O que tem na sua mochila, Joel?

Foto de Joel Nascimento Jr.

Joel Nascimento Jr. colabora para Manual do Usuário e para o Guia Prático desde que era Gemind. Atualmente, trabalha e estuda Marketing em Toronto, no Canadá. E, ah, tem uma gata chamada Leena.

  1. Mochila Herschel Settlement: ainda tenho uma Nordweg, mas era grande e pesada demais para rotina diária. A Settlement é ótima. Parece ser tecido, mas o material é meio que uma borracha. A mochila é impermeável e minha única crítica é a falta de compartimentos.
  2. Estojo Muji: para caneta, uma régua, lapiseira e borracha.
  3. Moleskine: Capa macia, preto, sem linhas. Geralmente, anoto tudo no OneNote e uso o papel para outras coisas.
  4. Agenda semanal Muji: Nem sei porque ainda levo isso. Apesar de lutar para ser organizado, agendamento não é meu forte.
  5. Canivete Victorinox: um clássico. Mantenho sempre comigo desde adolescente. Fica no fundo da bolsa, mas quando se precisa, salva o dia.
  6. Jaybird Freedom: é o headphone de ouvir musica no celular. O som é muito bom, resistente à água, a bateria dura umas 4 horas e ainda tem uma outra bateria externa.
  7. Sony Headphones: esse é o headphone que não sai da mochila. Serve pra usar no Switch (que não tem suporte a headphones Bluetooth), no iPod ou no celular, no caso de eu esquecer o Jaybird em casa. Uma dica de vida para todos: sempre tenha um headphone reserva na mochila.
  8. Kindle Paperwhite: Paperwhite é simplesmente perfeito. Leve, claro, e com boa conectividade. Sofre do mal dos tablet: só vou pensar em trocar no dia em que ele morrer.
  9. Pendrive Sony 32GB USB3: mais uma das coisas que ficam no fundo da mochila e quando preciso, é para salvar o dia.
  10. Eleaf Pico Vape: Tá substituindo o cigarro. Achei que ia detestar, mas gosto bastante. Além de fazer menos mal que cigarro, o custo de manter um vape é muito mais baixo do que comprar cigarros. (Um maço de cigarros no Canadá custa cerca de 37 reais).
  11. Rayban Wayfarer: Ainda acho o melhor óculos que existe. Se você põe um tênis e camiseta, ele combina. Bota um blazer, combina também.
  12. Agasalho: É obrigatório, mesmo no verão. Você nunca sabe se entra numa sala com ar condicionado ou o tempo simplesmente vira. Tenham sempre um agasalho na mochila, meninos.
  13. iPod Classic 4th Gen: não carrego sempre um media player comigo porque tem o celular, mas eu ainda acho a qualidade de áudio melhor. Esse 4th Gen é meu xodozinho.
  14. Carregador Pineng 20.000 mAh: esse não dá para levar sempre porque pesa (deve ter uns 300g). Geralmente, apenas o carregador do celular segura a onda, mas em viagens não tem jeito.
  15. Nintendo Switch: em dia que levo o Switch, o Kindle fica em casa e vice-e-versa. Jogo no metrô e nos intervalos das aulas. Para mim, o Switch é mais um portátil do que um console.
  16. Garrafa Nalgene de acrílico: Eu sou fã desse modelo da Nalgene. Boca grande, dá até pra jogar umas pedras de gelo dentro, se o calor estiver forte. O carabiner eu comprei separado, para deixar ela pendurada na mochila ou onde eu precisar.
  17. Microsoft Surface Book: É um aparelho ótimo, no conjunto, com algumas falhas, se analisado separadamente. A combinação de OneNote com a caneta fazem ele substituir um caderno para estudar. O desempenho é ótimo (Core i5 com dGPU). Poderia ser um pouco mais leve. Mas qualquer laptop poderia ser sempre um pouco mais leve.

O que tem na mochila do Joel Nascimento Jr. Clique para ampliar.

Nota da editora1: além de ser a pessoa sem Facebook do grupo, mas um ás no Twitter (@roniuj), é um editor de podcast dos mais atenciosos e um amigo querido.

Nota da editora2: “Na mochila” é uma seção semanal do Manual do Usuário que apresenta o interior das bolsas e mochilas de leitores, colegas e amigos. Veja as outras mochilas já publicadas e mande a sua.

Acompanhe

  • Telegram
  • Twitter
  • Newsletter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

54 comentários

  1. Que mochila sensacional. Eu queria muito um Surface Book e um Switch, só por vaidade mesmo, porque necessidade não tenho.

    Já tenho o Kindle Paperwhite e subutilizo o coitado, apesar de gostar bastante dele.

  2. Até então, achei essa a mochila mais diversificada. É interessante ter o Switch pq até um tempo atrás as pessoas tinham um PSP ou PSVita, e/ou tinham um Playstation em casa, a Nintendo conseguiu unir dois mundos de forma que não tente bater de frente com o smartphone como jogatina de bolso.
    Falando nele, qual o Joel usa?

  3. O modo que o Surface book fica fechado, não atrapalha na hora de guardar ele junto com as outras coisas na mochila não?

      1. Aff! Morri de amor! É engraçado como elas amam dormir/deitar na mochila ou em um paninho aleatório né? A minha é assim também.

  4. Bela mochila e itens sensacionais. Tá de parabéns. rs
    Queria saber de qual geração é a gata… ;P
    Sobre o Canivete Victorinox… já teve problema de entrar com ele em algum lugar que tem revista/vistoria? Me lembro de uma caixa enorme de acrílico CHEIA desses canivetes na sala de revista da torre eiffel. Fiquei pensando: como assim? porque a pessoa não sai da fila, guarda, esconde, mocosa o canivete e depois volta? Ou sei lá, faz alguma coisa, mas não perde o canivete. Cara, eram centenas de canivetes abandonados ali. Que tristeza.

    1. Teve uma história triste: eu tinha ganhado um canivete Gerber de um grande amigo em Minnesota, isso em 2006. Me confundi na hora de fazer as malas e ele ficou na mala de mão. Na hora do embarque, apareceu no Raio X e eu tive que jogar fora.
      No dia a dia, esse nunca deu [problema, mas claro, pra embarque eu deixo ele na bagagem despachada.

      1. Tenho um amigo que já teve que deixar canivete em entrada de banco aqui no Brasil.

        Confesso que nunca entendi porque carregar um canivete na cidade.

        1. Eu uso canivete na cidade.. procure ler sobre every day carry. Vc vai ver como muitas pessoas usam para diversas coisas.. eu uso nao so um, como uso uma multi tool e outras coisas.. vou tentar organizar e mandar para a sessão.

          1. opa. eu uso canivete no bolso (multi ferramentas simples tipo do Macgyver) e um no cinto tipo alicate da tramontina. o que mais uso eh o canivete, sempre tem que abrir algo com a philips ou cortar algo. dificil o dia que nao uso ele. agora o alicate so usei duas vezes, para tirar um escapamento de uma carro que caiu o silencioso e para cortar um cabo de força. esteja preparado sempre sera um bom lema.

        2. Cortar linha de pipa q enrosca na roda da bike, cortar cinto de segurança numa emergência, abrir embalagens etc

          1. Mas isso me soa como você estar preparado para uma hecatombe nuclear. Pode ocorrer mas as chances são mínimas.

            Levar toda uma parafernália para usar 10x por ano um canivete parece meio exagerado, só isso.

            Claro que todo mundo que leva vai ter N exemplos – muitas vezes no limite do “culto à carga” – de como é útil e por isso carregam consigo diariamente, mas, acredito que ainda seja muito mais um placebo do que algo útil de fato.

            Mas nem queria iniciar discussão, só acho surreal levar canivetes, facas etc consigo para “em caso de emergência”.

          2. Eu nem na mochila carrego; vai no meu bolso. Todo dia. Até pra ir na esquina eu levo. De todos os itens da mochila, o canivete (uma cordinha tb poderia ajudar) é o único q realmente pode salvar a pele dele numa emergência (q ninguém deseja q aconteça, evidente). Mas tb serve pra coisas banais como abrir uma embalagem sem esfolar os dedos…

        3. Oxi, eu uso um Victorinox Classic no chaveiro, junto com 2 chaves e um pendrive nano de 32gb. Tudo isso não dá quase nada de volume e o canivete já me quebrou o galho várias vezes.
          É um dos menores da Victorinox e possui tesoura, lâmina, chave de fenda, lixa, pinça e palito.

    2. Após o 11 de setembro, eu ainda consegui embarcar umas 2 vezes com o canivete no bolso. Depois disso, fui barrado, mas deu tempo de voltar para o chekin e despachar em separado.

  5. Fui seguir o @roniuj no twitter e descobri que… fui bloqueado por ele, haha! Fico imaginando a bizarrice que posso ter falado algum dia pra isso…

    1. Block preventivo.

      Eu só sou bloqueado por algumas figura na neo-direita no Twitter (como Lobão e Gentili).

  6. Você tem 3/4 dos itens obrigatórios na minha mochila:

    Casaco
    Kindle
    Canivete
    Você só não tem guarda-chuva, rs.

    1. Sim. Às vezes penso em comprar uma mochila maior que me deixe carregar mais coisas, mas não sei se a praticidade compensa o peso adicional.

      1. Até que não pesa tanto, mas o Surface Book é menos leve que imaginei. Pensei até em vender e trocar por um Surface Laptop, mas daria trabalho.

  7. Kindle Paperwhite: Paperwhite é simplesmente perfeito. Leve, claro, e com boa conectividade. Sofre do mal dos tablet: só vou pensar em trocar no dia em que ele morrer.

    Bateria!?

    1. Você tem 3/4 dos itens obrigatórios na minha mochila:

      Casaco
      Kindle
      Canivete
      Você só não tem guarda-chuva, rs.

    2. Ih, me pegou. São semanas pra carregar. E carrega em menos de uma hora. É uma bateria bem longínqua.

      1. pois eh rss.. eu tenho o da 4a (sem iluminacao) e ele dura dias rsss.. o white, apesar da iluminacao, tb deve seguir o mesmo conceito ne rss… mas como apareceu o MAL DOS TABLET pensei q era por causa da autonomia rsss

        1. Acredito que seja porque eu nunca vi ninguém trocar nem de Kindle nem de tablet porque saiu um novo e sim porque o antigo foi pro pau.

    1. Minha melhor definição do tamanho do Switch é pegar um iPad 4th em pé e cortar ele ao meio, na vertical.

  8. Surface Book é um sonho de consumo, mesmo eu não querendo usar Windows nele.

    Switch também é ótimo, embora eu prefira jogar no meu em casa do que portátil. Mas é ótimo ter a opção :)

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!