Dois homens, em poses diferentes, usando cuecas pretas da Insider, um em cada canto da imagem. No centro, a frase: “A cueca mais confortável com 12% Off. Cupom MANUALDOUSUARIO12”

Cris Camargo: É possível uma publicidade digital menos invasiva?

Neste podcast, entrevistamos Cris Camargo, CEO do IAB Brasil. Ela acabou de voltar de um evento nos Estados Unidos, reunindo os 45 IABs do mundo, para alinhar as grandes questões que a publicidade digital enfrenta no momento. Na conversa, Rodrigo Ghedin e Jacqueline Lafloufa questionam Cris a respeito de cookies de terceiros, consentimento na coleta de dados, relações com a Big Tech, influenciadores digitais e outras questões pertinentes da área.

Indicações culturais

  • Cris: Os livros Fundações, associações e entidades de interesse social [Amazon, editora]1, de José Eduardo Sabo Paes, publicado pela Forense; Jogos finitos e infinitos [Amazon]1, de James P. Carse, publicado pela Nova Era; A riqueza na base da pirâmide [Amazon]1, de C. K . Prahalad, publicado pela Bookman; e Planejamento Circunstancial [Amazon]1, de Maria Cecília Medeiros de Farias Kother, publicado pela EdiPUCRS.
  • Jacque: O livro Não aguento mais não aguentar mais [Amazon, Magalu, editora]1, de Anne Helen Petersen, publicado pela HarperCollins Brasil.
  • Ghedin: O livro Como escrever bem [Amazon, editora]1, de William Zinsser, publicado pela Fósforo2.

Recados

Quer mandar seu alô para nós? Escreva para podcast@manualdousuario.net.

Gosta do podcast? Toque aqui e torne-se um(a) apoiador(a). A partir do plano II (R$ 16/mês), você ganha o direito de acompanhar as gravações do podcast ao vivo, incluindo um animado bate-papo pós-gravação, além de outros mimos.

O Guia Prático é editado pelo estúdio Tumpats.

Link citados na conversa

  1. Ao comprar por estes links, o Manual do Usuário recebe uma pequena comissão das lojas. O preço final para você não muda.
  2. A cópia que li foi gentilmente cedida pela editora.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

1 comentário

  1. Excelente conversa, obrigado! Eu sei que não é o papel do IAB, mas achei que rolou uma certa amenização dos exageros da vigilância. Pareceu-me que o setor de publicidade cria um problema e fica esperando a população reclamar para depois tomar uma atitude. Acho muito grave o excesso de vigilância e isso não pode ser amenizado nem reduzido ao interesse exclusivo da publicidade de bens de consumo, pois também diz respeito à formação de valores, à democracia, etc.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário