Post livre #167

Toda semana, o Manual do Usuário publica o post livre, um post sem conteúdo, apenas para abrir os comentários e conversarmos sobre quaisquer assuntos. Ele fecha no sábado, na hora do almoço.

Acompanhe

  • Telegram
  • Twitter
  • Newsletter
  • Feed RSS

56 comentários

  1. Vocês perceberam que tá rolando uma “Nucontização” dos serviços de pagamento online?

    O MercadoPago e o PicPay começaram a oferecer investimento automático em CDBs com liquidez diária do seu saldo que fica parado lá. O do PicPay é aplicado em CDBs do Original, obviamente. Já o do MercadoPago eu não sei.

    Não utilizo PagSeguro, mas não duvido que, caso eles ainda não ofereçam, já estejam planejando algo do tipo pra seguir a concorrência.

    1. De fato, antes da nuconta não via isso
      Na verdade, agora tudo meio que é uma espécie de fintech indo prum lado de banco pessoal

    2. Esse monte de microápliçações em renda fixa só me deixa mais ansioso com a acumulação de demonstrativos para preencher imposto de renda.

  2. Comprei um iPhone XS Max 256GB. Obviamente uma compra irracional, mas saiu praticamente o mesmo preço do que se eu comprasse fora: R$ 6.083,10 no subamrino (com cupom aplicado) que poderiam ser divididos em até 12x no Ame. E ainda tive cashback de R$ 304,16. No fim das contas, o celular saiu por R$ 5.778,64.

    Se eu comprasse nos EUA, comando 6% de imposto (se fosse na Flórida) e somando ao IOF de 6,38%, sairia a R$ 5.633,63.

    Ansioso pro modelo chegar. Único probema é que só depois da compra que vi que não é possível transferir a grana do Ame pra conta do banco. (Meliuz, te venero!)

    1. sobre o ame: não é possível, mas se vc comprar bastante nos sites que aceitam é uma boa, fora que recebi um email hoje informando que é possível usar AME em lojas americanas.

  3. Postei um vídeo no YouTube. Vejam ele aqui.

    Tenho pensado em fazer algum conteúdo em vídeo. Seria algo simples porque me falta habilidade e o tempo que sobra das outras demandas do Manual do Usuário é pouco.

    O que acham? Um retorno sobre esse experimento também é bem-vindo!

        1. poderia ser o ghedin falando com fantoche do menino gazeteiro…
          duvido q ele teria coragem de matá-lo depois dessa ‘relação’.

          1. @ghedin

            (com voz do “marcelinho”)

            “O review de hoje é: ‘Galaxy S10 nas estrelas'”

          2. Gazeteiro lendo projetos de lei absurdos no campo da tecnologia digital e privacidade, não reviews de celulares. Contos eróticos pode manter, se envolver tecnologia

    1. Ficou legal. Tá bem editado, mas como qualquer vídeo simples, só o áudio que não está bem limpo e reverberando um pouco, mas é compreensível.

      Lembrando que tu teve um espacinho na TV Unicesumar, né não?

      Do conteúdo: já nem sei mais o que pensar. É um dilema pensar em controle de conteúdo e liberdade de conteúdo.

    2. Acho ótimo, ainda mais para pautas “assim”. Por mais que eu não seja um grande consumidor de vídeos, apoio muito, principalmente aqueles que desdobram assuntos mais complexos ou densos demais. Não sei se será sempre assim, ou se num era essa a ideia, mas ta aí uma ideia.

  4. Teve esse evento da apple e nem dei muita bola, mas dei uma olhada no cartão de crédito.
    É incrível como cartões são feios né. Nem falo da questão dos nomes ou números, mas em questão de layout e cor mesmo. Até quando o BB teve cartões personalizados, todos eram horríveis

  5. Curitiba voltou a ter um cinema de rua da prefeitura, o Cine Passeio. Até dez anos atrás, dizem, existiam cinemas do tipo na cidade, mas eles foram fechados na gestão do Beto Richa. Não deve dar lucro e para esses “gestores” parece que lucro é a única coisa que importa.

    Ainda não conheci o novo Cine Passeio (imaginei que a estreia estaria concorrida), mas pretendo ir semana que vem.

    Minhas primeiras idas ao cinema, em Paranavaí, foram em um cinema de rua, o saudoso Cine Aston. Não era público, mas era de rua e isso já era um diferencial e tanto para todas as outras sessões que frequentei nos anos que se seguiram. Eu gostava do Cine Aston, mesmo com os filmes dublados, as poucas sessões e a demora para trazer lançamentos. Era um negócio que dava vida à rua, deixava a cidade mais movimentada — principalmente nos primeiros anos, quando era novidade; Paranavaí ficou mais de uma década sem cinema.

    Tem cinemas de rua nas suas cidades? Como eles são?

    1. Aqui tem Cine Drive In ainda. Quase deixou de existir, mas de alguma maneira ainda vive. Também tem o Cine Brasília, que é um prédio muito bonito por sinal, onde acontece algumas coisas além de exibição de filmes.

    2. Onde moro não tem e na região é mais cinemas de shopping mesmo.

      Em São Paulo sei que há alguns (Marabá e Belas Artes os mais famosos).

      Na verdade faz anos que não vou em cinemas. A última vez que fui foi para ver Homem de Ferro 2, só para se ter uma ideia. (isso que ganhei um ingresso).

      1. Nossa… Marabá! Eu morei 3 anos ali pertinho (na Sete de Abril) e ia TODA semana no Marabá. Sozinho mesmo. Para “quebrar” a rotina (sendo que essa acabou virando a rotina). Hehe

        1. Fui uma vez com minha madrasta e minhas irmãs lá. Isso quando jovem.

    3. Nunca vi, tenho uma imensa curiosidade, pois quando criança assistia Drake & Josh, o Josh trabalhava num cinema de rua e ficava no meu imaginário ir em um.

    4. Eu SÓ vou em cinema de rua. Tenho horror em relação ao ambiente de shopping center. Nada mais deprê que uma praça de alimentação.

      Moro em SP, então fica um pouco mais fácil. Meu cinema oficial na cidade é o Cine Sala (antigo Cine Sabesp), em Pinheiros. Ocasionalmente, quando quero ver algo mais mainstrean, vou no Belas Artes, na Consolação.

    5. Eu fui ver Batman (do Tim Bourton) e Indiana Jones e Última Cruzada no cinema de rua em Porto Alegre no final dos anos 80. Anos mais tarde, lá por 1994, eu fui ver O Máscara no mesmo cinema. Foi a última vez que eu fui em um cinema de rua. Era o Imperial/Guarani (que hoje é uma hamburgueria).

      Em Porto Alegre reabriram o Cine Capitólio faz uns 4 anos já. Foi uma cinema tradicional da cidade até meados dos anos 90 e foi fechado na onda de expansão dos shoppings da cidade. Hoje o cinema se dedica mais a passar filmes do circuito alternativo a América Latina do que os lançamentos. Existem ainda as duas salas da CCMQ que dá quase pra se dizer que são cinemas de rua (a CCMQ era o antigo Hote Majestic, onde o poeta de mesmo nome morou por anos, que foi depois tombado pela PMPA e transformado em centro cultural) porque existe o “passeio” do hotel que corta os dois pavimentos.

      Problema central disso é que ambos estão no centro da cidade, principalmente no centro histórico, local onde já tem uma grande quantidade de atrações. A periferia morre a míngua com o pessoal da cultura cercado nas suas próprias torres de marfim.

    6. Eu lembro que o primeiro cinema que fui foi um de um rua – em minha pacata cidade natal. Eu achei aquilo sensacional, movimentou a vizinhança toda, foi o assunto por vários dias. Pena que foi algo sazonal, uma iniciativa promovida por alguma entidade do sistema S.
      NA minha cidade atual nunca vi nada do tipo, mas parece uma boa ideia.

    7. Aqui em Fortaleza tem o Cineteatro São Luiz, fica na Praça do Ferreira, no Centro da cidade, e é um dos principais cartões postais da capital. Existe desde 1958, e é tombado como monumento histórico do Ceará. No YouTube tem o cinejornal, daquele mesmo ano, mostrando como foi a inauguração. https://www.youtube.com/watch?v=iqOaOgHswMs

      É um espaço cultural com muitas atrações mensais, a maioria gratuitas, como maratonas de filmes, shows, exposições, peças de teatro, etc.

      Quando ele ainda funcionava como cinema comercial, tive a oportunidade de assistir a estreia de Spider Man 2. Até hoje guardo essa lembrança com carinho. Assistir filmes lá é uma experiência de “cinema de verdade”, não tem como explicar o quanto é diferente de cinema de shopping, apenas sentir <3.

      Se algum dia vierem pra Fortaleza, recomendo muito visitarem o cine São Luiz. https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/

  6. Causo da semana: fui na 25 de Março comprar umas coisas, e em um dos “shoppings” que costumo passar, o “fecha-e-abre” dos chineses era quase frenético. Entre alarmes falsos e desconversas, vi portas fechadas.

    Semana passada passou duas fiscalizações por lá e fechou alguns estabelecimentos, além de recolher produtos.

    1. fecharam um shopping na av. paulista. um dos antigos… já faz um tempo. é um dos q fechavam e depois de um tempo reabria. mas agora tá fechado faz um bom tempo. mas parece q tanto faz, vendem pela internet.

      1. Qual cê tá falando, Montarroios? Tinha uns 4, sendo o Monte Mari mais famoso.

        Tinha uma época que os shoppings “da china” da região eram até mais baratos que o da 25 de março. Depois ganharam fama e aí ficaram mais caros.

        Já falei, internet não compro pois sou ansioso. Até chegar, a agonia ganha.

        1. aquele antigão já na paulista esquina com a pamplona, sabe? com estação do metrô na frente. sim! ficou careiro. mas só ia lá pra comprar joguinhos de ps3 num cara q vendia usados e, qdo necessário e em último caso, comprar algum adaptador ou cabo. eu evitava ir lá: corredores apertados, muita gente e sem muita confiança na segurança do local. o risco de incêndio ali sempre me pareceu MUITO provável. e vc sabe q pro cara sair do box dele, empurra-se o balcão pra frente e o corredor fica obstruído. um incêndio ou mesmo um tumulto faria aquilo ficar um caos.

          1. Ih, risco de incêndio nestes lugares SEMPRE existiu. Quilos de baterias de lítio em lugares sem refrigeração…

  7. Qual o melhor navegador para Android? e pq? to usando o kiwi browser, ele é muito bom, mas infelizmente não consigo colocar o DDG como motor de busca.

    1. Já tentei usar o Opera e o Firefox, ambos ótimos, mas acabo sempre migrando para o Chrome de volta :(

        1. Talvez o fato de que, mesmo instalando um navegador mais leve, o Chrome continua instalado lá (e não dá pra desinstalar sem root). O “cercadinho” do Chrome (senhas, favoritos, etc.) contribui bastantém também.

          1. Tou no Chrome por comodidade, mas quando estava com outro celular, desativei ele e instalei outro. Não precisa desinstalar. Desativar já ajuda bastante.

    2. Eu uso o FF em tudo hoje em dia. Demora um pouco mais pra se acostumar com o “modo FF” de fazer as coisas, mas, com o tempo, ele se torna bem melhor do que o Chrome (mais personalizável e mais rápido).

      No telefone ainda mantenho o Browser do DDG e uso ele pra comparar preços e ver se consigo descontos maiores sem estar logado e/com cookies e histórico ligados.

      O Brave também é uma boa alternativa.

      1. Eu estou usando o Firefox Focus como navegador padrão no Android, para o meu uso de browser no smartphone funciona bem. Basicamente vistiar sites pontualmente a partir de outro app.

    3. Eu voltei a usar Android uma semana apenas, estou usando o Firefox Focus que já utilizava no iOS e funciona muito bem: limpas os cookies automático, tem blockers e faz o básico do básico bem.

    4. Oi Ghedin, isso não dá uma pauta no maior estilo manualzão? (nem sei se você tem aparelho android para testar).

      1. Não tenho Android nenhum aqui :(

        Quando testei o Motorola One, baixei alguns — Edge, Firefox e DuckDuckGo. Usava o Firefox na maior parte do tempo e, sinceramente, não consegui identificar algum problema mais grave e/ou imediato. Sem pesquisar muito a fundo, me parece uma indicação segura de navegador web para Android.

  8. Não lembro aonde exatamente eu comentei, mas disse que não conseguia colocar o DDG como padrão no Edge, eu ia certinho na configuração, mas descobri que o DDG só aparece depois que eu entro no site, isso é completamente diferente de todos os outros sistemas. Particularmente, achei bem bizarro.

  9. Esse mês vi 4 séries/programas e vou deixar a recomendação de 3:

    – Queer Eye S03 (Netflix): continua divertidíssimo para quem gosta do estilo do programa;

    – True Detective S03 (HBO): dizem que não é tão boa quanto a S01, mas bem melhor que a S02. Na minha opinião agradou tanto quanto a S01. Não vi a S02 ainda;

    – Formula 1: Drive to Survive (Netflix): apesar do subtítulo bobo, achei bem legal. Particularmente não sou fã de F1, mas as imagens me deixaram com vontade de assistir a próxima corrida

    1. Fiquei com a impressão que eles enrolaram demais na 3ª temporada (poderia ter uns 4 episódios a menos sem falta) e perderam uma oportunidade excelente também de ligar os casos (o da primeira com o da terceira). Mas as atuações são excelentes.

      O que assisti e gostei demais foi essa antologia de animação da netflix chamada “Love, Death & Robots”. Fazia um bom tempo que não via nada tão legal quanto isso por aquelas bandas.

    2. Vou aproveitar e deixar uma sugestão aqui que comecei a ver (ainda estou no segundo de dez episódios), mas que me ganhou na hora: Coisa mais linda, da Netflix. É a história de quatro mulheres que abrem um clube de música no Rio de Janeiro dos anos 1960.

      Comecei a ver na esperança de que talvez fosse a nossa Mad Men tupiniquim/feminista. Não chega a tanto (a produção não é tão caprichada), mas gostei muito — mais do que estava esperando — dos episódios que já vi.

      1. Eu terminei de assistir e é muito bom. Você volta para o final da década de 50 e fica o tempo todo se indagando: o Brasil não mudou nada!

    3. Sobre a F1, como fã, eu gostei mais do que não gostei.

      Ele assumiram uma narrativa que distorcem um pouco os fatos para quem acompanhou integralmente a temporada de 2018. Mas entendo que é possível contar uma história sob outra ótica, para torná-la mais interessante ao espectador. No geral, é um bom documentário com excelentes imagens e vários conteúdos que ficaram apenas nos bastidores e foram trazidos à tona.

      E fiquei com essa dúvida, se o alcance do Netflix iria trazer mais pessoas pra F1, parece que deu certo, por enquanto.

      Sobre a corrida, o treino classificatório é 12h00 no sábado (transmissão na SporTV 2) e a corrida 12h10 no domingo, na Globo.

      1. O que foi distorcido?

        Fiquei curioso com o menino Leclerc e com o Ricciardo indo para Renault, que pelo que mostra o doc, era muito inferior à equipe atual dele apesar da aposta ser no outro piloto.

        1. Talvez distorcido foi equivocado de minha parte, mas omitem fatos importantes, tipo a vitória do Max no GP da Áustria, que é a casa da Red Bull e ficaram em outros eventos.

          O Lecrerc é um piloto da academia Ferrari, que usa a Saber (agora Alfa Romeo) pra colocar seus pilotos. O outro, Ericsson trazia grana pra equipe e seus patrocinadores inclusive tinham comprado uma parte na empresa/equipe.

          E o Ricciardo fez uma troca ousada, porque sempre foi piloto da Red Bull a vida toda, mas quis apostar em uma equipe de fábrica, que tem muito dinheiro pra investir e um projeto de médio prazo de voltar a vencer (foram campeões em 2005 e 2006 com o Alonso).

          Tem um texto dele na Players Tribune, que ele fala um pouco sobre essa decisão. E outro texto do Hartley. Vale a leitura:

          https://www.theplayerstribune.com/en-us/articles/daniel-ricciardo-formula-1-red-bull

          https://www.theplayerstribune.com/en-us/articles/brendon-hartley-formula-1-2019

        2. Eles criaram uma narrativa onde tudo parece muito competitivo, e na realidade somente a Mercedes e Ferrari chegaram a realmente a competir e isso só durou até a metade do campeonato.

          Quanto a escolha do Ricciardo é interessante por que a Renault irá cada vez mais investir dinheiro na F1 e existe a expectativa de grandes mudanças com o novo regulamento em 2021. Na época que o Hamilton trocou a McLaren pela Mercedes também parecia que não era uma boa troca, inclusive existe uma entrevista dele para o antigo Top Gear que era apresentado pelo trio Clarkson/Hammond/May onde ele fala sobre essa troca.

          No mais, hoje a MotoGP é muito melhor que a F1.

    4. Assisti a Queer Eye S03 e o programa ainda me agrada muito. Nessa temporada, percebi (não sei se é coisa da minha cabeça) que as transformações nos visuais estão mais sutis, respeitando mais o jeito de cada um de ser.

Os comentários deste post foram fechados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!