Todos os vídeos do YouTube podem ser remixados em vídeos curtos do Shorts

Nova opção no YouTube. Lê-se: Permissões dos Shorts Permite que pessoas criem Shorts usando partes do vídeo. Desativar esta opção excluirá permanentemente todos os Shorts que usam este conteúdo. Não é possível desativar essa permissão em todos os vídeos. Saiba mais.
Imagem: YouTube/Reprodução.

O YouTube anunciou uma forte investida para barrar o crescimento do TikTok usando seus Shorts, vídeos na plataforma de até um minuto e filmados na vertical. Para isso, a empresa criou um fundo de US$ 100 milhões para distribuir a quem cria conteúdo do tipo e tornou todos os vídeos da plataforma aptos a serem “remixados” em Shorts. Essa última é, no mínimo, controversa.

O item “Permissões dos Shorts” (na imagem acima), cujo seletor está marcado por padrão em todos os vídeos públicos hospedados no YouTube, permite que qualquer pessoa pegue trechos de um vídeo e o utilize na criação de um Short. Além dos vídeos que já estão no YouTube, esse seletor vem marcado por padrão nos novos, durante o envio, e fica escondido atrás de um link “Mostrar mais”.

No anúncio oficial, o YouTube se limita a dizer que “criadores e artistas estão no controle e poderão rejeitar a opção [‘opt-out’] caso não queiram que seus vídeos longos sejam remixados”. O problema é que não existe um botão geral, que desligue essa função em todos os vídeos. É necessário entrar em cada um e desmarcar a opção, o que seria um trabalho enorme, quiçá inviável, para quem tem centenas ou milhares de vídeos hospedados no YouTube.

Mais uma vez, uma grande plataforma coloca os seus interesses acima do respeito aos participantes. Esse assunto ainda vai render. Via Search Engine Journal (em inglês), YouTube (em inglês).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários

  1. É por essa falta de respeito para com os produtores de conteúdo e os usuários que deixei de assinar o YouTube Premium.

    Nem disfarçam mais que estão se lixando pros usuários.

  2. Em vez de ficar nesse jogo decadente de concorrência, deveria continuar investindo na originalidade e qualidade. Sempre terá bom público. Agora, não dá pra querer manter o monopólio pro resto da vida, né? (talvez isso revele mais sobre de onde vem o lucro e o poder: nossos dados)

  3. Que grande bosta, desculpem o termo utilizado. Cada vez mais temos cópias e mais cópias, uns cobiçando os espaços dos outros e no final temos coisas resumidas a conteúdos idiotas que dão visibilidade para bobagens que alavancam uns retardados a postos de estrelas. Sério, está uma desgraça isso.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário