acho bem útil para quem trabalha externamente. prende do lado de fora da mochila e abraço.

      1. moro em apartamento… mas tem uma varada muito ensolarada aqui e eu achei q talvez desse pra aproveitar a energia solar durante o dia pra recarregar os celulares e outros gedgets… e, talvez, até pra usar o notebook ligado a essa bateria no período da noite. vou comprar um desses e fazer o teste. e depois vou ver se compra tb uns painéis solares desses portáteis pra carregar na mochila mesmo. se morasse numa casa, com certeza usaria energia solar…

        1. Eu instalei por volta de 2012 quando estava numa vibe mais ecológica, mas realmente vale a pena. A economia é grande. Além de eu ter instalado outros sistemas de aquecimento no quarto e nos banheiros que a energia vem dos painéis também.

  12. Vim pra falar que acabou de chegar o Zenfone 2 da minha mulher, e recomendo muito. Esperando os Xiaomi chegarem para poder fazer uma comparação.

      1. Sim, um amigo trouxe. Estávamos de olho no Zenfone daqui mesmo, mas eu conheço 2 pessoas que têm, e ambos disseram que a bateria não dura, e a internet confirma isso e ainda diz que o bicho esquenta, então resolvemos partir para o 2. Até agora, tá valendo a pena. Android 5.0.1 rodando perfeitamente.

        1. Nosso histórico a parte, e possível configurar o recurso semelhante ao knock code da lg? Pois o knock on já sei que pode

          1. Se por “nosso histórico” vc está dizendo que já discutimos alguma vez, saiba que eu sou profissional da treta, e não guardo mágoa. A amizade continua. Agora, com relação ao knock code eu vou nem sei o que é. Preciso pesquisar.
            EDIT: de qualquer forma, o fato de ele ter processador Intel pode dificultar o porte do apk. Até achei aqui um tutorial, mas não estou disposto a testar, já que o bicho tá novinho: http://eusouandroid.com/tutorial-como-ter-o-knock-code-da-lg-em-qualquer-smartphone-com-a-tela-ligada/

    1. O Dustin brown jogou como poucos… Linda partida. Adiaram o jogo do Cilic e Isner pra amanhã, e já está 10 a 10 do quinto set.

  13. Coloquei esse tópico semana passada, mas muito tarde, então vou jogar de novo:

    Não tem muito a ver com tecnologia, mas de curiosidade, vocês conhecem a ideia do design escandinavo?

    Eu estava procurando um relógio (normal, não smart) e fiquei encantado com os de uma marca chamada Skagen que tem um design bem minimalista em toda a linha. Vi que eles destacavam o design dinamarquês, entendendo que provavelmente existe alguma tradição no país de design que valha colocar no marketing, pesquisei e descobri que existe a escola de design dos países nórdicos que preza minimalismo, materiais acessíveis e utilitarismo. Parece que os móveis vindo de lá são muito populares e aquela grife de áudio, Bang & Ofulsen famosa por design, é de origem dinamarquesa: http://www.worldguide.eu/wg/in… que como o Danilo apontou foi a fonte de inspiração da rodinha do iPod: http://www.fastcodesign.com/30

    Interessante que isso parece muito similar com todo o discurso da Apple em relação ao seus produtos, apesar de sempre falarem da Bauhaus e Braun quando falam do design da Apple, me parece bem provável ter muita inspiração vinda dessa escola de design também.

    1. O design escandinavo tem sua origem no pós II guerra mundial, onde precisavam de produtos para produção em massa, e ainda sim mantiveram um belo design, vide Ikea, loja sueca referência na Europa e na América do Norte. A Apple não se enquadra muito devido a filosofia da empresa, que quer entregar a melhor experiência para seus produtos não importando o preço, e nem sempre são os mais bonitos. A Bang & Olufsen é uma marca com design impecável e qualidade sonora de primeira linha. Na área de computadores, temos a Fractal Desgin que faz gabinetes, fontes, radiadores tudo com design escandinavo e muito modular, algo que foi algo inovador e apresenta infinitas possibilidades de design e layout que antes era algo reservado apenas para as CustomBuilders.

      1. Não acho que a Apple não se importe com o preço, por mais que sejam produtos caros eles são acessíveis em países desenvolvido. Os relógios que comentei não são muito baratos e a Bang & Ofulsen é bem menos acessível que os produtos da Apple em geral. Acho que a proposta é bom design acessível, não o mais barato possível.

