Esta é a forma mais fácil de pegar todas as fotos da festa tiradas por seus amigos

Pen drives, apps, Facebook, muitas nuvens… e ainda assim é difícil receber e centralizar todas as fotos da festa — ou quaisquer arquivos que venham de múltiplas fontes. Quem já ficou com a ingrata tarefa de ser esse hub sabe do que estou falando. Felizmente, um recurso recém-adicionado pelo Dropbox promete facilitar esse trabalho.

O nome do recurso é Solicitação de arquivo, e ele está disponível na interface web do Dropbox, no menu à esquerda, desde junho passado. Ao criar uma solicitação, uma pasta exclusiva é criada e o Dropbox mostra um link, que pode ser copiado e enviado aos seus contatos — se for via e-mail, por ali mesmo.

Criando uma Solicitação de arquivos no Dropbox.

Este link abre uma página do Dropbox onde os convidados depositam seus arquivos. No nosso exemplo fictício da festa, os convidados jogam ali as fotos, se identificam, esperam o upload terminar, e… bem, pronto. É só isso. Apenas o criador da pasta vê/recebe os arquivos; caso queira compartilhá-la com mais gente depois, é só usar o mecanismo comum — botão direito na pasta, “Compartilhar link do Dropbox”.

É diferente de compartilhar uma pasta com poderes de edição. A Solicitação de arquivo é uma via de mão única: as pessoas só podem colocar arquivos, nunca removê-los, ou editá-los. Elas nem mesmo veem o que há dentro da pasta. E o melhor é que as pessoas que enviam não precisam ter uma conta no Dropbox; é só escolher os arquivos e identificar-se. Terminado o upload, o dono da pasta é notificado por e-mail (e pelos apps)

Página para enviar arquivos via Solicitação de arquivos no Dropbox.

O criador tem a premissa de encerrar o recebimento de arquivos quando quiser. (O tamanho máximo de cada um, aliás, é de 2 GB.) Mais fácil que isso, é difícil…

Tem o Balloon também…

Um novo web app, o Balloon, surgiu com a mesma proposta e um timing meio errado — depois que a Solicitação de arquivos já havia sido liberada pelo Dropbox. O diferencial é a simplicidade, que para alguns pode ser excessiva. Se largarem o link de uma pasta criada pelo Balloon, sem contexto, é difícil saber do que se trata. Ela é assim:

Pasta criada no Balloon.

O Balloon é vinculado ao Dropbox e funciona basicamente da mesma maneira que o recurso descrito acima. Os desenvolvedores dizem, no Product Hunt, que além da simplicidade, no futuro esperam acrescentar suporte a outros serviços de armazenamento na nuvem, para distanciá-lo do recurso padrão do Dropbox, mas é difícil encontrar motivos para usá-lo em lugar desse.

Na próxima festa em que várias pessoas resolverem tirar fotos, e você quiser todas elas em resolução natural, sem a depreciação que o Facebook, WhatsApp e outros serviços causam, experimente solicitá-los via Dropbox. Ah, e apesar do exemplo fotográfico usado aqui, ele não está restrito a imagens. Qualquer tipo de arquivo pode ser recebido dessa forma.

Acompanhe

Newsletter (toda sexta, grátis):

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 comentários

  1. O duro é convencer o pessoal a aceitar perder “um tempão” fazendo o upload. Acredito que só os mais chegados vão topar, pra não perder a amizade…

      1. Nem disse pela velocidade do upload, mas pelo pequeno inconveniente de abrir o celular, configurar a tal conta, fazer o upload. Tem muita gente chata. Eu não ligaria, mas certeza que muito neguinho nao faria só porque é chato. Aposto que a resposta mais comum seria: Eu te mando depois por email.

  2. Ghedin, dá para enviar os arquivos na Solicitação de Arquivos se você acessar o site através de um smartphone? O que complica no caso de pessoas mais leigas é que muito frequentemente elas nem têm um computador, ou quase não o usam. As fotos tiradas do celular geralmente ficam só nele mesmo — infelizmente é um padrão comum que observo.

    1. Nos últimos anos desenvolvi um certo receio de pen drives alheios. Nunca aconteceu comigo, mas sempre ouço/leio gente reclamando de vírus transmitido por essas coisas.

      1. Uma das duas únicas vezes que entrou vírus no meu notebook foi via pendrive alheio. Emprestei o note para um colega e *puf*, como mágica aparece um presentinho…

  3. Qualquer tipo de arquivo pode ser recebido dessa forma. prevejo muitas pr0n e séries sendo compartilhadas dessa forma, mas é uma ótima forma de compartilhar seus arquivos com seus amigos

    1. Se for para todos terem acesso aos arquivos, as pastas compartilhadas são mais negócio. A solicitação é no sentido muitos > um, já que só o criador da pasta tem acesso aos arquivos por padrão. (Depois, caso queira, ele pode compartilhar a pasta criada, como qualquer outra do Dropbox.)

      De qualquer forma, o potencial de pirataria sempre existe, em todo lugar, das formas mais inusitadas possíveis :P

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!