Logo da Insider à esquerda e a frase à direita: “Use o cupom MANUALDOUSUARIO12 e garanta peças básicas de qualidade com desconto”.

Windows 11 poderá ser instalado em computadores antigos, mas não terá atualizações neles

A Microsoft não vai impedir a instalação do Windows 11 em computadores que não atendem os requisitos mínimos do sistema, desde que ele seja instalado manualmente, ou seja, baixando o sistema do site da Microsoft e rodando o instalador localmente.

Porém — e um enorme “porém” —, esse Windows 11 em computadores antigos não será elegível a receber atualizações, nem mesmo as de segurança e de drivers. A medida, informada pela empresa ao site The Verge, parece mais uma concessão diante das críticas aos requisitos mínimos aparentemente artificiais do Windows 11, que cada vez mais soa mais como um estímulo à troca de computadores do que uma atualização genuína.

Para computadores não elegíveis, será melhor permanecer no Windows 10, que tem atualizações garantidas até 2025. Via The Verge (2) (em inglês).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 comentários

  1. Qual é o otimismo da Microsoft de que todos vão realmente gostar do Windows 11? Só por essas forçações de requerimentos mínimos, muitos já deixaram de lado a ideia de usar ele. Em 10 anos que trabalho com TI, o número de empresas que deixaram de usar Windows (Desktop/Server) nos últimos anos para entrarem com o Ubuntu foi absurdamente grande. Recentemente, a empresa onde presto serviço deixou de usar Windows em suas máquinas de produção pelos custos absurdamente elevados e consumo absurdo de recursos da máquina, mesmo não fazendo nada. A migração para o Ubuntu 20.04 só facilitou minha vida.

  2. No meu trabalho (órgão público federal), nossas máquinas são i5 e i7 de quarta, quinta e sexta geração.

    Segundo a Microsoft, elas estão obsoletas. Não temos previsão de troca, ou seja, vamos ficar com o Windows 10 ad infinitum.

    (Isso ou migrar para Linux).

    1. Gerencio um laboratorio de informatica em uma universidade federal que conta apenas com maquinas pentium dual core com 1gb de ram, com cerca de quinze anos de uso, rodando windows xp na força do ódio

      Tinha me colocado o desafio de seguir fazendo elas funcionarem assim, como quem tem um carro velho e vai ajeitando e reformando, mas tem ficado impossível.

      Agora é partir pro Linux e mesmo isso é complicado porque tem que garimpar uma distribuição que rode bem e com recursos atuais nessas máquinas.

      Windows 11? Talvez só o wallpaper hahhajah

  3. Na verdade eu vejo isso como um beneficio diante de tantas pessoas querendo parar as atualizações do Windows 10.
    Ou seja, vc instala o seu Windows 11 manualmente e para atualizar, vc vai precisar rodar o “media creation tool” toda vez que for atualizar.
    Só vi benefícios para os que se sentem prejudicados com as atualizações problemáticas do Windows 10.

    1. Penso que isso mostra na verdade um problema da Microsoft que ela mesmo gerou e ela não sabe como corrigir: a massificação de seu sistema.

      O Windows é meio que “padrão” para computadores comuns, e pelo jeito que aparentemente foi programado (programadores e designers de OSs podem falar melhor que eu), é difícil adaptar o sistema aos inúmeros tipos de computadores no mercado. Para a sorte (ou meticulosidade) da MS, até hoje se usa a plataforma x86, mesmo em equipamentos de plataforma atualizada (x64), então é possível fazer um sistema que possa ser usado em computadores deste tipo com uma larga possibilidade.

      Só que diferente da Apple, que tem uma plataforma mais fechada e uma mecânica de lançamentos voltado a ter ciclos de troca de hardware, a MS tem a virtude e a deficiência de poder trabalhar com N plataformas, bastando apenas seguir os princípios básicos dos sistemas x86/x64.

      Perder esta vantagem é forçar muitos a trocarem seus equipamentos e perder N contratos – vide os relatos nestes comentários de gente que saiu do Win10 e agora está em Linux. Não duvide que há contratos da MS que preveem que as pessoas usem equipamentos com OSs da MS por 20 anos (senão não existiria versões especiais da MS para XP).

      É engraçado pensar que a MS poderia estar bem se continuasse na plataforma que foi criada no Windows 7… perae, o Windows 10 tinha muito ainda da plataforma, tanto que as licenças Win7 são compatíveis com a Win10.

      Enfim, se a MS pudesse parar de pensar só em “supermudanças” (como se isso incentivasse o consumo de novos computadores) e focasse em aprimorar os sistemas existentes e gerar contratos para fornecer OSs e suportes para grandes empresas, provavelmente não estaríamos neste tipo de discussão agora.

  4. O fato de não receber nem mesmo atualizações de segurança abre uma brecha enorme. Por permitir que computadores antigos o rodem, muitas pessoas vão instalar o Windows 11 ao invés de comprar hardware compatível ou instalar outro sistema operacional e uma grande base do Windows logo logo estará completamente a mercê das brechas de segurança do sistema que não vão demorar para aparecer. Windows tá correndo atrás do maior defeito do Android: desatualização dos aparelhos

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário