A nova proposta do Manual do Usuário


30/5/15 às 12h17

Quando criei o Manual do Usuário o objetivo era ter um espaço dedicado a pautas longas e bem trabalhadas. Com uma periodicidade lenta (três a cinco posts semanais) e que cativou uma base de leitores muito boa, aquilo deu certo. Nesta semana publiquei uma quantidade de posts que, até então, entrava no mês. O que mudou? Algumas coisas.

Resolvi experimentar esse formato porque o blog parece pronto para uma dinâmica menos engessada, mais solta. Sempre temos boas discussões nos comentários, então agora faz sentido trazer mais assuntos para serem tratados aqui. O post em si deixa de ser a única parte interessante; complementado pelos comentários, esse todo se transforma em algo único, que só se desenrola aqui.

Na prática, adoto pra valer o estilo blog: posts mais frequentes, de tamanhos variados, sobre temas urgentes, importantes e/ou curiosos. O visual da capa, que viramos ontem (eu e o Julian), reflete bem isso: note que alguns posts não exibem o título (vídeos e fotos), outros são bem curtinhos (duas a três linhas), alguns têm o título menor (posts rápidos) e uns poucos, de três a cinco por semana, trazem título grande e imagem de destaque na capa (o velho Manual do Usuário, que segue firme; os novos posts vêm para somar).

É importante que ele continue sendo um site diferente. Pretendo manter essa distinção pelo formato, escolha de pautas (sigo sem o compromisso de fazer uma cobertura completa) e abordagem (mais pessoal, menos rígida como a de um jornal ou portal). Embora a partir de agora tenhamos mais sobreposições com o que Tecnoblog, Gizmodo, Olhar Digital, Tecmundo e outros publicam, terei o cuidado de manter o site diferente o bastante para que ele seja uma leitura válida mesmo para quem acompanha essas outras fontes.

Tudo isso é uma experimentação e, nessa primeira semana, gostei muito dos resultados. Os debates foram ricos, o site repercutiu mais em redes sociais, eu fiquei mais animado em escrever. Foi bem mais puxado também, mas é um preço que estou disposto a pagar.

Feedback, como sempre, é bem-vindo.

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

29 comentários

  1. Não sei se é possível, mas alguns sites aqui no Brasil já adotaram as notificações do chrome com permissão do usuário elas notificam cada vez que um post novo é publicado, como a frequência de posts aqui não é alta a ponto de incomodar, acho que seria um recurso interessante (principalmente porque funciona tanto no browser do computador, como no celular)

  2. Também não curti os posts sem título. Principalmente porque normalmente clico nos titulos para entrar nos posts e ler os comentários.

    Agora tenho que “procurar” o texto que vou clicar, sendo assim mais trabalhoso, onde antes era mais ‘automático’

    É tão difícil assim escrever um título?

  3. Eu acompanho o blog pelo Feedly, então as mudanças de layout são marginais na minha experiência.

    Sobre os posts: eu acho legal, principalmente essa ideia de pegar um tópico mais aberto e gerar discussão. O único que achei meio sem propósito foi sobre os ícones do Windows e novidades da build, mas no geral achei bem interessante pela qualidade média dos comentários por aqui.

  4. Parabéns pelo Manual do Usuário, Ghedin. Acompanho o site principalmente via RSS (feedly), e vez ou outra acesso a página na íntegra – assim como estou fazendo agora para comentar.

    Particularmente, não gostei dos posts sem títulos. Fiquei um pouco confuso se o conteúdo fazia parte do artigo anterior (de cima) – mesmo com o espaçamento entre as postagens. Tirando esse detalhe, gostei das abordagens que estão sendo feitas pelo MdU.

  5. Eu não gostei do novo layout. A falta de títulos me deixou um pouco perdido. Pode ser só uma questão de falta de costume, agravado ainda à resistência que eu tenho a mudanças. Mas, no fim, o que realmente importa é a qualidade do material publicado e este é excelente. Então, mesmo que eu não me acostume ao novo layout, não deixarei de acompanhar por causa disso. Parabéns pelo trabalho e vida longa ao Manual do Usuário! E ao podcast também!!!

    1. Mais gente ficou confusa com a falta de títulos em alguns posts. Estabeleci, com o Julian, sessões semanais para ajustes e iterações no site; na próxima, tentaremos amenizar essa falta de continuidade de alguma forma. Valeu pelo feedback!

  6. Eu não gostei do novo layout. A falta de títulos me deixou um pouco perdido. Pode ser só uma questão de falta de costume, agravado ainda à resistência que eu tenho a mudanças. Mas, no fim, o que realmente importa é a qualidade do material publicado e este é excelente. Então, mesmo que eu não me acostume ao novo layout, não deixarei de acompanhar por causa disso. Parabéns pelo trabalho e vida longa ao Manual do Usuário! E ao podcast também!!!

  7. tomara que continue com um número maior de postagens pois é o único site brasileiro de tecnologia que vale a pena frenquentar.

  8. Ao longo dessa semana me realmente me surpreendi com a quantidade de post. Mas também me surpreendi como a abordagem dos assuntos e a qualidade dos textos continua a mesma. E foi isso que me atraiu no Manual do Usuário, quando eu li um texto seu no Papo de Homem, algum tempo atrás, falando como é empreender em um site de tecnologia próprio. Sucesso nessa nova fase! Seguirei acompanhando.

  9. Boa sorte com os novos projetos, Rodrigo. Acompanho o blog já há um bom tempo, e decidi que agora vou passar a interagir mais com vocês. Espero poder estar sempre ativo por aqui.

  10. Curto bastante, especialmente pela sensação de estar lendo algo que não vou encontrar em outro lugar.

    Sem querer fazer treta, mas acho que o Tecnoblog está se perdendo e o hoje o que o sustenta é o podcast e aquele grupo aberto no Facebook, onde, por incrível que parece um monte dos membros não acessa o site.

    Notícias de tecnologia viraram “commodities”: tem na capa do UOL, G1, Estadão… e TODAS iguais, todas com as mesmas ilustrações, todo mundo bebendo da mesma fonte. Quando coloco num leitor de RSS ou mesmo no Twitter me sinto num stop motion.

    Os pequenos, se quiserem sobreviver, não podem fazer a mesma coisa. Por que vou entrar num pequeno para ler o que os bolsistas escravos da Abril, Folha, Globo, NZN e já publicaram, republicara e regurgitaram na velocidade da luz?

    Parabéns Ghedin, trabalho bem feito tem que ser elogiado.

  11. Uma prova que este site é diferente acontece quando a Amazon resolve lançar apps de graça para Android. As outras páginas apenas postam uma lista, mas você diz quais deles vale a pena baixar.

  12. Cara, gostei bastante deste site desde o começo, te acompanho desde o WinAjuda e espero que aqui se consagre cada vez mais. A área de tecnologia em terras tupiniquins está bem fraca, assim como o mercado publicitário como um todo.

  13. Esse é um dos poucos lugares que me sinto totalmente agradável em comentar assuntos sobre tecnologia em geral. Por mais que os assuntos coincidam com outros sites mais “badalados”, o que mais me chama atenção aqui é a forma como Ghedin escreve seus textos, de forma clara e precisa, sem falar que é muito diferente de alguns sites por aí que fazem questão de polemizar assuntos ridículos só para garantirem mais acessos.

    De qualquer forma, parabenizo você Ghedin e desejo que seu blog nunca pare de evoluir.

  14. Gostei do “novo” Manual do Usuário Ghedin, desde que acompanho o blog dei importância a mais para ele, se o seu site tem matérias iguais a outros que acompanho e não me interesso muito pelo assunto eu sempre leio o seu conteúdo primeiro, pois gosto de suas análises. Sucesso para você :V

    1. Nunca usei, mas imagino que deva ter a pegadinha de uma recarda de 40 reais equivaler a só 30 reais em poder de compra, porque os 10 reais restantes seriam taxas usadas para a empresa prestadora do serviço cobrir as operações e ter lucro.

      Imagino algo nessa lógica.

  15. Sinceramente, fiquei pensando em como você deu conta de lançar tantas matérias essa semana! E sozinho!
    Eu gostei, particularmente, apesar de achar que as boas discussões ficaram contidas em uma ou outra matéria.

  16. Não há mal nenhum em testar possibilidades. O site continua limpo e de leitura agradável. Acho q a essência continua intacta. E isso é um negócio importante.

    Sigo acompanhando.

  17. Ghedin, os ícones de compartilhamento não estão aparecendo de firma consistente.
    Em cada postagem que entro a linha está diferente.
    Em alguns não aparece o botão do WhatsApp, quando aparece o do Facebook parece comido, porque o compartilhar fica cortado.
    Estou sempre com um Moto X1, Chrome, lollipop (soak test).

      1. Estranho… Aqui (Chrome, Windows 8.1 Update) sempre aparecem os ícones corretos. Testarei em outras configurações para tentar reproduzir essas inconsistências.

        Sobre o ícone do WhatsApp, é “normal.” Sabia de antemão que ele poderia aparecer em PCs (e tablets). Estou usando uma condicional do próprio WordPress para limitar a sua aparição a dispositivos móveis e, pelo que li a respeito, ela ainda é meio capenga. Esta: https://codex.wordpress.org/Function_Reference/wp_is_mobile

  18. Ghedin, tenho uma preocupação com a falta de título das postagens imagem e vídeo.
    Não achas que isso afasta os leitores de lê-las?

    1. Acho que não, @fredmmtt:disqus. Existe um bom espaço entre os posts e a falta de título deixa a capa mais fluída, como um Tumblr. Mas… é um teste. Se não der certo, se confundir o povo, semana que vem voltamos com os títulos.

    2. Dando um feedback: pulei o dois posts pois minha mente está condicionada a achar que quando não tem título é continuação de textão (oi Medium).
      E se colocasse uma data ou algo visual que simbolize início fim, tipo o Quartz?