        O problema é que produtos tecnológicos tem prazo de validade e, até 15 anos atrás, se restringia a máquinas utilitárias em um escritório.

        Usar alumínio em notebooks, por exemplo, é bem lógico, tanto pela rigidez da estrutura como pela durabilidade, entretanto a fabricação do modelo unibody é complicada porque precisa ser “recortado” de uma peça sólida de alumínio. Só que pensando que o produto um dia precisará ser jogado fora por questões tecnológicas, o preço extra disso pesa muito mais do que para outros produtos como móveis por exemplo.

        1. A Apple, no caso dos iPods sempre foram mais caros que os concorrentes, iPhone/iPad definiram os preços da categoria e os Macs sempre foram mais caros mesmo os mesmos Specs, e o que eles cobram a mais é a experiência que é excelente e vale o custo extra. A B&O é uma excelente marca, minha TV e sistema de som na sala é deles, e o preço é bem parecido com a concorrência, e quem compra sabe a qualidade que vai receber.

          1. Tirando o X1 da Lenovo, o da Samsung é piada, o Surface não deveria entrar para a comparação pois é bem ruim e a Microsoft anda cortando os preços dele para tentar alavancar as vendas, o XPS 13″ ainda estou a ver, não mexi em um ainda. Mas o ponto da discussão é o design, onde a experiência e a sensação de do primeiro toque é o que vale. E os Macs entregam isso com primor, o sistema é muito bonito, por mais que muita gente não goste o sistema é bem bonito, os macs são uma delicia de digitar, ainda prefiro o teclado do meu X1, mas o que a Apple cobra a mais é esse combo de experiencia + qualidade, mas só a qualidade não é o motivo do sobrepreço, e sim a necessidade de posicionar o produto num tier premium.

          2. Cortaram o preço mais para o começo do ano,e eles lançaram uma versão mais cara, um i7/128GB com mesmo preço de um i5/256GB. E sobre o samsung series 9, ou seja qual for o nome dele, ele é bonitinho mas a bateria é muito ruim, touchpad e o teclado são meia bocas para a faixa de preço.

          3. ” E no que o Surface é ruim? ”

            Ele quer substituir o laptop, mas ainda é um produto beta, ninguém ainda conseguiu resolver os hibridos à ponto de eles serem usados, nem mesmo com a agressiva tentativa do Windows8, ele é caro, pois, para ser útil é preciso comprar vários acessórios, assim como o novo MacBook. É muito grande/pesado para um tablet. Falta um ecossistema que o beneficie. Só têm 1 porta USB. Péssima bateria. O touchpad é bom mas muito pequeno.

        2. caros, não tenho apreço pela apple e, talvez, até uma ligeira aversão por conta de todo hype q envolve a marca (eu geralmente fujo de tudo q hype ou muito celebrado por questão pessoal mesmo). mas já trabalhei com muitos macs (todos desktops) e sempre tive uma muito boa relação com eles. são confiáveis, robustos e bem construídos. o sistema operacional é bem legal, mas não diria q é melhor q o windows (q uso desde o 3.1), pq são bem distintos. mas se tivesse q apontar um melhor, só por esporte, eu diria q o apple conseguiu chegar a um nível superior ao windows em muitos aspectos. mas, essencialmente, ambos fazem o q se propõem até q num nível igualmente bom e igualmente ruim (pq o mac q eu tenho aqui dá uns pau estranhos tb). eu acho q a microsoft nunca pensou a relação humano-máquina como a apple pensou, mas eu não tenho dúvidas, q ambas (e qualquer outra coisa q carecer de interação) tenha saído do nível medíocre de hj, pq veja o abismo q é para pessoas de gerações nem tão distantes usarem computadores sempre precisando ajuda de pessoas q entendem melhor como eles funcionam… qdo uma empresa bolar um sistema q qualquer um (sem exceções e incluíndo pessoas com dificuldades de acessbilidade) possa usá-lo sem requerer de ajuda e ele for verdadeiramente intuitivo, aí eu sim eu ter q me curvar, pq, por ora, e sendo bem franco, até hj nunca vi uma máquina ser eficiente… o mais próximo disso foi o iPod, q é tão simples e fácil de usar, q já vi senhores de muita idade usando-o, inclusive pela primeira vez, com extrema facilidade. mas por ser um aparelho restrito a uma função eu não o vejo ainda como “o” represente do melhor q a empresa tem a oferecer. material desing e a experiência apple, pra mim, são artificialidade (cheias de marketing) e não uma linguagem… e, soma-se a isso, uma boa dose de rabugice da minha parte, q fique bem claro. abs.

      2. “O design escandinavo tem sua origem no pós II guerra mundial, onde precisavam de produtos para produção em massa, e ainda sim mantiveram um belo design”

        Hmm, sei não, diria que é de antes. A Artek, empresa de Alvar Aalto já era ativa em 1935 e produzia já peças*. Acho que é possível associar melhor ao maquinário existente na época junto a qualidade de escultores que o pessoal da região tinha.

        * http://www.artek.fi/products tem luminária de 1937 por exemplo.
        ** Olha que curioso, percebi agora somente: a BeoPlay (http://cdn.slashgear.com/wp-content/uploads/2012/10/58407-BO-BeoPlay-A9-White-Front-and-Back-on-white-original.jpeg) toma emprestado as rodas do carrinho de chá (http://www.artek.fi/products/tables/77) feio por Aalto em 1932.

        1. Expressei-me erroneamente, o design escandinavo ganhou muita notoriedade no pós-guerra dado a sensível economia da época, e como eles conseguiram aliar um belo design à produção em massa com produtos baratos.

  14. Microsoft liberou ontem a nova build 10162 do Windows 10. Nas torresmarias tem a versão em pt-br.

    Fica a dica.

    1. atualizei meu notebook ontem e o meu desktop da empresa hoje. tá muito bom e finalmente temos o Edge

      1. legal…então tá realmente estável dessa vez? reconheceu tudo no notebook? rapido e sem bugs bizarros? estou querendo instalar de novo. mas as ultimas builds q testei não estavam boas ainda..

        1. no notebook só nao pegou o wifi…, vou ter que ver melhor de noite, mas no desktop funcionou tudo, até mesmo o wifi =p

        2. eu estava com bugs ruins mo menu iniciar, mas arrumou depois da 10130. o windows update já instala os drivers de video e audio (realtek). até ontem eu nunca tive problema com o wifi, mas vi que mais gente havia relatado incompatibilidade desde o Win8.1…, de noite vou rodar o windows update pra ver se corrige.

  15. Utilidade pública: Não sei se vcs já sabem (se souberem, perdão), existe um esquema pra conseguir desconto nas lojas do grupo pão de açúcar (extra, ponto frio e casas bahia). Segue tutorial abaixo:

    1º Com o Chrome já aberto pressione CTRL + SHIFT + N
    2º Aperte a tecla F12 e clique no ícone de um smart na canto direito superior(Se estiver no note FN + F12)
    3º Selecione APPLE IPAD 3/4, no canto esquerdo superior
    4º Copie o link do produto que quer e cole na barra de endereços do seu navegador
    5º Clique em comprar e aplique o cupom: ZrWaB2015 e o desconto aparecerá no carrinho.

    Não é sempre que funciona, mas as vezes o desconto é generoso. Espero que possa ajudar.

    1. Aqui tentei no Extra e PontoFrio e deu cupom inválido.. Uma pena

        1. É.. Vou testar com outros produtos depois! De qualquer forma obrigado pela dica! =)

    1. Bacana, o que pega mesmo é a taxação. Paguei 61 reais de taxas em um produto que paguei 9 dólares, na época o dólar estava 1.8~2.1.

      1. Atualmente, comprar fora só no específico caso de necessidade que pode ser postergada (pelo prazo de entrega). Com o dólar caro e a Receita apertando fiscalização, está difícil compensar :/

        1. Vou importar alguns fones de ouvido, e já sei que vou ser taxado, e mesmo sendo taxado e com frete overnight sai mais barato que o mesmo disponível aqui em lojas bacanas.

        2. Vou importar alguns fones de ouvido, e já sei que vou ser taxado, e mesmo sendo taxado e com frete overnight sai mais barato que o mesmo disponível aqui em lojas bacanas.

          1. Que mal lhe pergunte, qual fone e onde você comprou?. Estou querendo comprar um fone bluetooth para usar caminhando/correndo e os preços no Brasil estão imorais.

          2. Comprei alguns Sennheiser, o HD598 e alguns HD800, e para trazer usei o ShipTo.

          3. Comprei todos pela Amazon, 1 dia para entrega, e depois, mais 3 dias para chegar em casa.

        3. Estou com um processo aberto aberto contra a Receita (pela taxação) e contro os Correios (por reter o produto em acordo com a Receita) e se tiver bons resultados posto aqui. A minha adv disse q ambos agem fora da lei, pois o nosso limite de gasto é de 100 doletas (não importa se compra de pessoa física ou jurída). A Receita está se baseando numa norma interna, q não tem valor de lei, e nos ferrando cobrando imposto de modo ilegal. Os Correios, por sua vez, não podem reter nossas encomendas e nem cobrar taxas. No mesmo processo consta um pedido para q eu não passe por isso novamente. Vamos ver o q a justiça federal dirá nesse caso. Tb pedi indenização por danos morais, pq estava comprando um equipamento de segurança pra minha bike…

  16. Meu Moto G 2013 está partindo dessa para melhor (não faz nem recebe chamadas e está travando toda hora), preciso de um smartphone dual-chip com Android até R$ 700 (é o que eu posso pagar no momento) com certa urgência.

    Meu uso é normal (não jogo, não uso apps pesados, etc…) mas uso a câmera com frequência (isso exclui os aparelhos bem low-end).

    (Estava economizando para um smartphone melhor – lembro que foi num post livre que eu perguntei sobre LG G3 x Moto X – mas essa troca terá que ficar para 2016).

    Qual vocês recomendam? Pensei no Moto G 2014 ou no ZenFone 5, algum outro que eu possa considerar?

    1. Até R$ 700, são esses mesmo. Só não espere muito da câmera; é difícil algo bom abaixo dos R$ 1.000 — e, no patamar atual, mesmo acima disso.

      Ontem o Zenfone 5 de 8 GB estava por R$ 539 no Submarino :/

      1. Vai ser um deles, agora é só esperar o quinto dia útil hehehe. Vou ficar de olho ver se aparece alguma promoção.

        Eu vi o ZenFone ontem, mas estou sem condição no momento (achievement unlocked: estourei o cartão), só vai normalizar quando eu receber.

        1. Não considera o S3 Neo Duos? Parece que está por R$ 599 em 10x na casas bahia. E muita gente diz que é melhor que o moto G 2ª geração, na tela e câmera por ex. Sem contar que vence na RAM também.

        1. O Redmi 2 está na categoria de baixo, e ainda não está à venda.

          1. Acho que não, hein. Usa Snapdragon 410 (Moto G tem o 400), mesma quantidade de RAM, tela similar (ambas HD), câmera parece boa (e a do Moto G nunca foi mais do que “ok”). Tem que testar, mas por ora encaro como concorrente do Moto G e Zenfone 5, porém custando menos.

          2. Na questão de preço, MotoE e Redmi2 são concorrente lá fora, o que pega é o Brasil.

          3. Não. A câmera do Moto E é terrível. Ele concorre com o Moto G 2014.

          4. A Motorola nunca teve boas câmeras. E o Redmi2 custa $120 e o MotoE custa $120, o problema é a Xiaomi entrega um hardware melhor pelo mesmo preço, algo que a Motorola fez com o lançamento do MotoX e MotoG. Só que tudo isso só se faz verdade em países que os preços são decentes.

    2. Já que é com certa urgência são esses mesmo, mais o ZenPhone2 está por ai.

      1. Meu Moto G acabou de morrer (virou um Morto G – desculpa, mas não resisti à piadinha), cai naquele menu do boot loader e não sai mais.

        Pra quem quiser detalhadamente o que houve:
        https://www.reddit.com/r/MotoG/comments/3c2abx/error_failed_to_validate_boot_image/
        http://android.stackexchange.com/questions/114212/moto-g-doesnt-boot-anymore-not-even-into-recovery

        Vou ter que comprar um smartphone novo no comércio local (e me preparar para a facada no bolso), já que esperar o prazo de entrega fica meio ruim.

        Obrigado a todos que deram sugestões, provavelmente vou pegar o Moto G 2014.

          1. Eu tentei esse método e tentei colocar a CyanogenMod (não sou bom em ROMs alternativas, mas eu não tinha nada a perder), mas ele dá vários erros de gravação (acho que a memória flash dele foi dessa para uma melhor).

        1. Você usa o Lollipop? Tem tutoriais que ensinam resolver isso. De qualquer forma, não recomendo nada da Motorola Por pois é bem ruim. Tenho um Moto G que uma semana depois do fim da garantia queimou.

          Você deveria dar uma olhada no RedMi 2. Ele tem tudo que você quer, é o único smartphone no Brasil com dual 4g, e tem uma câmera com uma lente de abertura f 2.2.

    3. olha o gatry. de ontem pra cá teve muita promoção de Moto G2

    4. bom reforçar isso ai de camera de celular intermediario dificilmente vai ser boa, e a do moto g (ou dos motorolas em geral) infelizmente nunca é das melhores, porem o zenfone peca na bateria né, que todos reclamam, se não fosse isso, eu até recomendaria o zenfone, ainda mais com aquela função dele de tirar foto no escuro, muito boa pra quem aprecia tirar fotos

    5. Lg Volt e Prime Plus e o recente Xiaomi Redmi 2, ele e dual 4g( o único) tem uma câmera decente, mas só 8 GB, pero expansíveis

      1. O LG Prime Plus me pareceu bem tentador, exceto pelos 8 GB de armazenamento (eu sei que são expansíveis, mas o Android tem dificuldade/limitação para instalação de apps no cartão SD).

      2. O LG Prime Plus me pareceu bem tentador, exceto pelos 8 GB de armazenamento (eu sei que são expansíveis, mas o Android tem dificuldade/limitação para instalação de apps no cartão SD).

    6. Câmera? Se Windows Phone não for problema e tiver um tempinho para ver, o lumia 830 tem aparecido com certa frequência abaixo dos 700. Em câmera, creio que poucos ou nenhum intermediário seja melhor.

  17. Opa, segundo especuçlações, o próximo aparelho que a xiaomi pode lançar aqui é o Mi4i:

    Display: 5.0 inch, 1920×1080 Pixel
    CPU: Qualcomm Snapdragon 615 64bit Octa Core 1.7GHz
    GPU: Adreno405
    System: Android 5.0
    RAM + ROM: 2GB RAM + 16GB ROM
    Camera: 5.0MP with 80 degree wide-angle, 5 element lens, f/1.8 aperture front cmaera + 13.0MP 5 element lens, f/2.0 aperture back camera
    Sensor: Light sensor, G-sensor, Proximity sensor, Hall Sensor
    Feature: Gyroscope, Electronic Compass
    Bluetooth: 4.1
    GPS: Yes
    SIM Card: Dual SIM dual standby, Dual Micro SIM
    Network:
    2G: GSM 850/900/1800/1900MHz
    3G: WCDMA 850/1900/2100MHz
    4G: LTE 1800/2600MHz

      1. Pois é. Mas tão falando do mi4i pq o hugo citou muito ele na coletiva de imprensa. E também tinha bem mais mi4i’s na área de testes que o redmi note. Hugo disse também que a homologação do redmi note foi mais pra marca já ir aparecendo nos sites e noticiários de tecnologia (deu certo) e não que eles iriam lançar de cara esse modelo.

        1. Bom, tomara! Mas acho que vai tempo até a Mi lançar outro smartphone aqui… Nos primeiros meses não darão conta da demanda pelo Redmi 2. Falamos muito disso no podcast (no ar sábado, ou domingo!), e não é fácil entrar num novo mercado, especialmente da maneira “sui generis” com que eles atuam.

          1. sim…..o redmi 2 será o termômetro da marca. Dependendo do desempenho deles nos primeiros meses, já poderemos ter novidades antes do fim do ano. Ou não.

          2. Outro detalhe eh que a Xiaomi costuma focar apenas em um dispositivo por vez, então deve demorar um pouco a aparecer novos lançamentos dela por aqui :/

          3. Hugo Barra disse em uma entrevista que a empresa homologou justamente pra criar esse buzz, já que o acesso aos documentos da anatel e publico. Vai ser o mi4i mesmo!

      2. Falando em Redmi 2, pegar um desses ou iphone 5C, seria um downgrade horrivel para quem tem um moto x primeira geração?? estou nessa duvida, fiquei meio desanimado com lollipop (sei que tem custom roms, ou ate mesmo o downgrade para 4.4.4) será que eu perderia muito desempenho?? Ou então qual outro aparelho que seja bom, que tenha tela de ate 4,7″…

      3. Falando em Redmi 2, pegar um desses ou iphone 5C, seria um downgrade horrivel para quem tem um moto x primeira geração?? estou nessa duvida, fiquei meio desanimado com lollipop (sei que tem custom roms, ou ate mesmo o downgrade para 4.4.4) será que eu perderia muito desempenho?? Ou então qual outro aparelho que seja bom, que tenha tela de ate 4,7″…

        1. Pra quem tem um moto x 1, especialmente agora que foi atualizado, trocar pela senhora bosta do 5c ou mesmo pelo Redmi 2, bem mais básico, e um belo dum downgrade.

    1. Por esse eu troco meu aparelho atual… Mas acho que se vier, só no final do ano mesmo..

Os comentários deste post foram fechados.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário